A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dicas sobre alimentação para pacientes com Porfirias agudas As recomendações não se aplicam aos pacientes em geral, variando diante das necessidades individuais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dicas sobre alimentação para pacientes com Porfirias agudas As recomendações não se aplicam aos pacientes em geral, variando diante das necessidades individuais."— Transcrição da apresentação:

1 Dicas sobre alimentação para pacientes com Porfirias agudas As recomendações não se aplicam aos pacientes em geral, variando diante das necessidades individuais e da natureza, severidade das crises e tipos de porfiria. Por isso deve-se sempre consultar um nutricionista.

2 Pacientes com Porfiria ALAD Porfiria Aguda Intermitente Coproporfiria Hereditária Porfiria Variegata Devem ter uma dieta equilibrada que além de todos os nutrientes necessários seja rica em carboidratos

3 Dieta rica em carboidratos Veja informações, em separado.

4 Existe a possibilidade de alguns componentes químicos estimularem a via de biossíntese do heme. Frutas frescas e vegetais devem ser bem lavados, ou mesmo descascados antes de comer (se houver maior sensibilidade a produtos químicos). Apesar de não haver evidencias comprovadas, os defumados, os repolhos de todas as variedades, ou outros que contenham produtos químicos em grandes quantidades devem ser EVITADOS.

5 A alimentação deve ser regular. T rês refeições e três lanchinhos ao dia, com planejamento individual dependendo da idade, sexo, atividade, tipo de porfiria e intensidade das crises. Comendo porções menores em intervalos menores você terá uma fonte constante de energia, o que diminuirá a possibilidade de super produção de porfirinas.

6 Nunca fique em jejum!!! Isso estimula a produção de porfirinas.

7 Hidratação Uma boa hidratação é muito importante e pode ser feita com água, sucos, e chás.

8 Durante as crises Recomenda-se que a ingestão de carboidratos seja de 300 a 500 gramas, e que fora das crises a ingestão não seja restringida, nem por periodos curtos de tempo.

9 Quando estiver em crise, os açúcares simples são mais benéficos.

10 Quando você estiver bem É mais recomendado carboidrato na forma complexa. Carboidratos complexos irão sustentar seu grau de energia por mais tempo, e contém mais Nutrientes.

11 Como complementação, as fibras (grãos integrais, frutas frescas e vegetais) vão prolongar o periodo de tempo que os carboidratos permanecerão em seu corpo.

12 Ao começarem os sintomas de porfiria aguda Tome um copo de suco ou outra bebida adocicada, não alcólica, e/ou até 6 biscoitos a cada hora, até estar bem para retomar a dieta regular. Carboidrato na forma de açucar simples será mais efetivo nesse momento. Mas quando estiver melhor, os carboidratos complexos são os indicados. Se não melhorar, procure seu médico.

13 Crises frequentes?... Náuseas?... Diarréia?... Para complementar a alimentação, quando você não pode se alimentar direito, alimentos líquidos podem ser uma opção. Produtos como Ensure podem ser úteis. Diabeticos, podem usar Glucerna. Um nutricionista deve ser consultado para seu plano alimentar

14 Diabetes Os pacientes diabéticos devem ser monitorados, para que o açúcar no sangue não exceda os níveis adequados, nem fique abaixo, pois nesse caso além da hipoglicemia poderá ser o início de uma crise de porfiria. Deverá ser planejada uma dieta especial para os dias de crise

15 Jejum pré-exames Quando algum exame ou cirurgia exigir um periodo de jejum, procure agendar isso para o mais cedo possível, pela manhã. E no seu último lanche da noite cuide para que haja carboidrato complexo e fibras, pois esses prolongarão sua fonte de energia.

16 Redução de Peso Se for necessário perder peso o (a) nutricionista deverá estabelecer para você, um programa com redução de apenas 10% das calorias que reduziria para uma pessoa com condições iguais à sua, mas sem porfiria aguda. Isso levará a uma perda de peso lenta e gradual, reduzindo o risco de uma crise de porfiria.

17 Será necessário tempo e disciplina consideráveis, mas a restrição moderada de energia é o recomendável para todas as pessoas, independente de terem porfirias agudas ou não. Quem perde peso rapidamente também o recupera rapidamente. A perda de peso vem com uma alimentação saudável e balanceada.

18 Corte calorias extras e gorduras como batata chips, frituras, bolos e bolachas recheadas, e chocolates nos lanchinhos

19 Prefira os sem recheios, além de frutas, sucos, e outros menos calóricos.

20 Também, reduza as quantidades de queijo, manteiga, margarina, molhos, e alimentos processados.

21 E faça exercícios... Alguma coisa dentro de suas possibilidades, sem exageros Os exercícios farão você ganhar músculos e ajudarão a queimar as calorias.

22 A ABRAPO espera que você aprenda a se conhecer e se cuidar, evitando assim novas crises de porfirias agudas e suas consequencias.


Carregar ppt "Dicas sobre alimentação para pacientes com Porfirias agudas As recomendações não se aplicam aos pacientes em geral, variando diante das necessidades individuais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google