A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Criminalidade e Sociedade c) COMO CONCEITUAR O CRIME SOB O PONTO DE VISTA DA SOCIOLOGIA CRIMINAL: Deterioração Social, Em razão do desemprego, miséria,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Criminalidade e Sociedade c) COMO CONCEITUAR O CRIME SOB O PONTO DE VISTA DA SOCIOLOGIA CRIMINAL: Deterioração Social, Em razão do desemprego, miséria,"— Transcrição da apresentação:

1

2 1 Criminalidade e Sociedade c) COMO CONCEITUAR O CRIME SOB O PONTO DE VISTA DA SOCIOLOGIA CRIMINAL: Deterioração Social, Em razão do desemprego, miséria, consumo de drogas, a proliferação do criminoso profissional, REAÇÃO SOCIAL

3 2 REAÇÃO SOCIAL CONCEITOS DIVERSIFICADOS DECIFRA-ME ou te DEVORAREI A SOCIEDADE EXIGE IMPOSIÇÃO DE PENA AO INFRATOR SOCIEDADE PRIMITIVA LEI DE TALIÃO SATISFAÇÃO DO GRUPO QUE JULGA PILATOS – JESUS - BARRABÁS

4 3 OS CONCEITOS DE TARDE, LOMBROSO E DURKHEIM. JEAN GABRIEL TARDE Criminólogo francês DETERMINISMO SOCIÓLOGICO Obra mestre: A opinião da Massa Quem lidera em termos do agora: A MÍDIA A SOCIOLOGIA para TARDE = PSICOLOGIA SOCIAL

5 4 OS CONCEITOS DE TARDE, LOMBROSO E DURKHEIM. CESARE LOMBROSO Criminólogo italiano DETERMINISMO BIOLÓGICO Obra mestre: Antropologia Criminal e o Homem Delinqüente RELAÇÃO entre CRIME e o TRANSTORNO MENTAL

6 5 OS CONCEITOS DE TARDE, LOMBROSO E DURKHEIM. Classificação de LOMBROSO CRIMINOSO NATO CRIMINOSO LOUCO OU ALIENADO CRIMINOSO PROFISSIONAL SEM ESTIGMAS BIOLÓLOGICOS CRIMINOSO PRIMÁRIO – A ocasião faz o ladrão CRIMINOSO POR PAIXÃO

7 6 OS CONCEITOS DE TARDE, LOMBROSO E DURKHEIM. DAVID ÉMILE DURKHEIN Sociólogo francês Relação entre o crime e a sociedade, enquanto as escolas positivas se refugiavam atrás das concepções individualistas Obra mestre: Les Règres de la Methóde Sociologique e Le Suicide A VIOLÊNCIA DECORRE DA ANOMIA, isto é da AUSÊNCIA DE NORMAS

8 7 A VIOLÊNCIA E A CRIMINALIADADE VIOLÊNCIACRIMINALIADADE Marcham lado a lado Platão 428 – 347 ac Quando em uma Comunidade não houver riqueza, haverá uma Sociedade Moral – livro: As Leis Aristóteles, uma das referências fundamentais do pensamento ocidental, discípulo de Sócrates, endossou o mesmo pensamento exemplo prático do povoado de Niassa – Índia

9 8 O CRIME DE QUEM NÃO OS COMETEU: Joana D´Arc Joaquim José da Silva Xavier O Tiradentes Padre Antonio Vieira

10 9 ALGUNS FATORES SOCIAS QUE PODEM GERAR COMPORTAMENTOS AGRESSIVOS COM PREDISPOSIÇÃO CRIMINOLOGICA: IDOLOS DA MÍDIA QUE REPRESENTAM PAPEL DE VILÕES.

11 10 ALGUNS FATORES SOCIAS QUE PODEM GERAR COMPORTAMENTOS AGRESSIVOS COM PREDISPOSIÇÃO CRIMINOLOGICA: Pérfida e desleal Geratriz CRIME conceito antropo-sociológico dolo, fraude, venda ou entrega de segredos, etc...

12 11 ALGUNS FATORES SOCIAS QUE PODEM GERAR COMPORTAMENTOS AGRESSIVOS COM PREDISPOSIÇÃO CRIMINOLOGICA: Notícia anônima que corre publicamente, sem confirmação, e gera a entropia

13 12 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Philippe PINEL Fundador da Psiquiatria Médico Chefe do Hospital de Salpetriêre Criador do termo mania sem delírio, ou seja pessoas que não eram loucas mas tinham crises irracionais de raiva e violência; PAS Comportamento: Irresponsável Explorador Inescrupuloso Insensível

14 13 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS PASPAS incluem-se Prática de Criminalidade Falta de Empatia Desrespeito de Regra Social Ausência da Realidade Social CLASSIFICAÇÃO DE DOENÇA CID - Classificação Internacional de Doenças da OMS DSM – Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders – APS – Associação Americana de Psiquiatria

15 14 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS INTENSA CONFUSA DESORGANIZADA limítrofe Característica: Grande Emotividade FALTA DE IDENTIDADE

16 15 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Reage com desprezo, Rancoroso, Erro em interpretar, Obstinado, Combativo, Busca Auto-valorização, Desconfiado: Característica: Desconfiança de estar sendo enganado, explorado Busca seus interesses em desproporção à situação real Fofocas, intrigas, conspirações infundadas, cria infidelidade conjugal

17 16 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Indeciso, Hetero governado, Submete-se, embora com direitos, Síndrome do Desamparo, Susceptível Característica: Depende e confia nos outros não efetuando Nenhuma ação sem o aval de outro

18 17 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Desinteresse por tudo, Frio, Falta de afetividade, Desafeto permanente, Sem relação com o sexo oposto, Solitário, Indiferença, Busca fantasias Insensível ao sofrimento alheio Característica:Não se relaciona socialmente e não exprime emoções

19 18 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Ofende-se facilmente, Rejeita amigos e parentes próximos Desconfiado, Foge as atividade social, Tenso – (distresse) – social, Exagera as dificuldades Característica: Auto-estima Baixa, inibido, sensível a críticas

20 19 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Busca elogios, Conquistador ridículo, Aparência extravagante, Emoções superficiais, Imediatista, Oportunista, Superficial Característica:Tendência ao drama, com traços de comédia (* antiga personalidade histérica)

21 20 PERSONALIDADE ANTI SOCIAL - PAS ou COMPORTAMENTO ANTI-SOCIAL - CAS Perde tempo no detalhe e atrasa o essencial Submete-se os outros aos seus impulsos Ergomania Rigidez nas relações sociais Colecionador inveterado, Grandes escrúpulos em relação as normas sociais Característica:Perfeccionista, rigoroso, detalhista, indeciso (*anancástica)

22 21 NOÇÕES GERAIS DO DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE Fórmula de Freud: P = H (G + IU + p) + VI., onde H = hereditário; G = genético; IU = intrauterino; p = parto; VI = vivências infantis A teoria psicanalítica de Freud dedicou-se a dissecar as vivências infantis, sua influência na formação da personalidade do ser humano e no desenvolvimento de transtornos mentais.

23 22 NOÇÕES GERAIS DO DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE ASSUNTO DO DIA Influência dos Genes


Carregar ppt "1 Criminalidade e Sociedade c) COMO CONCEITUAR O CRIME SOB O PONTO DE VISTA DA SOCIOLOGIA CRIMINAL: Deterioração Social, Em razão do desemprego, miséria,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google