A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE CADASTRO DE MUNICIPIOS E GESTORES NO SITE DO CNES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE CADASTRO DE MUNICIPIOS E GESTORES NO SITE DO CNES."— Transcrição da apresentação:

1 INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE CADASTRO DE MUNICIPIOS E GESTORES NO SITE DO CNES

2 Este documento é dirigido ao Gestor Local, responsável pelo Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde – CNES. É importante mencionar que, esta instrução tem por embasamento normativo a Portaria SAS Nº. 311, de 14 de maio de Para que o gestor possa encaminhar bases de dados dos sistemas de informação SCNES, SIA, E SIAB diretamente para o nível federal, através do Transmissor Simultâneo, é obrigatório o cadastramento no site do CNES.

3 COMO REALIZAR O CADASTRO DE GESTORES O objetivo desta tarefa é orientar a realização da rotina de cadastramento de Gestores. Para iniciar o cadastramento do Gestor, acesse a página do CNES na Internet, através do endereço :http://cnes.datasus.gov.br A Página do CNES na internet exibe a Tela a seguir: 1.Tela Principal a)Selecione a Funcionalidade SERVIÇOS/ GESTORES/ CADASTRAMENTO DE GESTORES Página do CNES na internet exibe a Tela a seguir:

4 : 1.Tela de acesso Cadastramento de Gestores A Página do CNES na internet exibe a Tela a seguir: 1.Tela de acesso Cadastramento de Gestores

5 a)Para retornar a tela anterior clique no botão de atalho X b)Para continuar a rotina clique no botão OK A Página do CNES na internet exibe a Tela a seguir:

6 Digite os campos a seguir: Usuário:Informe o usuário que é o código do IBGE do Município ou Estado. Senha: Informe a senha inicial que é CNES07. CPF: Informe o CPF do responsável pelo CNES

7 A seguir será apresentado o conjunto de campos que compõe o cadastramento da secretaria de saúde, do secretário, das áreas técnicas do CNES; Controle e Avaliação, SIA, SIHD, CIH, SIAB, ESF, SIM, SINASC, SINAN e pela Atenção Básica, e seus responsáveis técnicos.

8 Digite a Nova Senha: No campo Nova Senha pode ser informado até 6 (seis) dígitos podendo ser uma combinação de números e letras, apenas letras ou apenas números a escolha do usuário. Não deverão ser colocados caracteres especiais do tipo (- / \ # $ % ¨& * ( ) etc.). Confirme a Nova Senha informada anteriormente Nome/ Identificação da Secretaria: Informe o nome e identificação da Secretaria. Digite o nome da secretaria por extenso. Caso o nome tenha mais que 70 caracteres, abrevie-o adequadamente. Não abreviar o primeiro e o último nome. Endereço: Digite o endereço com logradouro, número, complemento (se houver), Bairro, Cidade, Estado e CEP Telefone: Informa o código de área e telefone da Secretaria DD – Código com duas posições Ex.: O DD do Porto Alegre é 51, desta forma digitar 51 NNNNNNNN – Número do telefone Telefone/Fax: Informa o código de área e fax da Secretaria Informa o endereço eletrônico da Secretaria

9 Digite os campos do grupo de informações do Secretário(a): Nome:Informe o nome completo do Secretário de Saúde. Caso o nome tenha mais que 70 caracteres, abrevie-o adequadamente. Não abreviar o primeiro e o último nome. Telefone 1: Informa o código de área e telefone Telefone 2: Informa o código de área e telefone Informa o endereço eletrônico. Preferencialmente o do Secretário

10 Nome/ Identificação: Informe o nome completo do Setor Responsável pelo CNES Responsável: Informe o nome do Responsável pelo CNES Cargo: Informa o cargo do Responsável pelo CNES Telefone 1: Informa o código de área e telefone Telefone 2: Informa o código de área e telefone Informa o endereço eletrônico

11 Para realizar o cadastramento das áreas técnicas do Controle e Avaliação, SIA, SIHD, CIH, SIAB, ESF, SIM, SINASC, SINAN e pela Atenção Básica, e seus responsáveis técnicos, seguir as orientações descritas na tela anterior. Para o conjunto dos demais conjuntos de campos de cadastramento será exibida no cabeçalho da tela, conforme a seguir: 1.Tela comum ao conjunto de campos de cadastramento A partir do cadastramento do Setor Responsável pelo CNES, no início do conjunto de campos de cadastramento dos demais setores será apresentada a mesma tela. Caso a opção seja marcada, todos os dados do Setor CNES serão repassados para o conjunto de campos em questão. Utilizar a marcação da tela apenas se o responsável pelo(s) demais sistema(s) for o mesmo do CNES.

12 1.Tela específica do conjunto de campos da Atenção Básica Marque as seguintes opções: Sim, caso a ESF SEJA subordinada a Coordenação De Atenção Básica; NÃO, caso a ESF não SEJA subordinada a Coordenação De Atenção Básica. Para confirmar as informações digitadas clique no botão Enviar A Página exibe a mensagem a seguir:

13 RELAÇÃO DE GESTORES AINDA NÃO CADASTRADOS NO CNES – 16/04/2010

14 CRSCODMUNMUNIC DOIS IRMAOS GLORINHA LINDOLFO COLLOR NOVA SANTA RITA PRESIDENTE LUCENA SAPIRANGA 1 CRS ARAMBARE BARAO DO TRIUNFO CAMBARA DO SUL CHUVISCA MARIANA PIMENTEL MONTENEGRO SAO FRANCISCO DE PAULA SAO JOSE DO HORTENCIO SAO SEBASTIAO DO CAI SENTINELA DO SUL SERTAO SANTANA 2 CRS 11

15 CRSCODMUNMUNIC AMARAL FERRADOR ARROIO GRANDE CANGUCU CAPAO DO LEAO CERRITO CHUI PEDRO OSORIO RIO GRANDE SANTANA DA BOA VISTA TURUCU 3 CRS AGUDO CACEQUI CAPAO DO CIPO DONA FRANCISCA JULIO DE CASTILHOS NOVA ESPERANCA DO SUL QUEVEDOS SAO FRANCISCO DE ASSIS SAO MARTINHO DA SERRA SAO PEDRO DO SUL SAO SEPE SAO VICENTE DO SUL SILVEIRA MARTINS UNISTALDA 4 CRS 14

16 CRSCODMUNMUNIC BENTO GONCALVES BOA VISTA DO SUL CORONEL PILAR GRAMADO IPE JAQUIRANA LINHA NOVA MONTE ALEGRE DOS CAMPOS NOVA ARACA NOVA PADUA NOVA ROMA DO SUL PINHAL DA SERRA SAO JOSE DOS AUSENTES SAO MARCOS SAO VENDELINO UNIAO DA SERRA VERANOPOLIS VISTA ALEGRE DO PRATA 5 CRS 18

17 CRSCODMUNMUNIC AGUA SANTA ANDRE DA ROCHA CACIQUE DOBLE CAPAO BONITO DO SUL CASCA CASEIROS CIRIACO DAVID CANABARRO ESPUMOSO IBIRAPUITA LAGOA DOS TRES CANTOS LAGOA VERMELHA MACHADINHO MARAU MATO CASTELHANO MULITERNO NOVA ALVORADA PAIM FILHO PONTAO SANTO ANTONIO DO PLANALTO TIO HUGO 6 CRS 21

18 CRSCODMUNMUNIC ACEGUA CANDIOTA DOM PEDRITO HULHA NEGRA LAVRAS DO SUL 7 CRS CACAPAVA DO SUL ESTRELA VELHA IBARAMA LAGOA BONITA DO SUL 8 CRS BOA VISTA DO INCRA FORTALEZA DOS VALOS SALDANHA MARINHO 9 CRS 3

19 CRSCODMUNMUNIC ALEGRETE BARRA DO QUARAI ITAQUI MACAMBARA MANOEL VIANA QUARAI ROSARIO DO SUL SANTA MARGARIDA DO SUL SANTANA DO LIVRAMENTO SAO GABRIEL 10 CRS BENJAMIN CONSTANT DO SUL CAMPINAS DO SUL CENTENARIO CRUZALTENSE EREBANGO ERECHIM ESTACAO FAXINALZINHO GETULIO VARGAS PAULO BENTO PONTE PRETA QUATRO IRMAOS 11 CRS 12

20 CRSCODMUNMUNIC CERRO LARGO ENTRE-IJUIS EUGENIO DE CASTRO GUARANI DAS MISSOES SALVADOR DAS MISSOES SANTO ANGELO SANTO ANTONIO DAS MISSOES SAO MIGUEL DAS MISSOES 12 CRS GRAMADO XAVIER PASSO DO SOBRADO RIO PARDO SINIMBU VALE VERDE VERA CRUZ 13 CRS NOVO MACHADO PORTO MAUA SAO PAULO DAS MISSOES TUPARENDI 14 CRS 4

21 CRSCODMUNMUNIC BOA VISTA DAS MISSOES CERRO GRANDE CORONEL BICACO DOIS IRMAOS DAS MISSOES ENGENHO VELHO GRAMADO DOS LOUREIROS MIRAGUAI NOVO BARREIRO NOVO XINGU PALMEIRA DAS MISSOES RONDA ALTA 15 CRS ARVOREZINHA BARROS CASSAL BOM RETIRO DO SUL COQUEIRO BAIXO DOUTOR RICARDO ITAPUCA NOVA BRESCIA POCO DAS ANTAS SAO VALENTIM DO SUL 16 CRS 9

22 CRSCODMUNMUNIC AJURICABA AUGUSTO PESTANA CATUIPE CHIAPETTA CRISSIUMAL HUMAITA SANTO AUGUSTO SAO MARTINHO SAO VALERIO DO SUL SEDE NOVA 17 CRS ARROIO DO SAL BALNEARIO PINHAL CAPIVARI DO SUL CARAA ITATI MAMPITUBA MORRINHOS DO SUL TAVARES TERRA DE AREIA TRAMANDAI TRES CACHOEIRAS 18 CRS 11

23 CRSCODMUNMUNIC ALPESTRE AMETISTA DO SUL BARRA DO GUARITA BOM PROGRESSO CAICARA CRISTAL DO SUL DERRUBADAS ERVAL SECO ESPERANCA DO SUL FREDERICO WESTPHALEN IRAI LIBERATO SALZANO NONOAI NOVO TIRADENTES PALMITINHO PINHAL PINHEIRINHO DO VALE PLANALTO RIO DOS INDIOS RODEIO BONITO SEBERI TAQUARUCU DO SUL TENENTE PORTELA TIRADENTES DO SUL TRES PASSOS VICENTE DUTRA 19 CRS 26 TOTAL 199

24 MÓDULO TRANSMISSOR Transmissor.datasus.gov.br

25

26

27

28

29

30

31

32

33 Instruções sobre o Transmissor de Dados Após a instalação, aparecerá a tela abaixo. Esta é a única tela do transmissor de dados de maneira a deixar bem simplificada a transmissão. Mesmo assim existem alguns pontos para esclarecer:

34 1)Na barra de título do Transmissor aparecerá sempre a versão do Transmissor, note que sempre que for liberada uma nova versão, não mais será possível transmitir, ou seja, você precisará baixar a versão mais atual para voltar a transmitir. 2) No campo Competência deverá ser informada a competência que está sendo transmitida no formato (MM/AA), Ex: 05/10 para Maio de 2010.

35 3) No campo Tipo Arquivo, é preciso informar o tipo de arquivo que você vai transmitir a princípio o transmissor será usado no SIHD, CNES e SIASUS podendo incorporar outros sistemas futuramente. A primeira versão estará disponível apenas a opção SIHD, em seguida todas as outras estarão disponíveis e precisarão ser selecionadas neste campo.

36 4) No campo IBGE é preciso informar o código IBGE do município ou o código IBGE do estado (no caso de uma transmissão) seguindo o padrão com zeros no final, exemplo: , , , etc. 5) No campo Senha é preciso informar a senha do município ou estado, esta senha foi gerada pelo DATASUS e será enviada aos gestores das secretarias municipais e estaduais que estão cadastrados no CNES.

37 5) No campo CPF é preciso informar o CPF do operador que está enviando o arquivo no momento. Caso o tipo de usuário da pessoa que esteja enviando o arquivo seja Mestre no cadastro do CNES, o CPF não precisa ser informado. 6) No campo Arquivo, é preciso selecionar o arquivo que você quer transmitir. Cada sistema possui algumas regras de validação e padrões de nomes de arquivo, dessa forma é preciso obedecer tais padrões ou a transmissão não será executada. O botão ao lado com três pontinhos (...) permite você navegar e selecionar em seu computador o arquivo para envio. Na hora de selecionar o arquivo, o transmissor mostrará somente os arquivos que obedecerem a regra de formação do nome do arquivo com os parâmetros competência, IBGE e sistema informados anteriormente.

38 8) No campo Status da Transmissão, irá aparecer o progresso que o arquivo é processado e preparado para ser transmitido, assim que a barra chegar ao final, é iniciada a transmissão. Neste momento aparecerá uma animação indicando que os dados estão sendo transmitidos, é preciso esperar a transmissão ser concluída para que o seu recibo seja gerado corretamente. Dependendo da sua conexão com a internet e o tamanho do seu arquivo, o processo pode demorar vários minutos. 9) O botão Testar Conexão tenta fazer uma chamada ao servidor do DATASUS para saber existe uma conexão com o mesmo. Caso a conexão seja estabelecida, o arquivo será enviado sem problema. Logo após testar a conexão com o DATASUS, o transmissor tentará fazer o mesmo procedimento para Secretária Estadual Saúde (SES) do município que enviará o arquivo. 10) O botão Transmitir inicia a transmissão e uma mensagem aparecerá quando a transmissão for concluída informando que seu recibo foi gerado. 11) O botão Sair sai do Transmissor interrompendo a transmissão caso a mesma já tenha sido iniciada.

39 Após transmitir o arquivo, aparecerá uma mensagem informando o sucesso da operação e onde foi salvo o seu arquivo de recibo. O arquivo de recibo é um arquivo no formato PDF que por padrão é salvo na mesma pasta que você selecionou o seu arquivo para transmissão, ou seja, caso o arquivo que você quer transmitir seja c:\meus arquivos\xxxZZZppp.DTS, o seu recibo será gerado na pasta c:\meus arquivos com os nomes de ReciboMS_[SISTEMA]_[DATA]_[HORA]_[COMPETENCIA].pdf para recibo do Ministério da Saúde e ReciboSES_[SISTEMA]_[DATA]_[HORA]_[COMPETENCIA].pdf para recibo de envio dado pela SES. Importante ressaltar que o recibo dado pelo transmissor é apenas um recibo que o arquivo foi enviado para o respectivo sistema e ainda sim precisará ser processado pelos sistemas correspondentes. Exemplo do nome do recibo: ReciboMS_SAMU_ _111927_1108.pdf

40 Após a mensagem da transmissão, aparecerá no final uma mensagem informando a situação da secretaria junto a SES e ao Ministério, caso exista alguma pendência de transmissão, será exibida nesta mensagem, caso esteja tudo OK, aparecerá que está tudo Ok.

41 COMUNICAÇÃO USUÁRIOS O transmissor possui uma equipe dedicada a dar suporte aos municípios e secretarias estaduais, basta entrar em contato conosco através dos contatos abaixo. Equipe Técnica : (21) (Mozaniel) (21) (Bruno) (21) (Gilberto) Equipe de Produção SIASUS : (21) (Marcelo) (21) (Jomar)


Carregar ppt "INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE CADASTRO DE MUNICIPIOS E GESTORES NO SITE DO CNES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google