A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Participar das ações de vigilância em saúde, realizando análises laboratoriais com qualidade, coordenando a Rede Estadual de Laboratórios e gerando informações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Participar das ações de vigilância em saúde, realizando análises laboratoriais com qualidade, coordenando a Rede Estadual de Laboratórios e gerando informações."— Transcrição da apresentação:

1 Participar das ações de vigilância em saúde, realizando análises laboratoriais com qualidade, coordenando a Rede Estadual de Laboratórios e gerando informações para a melhoria da saúde pública.

2

3 O LACEN tem a missão estratégica de subsidiar ações de investigação, monitoramento e controle de agravos a saúde da população; As principais ações dos LACEN estão fundamentadas em critérios epidemiológicos, sanitários e ambientais em sua área de abrangência o que determina seu perfil de atuação e consequentes atribuições. Coordenar a rede estadual de laboratórios de acordo com a portaria 2031/GM de 2004 e o Plano Diretor de Regionalização - PDR do Estado.

4 Co-financiamento - Finlacen/SVS e Finlacen/VISA; Implantação do Sistema de Gestão da Qualidade; Implantação do Sistema de Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL) para área de vigilância epidemiológica e vigilância em saúde ambiental; Participação do LACEN nos Programas e Projetos Nacionais da SVS/MS e ANVISA.

5 Sistema informatizado desenvolvido para os Laboratórios de Saúde Pública aplicado aos exames de média e alta complexidade das amostras de origem humana, animal, ambiental (ensaios). Versão 2.3.0

6 Biologia Médica Humana Biologia Médica Humana Ambiental Animal Nacional Pesquisa Repositório Coleções Atualizações Suporte Rotina Solicitações Dados Históricos MÓDULOSFERRAMENTASSISTEMAS ATIVIDADES Morena - FIOCRUZ Interligação GAL/GAL SGA - INCQS CNES SINAN Interfaceamento Relatórios Gerenciais Relatórios Epidemiológicos Relatórios Gráficos Georreferenciamento Controle de Qualidade Interligação dos Sistema MS Levantamento Não iniciado Produção VIGIAGUA OUTROS Administrador Desenvolvimento Biotecnologia VIGISOLO VIGIAR

7 Informatizar toda a rede de laboratórios públicos, conveniados e privados que realizam exames de interesse de saúde pública (Portaria N° 2.031); Disponibilizar dados epidemiológicos para as Vigilâncias Epidemiológicas Municipais, Estaduais e Nacional; Proporcionar o gerenciamento da rede de laboratórios de saúde pública desde a solicitação de exames até a emissão do laudo final; Auxiliar nas tomadas de decisões epidemiológicas e gerenciais dos Laboratórios de Saúde Pública.

8 REGIÕES Novembro de Implantados

9 ESTADOS IMPLANTADOS Biologia Médica Humana Total de Estados ImplantadosTotal de Estados não implantados Dados CGLAB/SVS/MS Dezembro 2010

10 2 Laboratórios de Referência LACEN Laboratório Público Municipal – Município de Aparecida de Goiânia 41 Laboratórios Locais 5 Hospitais – HDT, HMI, HUGO, HGG, HUAPA; 14 Regionais – ANÁPOLIS, RIO VERDE, ITUMBIARA, LUZIÂNIA, CERES, PORANGATU, GOIÁS, URUAÇU, CATALÃO, CAMPOS BELOS, IPORÁ, SÃO LUIS DOS MONTES BELOS, JATAÍ E FORMOSA;

11 21 MUNICÍPIOS; SENADOR CANÊDO, ALEXÂNIA, PIRENOPÓLIS, ANAPÓLIS, COCALZINHO, ITUMBIARA, PANAMÁ, GOIATUBA, CIDADE OCIDENTAL, LUZIÂNIA, ÁGUAS LINDAS, CAMPINORTE, COLINAS DO SUL, ALTO HORIZONTE, NOVA GLÓRIA, GOIANÉSIA, CERES, JARAGUA, ITAPACI, URUANA. Serviço de Verificação de Óbito - SVO Goiânia Superintendência de Vigilância em Saúde - SUVISA

12 Planejamento para 2011 Un. Saúde Município 1° Regional e seus Municípios U.S. – Região de Goiânia LACEN Regionais

13 Conforme Portaria nº 104, de 25 de Janeiro de Via Telefone E-notifica Fax Aos seguintes órgãos: CGLAB, VEE, VEM Arquivamento da notificação para posterior comprovação

14 Prazo de entrega dos resultados depende –Metodologia empregada; –Ensaios encaminhados aos laboratórios de referência do SNLSP; –Diagnósticos diferenciais OBSERVAR - O manual de coleta, acondicionamento e transporte de amostra; - Manual de aceitação e rejeição de amostra. - Manual de descentralização do diagnóstico de dengue.

15 Demora na aquisição de matérias-primas, equipamentos, suprimentos, insumos e compras de serviços; Escassez de reuniões técnicas por parte do Ministério da Saúde em algumas áreas; do LACENDesconhecimento da capacidade analítica instalada do LACEN por parte da vigilância em saúde; Fragilidade política – põe em risco o parque tecnológico do LACEN.

16 Política de Gestão da Qualidade implantada NBR-ISO 17025; Equipes técnicas capacitadas e mobilizadas; Participação nos planejamentos estaduais; Reconhecimento da capacidade técnico operacional por parte das Coordenação Geral de Laboratórios/Ministério da Saúde - CGLAB/SVS-MS e Gerência Geral de Laboratórios/Agência Nacional de Vigilância Sanitária - GGLAS/ANVISA; Empenho da CGLAB/SVS e GGLAS/ANVISA no fortalecimento dos LACEN.

17 Acreditação analítica na NBR-ISO –INMETRO; Governabilidade do Sistema de Gestão da Qualidade; Ampliar a capacidade analítica em harmonia com as necessidades epidemiológicas do Estado; Atingir grau de excelência quanto a comunicação e integração com a vigilância em saúde; Instituir e consolidar a rede estadual de laboratórios sob a coordenação do LACEN; Estabelecer instrumentos e fluxos com as gerencias das ARS que permitam a execução efetiva de ações prioritárias de laboratórios (portaria 104/GM de ); Implantar o sistema GAL em todo Estado; Instalar o Sistema de gerenciamento de amostra de Visa- SGA em sistema WEB.

18 Ministério da Saúde Sec de Estado da Saúde - GO Hosp. de Referência Vigilância Sanitária Vig. Epidemiológica Vig. Ambiental Saúde do Trabalhador PROCON Imprensa Ministério Público Políticas, Diretrizes e Programas de Saúde, Recursos Apoio Político, Logístico, Técnico, Recursos Financeiros Solicitação de exames de média e alta complexidade e capacitação Solicitação de exames comprobatórios, investigações e de alta complexidade Solicitação de análises de produtos Solicitação de investigações, doenças e agravos Solicitação de análises da água e do ambiente Solicitação de análises de produtos, material biológico Solicitação de análises e investigações Informações DIREÇÃO GERAL DIREÇÃO TÉCNICA DIREÇÃO ADM Regionais de Saúde Laudos, investigações, estudos técnicos científicos Atendimento de média e alta complexidade, capacitação e vigilância em saúde Apoio laboratorial às intervenções legais Informações técnicas e divulgação Ministério da Saúde, Sec. de Estado da Saúde-GO, Regionais de Saúde, Hospitais de Referência Vig.Sanitária, Vig. Epidemiológica, Vig. Ambiental, Saúde do Trabalhador Ministério Público, PROCON Imprensa, População CLIENTESAÇÕES PRODUTOS

19 Maria Bárbara Helou Rodrigues Diretora Geral End: Av. Contorno – 3556 – Jardim Bela Vista e Telefone: (62) Fax: (62)


Carregar ppt "Participar das ações de vigilância em saúde, realizando análises laboratoriais com qualidade, coordenando a Rede Estadual de Laboratórios e gerando informações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google