A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González."— Transcrição da apresentação:

1 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

2 1. Obsessão- O que é e como se da; 2. Tipos de Obsessão; 3. Técnicas e Táticas Obsessivas; 4. O Processo Desobsessivo ; 5. Prevenção. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

3 (...)pode a alma encontrar-se na dependência de outro Espírito, de modo a se achar subjugada ou obsedada, ao ponto de a sua vontade vir achar-se, de certa maneira, paralisada?. Sem dúvida e são esses os verdadeiros possessos. Mas, é preciso saibas que essa dominação não se efetua nunca sem que aquele que a sofre o consinta, quer por sua fraqueza, quer por desejá-la. Muitos epilépticos ou loucos, que mais necessitavam de médico que de exorcismos, têm sido tomados por possessos. ( O Livro dos Espíritos – Cap. IX – Q-474)

4 1- OBSESSÃO DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

5 O que é? (...)Domínio que alguns Espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. Nunca praticada senão pelos Espíritos inferiores, que procuram dominar. (...)Domínio que alguns Espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. Nunca praticada senão pelos Espíritos inferiores, que procuram dominar. KARDEC, Allan, O Livro dos Médiuns, item 237. (...) É a ação persistente que um Espírito mau exerce sobre um indivíduo. Apresenta características muito diversas, desde a simples influencia moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais. Kardec, Allan, O Evangelho Seg. o Espiritismo Cap. XXVIII - 81 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

6 (...) esse intercâmbio de características negativas ou vulgares determina o aparecimento das síndromes obsessivas que, não cuidadas em tempo próprio, se transformam em malsinada fascinação e subjugação, com graves riscos (...) MIRANDA, Manoel Philomeno,Temas da Vida e da Morte, OBSTÁCULOS À MEDIUNIDADE. MIRANDA, Manoel Philomeno,Temas da Vida e da Morte, OBSTÁCULOS À MEDIUNIDADE. (...) esse intercâmbio de características negativas ou vulgares determina o aparecimento das síndromes obsessivas que, não cuidadas em tempo próprio, se transformam em malsinada fascinação e subjugação, com graves riscos (...) MIRANDA, Manoel Philomeno,Temas da Vida e da Morte, OBSTÁCULOS À MEDIUNIDADE. MIRANDA, Manoel Philomeno,Temas da Vida e da Morte, OBSTÁCULOS À MEDIUNIDADE. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

7 O médium é um indivíduo sensível a determinadas influenciações do Mundo Espiritual, ao mesmo tempo receptivo a certas ondas mentais que procedem dos homens, e, não raro, produzem fenômenos de telepatia, com correspondente resposta anímica aos apelos vigorosos ou aos impulsos- determinações que lhe são dirigidos. Por que Acontece?

8 Justapondo-se sutilmente cérebro a cérebro, mente a mente, vontade dominante sobre vontade que se deixa dominar, órgão a órgão, através do periespírito pelo qual se identifica com o encarnado, a cada cessão feita pelo hospedeiro, mais coercitiva se faz a presença do hóspede, que se transforma em parasita insidioso (...) Justapondo-se sutilmente cérebro a cérebro, mente a mente, vontade dominante sobre vontade que se deixa dominar, órgão a órgão, através do periespírito pelo qual se identifica com o encarnado, a cada cessão feita pelo hospedeiro, mais coercitiva se faz a presença do hóspede, que se transforma em parasita insidioso (...) MIRANDA,Manoel Philomeno, Nos Bastidores da Obsessão. MIRANDA,Manoel Philomeno, Nos Bastidores da Obsessão. Como se dá? DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

9 Referimo-nos à identificação de idéias e propósitos, que certos indivíduos percebem noutros, passando a receber-lhes o magnetismo e deixando-se impregnar. Referimo-nos à identificação de idéias e propósitos, que certos indivíduos percebem noutros, passando a receber-lhes o magnetismo e deixando-se impregnar. ANGELIS, Joanna, Fonte de Luz, INFLUECIAÇÕES SUTIS. ANGELIS, Joanna, Fonte de Luz, INFLUECIAÇÕES SUTIS. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

10 Quando um Espírito, bom ou mau, quer atuar sobre um indivíduo, envolve-o, por assim dizer, no seu perispírito, como se fora um manto. Quando um Espírito, bom ou mau, quer atuar sobre um indivíduo, envolve-o, por assim dizer, no seu perispírito, como se fora um manto. (Obras Póstumas – Cap. VII – Item 56) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

11 2. TIPOS DE OBSESSÃO O OBSESSÃO SIMPLES BSESSÃO POR FASCINAÇÃO BSESSÃO POR SUBJUGAÇÃO DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

12 LM Entre os escolhos que apresenta a prática do Espiritismo, cumpre se coloque na primeira linha a obsessão, isto é, o domínio que alguns Espíritos logram Adquirir sobre certas pessoas... A obsessão apresenta caracteres diversos, que é preciso distinguir e que resultam do grau do constrangimento e da natureza dos efeitos que produz. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

13 OBSESSÃO SIMPLES: Influência moral sem perceptíveis sinais exteriores (ESSE- Cap. XXVIII – 81) OBSESSÃO POR FASCINAÇÃO: Estabelecidos os liames da comunicação o processo continua, firmando os plugues do canal obsessivo no receptor que a partir daí comparte as suas com as idéias que lhe são insufladas (MPM Nas Fronteiras da Loucura – Pg 14 e 15) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

14 OBSESSÃO POR SUBJUGAÇÃO: Domínio que os maus Espíritos sobre certas pessoas com o objetivo de as escravizar e submeter à vontade deles. (Obras Póstumas – Cap. VII – Item 56) OBSESSÃO POR SUBJUGAÇÃO: Domínio que os maus Espíritos sobre certas pessoas com o objetivo de as escravizar e submeter à vontade deles. (Obras Póstumas – Cap. VII – Item 56) (...) até a perturbação completa do organismo e das faculdade mentais. (ESSE Cap. XXVII – 81) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

15 3. TÉCNICAS E TÁTICAS OBSESSIVAS 3. TÉCNICAS E TÁTICAS OBSESSIVAS INDIVIDUAIS INDIVIDUAIS DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

16 (...) voltam-se, sobretudo, contra os espíritas sinceros e operosos, que lhes constituem barreira à sementeira da perversidade e da luxúria, do desequilíbrio e da perversão, do ódio e dos seus sequazes (...) (...) voltam-se, sobretudo, contra os espíritas sinceros e operosos, que lhes constituem barreira à sementeira da perversidade e da luxúria, do desequilíbrio e da perversão, do ódio e dos seus sequazes (...) Qual é o Alvo? DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

17 Utilizando-se das próprias falhas do caráter de cada um, das suas dificuldades morais, dos conflitos e das heranças da conduta pregressa, estimulam-nos o retorno às paixões, intensificando o cerco e atirando-lhes pessoas desequilibradas, que passam a aturdi-los com os seus apelos vis, a sua psicosfera mórbida, a sua presença desagradável e tóxica (...) Quais os recursos das Trevas? DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

18 (...) Discussões inoperantes, rixas e impertinências, queixas e intrigas, maledicências soezes e calunias bem elaboradas, vinganças covardes e mentirosas que surgem da fantasia dos mais sonhadores e frívolos, são recursos utilizados pelos técnicos das Legiões das Trevas(...) (...) Discussões inoperantes, rixas e impertinências, queixas e intrigas, maledicências soezes e calunias bem elaboradas, vinganças covardes e mentirosas que surgem da fantasia dos mais sonhadores e frívolos, são recursos utilizados pelos técnicos das Legiões das Trevas(...) MIRANDA, Manoel Philomeno, Sexo e Obsessão,. MIRANDA, Manoel Philomeno, Sexo e Obsessão,. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

19 2ª - o NARCISISMO é filho predileto do egoísmo e pai do orgulho, da vaidade, inerentes ao ser humano. 1ª - o homem- redefiniu o novo Soberano das trevas – é um ANIMAL SEXUAL que se compraz no prazer, deve ser estimulado ao máximo. TÁTICA DAS 4 FRAGILIDADES HUMANAS - Trilhas da Libertação TÉCNICAS INDIVIDUAIS DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

20 3º - o PODER tem prevalência em a natureza humana (...) O poder é alçapão que não poupa quem quer que lhe caia na trampa. 4º - o DINHEIRO, que compra vidas e escraviza almas, será excelente recurso decisivo. (...) Quem poderá resistir a essas quatro legítimas verdades? MIRANDA, Manoel Philomeno, Trilhas da Libertação, DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

21 Agora reinvestem com vigor (...) mediante o combate aos seus adeptos. Armadilhas soezes, instrumentos cruéis, técnicas refinadas, aparatos complexos são utilizados para vencê-los, atraindo-os e dizimando-os nos seus propósitos mais sadios, ou vencendo-os com as suas sortidas infelizes, mediante intercâmbio doentio e obsessivo, para os desanimar ou perverter. Agora reinvestem com vigor (...) mediante o combate aos seus adeptos. Armadilhas soezes, instrumentos cruéis, técnicas refinadas, aparatos complexos são utilizados para vencê-los, atraindo-os e dizimando-os nos seus propósitos mais sadios, ou vencendo-os com as suas sortidas infelizes, mediante intercâmbio doentio e obsessivo, para os desanimar ou perverter. MIRANDA, Manoel Philomeno, CONVITES À REFLEXÃO E AO TESTEMUNHO, Sexo e Obsessão, cap. 23.

22 3. TÉCNICAS E TÁTICAS OBSESSIVAS 3. TÉCNICAS E TÁTICAS OBSESSIVAS COLETIVAS DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

23 TÁTICAS PARA INFILTRAÇÃO NA CASA ESPÍRITA EQUIPE DAS TREVAS PROTEÇÃO ESPIRITUAL EQUIPE de ENCARNADOS DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

24

25 INFILTRAÇÃO PROGRAMADA (...) Nosso trabalho está limitado pelas Leis Universais que regulam nossa influenciação. (Pg 04) (...) A Casa Espírita que desejamos invadir, dispõe de poderosa proteção Espiritual.... (Pg 04) (...) Nossa atuação será na surdina. Trabalharemos silenciosamente, ocultamente, no campo dos sentimentos, sugerindo pensamentos, estimulando as irritações, o ciúme, a fofoca, a indignação, os melindres, a disputa de cargos e de tarefas, etc.... (pg 04) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

26 (...) Temos um vasto campo de atuação junto ás inferioridades humanas. Aproveitaremos as brechas deixadas por muitos trabalhadores... (Pg 06) (...) Este é o único modo de penetrarmos na Casa, a única forma de não sermos barrados pela correntes protetoras, pois que, os mensageiros do Bem não podem violar o Livre- Arbítrio dos adeptos do Cristo.... (Pg 04) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

27 (...) Os Espíritos do Bem, sempre dizem que do mal tiram o bem, que nossa entrada é permitida porque servirá de teste para os freqüentadores e trabalhadores da Casa. Contudo, enquanto eles aguardam a provação dos seus pupilos no campo das provas, nos apostamos na reprovação do tutelados... (pg 05)

28 ALGUNS CASOS I – OSMOSE PARASITÁRIA PREFERÊNCIAS IGUAIS ASSINALAM O PERSEGUIDOR E O PERSEGUIDO, PORQUE DO MESMO NÍVEL DE EVOLUÇÃO MORAL. TEMPERAMENTOS FORTES, IDENTIDADE DE INTERESSES MESQUINHOS, FACULTAM LIGAÇÕES DE IGUALDADE FLUÍDICA, ENTRELAÇANDO OS LITIGANTES NO MESMO HALO DE COMUNHÃO, AMPLIANDO-SE A INTERDEPENDÊNCIA NA RAZÃO DIRETA EM QUE O HOSPEDEIRO SE ENTREGA AO ALBERGADO PISIQUICO. PREFERÊNCIAS IGUAIS ASSINALAM O PERSEGUIDOR E O PERSEGUIDO, PORQUE DO MESMO NÍVEL DE EVOLUÇÃO MORAL. TEMPERAMENTOS FORTES, IDENTIDADE DE INTERESSES MESQUINHOS, FACULTAM LIGAÇÕES DE IGUALDADE FLUÍDICA, ENTRELAÇANDO OS LITIGANTES NO MESMO HALO DE COMUNHÃO, AMPLIANDO-SE A INTERDEPENDÊNCIA NA RAZÃO DIRETA EM QUE O HOSPEDEIRO SE ENTREGA AO ALBERGADO PISIQUICO. (Manoel P. de Miranda – Obsessão Instalação e Cura – Pg 47) DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

29 II – ALIENAÇÃO OBSESSIVA SUTILMENTE, A PRINCÍPIO, EM DELICADO PROCESSO DE HIPNOSE, A IDÉIA DO OBSIDENTE PENETRA A MENTE DO FUTURO HÓSPEDE QUE, DESGUARDADO DAS RESERVAS MORAIS NECESSÁRIAS PARA A MANUTENÇÃO DE SUPERIOR PADRÃO VIBRATÓRIO, COMEÇA A DAR GUARIDA AO PENSAMENTO INFELIZ, INCORPORANDO-O ÀS PRÓPRIAS CONCEPÇÕES. Manoel P. de Miranda – Obsessão Instalação e Cura – Pg 51

30 III – VAMPIRISMO ESPIRITUAL O AGENTE OPRESSOR INFLUENCIA DE TAL FORMA O PACIENTE PERTURBADO POR PROCESSO DE ABSORÇÃO DO PLASMA MENTAL. QUANDO EM PARCIAL DESPRENDIMENTO PELO SONO, O ESPÍRITO PARASITA BUSCA A VÍTIMA (...) O ÓDIO TANTO QUANTO O AMOR DESVAIRADO CONSTITUEM ELEMENTOS MATRIZES DESSAS OBSESSÕES ESPECIAIS. Manoel P. de Miranda – Obsessão Instalação e Cura – Pg 81 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

31 4- O PROCESSO DESOBSESSIVO DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

32 (...) em sentido amplo, é o processo de regeneração da Humanidade (...) Em sentido restrito, é o tratamento das obsessões, orientado pela Doutrina Espírita. SCHUBERT, Suely Caldas, Obsessão/Desobsessão..., parte 3ª, cap. 1. (...) em sentido amplo, é o processo de regeneração da Humanidade (...) Em sentido restrito, é o tratamento das obsessões, orientado pela Doutrina Espírita. SCHUBERT, Suely Caldas, Obsessão/Desobsessão..., parte 3ª, cap. 1. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

33 A desobsessão é técnica espírita especializada para libertar as mentes que se interdependem, no comércio infeliz da submissão espiritual. Especialmente aplicada nos fenômenos que caracterizam a dominação de um Espírito sobre um ser encarnado, ela se apóia em dois elementos essenciais:

34 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González O ESCLARECIMENTO DO VINGADOR que cobra por ignorância ou perversidade os delitos do passadoO ESCLARECIMENTO DO VINGADOR que cobra por ignorância ou perversidade os delitos do passado A RENOVAÇÃO MORAL do DEVEDOR, a vítima atual – que se transferiu da situação de algoz de ontem para a de devedor de hoje.

35 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González Requisitos importantes: a COMPAIXÃO de ambos os litigantes, interesse de AJUDA RECÍPROCA, desejo de libertação, ARREPENDIMENTO do endividado e PERDÃO do credor. A desobsessão compreende basicamente duas grandes atividades: ATENDIMENTO AOS ENCARNADOS, ATENDIMENTO AOS ENCARNADOS, ATENDIMENTO AOS DESENCARNADOS. ATENDIMENTO AOS DESENCARNADOS. (Obsessão Instalação e Cura – MPM / Divaldo Franco – pg 169/180)

36 Deveremos entender os Centros Espíritas também como organizações coletivas, em que estejamos interessados na proposta desobsessiva globalizada. (...) Precisamos trabalhar essa idéia de unidade. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

37 (...) Diferença psíquica significativa tem de apresentar a Casa Espírita em relação a outros recintos de qualquer natureza, atestando, dessa forma, a qualidade dos seus trabalhadores espirituais e tipo de finalidades a que se destina... (...) Diferença psíquica significativa tem de apresentar a Casa Espírita em relação a outros recintos de qualquer natureza, atestando, dessa forma, a qualidade dos seus trabalhadores espirituais e tipo de finalidades a que se destina... MIRANDA, Manoel P., Tramas do Destino, cap. 21. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González A Desobsessão e o Trabalho de Equipe A Desobsessão e o Trabalho de Equipe

38 Todos os trabalhadores integrados nas atividades doutrinárias e assistenciais do Centro Espírita, em particular aqueles que formam a equipe mediúnica, estão sistematicamente envolvidos no trabalho de desobsessão, indireta ou diretamente. PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura Todos os trabalhadores integrados nas atividades doutrinárias e assistenciais do Centro Espírita, em particular aqueles que formam a equipe mediúnica, estão sistematicamente envolvidos no trabalho de desobsessão, indireta ou diretamente. PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

39 (...)Existe, dessa forma, uma cúpula gerenciadora de todo esse processo desobsessivo na Terra. PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura. (...)Existe, dessa forma, uma cúpula gerenciadora de todo esse processo desobsessivo na Terra. PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura. DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González

40 O Atendimento Fraterno na Casa Espírita é a porta de acesso para que o indivíduo ali possa ser atendido com finalidade de diagnosticar, orientar e sugerir as terapias que ele deve utilizar para o processo da desobsessão (...) PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura O Atendimento Fraterno na Casa Espírita é a porta de acesso para que o indivíduo ali possa ser atendido com finalidade de diagnosticar, orientar e sugerir as terapias que ele deve utilizar para o processo da desobsessão (...) PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura

41 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González O passe Primeiro a pessoa deve passar por este serviço para ser estimulada, reavaliada e preparada para o mecanismo do passe. (...) O passe deve ser vinculado ao Atendimento Fraterno. Primeiro a pessoa deve passar por este serviço para ser estimulada, reavaliada e preparada para o mecanismo do passe. O passista deve saber que ele é um elemento da desobsessão (...) PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura

42 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González Reunião Doutrinária Outra atividade de muita importância para o processo da desobsessão é a Reunião Doutrinária (...) PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura

43 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González Pude observar, também, que algumas crianças perturbadas por adversários insanos (...) recebiam, além das bases formadoras da educação espírita, o socorro específico para libertá-las da injunção penosa em que se encontravam. Evangelização infanto-juvenil

44 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González (...)Alguns desses inimigos – elucidou-nos o amigo Lins – ficam retidos em nossas fronteiras, a fim de receberem, no momento adequado das reuniões mediúnicas, o socorro de que carecem, despertando para nova ordem de valores e de pensamento. MIRANDA, Manoel Philomeno, VALIOSAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS, Entre os Dois Mundos, cap.18 MIRANDA, Manoel Philomeno, VALIOSAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS, Entre os Dois Mundos, cap.18

45 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González reunião mediúnica (...) Uma reunião mediúnica de caráter desobsessivo deve seguir alguns padrões de qualidade (...) PUGLIESE, Adilton, O CENTRO ESPÍRITA E A DESOBESSÃO, A Obsessão, Instalação e Cura Importante é avançarmos no trabalho de desobsessão lentamente. Não nos rotulemos como grupo especializado em trabalho desosbsessivo antes que tenhamos conquistado as qualidades necessárias, apontadas por Allan Kardec em O Livro dos Médiuns (item197), quando define os Bons Médiuns. Idem, Páginas 180 a 201.

46 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González São os Mentores Espirituais que possuem competência para encaminhar os Espíritos desencarnados para o atendimento específico de acordo com as reais possibilidades do grupo. A programação é por tanto definida de lá, para cá e não ao contrario, devemos deixar que o Mundo Espiritual programe o trabalho de desobsessão, certos de que, ninguém deixará de ser atendido, mesmo quando nós - a nossa Casa ou o nosso grupo- ainda não dispomos das condições essenciais para desempenhar com eficiência esta tarefa (...)

47 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González (...) A Benfeitora Joanna de Angelis assevera que antes de dez anos todos os ensaios humanos não passam de tentativas, e acrescenta, que o Mundo Espiritual passa a valorizar o trabalho quando ele se consolida pelo esforço perseverante, depois de 10 anos de experimentação. Fonte: Obsessão Instalação e Cura – Projeto Manoel P. de Miranda / Ed. Leal – Páginas 180 a 201.

48 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González 5- PREVENÇÃO

49 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González as negligências mentais e morais; as negligências mentais e morais; as conversações doentias; as conversações doentias; O cultivo de pensamentos vulgares O cultivo de pensamentos vulgares O acalanto de tendências negativas O acalanto de tendências negativas Orgulho, ciúme, Melindre Orgulho, ciúme, Melindre COMBATER

50 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González CULTIVAR Devotamento Devotamento Modéstia Modéstia Equilíbrio Equilíbrio Vigilância Vigilância Tolerância Tolerância Fé Fé Oração Oração

51 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González INVESTIR ESTUDO O Estudo Doutrinário propiciará importantes conquistas que funcionarão como ferramentas facilitadoras da ação para o êxito (...). REFORMA MORAL As imperfeições morais do obsidiado constituem, frequentemente, um obstáculo à sua libertação Kardec- Allan – O Livro dos Médiuns item 24

52 DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González ( (( (...) ergue a tua oração e roga aos Benfeitores Celestes o socorro (...) a fim de te desviares destes dardos morbíficos que se destinam a retardar a ação do Bem na Terra (...) CAMILO, INFLUÊNCIA PARALISANTE, Correnteza de Luz, cap. 24

53 Brilhe a vossa luz! – propôs o Mestre. Acendamos a claridade do amor incondicional em nosso mundo íntimo e deixemos brilhe a luz da misericórdia em toda a parte, irradiando-se de nós como bênção da vida em favor de todas as vidas. Nunca temamos! Jesus está no comando! MIRANDA, Manoel P., Sexo e Obsessão, cap. 23.

54 Jesus, Mestre Incomparável: Aqui estamos, os Teus discípulos imperfeitos, pois que fazemos apenas e desordenadamente o que nos foi recomendado. Permanece em nós a aspiração de amar e servir mais e melhor. Ajuda-nos a consegui-lo, não obstante os nossos teimosos limites. Muitas vezes temos prometido renovar-nos para ascender, mas, apesar disso não nos dispusemos a romper as algemas que nos retêm nos charcos das paixões. Hoje, no entanto, brilha em nosso íntimo diferente chama de entusiasmo e fé, apontando-nos o rumo libertador...

55 ...Desejamos agradecer-Te, Senhor, a incessante ajuda com que nos honraste, jamais nos faltaram inspiração, apoio e discernimento para agir com equilíbrio. Abençoa,Jesus, todos aqueles que partilham das nossas preocupações e tarefas, infundindo-lhes ânimo superior e disposição para o Bem, especialmente naqueles que saíram da treva e se dispõem à renovação. Despede-nos em Tua paz e prossegue conosco, pois que, sem Ti, é –nos impossível seguir com segurança na direção do porto da Paz. Que assim seja! (Manoel Philomeno de Miranda - Prece Final Trilhas da Libertação)

56 BIBLIOGRAFIA KARDEC- ALLAN – O Livro dos Médiuns item KARDEC- ALLAN – O Livro dos Médiuns item ________ – O Livro dos Espíritos – Cap. IX ________ – O Livro dos Espíritos – Cap. IX ________ - Evangelho Seg. o Espiritismo Cap. XXVIII - 81 ________ - Evangelho Seg. o Espiritismo Cap. XXVIII - 81 DIVALDO FRANCO - Miranda, Manoel P., Sexo e Obsessão,C. 23 DIVALDO FRANCO - Miranda, Manoel P., Sexo e Obsessão,C. 23 _______ – Miranda M. Philomeno, Temas das Vida e da Morte – Obstáculos à Mediunidade – Ed. Leal _______ – Miranda M. Philomeno, Temas das Vida e da Morte – Obstáculos à Mediunidade – Ed. Leal ________ - Manoel P. de Miranda - Entre os Dois Mundos, cap.18 ________ - Manoel P. de Miranda - Entre os Dois Mundos, cap.18 RAUL TEIXEIRA - Camilo, Correnteza de Luz, cap. 24 RAUL TEIXEIRA - Camilo, Correnteza de Luz, cap. 24 PROJETO MANOEL P. DE MIRANDA - Obsessão Instalação e Cura l PROJETO MANOEL P. DE MIRANDA - Obsessão Instalação e Cura l SCHUBERT, SUELY CALDAS – Obsessão/Desobsessão – FEB SCHUBERT, SUELY CALDAS – Obsessão/Desobsessão – FEB EMANUEL CRISTIANO – Esp. Nora -Aconteceu na Casa Espírita FRANCISCO C. XAVIER – André Luiz Desobsessão / FEB EMANUEL CRISTIANO – Esp. Nora -Aconteceu na Casa Espírita FRANCISCO C. XAVIER – André Luiz Desobsessão / FEB


Carregar ppt "DMED- FEDERAÇÃO ESPÍRITA CATARINENSE – Responsável Esther Fregossi González."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google