A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Jesus impunha as mãos nos enfermos e transmitia-lhes os bens da saúde. Seu amoroso poder conhecia os menores desequilíbrios da Natureza e os recursos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Jesus impunha as mãos nos enfermos e transmitia-lhes os bens da saúde. Seu amoroso poder conhecia os menores desequilíbrios da Natureza e os recursos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Jesus impunha as mãos nos enfermos e transmitia-lhes os bens da saúde. Seu amoroso poder conhecia os menores desequilíbrios da Natureza e os recursos para restaurar a harmonia indispensável. Nenhum ato do Divino Mestre é destituído de significação. Reconhecendo essa verdade os apóstolos passaram a impor as mãos fraternas em nome do Senhor e tornavam-se instrumentos da Divina Misericórdia. Atualmente, no Cristianismo redivivo, temos, de novo, o movimento socorrista do Plano Invisível, através da imposição da mãos. Os passes, como transfusões de forças psíquicas, em que preciosas energias espirituais fluem dos mensageiros do Cristo para os doadores e beneficiários, representam a continuidade do esforço do Mestre para atenuar os sofrimentos do mundo. Seria audácia por parte dos discípulos novos a expectativa de resultados tão sublimes quanto os obtidos por Jesus junto aos paralíticos, perturbados e agonizantes. Onde exista sincera atitude mental do bem, pode estender-se o serviço providencial de Jesus. Não importa a fórmula exterior. Cumpre-nos reconhecer que o bem pode e deve ser ministrado em seu nome. Emmanuel (Caminho, Verdade e Vida, pág. 153) O PASSE

3 Em sua essência profunda, o passe é a mobilização ativa de nosso amor em favor do bem do semelhante. Jesus, o Divino Modelo, ensinou-nos a fazê-lo em diversas e bem conhecidas passagens de sua vida: impusesse Apresentaram-lhe então muitas crianças, para que lhes impusesse as mãos e rezasse por elas. Os discípulos porém repreendiam- nos. E Jesus disse-lhes: Deixai vir a mim as crianças e não as impeçais, porque o reino dos céus pertence aos que se assemelham a elas. E tendo imposto as mãos sobre elas, partiu dali. Mateus 19, 13 – Marcos 10, 13 – Lucas 18, 15 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

4 Tendo Jesus passado de barca novamente para a outra margem, grande multidão se aglomerou ao seu redor. E ele ficou à beira-mar. impõe Chegou então um chefe de sinagoga, chamado Jairo, e vendo-o, prostrou-se aos seus pés e suplicava com insistência dizendo: Minha filha está nas últimas. Vem, impõe a mão sobre ela, para que seja salva e possa viver. Jesus foi com ele. E o seguia tão grande multidão que o comprimia de todos os lados. Entrando na casa do chefe de sinagoga, viu grande confusão, e gente que chorava e fazia lamentações em alta voz. Entrando disse-lhes: Por que fazeis tanto alarido e chorais? A menina não está morta, mas dormindo. E riram-se dele. Tomando-a pela mão disse-lhe: Menina, levanta-te! A menina levantou-se imediatamente e começou a caminhar, pois tinha doze anos. Marcos 5, 21 – Mateus 9, 18 – Lucas 8, 40 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

5 Enquanto caminhava, era comprimido pelas turbas. Certa mulher, que havia doze anos vinha sofrendo um fluxo de sangue e gastara todos os bens em mãos de médicos, aproximou-se por detrás e tocou-lhe a barra do manto, pois dizia consigo: se eu lhe tocar apenas o manto, ficarei curada e imediatamente parou o fluxo de sangue. tocou Disse então Jesus: Quem tocou em mim? Enquanto todos negavam, disse Pedro: Mestre, as turbas te comprimem e te incomodam e, tu perguntas quem te tocou? Respondeu Jesus: Alguém tocou em mim, porque eu senti que de mim saiu virtude. Então a mulher, que não pudera passar despercebida, foi tremendo prostrar-se a seus pés, e declarou diante de todo o povo, porque motivo o havia tocado, e como ficara curada. a tua fé Disse-lhe então Jesus: Filha, a tua fé te salvou, vai em paz. Lucas 8, 43 – Mateus 9, 20 – Marcos 5, 25 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

6 Chegando à sua pátria, ensinava-os nas sinagogas deles, a ponto de se admirarem e dizerem: Donde lhe vem essa sabedoria e poder? Porventura não é ele o filho do carpinteiro? Por acaso sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos Tiago e José, e Simão e Judas? E suas irmãs não se acham todas entre nós? Disse-lhes então Jesus: Não há profeta sem honra, a não ser em sua própria pátria, e entre seus parentes, e em sua casa. impondo E não podia aí fazer prodígio algum. Curou apenas poucos enfermos, impondo sobre eles as mãos. Admirado da incredulidade deles, percorria os povoados ao redor, ensinando. Marcos 6, 1 – Mateus 13, 53 – Lucas 4, 16 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

7 impôs Chegaram a Betsaída, e lhe apresentaram um cego, pedindo-lhe que o tocasse. Ele tomou o cego pela mão e o levou para fora do povoado. Depois, colocando de sua própria saliva nos olhos dele impôs sobre ele as mãos e lhe perguntou: Vês alguma coisa? Abrindo os olhos, o cego disse: Vejo os homens a caminhar, parecem árvores. impôs A seguir, lhe impôs novamente as mãos sobre os olhos, e ele começou a enxergar bem e ficou curado, tanto que via claramente e de longe. E o mandou para casa, dizendo: Não entres no povoado. Marcos 8, 22 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

8 impondo Ao por do sol, todos os que tinham enfermos de qualquer espécie de doenças, os conduziam a ele, que impondo as mãos sobre cada um, curava-os. De muitos saíam também os demônios bradando e dizendo: Tu és o filho de Deus! Ele, porém repreendia-os, não os deixava falar assim, porque sabiam que ele era o Cristo. Lucas 4, 40 – Mateus 8, 14 – Marcos 1, 29 JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE

9 Aos sábados estava ensinando numa das sinagogas. Eis senão quando uma mulher, que havia dezoito anos estava possuída de um Espírito de enfermidade que a mantinha curvada: não podia de forma alguma olhar para cima. JESUS E O PASSE JESUS E O PASSE impôs Ao vê-la, Jesus chamou-a perto de si e disse: Mulher, estás livre da tua enfermidade. E impôs sobre ela as mãos. No mesmo instante ficou direita e dava louvores a Deus. Lucas 13, 10

10 meionão a finalidade O passe foi incluído nas práticas do Espiritismo como um auxiliar dos recursos terapêuticos ordinários. É, portanto, um meio e não a finalidade do Espiritismo. No entanto, muitas pessoas procuram o centro espírita em busca somente da cura ou melhora de seus males físicos, psicológicos e dos distúrbios ditos espirituais. Há aqueles que, sem nada conhecer, tomam passes freqüentemente, por hábito, mesmo sem estarem necessitando. Isso tudo resulta do desconhecimento doutrinário, de interpretações pessoais, da disseminação de conceitos errôneos. Geralmente, as pessoas que assim procedem são nossos irmãos que desconhecem os fundamentos do Espiritismo. O PASSE É UM MEIO O PASSE É UM MEIO

11 mecanismos Muitas vezes, a fé que leva as pessoas a procurarem os recursos do passe é cega. Desconhecem os seus mecanismos, os seus efeitos e sua aplicação. A fé cega é mística. A fé verdadeira é uma força atrativa e fixadora das energias benéficas. mecanismos O Espiritismo possui elementos para o devido esclarecimento acerca dos mecanismos do passe. O passe não é algo sobrenatural. Ele ocorre com base em leis naturais que regulam a ação dos fluidos responsáveis por todos os fenômenos espirituais. São leis diversas das que regem os fenômenos da matéria, do mundo corporal. A ciência oficial, que têm como objeto exclusivo o estudo da matéria, não pode explicar o passe. MECANISMOS MECANISMOS mecanismos Para entendermos os mecanismos do passe, é importante estudarmos os fluidos e suas leis, o que inclui a análise do perispírito, suas funções, suas propriedades. perispírito a perispírito Do ponto de vista técnico, o passe é a ação dirigida de certos fluidos. Sua aplicação processa-se de perispírito a perispírito. E por estar o perispírito ligado ao corpo físico célula a célula, exerce sobre ele preponderante influência. Daí se compreende, por exemplo, o bem estar físico que decorre da ação do passe. A energia salutar transmitida ao perispírito repercute no corpo, nos órgãos enfermos, por um processo de ressonância. É por isso que o passista não necessita tocar o corpo do paciente enfermo.


Carregar ppt "Jesus impunha as mãos nos enfermos e transmitia-lhes os bens da saúde. Seu amoroso poder conhecia os menores desequilíbrios da Natureza e os recursos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google