A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria das organizações Objetivos: - Apresentar marcos teóricos; -Diferenciar de sociedade, comunidade e família, -Apresentar as características e o papel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria das organizações Objetivos: - Apresentar marcos teóricos; -Diferenciar de sociedade, comunidade e família, -Apresentar as características e o papel."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria das organizações Objetivos: - Apresentar marcos teóricos; -Diferenciar de sociedade, comunidade e família, -Apresentar as características e o papel das organizações para a sociedade.

2 Sociedade, comunidade e família Características: São agregados tradicionais de pessoas; Natureza psicológica, fisiológica, afetiva; Lidam com todos os problemas, diversificação; Traços comuns: cultura, história, localização geográfica, idioma, afetividade; Auto-suficientes. Fim em si mesmas; Não demandam pessoas qualificadas; Há lideranças; Conservadoras, buscam estabilidade, evitam e retardam mudanças.

3 O que uma organização? Forma de associação humana com um objetivo comum. Grupo humano composto por especialistas que trabalham em conjunto em uma tarefa comum (James D. Money); Meio de fazer com que os corpos independentes entre em relações de interdependência de modo a forma um todo orgânico onde todos trabalham com conjunto (Spencer); Meio que conduz à aplicação mais efetiva do esforço combinado (Alvim Brow);

4 O que é uma organização? Organizar uma empresa é dotá-la de tudo o que é útil ao seu funcionamento: materiais, instrumentos, capitais e pessoal (Fayol); Organização é o lado formal da administração, ou melhor, o Instrumento da administração, o canal do qual fluem e tornam-se efetivas as políticas e os processos produtivos. Carnagie dá uma idéia do valor da organização: tirem-nos as fábricas,os negócios, as vias de transportes e o dinheiro; deixe-nos, apenas, a organização e, dentro de pouco tempo, refaremos tudo.

5 Teorizando... Organização: Denominação genérica de empresas, entidades, instituições, firmas, associações, sociedades e outras formas de organismos públicos e privados, produtores de bens ou de serviços, com finalidades lucrativas ou não, Personalidade jurídica e objetivos diversos, entretanto, sempre voltados para o desenvolvimento e o bem-estar social.

6 Organizações... A sociedade transformou em sociedade das organizações pois quase todas as tarefas são realizadas em ou por organizações. NOVO FENÔMENO SOCIAL FUNÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES - T ornar produtivos os conhecimentos. (Conhecimento por si são estéreis). - R eunir conhecimento para obter resultados

7 Características... Instituições com fins especiais; Eficazes porque se concentram em uma tarefa; Mais especialização, mais eficácia; Componente: ferramentas, conhecimentos, processos, produtos; Consideradas a ecologia social, meio ambiente feito pelo homem; Gerência presente em todas as organizações; Transcende a comunidade. Sentir-se em casa na comunidade, pois seus resultados estão na comunidade; Comunicações importantes são as não verbais, mais culturais, percebidas; Sistema de valor determinado pela tarefa e não pela comunidade onde estão; Se a cultura da organização chocar-se com a da comunidade, sua contribuição social será reduzida; Organização do conhecimento não-nacional, não comunitária, cosmopolita sem raízes.

8 Organizações Características Fim específico; missão clara; Direcionamento e concentração de esforços em tarefas; Buscam eficácia; Resultado distante da contribuição individual (mercado); Planos, metas, mensuração, avaliação de desempenho; Decisão de ingresso voluntário; Demanda pessoas (atrai, retém, reconhece, premia, motiva, serve, satisfaz); Conhecimentos individuais somam para o todo; Idéia de equipe; Líder e gerente (direção, condutor, controla a partitura, responde pela organização, traça estratégia, coordena execução, define resultados e tem autonomia; Natureza desestabilizadora.

9 Organização como fator desestabilizante Organizar para mudar, para inovar. Abandono do estabelecido, costumeiro, familiar e confortável, para mudar produtos, processos, relações humanas, aptidões. Certezas de hoje são absurdos de amanhã. Velocidade mudança do comportamento Inovação social. Inovação intencional. Criar o novo Gerência da mudança Inovação = destruição criativa (Schumpeter)

10 Práticas recorrentes Aperfeiçoamento constante de tudo (Kaizen), melhorar e Diferenciar; Exploração - novas aplicações a partir do sucesso obtido; Como inovar – sistematizar o processo de inovação; Descentralizar (proximidade do mercado, das ameaças, das oportunidades). Perturbam, desorganizam, desestabilizam. Ex.: Física – genética Análise de crédito – investimentos Cabelos grisalhos – jovens prodígios

11 Resumo das diferenças Famílias/comunidades/sociedade SÃO. Organizações FAZEM Protótipo da organização: orquestra sinfônica - Nenhum instrumento toca tão bem sozinho; - Especialização, partitura, maestro. Noção de interdependência, objetivo comum, divisão de trabalho, substituição de valores individuais por valores grupais. Fatores tangíveis: pessoal, máquinas equipamentos, capital e espaço físico. Fatores intangíveis: informação, cultura, funções, tarefas, competência, tecnologia.

12 Sociedade dos empregados Conceito usual: empregado é quem é pago para trabalhar (angestellter, employado). A idéia é nova: não se falava em gerência e trabalhador Empregados trabalhava para um senhor, não para uma organização; Operário de fábrica, criados domésticos, balconistas, vendedores tinham senhor, não um patrão. Quem tinha formação escolar (conhecimento) era autônomo. Maior grupo era de agricultores, que não eram empregados. Hoje domésticos e agricultores são poucos... A grande maioria é empregada ou auto-empregada.

13 Trabalhador do conhecimento Possuem meios de produção pelo conhecimento, como também pelos fundos de pensão, fundos mútuos, poupança de aposentadoria. A lealdade do trabalhador hoje pode ser obtida com oportunidades de eficácia, não somente com o cheque. O trabalhador decide com o que irá contribuir e qual o nível do rendimento. Evolução do termo: de mão-de-obra para recursos humanos, capital humano, patrimônio humano.

14 Trabalhador do conhecimento A máquina depende do empregado, são fixas, empregados têm mobilidade. Trabalhadores podem ser supervisionados. Trabalhador: capital conhecimento, meio de produção. A organização tem ferramentas (máquinas). Um precisa do outro, não vivem isolados, são interdependentes. Mesmo os menos qualificados, em conjunto, possuem meios de produção. Individualmente, poucos são abastados.

15 Trabalhador do conhecimento Possuem meios de produção, mas são dependentes da organização. É quase um 1/3 da força de trabalho do mundo (outro 1/3 é de trabalhador qualificado – serviços). Marx: introdução do capitalismo alienaria o homem, pois não tinha ferramentas – máquinas cada vez mais caras - dependeria de um capitalista. Trabalhadores obedeciam a máquinas – Tempos modernos. Hoje sem o empregado, máquina é inútil. São interdependentes, um não vive sem outro.

16 Sociedade dos empregados Empregados são pessoas cuja capacidade para contribuir depende de acesso a uma organização. Para o homem subir em renda, conhecimento ou posição social, mais depende do acesso a organização. A sociedade pós-capitalistas tornou-se uma sociedade de organização, tornou-se uma sociedade de empregados. Empregados como faxineira, motorista de caminhão, lixeiro, não são muitos diferentes dos trabalhadores de ontem. É um quarto da força de trabalho, já passam dos trabalhadores assalariados. Suas posições, produtividade e dignidade são problemas sociais Básicos da sociedade pós-capitalista.

17 Na sociedade moderna, todos estão cercados de organizações.. DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO CLUBESINDICATO COMPANHIA TELEFÔNICA SANEAMENTO BÁSICO COMPANHIA DE ELETRICIDADE SECRETARIA DA SEGURANÇA ESTADOESCOLA

18 Teorizando... ORGANIZAÇÕES PRESERVAM CONHECIMENTO Realizações passadas são base de conhecimento para construir de novo aprendizado e mais resultados. Sem esses registros, a ciência e outros campos do conhecimento ficariam imobilizados.

19 Teorizando... AS ORGANIZAÇÕES REALIZAM OBJETIVOS Coordenam os esforços de diferentes indivíduos, permitem alcançar metas que, de outra forma, seriam muito mais difíceis ou até mesmo impossíveis.

20 Teorizando... AS ORGANIZAÇÕES PROPORCIONAM CARREIRAS Fontes de sobrevivência e, dependendo do estilo e da eficácia de seus administradores, até mesmo satisfação e auto-realização pessoal. Ex.: igrejas, repartições públicas, escolas, hospitais, Ongs, etc.

21 Teorizando... AS ORGANIZAÇÕES SERVEM À SOCIEDADE São instituições sociais que refletem alguns valores e necessidades culturalmente aceitos. Permitem que vivamos juntos e de modo civilizado, e que realizemos objetivos como sociedade.

22 Missão e visão MISSÃO: Razão de ser da organização, definindo o seu negócio e sua essência. Professa o compromisso da organização. VISÃO: Representa a posição que a organização quer ocupar no futuro. É como a empresa se vê no futuro.

23 Missão SERPRO Prover soluções baseadas no uso da tecnologia da informação para a gestão das finanças públicas e ações estruturadas e integradoras da Administração Federal, com qualidade, inovação e a preços competitivos. INCRA Missão: Criar oportunidades para que as populações rurais alcancem plena cidadania. Visão: ser referência internacional de soluções de inclusão social.

24 Missão MERCK Melhoria da vida humana. Honestidade e integridade. Responsabilidade social e empresarial. Inovação (produtos) Excelência. Lucro do trabalho que beneficia a humanidade.

25 Missões JOHNSON & JOHNSON - A empresa exista para aliviar a dor e a doença - Hierarquia de responsabilidades: em primeiro lugar os clientes, em segundo os funcionários, em terceiro a sociedade como um todo, e em quarto lugar os acionistas. - Oportunidade e recompensa individual baseadas no mérito. - Descentralização = criatividade = produtividade. IBM Dar total consideração ao funcionário individual. Dedicar muito tempo para tornar os clientes felizes. Ir até o fim para fazer as coisas certas.


Carregar ppt "Teoria das organizações Objetivos: - Apresentar marcos teóricos; -Diferenciar de sociedade, comunidade e família, -Apresentar as características e o papel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google