A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Filo Arthropoda. simetria bilateral triblásticos protostômios Celomados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Filo Arthropoda. simetria bilateral triblásticos protostômios Celomados."— Transcrição da apresentação:

1 Filo Arthropoda

2

3

4 simetria bilateral triblásticos protostômios Celomados

5 corpo metamerizado: metâmeros fundidos tagmas - cabeça, tórax, abdome Metâmeros

6 apêndices articulados (Arthros = articulação; podos = pés): antenas, pernas, asas, nadadeiras e peças bucais apêndices articulados (Arthros = articulação; podos = pés): antenas, pernas, asas, nadadeiras e peças bucais

7

8

9 exoesqueleto formado por quitina flexível ou rígido (impregnação de carbonato de cálcio – CaCO 3 ) exoesqueleto formado por quitina flexível ou rígido (impregnação de carbonato de cálcio – CaCO 3 )

10 exoesqueleto exoesqueleto Vantagens: Base para inserção de musculatura e asas. Oferece proteção contra predadores Evita a desidratação Serve como barreira para prevenir infecção Desvantagem: Dificulta o crescimento

11 exoesqueleto muda ou ecdise exoesqueleto muda ou ecdise

12 exúvia

13 Controversa: CrustáceosAracnídeosQuilópodesDiplópodesInstetos

14 Controversa: ARTROPOPODA CHELICERATA ARACHNIDA ACARI ARANEAE SCORPIONES MANDIBULATA CRUSTACEAINSECTAMYRIAPODA DIPLOPODA CHILOPODA

15 GruposDivisão do corpo Nº de patas Nº de antenas QuelícerasPedipalposMandíbula Insetos Cabeça, tórax e abdome 3 pares1 par-- Quilópode Cabeça e tronco 1 par /segm 1 par (longas) --1 par Diplópode Cabeça e tronco 2 pares / segm 1 par (curtas) --1 par Crustáceo Cabeça, tórax e abdome Vários2 pares--1 par Aracnídeo Cefalot. e abdome 4 pares-1 par

16 2 pares de antenas cefalotóraxabdome N° de pernas variável

17

18 Hábitats marinhos, de água doce e terrestre úmido (tatuzinho-de-jardim).

19 Ambientes aquáticos: Microcrustáceos: copépodes, anfípodas e o krill, tem papel fundamental nas teias alimentares (zooplâncton)

20 abdome cefalotórax pedipalpo quelícera 4 pares de pernas olhos Ausência de antenas

21

22 1 par de antenas 1 par de pernas por segmento cabeça tronco forcípula

23 Predadores: forcípula para inocular veneno Deslocam-se rapidamente lacráia

24 cabeça tronco 1 par de antenas 2 pares de pernas por segmento

25 Herbívoros: Deslocam-se lentamente Piolho-de-cobra

26

27 Cabeça: Antenas Olhos compostos (um par) captura de imagens Olhos simples (vários) intensidade luminosa Peças bucais

28

29

30 Cadeia alimentar (zooplâncton) Alimentação humana Mel, seda Pragas agrícolas Controle biológico Transmissão de doenças Polinização Acidentes (veneno)

31 NUTRIÇÃO Herbívoros ou carnívoros; Sistema digestório completo; Digestão extracelular; Nutrientes sangue células; Diversidade de apêndices bucais Mosquito

32

33

34

35 CIRCULAÇÃO Sistema circulatório aberto Hemolinfa Sangue não carrega gases respiratórios (insetos)*

36 RESPIRAÇÃO Branquial crustáceos Funções orgânicas

37 RESPIRAÇÃO Traqueal insetos, quilópodes, diplópodes e alguns aracnídeos Funções orgânicas

38 RESPIRAÇÃO Traqueal Funções orgânicas

39 RESPIRAÇÃO Filotraqueal aracnídeos Funções orgânicas

40 RESPIRAÇÃO Filotraqueal Funções orgânicas FILOTRAQUÉIAS – MOSTRANDO AS CÂMARAS ONDE OCORREM AS TROCAS GASOSAS

41 EXCREÇÃO Glândulas antenais (ou glândulas verdes) crutáceos Túbulos de Malpighi insetos, quilópodes, diplópodes e alguns aracnídeos Glândulas coxais aracnídeos

42 SISTEMA SENSORIAL Par de gânglios cerebrais bem desenvolvidos Têm ampla percepção química usando antenas, patas, pedipalpos, etc.

43

44 Reprodução Insetos Dióicos Fecundação interna Desenvolvimento: direto sem metamorfose (AMETÁBOLO) indireto com metamorfose incompleta (HEMIMETÁBOLO) indireto com metamorfose completa (HOLOMETÁBOLO) Ovíparos

45

46 ametábolo hemimetábolo holometábolo Insetos

47

48 Dióicos Fecundação interna Desenvolvimento direto Ovíparos ou vivíparos

49 Crustáceos Maioria dióicos fecundação cruzada Fecundação interna Maioria desenvolvimento indireto Ovíparos

50 Diplópodes e Quilópodes Dióicos Fecundação interna Desenvolvimento direto ou indireto

51 Visualizar mapa de mad¹Tirada em (Consulte mais fotos aqui) Ramom de novo ! : ) Com direito a perninha apoiada na folha seca e tudo !!!!! Dúvidas???


Carregar ppt "Filo Arthropoda. simetria bilateral triblásticos protostômios Celomados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google