A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

24/04/20121Progressão dos Espíritos TÍTULO DA PALESTRA Sérgio Biagi Gregório.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "24/04/20121Progressão dos Espíritos TÍTULO DA PALESTRA Sérgio Biagi Gregório."— Transcrição da apresentação:

1 24/04/20121Progressão dos Espíritos TÍTULO DA PALESTRA Sérgio Biagi Gregório

2 Progressão dos Espíritos Introdução 24/04/2012Progressão dos Espíritos2 inexorabilidade O objetivo deste estudo é mostrar que há uma inexorabilidade na Lei Divina. Ela sempre nos impele para o progresso, quer queiramos ou não.

3 Progressão dos Espíritos Conceito 24/04/2012Progressão dos Espíritos3 Doutrina Espírita evolução No âmbito da Doutrina Espírita, equivale à evolução. É o somatório dos acréscimos graduais de perfeição adquiridos pelo Espírito em cada uma de suas diversas encarnações. Progressão

4 Progressão dos Espíritos Aspectos Gerais 24/04/2012Progressão dos Espíritos4 simples e ignorantes progresso Os Espíritos foram criados – por Deus - simples e ignorantes, porém sujeitos ao progresso. O progresso atual é o resultado das experiências realizadas nos diversos reinos da natureza: mineral, vegetal e animal. Três Ordens Allan Kardec classifica os Espíritos em Três Ordens: 3.ª Ordem 3.ª Ordem (Imperfeitos) com orgulho, egoísmo, ódio; (impuros) leviano, pseudo-sábios, neutros; (e perturbadores); 2.ª Ordem 2.ª Ordem (bons) benévolos, sábios, prudentes, superiores; 1.ª Ordem 1.ª Ordem (puros) sem nenhuma influência da matéria, com superioridade moral e intelectual ante os outros; não sujeitos a reencarnação, por serem perfeitos. (Kardec, 1995, p. 84 a 90)

5 Progressão dos Espíritos Simples e Ignorantes 24/04/2012Progressão dos Espíritos5 infensa simples e ignorantes Embora a origem dos Espíritos nos é infensa, os Espíritos superiores deram-nos um consolo, ou seja, disseram-nos que fomos criados simples e ignorantes. imparcialidade privilégios Isto corrobora com a imparcialidade da lei divina: todos partindo de um mesmo ponto, não haverá privilégios para ninguém. anjo Se Deus tivesse criado o anjo, qual seria o mérito de tal conquista? A Origem dos Espíritos

6 Progressão dos Espíritos Simples e Ignorantes 24/04/2012Progressão dos Espíritos6 O Espírito, ao ser criado simples e ignorante, é desprovido de conhecimento. tabula rasa Assemelha-se a uma tabula rasa, que deverá receber as impressões das suas experiências. Como não tem conhecimento, ele comete erros, mas não faz o mal, porque desconhece o que seja o mal. Contudo, para o seu progresso, ele deverá conhecer a Lei Divina, que está escrita na sua consciência. Assim, cometendo o erro, ele deverá sofrer as consequências da Lei, que o encaminhará para a sua trajetória evolutiva. Ignorância não quer Dizer Maldade

7 Progressão dos Espíritos Simples e Ignorantes 24/04/2012Progressão dos Espíritos7 O simples aqui é concebido como o Espírito que foi criado sem nenhum conhecimento. simplicidade A simplicidade do espírito pressupõe muito conhecimento, pois mostra o progresso moral alcançado. Observe o quanto difícil é ser humilde nos dias que correm. O progresso material, impelindo-nos aos prazeres da carne, estimula-nos concomitantemente o nosso orgulho e a nossa vaidade, sentimentos opostos à simplicidade de coração. Simples não é Sinônimo de Simplicidade

8 Progressão dos Espíritos 24/04/2012Progressão dos Espíritos8 O Espírito, em suas primeiras encarnações, sendo ignorante, não tem capacidade de escolher o seu caminho na vida. Nesse mister, eles são auxiliados pelos operários de Deus, que os encaminham nas suas diversas experiências. É como um pai guiando o seu filho pequeno: carrega no colo, segura-o pela mão, ensina- lhe os primeiros passos etc. Determinismo Divino Vigora nas Camadas Inferiores

9 Progressão dos Espíritos 24/04/2012Progressão dos Espíritos9 Conforme for adquirindo conhecimento, vai tendo também maior responsabilidade pelos atos praticados. Se escolher o caminho do mal, deverá sofrer-lhe as consequências. A dor não é nada mais do que um ajuste necessário à compreensão da Lei de Deus. Quanto mais atos bons praticar mais aumenta o seu livre-arbítrio. Desenvolvimento do Livre-Arbítrio

10 Progressão dos Espíritos 24/04/2012Progressão dos Espíritos10 Tanto num nível baixo de conhecimento como num nível mais alto caímos no Determinismo divino. E por que isso acontece? Porque temos de passar de um nível de completa inconsciência a um nível de completa consciência. Isso quer dizer que num nível mais evoluído de determinismo divino, o Espírito reencarnante começa a fazer a sua escolha de acordo a Lei de Deus. Ele não faz agravo à lei e não precisa sofrer os incômodos da correção. Determinismo Divino nas Camadas Superiores

11 Progressão dos Espíritos Perfectibilidade 24/04/2012Progressão dos Espíritos11 Deve-se preferir o termo perfectibilidade e não perfeição, porque perfeição significa acabado, completo. Em se tratando da evolução do Espírito, há um começo, porém o seu término está bem distante. Por isso há o provérbio que diz que sempre temos algo a aprender. A perfectibilidade significa a capacidade de aprender sempre, e, cada vez mais, de forma efetiva e racional. Perfectibilidade e não Perfeição

12 Progressão dos Espíritos Perfectibilidade 24/04/2012Progressão dos Espíritos12 Jesus foi o Espírito mais elevado que surgiu no Planeta. Lembremo-nos de alguns dos seus ensinamentos: 1) Que aproveita ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? 2) Se queres ser meu discípulo, toma a tua cruz e segue-me. 3) Amai os vossos inimigos; bendizei os que vos maldizem; fazei o bem aos que vos odeiam; orai pelos que vos maltratam e vos perseguem. Que vantagem há em amardes os que vos amam? 4) Ao que pleitear contigo e quiser teu vestido, larga-lhe também a capa. 5) Se alguém te bater na face direita, ofereça-lhe a esquerda. Jesus é o Modelo de Perfeição

13 Progressão dos Espíritos Perfectibilidade 24/04/2012Progressão dos Espíritos13 Léon Denis, em O Problema do Ser, do Destino e da Dor, alerta-nos que é no silêncio que se elaboram as obras fortes. Algumas orientações: Evitemos as discussões ruidosas, as palavras vãs, as leituras frívolas. Sejamos sóbrios de jornais. A leitura dos jornais, fazendo-nos passar de um assunto ao outro, torna o espírito ainda mais instável... Apliquemo-nos a obras mais substanciais, a tudo o que pode esclarecer- nos a respeito das leis profundas da vida e facilitar nossa evolução. Pouco a pouco, ir-se-ão edificando em nós uma inteligência e uma consciência mais fortes, e nosso corpo fluídico iluminar-se-á com os reflexos de um pensamento elevado e puro. (1995, p. 358 e 359) Desenvolvimento do Pensamento

14 Progressão dos Espíritos Conclusão 24/04/2012Progressão dos Espíritos14 Tenhamos uma vida voltada para a completa absorção das coisas espirituais. Este esforço próprio, iluminado pelo clarão divino, nos dará o verdadeiro discernimento para a progressão do nosso Espírito.

15 Progressão dos Espíritos Bibliografia Consultada 24/04/2012Progressão dos Espíritos15 DENIS, L. O Problema do Ser, do Destino e da Dor. 18. ed., Rio de Janeiro: FEB, KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. 8. ed., São Paulo, FEESP, Polis - Enciclopédia Verbo da Sociedade e do Estado. Lisboa/São Paulo, Verbo, Texto em HTML /progressao-dos-espiritos.htm


Carregar ppt "24/04/20121Progressão dos Espíritos TÍTULO DA PALESTRA Sérgio Biagi Gregório."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google