A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SES/SUVISA/GIRF GOIÁS Todo dia é dia de vacinação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SES/SUVISA/GIRF GOIÁS Todo dia é dia de vacinação."— Transcrição da apresentação:

1 SES/SUVISA/GIRF GOIÁS Todo dia é dia de vacinação

2 POR QUE INFORMAR ?

3 Registro de vacinação 839 salas de vacinação Estrutura da rede de vacinação do Programa Estadual de Imunizações Cerca de 5% não informam dados de rotina Ações: Excluir salas de vacinas que não funcionam Cadastrar salas que estão funcionando

4 345 doses da vacina DTP administradas em <1ano: 238 (D1) 27 (D2) 80 (D3) doses da dupla viral digitadas para homens, mulheres e crianças. D1 para a vacina T Viral 96 < 1 ano D2 para a vacina Tviral: 537 em crianças de 1 ano 93 – 2 anos 149 – 3 anos Será a dose da tetra digitada como DTP e como Hib? Faltou vacina Tetra? Aplicaram mesmo? Será que estas doses foram para bloqueio? Aplicaram mesmo? Na avaliação do banco de dados do ano 2010:

5 Cerca de pessoas 1 ano de idade, receberam a dose da BCG na rotina. Destes, mil receberam uma segunda dose (REV) 581 crianças < 1 ano foram vacinadas com a D1 da BCG (Hanseníase) e 19 com a D2 Ainda na avaliação do banco de dados do ano 2010:

6 Comparando dados de doses distribuídas do EDI e ou SIES, com dados de doses aplicadas em Goiás, 2010 IMUNOBIOL Í GICOSRECEBIDOSAPLICADAS INATIVA CONTRA POLIO TRIPLICE ACELULAR DUPLA INFANTIL186 PENTAVALENTE15065 CONTRA PNEUMOCOCO CONTRA VARICELA HAEMOPH.INFLUENZAE B CONTRA HEPATITE A CONTRA MENINGITE A/C30260 IMUNOG.HEPATITE B IMUNOG.TETANICO IMUNOG.RAIVA6137 IMUNOG.VARICELA24851 SORO ANTI-TETANICO SORO ANTI-DIFTERICO1044 SORO ANTI-RABICO SORO ANTIBOTULINICO1811 SORO BOTROP/CROTALIC SORO BOTROP/LAQUETIC017 SORO BOTROPICO SORO CROTALICO SORO ELAPIDICO81026 SORO ARACNIDICO94557 SORO ESCORPIONICO SORO LONOMIA200 SORO LOXOCELICO010 PNEUMOCOCICA 7 VALEN

7 Foram comparados os resultados das coberturas vacinais da BCG, HB, VOP, TETRA, VORH, FEBRE AMARELA e TV do banco de dados do ano 2010 com o ano 2009: Municípios que não atingiram a meta para as 7 vacinas 2,4% (6)4,8% (12) Municípios que atingiram meta para as 7 vacinas 31,30% (77)25,20% (62)

8 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais de BCG em menores de 1 ano Goiás, 2000 a 2011* Fonte: SI- API/PNI*Até maio de 2011

9 Mapas das Coberturas Vacinais de BCG, por Municípios % < 95% LEGENDA

10 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais da Hepatite B em menores de 1 ano. Goiás, 2000 a 2011* *Até maio de 2011 Fonte: SI- API/PNI

11 Mapas das Coberturas Vacinais de Hepatite B por Municípios % < 95% LEGENDA

12 RSPopulaçãoDoses Aplicadas Resíduo s Municípios Central Avelinópolis, Sto Antônio e Damolândia(1) Brazabrantes (2) Centro Sul Varjão (0) Entorno Sul Entorno Norte Damianópolis, Flores de Goiás, Planaltina e Posse (0); Guarani (1) Nordeste Tá ruim Norte Estrela do Norte e Trombas (0), Bonópolis (1); Formoso (2) Serra da Mesa Alto Horizonte (0) São Patrício Uruana (0); São Patrício (1); Nova América (2) Pirineus Rio Vermelho Araguapaz, Aruana, Britânia, Faina, Goiás, Guaríta, Heitoraí, Itaberaí, Itapirapua, Itapuranga, Matricha, Mossamedes, Mozarlândia (0) e Nova Crixas (2) Oeste I Diorama (0), Palestina; Moiporá (1); Amorinópolis, Israelândia (2) Oeste II Buriti de GO, Córrego do Ouro, Palminópolis São João da Paraúna (2) Sudoeste I Sudoeste II Sta Rita do Araguaia (0) Sul Água Limpa, bom Jesus de Goiás (0) ; Aloândia (2) Estrada de Ferro Davinópolis, Rio Quente (0); Cumari e Sta Cruz de GO (2) Total CV: 9,26% Nº de Doses Aplicadas de Hepatite B na faixa etária de 20 a 24 anos. Goiás, janeiro a junho de 2011.

13 implantada na rotina Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais da Vacina Oral Rotavirus Humano - VORH em menores de 1 ano. Goiás, 2000 a 2011* *Até maio de 2011Fonte: SI- API/PNI

14 Mapas das Coberturas Vacinais da VORH por Municípios % < 95% LEGENDA

15 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais Contra Poliomielite em menores de 1 ano Goiás, 2000 a 2011* Fonte:SI- API/PNI *Até maio de 2011

16 Mapas das Coberturas Vacinais da VOP por Municípios % < 95% LEGENDA

17 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais da Tetravalente em menores de 1 ano. Goiás, 2002 a 2011* implantada na rotina *Até maio de 2011Fonte: SI- API/PNI

18 Mapas das Coberturas Vacinais de Tetravalente por Municípios % < 95% LEGENDA

19 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais Contra Febre Amarela em menores de 1 ano Goiás, 1999 a 2011* Fonte:SI- API/PNI *Até maio de 2011

20 Mapas das Coberturas Vacinais de Febre Amarela por Municípios % < 95% LEGENDA

21 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais da Tríplice Viral em crianças de 1 ano. Goiás, 1999 a 2011* implantada na rotina Fonte: SI- API/PNI * Até maio de 2011

22 Mapas das Coberturas Vacinais de Tríplice Viral por Municípios % < 95% LEGENDA

23 Série Histórica das Homogeneidades e Coberturas Vacinais nas Campanhas Contra Influenza Goiás a 2011 Fonte:SI-API/PNI CV 80% Incluídos: cças 6m a <2 anos, gestantes, idosos, indígenas e prof. saúde

24 Homogeneidades e Coberturas Vacinais, por grupos, na Campanha Contra Influenza Goiás, Fonte:Site pni.datasus.gov.br

25 CV <95% coincidentes quando se realizam outras campanhas. Em 2008 Campanha rubéola adultos; 2010 A (H1N1) grupos prioritários: todas demandaram esforços e envolveram grandes contingentes populacionais. Coberturas vacinais em campanhas de vacinação contra poliomielite em menores de cinco anos. Goiás, 2003 a 2010

26 Fonte: SIAPI Pop 100% nas duas etapas e homogeneidade demonstram maior adesão da população < 1ano Coberturas vacinais e homogeneidade de coberturas nas etapas da campanha de vacinação da Poliomielite em < 5 anos por grupos prioritários. Goiás, 2010

27 Fonte: SI-API Homogeneidade de coberturas vacinais para as vacinas DTP+Hib e Poliomielite < 1ano de idade. Goiás, 2006 a 2010

28 Oportunidades perdidas de vacinação - Goiás Número de D3 da vacina VOP > D1 do ano 2003 até 2007 (taxa de abandono negativa)????? DTP+Hib 2004 ate 2007 e D1 >D3. Fonte: SI-API

29 Oportunidades perdidas de vacinação - Goiás Fonte: SI-API Nº de Doses Aplicadas e Taxa de Abandono. Goiás, 2010.

30 Os dados sugerem vacinação inoportuna, acesso tardio da criança ao serviço e por conseqüência, perda de oportunidade de vacinação. Provavelmente interfere para o menor número de doses da VORH (D1 - 3m7dias e D2 -5m15dias). Número de D3 das vacinas VOP; DTP+Hib e Hep B é maior que a D1 de VORH Números de doses aplicadas por tipo de vacinas e doses do esquema vacinal correspondente em < 1ano de idade, Goiás, 2010 Oportunidades perdidas de vacinação - Goiás

31 Coberturas vacinais em menores de 1 ano de idade com as vacinas VORH E VOP, por Regionais de Saúde, 2010

32 Parâmetros e critérios para a vigilância das CV (risco e prioridade): Por tipo de vacina, estratos de coberturas vacinais, porte populacional e taxa de abandono; Identificação de possíveis determinantes dos resultados das CV; Alternativas viáveis em curto prazo (imediato), médio prazo (no ano em curso) para modificar a situação encontrada; Mecanismos de acompanhamento do processo por esfera de gestão Ação

33 Pontos que interferem negativamente no alcance das coberturas vacinais População sub ou super estimada. Registro inadequado Agendamento de vacinas /oportunidades perdidas. Recursos humanos: despreparados, rotatividade, vários empregos, não exclusividade do profissional) Movimentos populacionais (assentamentos, MST, novas industrias) Descrédito do serviço de vacinação; Gestores sensibilizados quanto ao objetivo do programa?!

34 Propostas Realizar avaliação de coberturas vacinais; Análise do banco de dados dando ênfase as taxas de abandono; Revisão do denominador Sinasc (Declaração de NV) Identificação de erros na base de dados (área responsável) Revisão do numerador Boletins de doses aplicadas Avaliação da demanda (rotina) Implantação de novo sistema – (SI-API)

35 Evitar a perda de oportunidade de vacinação; Estabelecer o mínimo de rotina que evite o máximo de erro; Restabelecer a rotina da busca ativa de faltosos Garantir o acesso da população às salas de vacinação, com adequação do funcionamento (horário e dias) e abolindo restrições para aberturas de frascos (agendamento); Garantir a vacinação nas áreas de difícil acesso: zona rural, assentamento, MST, povoados e distritos, Propostas

36 PROPOSTAS Elaborar estratégias/atividades específicas para melhorar as coberturas vacinais nas áreas de risco; Implementar estratégias de comunicação para incentivar e orientar na busca à vacinação; Supervisões rotineiras nas salas de vacina. Educação Continuada Sensibilização dos gestores. Divulgação Educação em Saúde Comunicação

37 Hum... Copa do mundo... Olimpíadas... Precisamos estar preparados contra: Poliomielite Sarampo Febre Amarela Hepatite B

38 Obrigada!


Carregar ppt "SES/SUVISA/GIRF GOIÁS Todo dia é dia de vacinação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google