A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor Discutir Tarifas Bancárias, Rentabilidade das Cadernetas de Poupança e o Aumento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor Discutir Tarifas Bancárias, Rentabilidade das Cadernetas de Poupança e o Aumento."— Transcrição da apresentação:

1 Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor Discutir Tarifas Bancárias, Rentabilidade das Cadernetas de Poupança e o Aumento Substancial da Lucratividade dos Bancos Ademiro Vian e Osmar Roncolato Pinho

2 Lucratividade dos Bancos 1.Expansão do crédito – em R$ bilhões R$ 499,6 R$ 607 R$ 732,6 26,2% do PIB 31,2% do PIB 34,3% do PIB Dez / 04 Dez / 05 Dez/ 06 VOLUMEPARTICIPAÇÃOPERÍODO

3 Lucratividade dos Bancos 1.Expansão da rede de atendimento e de produtos Ano – , , Ano – , , Variação % 51,41 61,07 182,14 289,58 228,92 148,01 Agências e Postos Contas Correntes (*) Cartões de Crédito (*) Cartões de Débito (*) Clientes com Internet Banking (*) Total de Dependências (*) em milhões

4 Lucratividade dos Bancos 3.Expansão dos serviços prestados Ano – , , Ano – , , Variação % 107,89 151,13 136,01 8,18 72,43 8,91 Transação com cartões: Cartões de Crédito (*) Nº Transações de Cartão Crédito(*) Valor R$ bilhões das Transações Arrecadação Contas Concessionárias – água, luz (*) Guias: INSS, FGTS, DPVAT etc (*) Pgtº FGTS e aposentados INSS (*) (*) milhões)

5 Lucratividade dos Bancos Fonte: The Banker 1000 (julho de 2006); IFS (FMI) e Bacen. * Total do lucro dos bancos antes dos impostos sobre total do capital nível 1 ** Taxa de juros de curto prazo 1 Taxa de juro interbancária (prazo: três meses) para a Área do Euro 2 Taxa de empréstimo; 3 Taxa de redesconto; 4 Crédito / PIB referente a 2004 Obs.: Os dados de crédito ao setor privado da África do Sul, EUA e México também incluem emissões de títulos privados. 4. Lucros, Juros e Crédito/PIB em 2005

6 Lucratividade dos Bancos 5. Rentabilidade Fonte: The Banker 1000 (julho de 2004 e 2006) * Total do lucro dos bancos antes dos impostos sobre total do capital nível 1.

7 6.O crescimento médio anual do lucro líquido dos 50 maiores bancos no primeiro trimestre de 2006 foi de 22,5%, enquanto o das empresas não- financeiras do Ibovespa (excluindo-se os bancos) foi de 19,8% - uma diferença de apenas 2,7 pontos percentuais. 7.Se a expectativa de expansão do crédito sobre o PIB for confirmada nos próximos anos, podemos esperar no mínimo a manutenção dos lucros no setor bancário. A queda da taxa básica de juros contribuirá para maior expansão da intermediação financeira no país. Lucratividade dos Bancos TENDÊNCIA

8 Tarifas Bancárias 1.A cobrança de tarifas bancárias remunera os bancos pelos serviços prestados e colocados à disposição de seus clientes. 2.Anteriormente ao controle da inflação e estabilidade da moeda eram amenizadas via float – manutenção dos recursos em conta corrente por determinado período. 3.O Banco Central através da Resolução nº 2.303, de , disciplinou a cobrança de tarifas pela prestação de serviços, determinando a afixação de quadro nas dependências das agências e estabeleceu que a IF só pode alterar após 30 dias da diculgação e o envio das mesmas àquele Órgão.

9 Tarifas Bancárias 1.Situação atual (1): A divulgação dos valores das tarifas bancárias (mínimo e máximo) à sociedade é efetuada pelo Bacen em seu site.

10 Tarifas Bancárias 1.Situação atual (2 - divulgado na imprensa): Atualmente o faturamento decorrente dos serviços já representa 130% da folha de pagamento das instituições. Como é possível somente com tarifas pagar toda folha de pagamento e ainda sobrar 30% da arrecadação? R.Esse cálculo não corresponde à realidade, pois a análise é realizada considerando-se a linha Receitas de Prestação de Serviços do DRE dos bancos versus a linha Despesas com Pessoal. Porém, a linha receitas com prestação de serviços, engloba outras receitas que não são relativas à cobrança de tarifas para abrir, movimentar e manter uma conta corrente, tais como: Convênios de Arrecadações, Tarifa Interbancária, Intermediações com Underwriting, Câmbio, Assessoria Financeira, etc. Considerando-se somente as receitas oriundas da movimentação e manutenção da conta o percentual dos principais bancos privados atinge apenas 33% da folha de pagamento.

11 Tarifas Bancárias 6.Ranking Geral de Reclamações PROCON SP – ano 2006 Das 30 empresas mais reclamadas 2 são bancos, ainda assim em 25º e 29º lugares. Reclamações (dentre as 30 mais reclamadas): % s/ total - Bancos: 305 2,52% - Demais empresas: ,48% - Total: % Transações Bancárias e Automação – em milhões: - ano 2004: ano 2006:

12 Rentabilidade das Cadernetas de Poupança 1.A recente alteração do rendimento da remuneração das cadernetas de poupança vem ao encontro da consistente queda da taxa SELIC, e, por outro lado, beneficia todos os tomadores de crédito destinado a aquisição de habitações. 2.Trata-se de decisão de política econômica.

13 MUITO OBRIGADO


Carregar ppt "Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor Discutir Tarifas Bancárias, Rentabilidade das Cadernetas de Poupança e o Aumento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google