A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A UFPa e o Projeto LBA: uma Parceria Estratégica para a Amazônia Mudanças Ambientais Globais pesquisas sobre as causas, mecanismos e possíveis impactos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A UFPa e o Projeto LBA: uma Parceria Estratégica para a Amazônia Mudanças Ambientais Globais pesquisas sobre as causas, mecanismos e possíveis impactos."— Transcrição da apresentação:

1 A UFPa e o Projeto LBA: uma Parceria Estratégica para a Amazônia Mudanças Ambientais Globais pesquisas sobre as causas, mecanismos e possíveis impactos induzidos pelo homem no sistema climático global Biogeoquímica Mudanças no uso da terra, na estrutura florestal, no ciclo hidrológico...

2 Para responder a estas questões: Entendimento dos processos na superfície terrestre e taxas potenciais de mudanças da paisagem Avaliação através um espectro de sistemas: do nativo para o altamente antrópico Importância das interações entre clima, ciclos biogeoquímicos e atividades humanas

3 Natureza da mudanças ambientais globais: Superfície terrestre, hidrosfera, atmosfera e organismos complexo de sistemas interativos Importante ! Estas interações diferem em diferentes escalas espaciais e temporais Historicamente tratadas de forma isolada desenvolvimento de uma visão convergente

4 Experimento de Grande Escala da Biosfera- Atmosfera na Amazônia (LBA) Como as mudanças dos usos da terra e do clima afetarão o funcionamento biológico, químico e físico da Amazônia, incluindo sua sustentabilidade e sua influência no clima global? Fornecer subsídios científicos para um programa sustentável de uso da terra na Amazônia.

5 Efeitos da Exploração Madeireira na Amazônia no Balanço de Carbono e nas Emissões de Gases do Efeito Estufa Michael Keller (USDA Forest Service & University of New Hampshire) Balanço de Carbono na Amazônia Área de floresta explorada Efeitos no balanço de carbono Efeitos no balanço de gases do efeito estufa

6

7

8

9 Incertezas no balanço de carbono Área Desmatada (0.05 Pg-C) Densidade de Biomassa (0.2 Pg-C) Exploração Queimadas Crescimento da floresta primária Regeneração da floresta secundária Extração convencional x seletiva

10

11

12 Incertezas Área Explorada Levantamentos sem réplicas Levantamentos contam algumas áreas duas vezes Dificuldades de estudar atividades ilegais LANDSAT e SPOT são úteis só para observar atividade recente (< 2 anos)

13 Efeitos no Balanço de Carbono: Intensidade de 30 m 3 ha -1 Produtos duráveis ~33% da colheta Desperdícios na serragem = 7.5 Mg-C ha -1 Resíduos no campo Mg-C ha -1 Area explorada 1.5 x 10 6 ha ano -1 => Exploração madeireira na Amazônia contribui 0.03 to 0.06 Pg-C yr -1 Versus ~0.2 to 0.3 Pg-C yr -1 de desmatamento

14

15

16

17 Resultados Preliminares: Área, intensidade e influência da exploração madeireira é ainda desconhecida Exploração madeireira poderia ter um efeito significativo no balanço de carbono Exploração madeireira provavelmente não terá um efeito significativo nas emissões de CH 4 e N 2 O

18 Colaboradores IBAMA - FLONA Tapajós CIKEL Brasil Verde, S.A. EMBRAPA Fundaçao Floresta Tropical NASA USDA Forest Service USAID Pesquisadores de LBA

19 Ciclos Biogeoquímicos em Terras Degradadas Eric Davidson (Woods Hole Research Center) Colaboradores: IPAM, WHRC, Embrapa, MPEG, CENA- USP) Desmatamento na Amazônia aumento de áreas de florestas secundárias (capoeiras) Processos sucessionais nestes ecossistemas alterados, uma vez que os solos amazônicos são em sua maioria altamente intemperizados e pobres em nutrientes ?

20 Uso de áreas de capoeira possa ser direcionado em função de suas limitações biogeoquímicas e de sua importância nos ciclos biogeoquímicos a niveis local, regional e global. (1ª) Qual a taxa de recuperação dos ciclos biogeoquímicos em áreas agrícolas abandonadas?; (2ª) A taxa de crescimento de florestas secundárias é limitada pela disponibilidade de nitrogênio ou de fósforo nos solos, de ambos, ou de nenhum deles?;

21 (3ª) A fertilidade natural dos solos é um fator importante para sustentar o uso agrícola destas áreas e também para as taxas de recuperação destas terras degradadas? (4ª) Os graus de degradação destas terras podem ser observados através de imagens aéreas e de satélite? Os experimentos são conduzidos em diversas localidades na Amazônia: Paragominas, Igarapé-Açú, São Francisco do Pará, Apeú, FLONA do Tapajós e Rio Branco.

22 Parâmetros avaliados: 1. abundância e diversidade de espécies; 2. índice de área foliar; 3. análises físicas e químicas de solos; 4. biomassa microbiana nos solos; 5. emissão de gases traços; 6. taxas de decomposição de liteira; 7. micro e meso fauna do solo; 8. nutrientes na vegetação; 9. análises de imagens de satélite e videografia.

23 Resultados preliminares: (1) a disponibilidade de nutrientes nos solos é um fator determinante nas taxas de acumulação de biomassa em florestas secundárias onde ocorrem usos da terra em graus moderado a intenso em Paragominas; (2) áreas desmatadas há décadas na Região Bragantina (PA) e que continuam sendo exploradas pela agricultura e pecuária estão ocasionando uma elevada perda de carbono (0,7 Mg C ha -1 ano -1 ).

24 Próximos passos: 1. biogeoquímica do fósforo (P), medindo-se as concentrações de ortofosfato (forma assimilável de P pelos vegetais) presente nas soluções de solo e avaliando-se sua preservação durante a coleta de amostras; 2. estudo relacionando o uso da terra (floresta primária, capoeira, pastagem e cultivo de grãos) com a perda de nutrientes dos solos pela via hidrológica e a qualidade dos recurso hídricos, em especial pequenos cursos d´água perenes (igarapés) no leste e sudeste paraense.

25 O projeto já gerou: teses e monografias; treinamentos de estudantes e profissionais graduados com bolsa de pesquisa do CNPq; apresentações em congressos internacionais; publicações científicas; publicações na imprensa; palestras em universidades amazônicas divulgando a importância das capoeiras, tanto no contexto local e regional como global.

26 Category (LBA Ecology) AmazonianBrazilian Total% Amazonian Lead Counterpart % Brazilian Participants % Brazilian Students % Student BreakdownAmazonianBrazilian Total% Amazonian T (Technician) % U (Undergraduate or is BS) % M (Working on MS) % P (Working on Ph.D. or Post-Doc) % Total %

27

28 TypeQuotaApprovedIn process DTI graduate46451 ITI (undergrad.)30263 EV (visiting spec.)101 Training (outside Brasil)R$ ( ~ R$ 25000) Training (in Brasil)R$ Distribuição de bolsas do Programa RHAE - LBA

29

30

31


Carregar ppt "A UFPa e o Projeto LBA: uma Parceria Estratégica para a Amazônia Mudanças Ambientais Globais pesquisas sobre as causas, mecanismos e possíveis impactos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google