A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Monjas de S. Bento de Montserrat 2º da PÁSCOA C Coro “Resurrexit” da Missa em si menor de Bach.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Monjas de S. Bento de Montserrat 2º da PÁSCOA C Coro “Resurrexit” da Missa em si menor de Bach."— Transcrição da apresentação:

1

2 Monjas de S. Bento de Montserrat 2º da PÁSCOA C Coro “Resurrexit” da Missa em si menor de Bach

3 Domingo de PÁSCOA: Este é o DIA Domingo 2: CRER sem ver Domingo 3: RECONHECÊ-LO Domingo 4: O PASTOR que nos ama Domingo 5: MINISTÉRIOS eclesiais Domingo 6: MISSIONÁRIOS UMA PÁSCUA DE 50 DIAS

4 Ao fundo, cúpula do Cenáculo onde foram estas aparições As imagens são do Cenáculo, lugar da primeira sinagoga convertida em Igreja

5 Jo 20, Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se encontravam, com medo dos judeus. Não tenhais as janelas fechadas, o mundo necessita da vossa experiência de PÁSCOA Vista a partir do Cenáculo

6 O Meu lado, aberto pela lança, é a PORTA do Novo Templo onde quero acolher a Humanidade veio Jesus, colocou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor. Capitel do Cenáculo com pelicanos, símbolo de Cristo que com o peito aberto, dá a própia Vida

7 Jesus disse-lhes de novo: «A paz esteja convosco. Assim co-mo o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós». Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: "Recebei o Espírito Santo: Como um “farol”, irradiai o alento pascal Exterior do Cenáculo

8 Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoa-dos; e àqueles a quem os retiverdes serão retidos». um PERDÃO sem medida Sala alta, que recorda a vinda do Espírito

9 Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Disseram-lhe os outros discípulos: «Vi-mos o Senhor». Mas ele respondeu-lhes: «Se não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, se não meter o dedo no lugar dos cravos e a mão no seu lado, não acreditarei». Não deixeis ninguém de fora, nem os agnósticos, nem os ateus, nem... nem... Entrada

10 Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez em casa e Tomé com eles. Veio Jesus, estando as portas fechadas, apresentou-Se no meio deles e disse: «A paz esteja convos-co». Depois disse a Tomé: «Põe aqui o teu dedo e vê as mi-nhas mãos; aproxima a tua mão e mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente».Interior...talvez um dia Me tenham tocado nas chagas e no lado

11 Tomé respondeu-Lhe: «Meu Senhor e meu Deus!» O Dia em que partilharemos a SALA grande

12 Disse-lhe Jesus: «Porque me viste acreditaste: felizes os que acreditam sem terem visto». Felizes os que CRÊEM sem ver nada, os que vos abris a uma Luz mais real que a que vedes com os olhos

13 Muitos outros milagres fez Jesus na presença dos seus discí- pulos, que não estão escritos neste livro. Estes, porém,foram escritos para acreditardes que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e para que, acreditando, tenhais a vida em seu nome...então vereis os milagres que faço

14 Senhor Jesus, abre-nos os olhos do coração para ver-Te em cada rosto que se aproxima de nós. Mesmo que Te apresentes desfigurado.


Carregar ppt "Monjas de S. Bento de Montserrat 2º da PÁSCOA C Coro “Resurrexit” da Missa em si menor de Bach."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google