A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO Profª. Ana Carolina G.Z.Galli.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO Profª. Ana Carolina G.Z.Galli."— Transcrição da apresentação:

1 TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO Profª. Ana Carolina G.Z.Galli

2 CAPITULO 1 CONCEITUANDO COMUNICAÇÃO Apresentação do Professor (Objetivo do Marketing pessoal) Apresentação Alunos Conceitos de Comunicação Técnica Brainstorming (Em Grupos) Ar Livre 1º Exercício da Apostila Apresentação da Disciplina – Objetivos e Importância Exercício Aberto

3 Conceitos C omunicação é antes de tudo, interação, diálogo, tornar comum. Não pode ser confundida com a simples transmissão unilateral de informações. Mas no ambiente das organizações, a dimensão comunicação quase sempre está reduzida a um instrumento de divulgação e de controle, mesmo sendo esta, hoje, uma das principais preocupações das empresas modernas que adotaram o trabalho em equipe. O líder tomou lugar do chefe. E não há mais ILHAS onde cada funcionário cuida apenas de determinadas tarefas. (Yone Simidzu, equipe do Correio- Sp, 2002).

4 História da Comunicação IMPRENSA CORREIO, sinais de fumo canto dos pássaros liam as mensagens em praça pública. linguagem dos tambores desenhava nas paredes das cavernas. egípcios criaram os hieróglifos Livros escritos à mão

5 Continuação - História TELÉGRAFO RÁDIO TELEVISÃO século XX, século XIX Telefone Alexander Graham Bell, 1876 enviar documentos pelo fax... INTERNET. SATÉLITES Telemóvel! O que o futuro nos reserva?

6 Conceito Apostila Ato ou efeito de emitir, transmitir e receber mensagens por meio de métodos e/ou processos convencionados, quer através da linguagem falada ou escrita, quer de outros sinais, signos ou símbolos, quer de aparelhamento técnico especializado, sonoro e/ou visual (...) A capacidade de trocar ou discutir idéias de dialogar, de conversar, com vista de bom entendimento entre as pessoas.

7 C omunicação é um processo pelo qual um espírito pode influir em outro. Comunicação é o processo pela qual o comunicador transmite estímulos (geralmente símbolos verbais) destinados a modificar a atitude ou o comportamento do destinatário da comunicação.

8 Sem a comunicação a própria vida seria impossível. Comunicar e receber comunicação é que permite a convivência dos seres humanos, a socialização, e fazer cultura. A experiência dos sistemas nervosos alheios é tão importante que a sociedade humana é o resultado da integração desses sistemas, através da comunicação. Exemplo: Um aluno perguntou a um professor Mestre em Comunicação,qual era a sua definição pessoal de comunicação, e o mestre canadense respondeu: Tudo na vida é comunicação, inclusive a vida. Na verdade, sem a comunicação a vida seria impossível, porque em todos os chamados fenômenos vivos há algum processo de comunicação envolvido. A comunicação é tão ampla que há, inclusive, alguma confusão a respeito de comunicações, comunicação. Comunicações são o telefone, o rádio, a internet, instrumentos de comunicação. Comunicação é o meio pelo qual uma pessoa exerce influência sobre outra: ela é a verdadeira portadora do processo social. É a comunicação que permite a interação e é através dela que os seres humanos se tornam seres sociais e assim se mantenham.. Sem comunicação as pessoas não poderiam ajuntar-se, empreender tarefas, fazer cultura, progredir no domínio do mundo físico. Invenções e descobertas dependem, quase sempre, de um acúmulo de informações, de fazer cultura desenvolvendo conceitos, de tal modo que apenas as invenções mais simples e os processos mentais mais elementares poderiam efetuar-se sem a comunicação.

9 Ilustração - Evolução

10 Reflita FALAR É FALAR-SE SOMOS DO TAMANHO DA COMUNICAÇÃO QUE CONSEGUIMOS ESTABELECER NO MEIO EM QUE ATUAMOS

11 VIDEO UM SHOW DE ANIMAÇÃO PARA CONTAR A HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO 1 min.

12 DEFINIÇÕES Há muitas definições, algumas complicadíssimas e até pouco comunicativas, mas em todas elas podemos distinguir: Um comunicador (a pessoa que inicia o processo); O destinatário (a pessoa que recebe a comunicação); O comunicado (o conteúdo da comunicação, a mensagem); O efeito (o que foi entendido pelo destinatário e o que resultou desse entendimento).

13 Continuação - Conceitos Os livros acadêmicos de comunicação são muito restritivos, ao mencionar os meios de comunicação. É um erro. Se bem que a comunicação, na maior parte das vezes, se realize por meio de símbolos verbais, as formas reais de estímulos responsáveis pelo contato são inúmeras. Um balançar da cabeça, um picar de olhos, um sorriso, a batida de um tambor, o toque de um sino, a explosão de um foguete, o acender de uma luz, um trecho de música, movimentos de balé, tudo é capaz de comunicar uma idéia, um sentimento, uma intenção.

14 Principais Barreiras nas comunicações Egocentrismo Egocentrismo Timidez Timidez Dificuldade de expressão Dificuldade de expressão Excesso de intermediários Excesso de intermediários

15 IMAGEMIMAGEM Definição: Imagem é a impressão que as pessoas tem de você; Imagem é a impressão que as pessoas tem de você; O importante é que sua imagem seja um reflexo do que você é; O importante é que sua imagem seja um reflexo do que você é; Um cartaz que anuncia quem você é, o que você faz e a qualidade daquilo que você faz. Um cartaz que anuncia quem você é, o que você faz e a qualidade daquilo que você faz.

16 A Imagem é uma combinação de 3 percepções Como eu me vejo Como os outros me vêem Qual a imagem que eu gostaria de transmitir?

17 Vídeo A importância da Boa Comunicação

18 Vídeo Vídeo 5:50 falha na comunicação Cometa (A importância de estarmos sempre atentos quando formos ouvir e emitir uma mensagem. Neste caso, houve uma distorção muito grande da mensagem.

19 Vídeos - Comunicação Vídeo A falta de comunicação (Por Morrison Fraga)

20 Chegou a hora Lanche ! ! ! Bom Apetite, e não se esqueçam de fazer SILÊNCIO...Psiu!

21 CAPITULO 2 Elementos Formadores da Comunicação Conceitos Dinâmica Emissor - Receptor – Mensagem Canal – Código e Feedback Apresentação dos alunos (Teatro) Vídeos sobre Comunicação Exercício – Exemplo da Apostila com os Alunos

22 Conceito - Para que a comunicação se efetive é necessário que se tenha: Emissor: Pessoa que emite a mensagem; Receptor: Para quem se dirigi a mensagem; Mensagem: o conteúdo que se deseja transmitir; Canal: o meio pelo qual se transmite a mensagem; Código: o sistema de sinais convencionais escolhido, ou seja, a linguagem escolhida; Feedback: a resposta dada pelo receptor.

23 Comunicação - Expressão Verbal e Não Verbal Fala / Dicção Voz Vocabulário Expressão corporal Gestos Expressão Facial Postura Ética Aparência

24 Esquema

25 COMUNICAÇÃO A COMUNICAÇÃO pode ser definida como a: transmissão de um sinal através de um meio, de um emissor para um receptor. O sinal contém uma mensagem composta de dados e informações. Emissor Sinal Receptor Meio de transmissão

26 COMUNICAÇÃO A fala humana: meio de comunicação é o ar

27 COMUNICAÇÃO Sistema telefônico Comunicação por telefone: meio de transmissão são as linhas telefônicas

28 Meio de Comunicação Interpessoal Direto Impresso Televisão Internet Telefonia / Teleconferência Videoconferência

29 Exercícios 1º Exemplo da apostila 1º Exemplo da apostila: Três alunos para exemplificar. 2º Exercício da Apostila Teatro Teatro - Dividir o grupo em subgrupo de 3, (Narrador, emissor e receptor), fazer um pequeno texto e apresentar contendo todos os itens elementos formadores da comunicação.

30 Dinâmica: J ogo das Palavras Objetivo: Possibilitar o desbloqueio para as atividades do dia. (CD-MÚSICA)

31 CAPITULO 3 Conceitos Dinâmica Telefone sem fio Leitura para refletir Exercícios da apostila FORMAS DE LINGUAGEM Vídeos sobre Comunicação Conceitos Dinâmica Telefone sem fio Leitura para refletir Exercícios da apostila Vídeos sobre Comunicação

32 Conceituando Existem dois tipos de linguagem: VERBAL e NÃO–VERBAL A linguagem Verbal subdivide-se em: Linguagem Verbal Oral (por meio da palavra falada) Linguagem Verbal Escrita (por meio da palavra escrita) A linguagem Não - verbal subdivide-se em: Gestual ou Mímica Facial ou Fisionômica Postural Iconográfica

33 Linguagem Verbal Oral Sofre mais modificações do que a escrita; Utiliza mais a memória; Saber ouvir – focar toda atenção em quem fala; Perguntar, caso não tenha entendido.

34 Na comunicação verbal EVITE pronunciar mal as palavras; falar muito baixo ou muito alto; falar muito depressa ou muito devagar; respirar mal; usar vícios de linguagem como tá?, né?, ok, certo?, entendeu?, percebe?, é isso aí!, tipo assim, a gente, acho que e outros; expressar-se sem objetividade e clareza;

35 Linguagem Verbal Escrita Pré-História: Sistema Pictográfico (do latim picto = pintar) escrita por meio de desenhos. Evolução da escrita. Requer conhecimento de regras da língua padrão Coerência e coesão textuais Boa leitura Objetividade

36 Linguagem Não-Verbal Comunicação através de sinais e figuras Gestos: movimento das mãos, dos braços, das pernas, de todo o corpo. Alfabeto surdo-mudo. A linguagem do corpo. Sinais de trânsito

37 LINGUAGEM NÃO VERBAL Os surdos mudos se comunicam com gestos das mãos e dedos. Se o receptor não entende o código, a comunicação não se realiza. A MÍMICA: Por meio da mímica (expressões gestuais) podemos encenar a mensagem. Por exemplo, encenar o provérbio tempo é dinheiro mostrando o relógio e esfregando os dedos.

38 Na comunicação não-verbal EVITE gestos que conotem nervosismo e inibição; ajeitar o cabelo ou os óculos; coçar-se, pigarrear ou bocejar fixar os olhos no chão, no teto ou numa só pessoa da platéia movimentar as mãos excessivamente; estufar o peito ou cruzar os braços; mascar ou roer unhas;


Carregar ppt "TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO Profª. Ana Carolina G.Z.Galli."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google