A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 HIV/AIDS Vírus da Imunodeficiência Humana/ Síndrome da Imunodeficiência Adquirida.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 HIV/AIDS Vírus da Imunodeficiência Humana/ Síndrome da Imunodeficiência Adquirida."— Transcrição da apresentação:

1 1 HIV/AIDS Vírus da Imunodeficiência Humana/ Síndrome da Imunodeficiência Adquirida

2 2 O que éHIV/AIDS? !A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é causada pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). !O HIV ataca e destrói os glóbulos brancos do sangue, causando um defeito no sistema imunológico do corpo. !O sistema imunológico de uma pessoa infectada pelo HIV torna-se tão enfraquecido que ela não pode proteger-se de infecções sérias. Quando isto acontece, do ponto de vista clínico esta pessoa contraiu a AIDS. !A AIDS pode manifestar-se tão precocemente quanto em 2 anos ou tão tardiamente quanto em 10 anos depois da infecção pelo HIV.

3 3 Estado Global do HIV/AIDS !33,4 milhões de pessoas estão vivendo com o HIV !Calcula-se que 5,8 milhões de pessoas foram infectadas em 1998 $2,1 milhões são mulheres $590,000 são crianças !Aproximadamente novas infecções ocorrem diariamente $90% em países em desenvolvimento !A maioria dos adultos neo-infectados pelo HIV tem menos de 25 anos !10,7 milhões de adultos e 3,2 milhões de crianças morreram desde o início da epidemia Fonte: UNAIDS/OMS 1998.

4 4 Número de Pessoas com HIV/AIDS por Região América do Norte Caribe América Latina 1.4 milhão Europa Ocidental África Sub- Saariana 22.5 milhões Europa Oriental & Ásia Central Ásia Oriental & Pacífico Sul e Sudeste da Ásia 6.7 milhões Austrália e Nova Zelândia África do Norte & Oriente Médio Fonte: UNAIDS/OMS 1998.

5 5 Modos de Transmissão do HIV !Relação sexual entre: $heterossexuais $Homossexuais (masculinos) – não há casos documentados de transmissão sexual entre mulheres !Exposição acidental a sangue ou a objetos/procedimentos relacionados com sangue (p. ex., transfusões de sangue, agulhas compartilhadas, instrumentos contaminados) !Transmissão mãe-criança durante: $gravidez $parto $aleitamento

6 6 Transmissão do HIV pelo Contato Sexual !De cada 100 adultos infectados pelo HIV, contrairam a infecção durante uma relação sexual não protegida $70% destas infecções resultam de uma relação heterossexual !As DSTs, especialmente as lesões ulceradas da genitalia, aumentam o risco de transmissão Fonte: UNAIDS/OMS 1996.

7 7 Transmissão do HIV pelo Sangue, Produtos do Sangue e Fluidos Corporais !Agulhas compartilhadas/contaminadas por usuários de drogas $Corresponde a 5-10% de todas as infecções em adultos !Transfusão de sangue ou produtos de sangue contaminados $Corresponde a 3-5% de todas as infecções em adultos !Instrumentos cirúrgicos contaminados !Práticas tradicionais (tatuagens, perfuração das orelhas, circuncisão) !Semen doado por homem contaminado pelo HIV Fonte: UNAIDS/OMS 1996.

8 8 Transmissão do HIV a Trabalhadores da Saúde Fonte: CCD 1996, Gerberding 1995; Seelf 1978.

9 9 HIV e Trabalhadores da Saúde !A maioria das exposições não resulta em infecção !O risco varia com: $Tipo de exposição $Quantidade de sangue envolvida $Quantidade de vírus no sangue do doente no momento da exposição $Instituição (ou não) de tratamento após a exposição

10 10 Transmissão da Mãe para a Criança !Pré-natal $Intrauterina transplacentária !Intraparto $Exposição ao sangue materno e secreções vaginais durante o trabalho de parto e o parto !Pós-parto $Durante a lactação !25-35% de todas as crianças nascidas de mulheres infectadas pelo HIV em países em desenvolvimento se tornam infectadas !90% de recém-nascidos e crianças foram infectados pela mãe Fonte: UNAIDS/OMS 1996; UNAIDS/OMS1998.

11 11 Transmissão do HIV O HIV não é transmitido por: $Contato ocasional pessoa-a-pessoa em casa, no trabalho ou em locais públicos ou sociais $Alimentos, ar, água $Picadas de insetos/mosquitos $Tosse, espirro, cuspidela $Aperto de mãos, carícias, beijo seco ou abraço $Piscinas, banheiros, etc.

12 12 Quem tem Alto Risco de Contrair AIDS A pessoa que: $Usa agulhas e seringas compartilhadas/contaminadas $É portadora de uma DST $Prática sexo anal com sua/seu parceiro(s) $Prática sexo por dinheiro ou drogas $Possui vários parceiros sexuais $Vive separada do marido devido a obrigações profissionais (p. ex., caminhoneiros, trabalhadores, migrantes)

13 13 As Mulheres e o HIV Fatores de risco sociais $Analfabetismo $Desconhecimento de medidas preventivas Fatores de risco biológicos $Mulheres tem risco duas vezes maior de contrair HIV de homens $Fisiologia feminina (p. ex., menstruação, coito) $Condições relacionadas à gravidez (p. ex., anemia, hemorragia) aumentam a necessidade de transfusão de sangue

14 14 Espectro Clínico da AIDS !Grupo 1: Infecção aguda 0-3 semanas !Janela imunológica: soroconversão 3-12 semanas !Grupo 2: Infecção assintomática 0-10 anos !Grupo 3: Linfadenopatia generalizada persistente !Grupo 4: Outras doenças relacionadas ao HIV $Doenças constitucionais $Distúrbios neurológicos $Infecções oportunistas $Neoplasias secundárias $Outras condições

15 15 Sinais e Sintomas da AIDS !Febre de origem desconhecida !Nódulos linfáticos aumentados !Erupção cutânea e tosse !Diarréia persistente !Grande perda de peso !Lesões cutâneas !Perda do apetite e fadiga

16 16 AIDS e a Criança !Os sintomas geralmente se manifestam aos 6 meses de idade $Diarréia $Deficiência do crescimento !A maioria destas crianças morre antes de completar seu 2º ano !As crianças que nascem de pais infectados pelo HIV freqüentemente tornam-se órfãos

17 17 Diagnóstico do HIV Feito principalmente pela sorologia $Através do teste dos anticorpos (ELISA); se positivo, confirmação pelo Western Blot $Cultura do sangue e tecidos

18 18 Tratamento dos Pacientes Infectados pelo HIV !Atualmente, nenhum medicamento ou tratamento pode curar a AIDS !A disponibilidade de vacinas anti-AIDS parece improvável em futuro próximo !Uma combinação de três agentes antirretrovirais (ARVs) é o padrão ouro de tratamento !Os ARVs não estão universalmente disponíveis, custam muito caro e devem ser corretamente administrados

19 19 Efeitos da AIDS sobre a Gravidez !Infertilidade !Abortos de repetição !Prematuridade !Retardo do crescimento intrauterino !Natimortos !Anomalias congênitas !Embriopatias

20 20 SIDA e Aleitamento OMS, UNAIDS e UNICEF recomendam que todas as mulheres: $Sejam informadas do risco de transmissão do HIV pelo aleitamento, $Tenham acesso ao aconselhamento voluntário e a exames para determinar o estado de sua infecção pelo HIV e $Recebam apoio em sua escolha pelo aleitamento ou pela alimentação artificial.

21 21 Transmissão do HIV da Mãe para a Criança !90% dos recém-nascidos e crianças infectados pelo HIV contrairam o vírus de suas mães !2/3 dos recém-nascidos de mulheres infectadas pelo HIV não são infectados !Dos recém-nascidos infectados: $2/3 são infectados intra-útero ou no parto $1/3 é infectado durante o aleitamento

22 22 Risco de Transmissão do HIV pelo Aleitamento !O risco é aumentado se: $A mãe adquire a infecção durante a gravidez ou a lactação $A mãe tem fissuras nas aréolas, abcessos ou outras doenças mamárias $A mãe tem sintomas de doenças relacionadas ao HIV $A criança tem feridas na boca ou infecção intestinal

23 23 Imunização de Crianças Infectadas pelo HIV !Todas as crianças infectadas pelo HIV e assintomática devem receber as imunizações costumeiras !Todas as crianças infectadas pelo HIV com sintomas e portadoras do complexo relacionado à AIDS (CRA) ou da AIDS devem receber vacinas inativadas

24 24 HIV e Anticoncepção !Anticoncepção com proteção $Camisinha masculina (látex e vinil) $Camisinha feminina $Nonoxynol-9 (creme espermaticida anti-vírus)1 $Diafragma vaginal1 !Métodos apropriados para o uso de mulheres com o HIV. Elas devem usar camisinha para proteger seu parceiro. $Hormonais (AOCs, Implantes, Progestágeno injetável) $Esterilização voluntária 1 A proteção é parcial se usado sem camisinha

25 25 Proteção dos Trabalhadores da Saúde contra o HIV Durante o Trabalho de Parto e o Parto !Precauções durante o trabalho de parto: $Proteger-se do sangue e do líquido amniótico $Proteger-se de instrumentos afiados/pontudos !Reanimação do recém-nascido: $Não fazer sucção boca-a-boca $Não fazer respiração boca-a-boca !Precauções após o parto: $Desinfecção apropriada do instrumental $Descarte apropriado da placenta e outros elementos

26 26 Tratamento Pós-Exposição dos Trabalhadores da Saúde !Pele intada, boca e nariz: lavar imediatamente com água e sabão e enxaguar profusamente para remover todas as partículas potencialmente infectadas. !Pele cortada ou perfurada: deixa sangrar livremente. !Olhos: lavar imediatamente com água e, a seguir, irrigar com solução salina durante 30 minutos. !Considerar profilaxia pós-exposição (PPE) se houver alto risco de transmissão: $Tratamento com Zidovudina (ZDV) durante 4 semanas $Iniciar, de preferência dentro de 1-2 horas Fonte: CDC 1996.

27 27 Tratamento Pós-Exposição dos Trabalhadores da Saúde continuação !Exames para o diagnóstico de HIV, imediatamente, 6 semanas, 6 meses e 12 meses apó a exposição !O tratamento, se iniciado, deve continuar durante 4 semanas. A pessoa exposta pode declinar de qualquer uma ou de todas as drogas. !Frente a exposições de menor importância, a profilaxia não é recomendada.


Carregar ppt "1 HIV/AIDS Vírus da Imunodeficiência Humana/ Síndrome da Imunodeficiência Adquirida."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google