A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O mundo do ponto de vista de Pequim O mundo do ponto de vista de Pequim Professor Murilo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O mundo do ponto de vista de Pequim O mundo do ponto de vista de Pequim Professor Murilo."— Transcrição da apresentação:

1 O mundo do ponto de vista de Pequim O mundo do ponto de vista de Pequim Professor Murilo

2 China China. Extenso território, com litoral bastante recortado (mais de 5 mil ilhas a leste, enormes montanhas a oeste e o Deserto de Gobi, ao norte).. Nesse território, há 4 mil anos a etnia han, majoritária, procura dominar vários outros povos. São mais de cinquenta grupos étnicos diferentes: diversos ramos da família sino-tibetana (miao e yao, zuang-dong e daí), do grupo tibeto-birmanês e das etnias de línguas uralo- altaicas, como os turcos, mongóis e tungus.

3 Origens Muralha da China aC Chamavam-se império do meio

4 Estrutura Social Imperador Mandarim Militares Comerciantes Sacerdotes G.Proprietários Camponeses Escravos Intermediário entre céu e terra Letrados : Justiça, Impostos e Div.do Trabalho

5 Religião Taoísmo Confucionismo Budismo

6 A língua chinesa A língua chinesa. O chinês é uma língua do grupo sino-tibetano.. O chinês é uma língua de civilização que tornou-se um instrumento de cultura em todo o Extremo Oriente.. A escrita é figurativa, com força admirável para comunicar um impacto sentimental, para convidar a tomar partido.

7 Méritos da escrita chinesa Méritos da escrita chinesa. Usada por pessoas que falam dialetos ou idiomas diferentes.. Prática, não intelectual. Evoca, não conceitua.. Independe da pronúncia ao longo do tempo.. As palavras nunca se tornaram simples sinais.

8

9 Até 1910: Submissão aos interesses estrangeiros. 1911: Proclamação da República. Sun Yat-Sem – Kuomintang (Partido Nacionalista). Até meados dos anos 20 (instabilidade): senhores da guerra (lideranças locais) e interesses externos impunham-se sobre a República. 1921: Criação do PCCh (Mao Tsé-Tung). Até 1925: Aliança entre Kuomintang e PCCh. Com a morte de Sun Yat-Sem, assume Chiang Kai-Shek 1927: PCCh é declarado ilegal (perseguição aos comunistas).

10 1928: Kuomintang consolida-se no poder. 1934: Longa Marcha (12 mil Km). Fuga de comunistas e tentativa de ampliar bases – 1945: Guerra contra o Japão. Aliança provisória entre Kuomintang e PCCh. Longa Marcha e guerra contra o Japão

11 1945 – 1949: Guerra Civil KuomintangXPCCh* Shiang Kai-Shek e seguidores refugiam-se na ilha de Formosa (Taiwan). Nacionalização de indústrias e reforma agrária – 1958: Plano Qüinqüenal. Modelo e suporte técnico soviético. Ênfase na indústria de base. Criação de cooperativas nos campos.

12 China – disputas territoriais

13 China – densidade demográfica

14

15 LÍDERES E PRÁTICAS ECONÔMICAS DA REVOLUÇÃO LÍDERPERÍODOPROGRAMA Mao Tsé-Tung 1949 – 1976 Grande Salto Para Frente, Crescer com os Próprios Pés, a Grande Revolução Cultural proletária Deng Xiaoping1976 – 1993 As Quatro Modernizações Jiang Zemin1993 – 2003 Abertura ao Capitalismo Internacional e inserção da China Popular no comércio mundial Hu Jintao2003 –Continuidade da política anterior.

16 Deng Xiaoping: Não importa a cor do gato e sim que ele pegue o rato.. As reformas econômicas chinesas da era de Deng Xiaoping basearam-se em uma estratégia exportadora e na política de portas abertas.. Elas foram implantadas para viabilizar a expansão global da capacidade de importar e proporcionar um rápido deslocamento da pauta de importações na direção de máquinas e equipamentos.. A pauta exportadora chinesa concentrava-se ao longo dos anos 80 essencialmente em produtos intensivos em mão de obra e de baixo valor unitário.

17 MEDIDAS ECONÔMICAS Zonas econômicas especiais – 5 SEZs. (3 na província de GUANGDONG) – Incentivos: impostos reduzidos, facilitação das exportações e das importações, Concessão de áreas para instalação, etc. Cidades abertas – 14 cidades costeiras – Fortalecimento de SHANGHAI como centro financeiro internacional Áreas costeiras abertas – Também destinadas a atrair investimentos externos. – Concentradas ao longo dos deltas e penínsulas.

18 Cronologia – abertura chinesa

19 Regiões da China – PIB per capita China – empresas estrangeiras

20 O ciclo de expansão dos investimentos estatais. Ousada estratégia industrial – seleção de 120 grupos empresariais para formar um national team em setores de importância estratégica.. Parcela significativa dos investimentos públicos concentrados na construção civil.. Nos últimos anos as maiores taxas de crescimento foram registradas nas indústrias de cimento, aço, alumínio, automóveis, têxtil e carvão induzidos pela expansão da construção residencial que seguiu a urbanização.

21 O mundo visto pela China O mundo visto pela China Araújo, Regina; Corrêa, ângela, Guimarães, Raul. Observatório de Geografia (volume 4). São Paulo: Moderna, 2009.


Carregar ppt "O mundo do ponto de vista de Pequim O mundo do ponto de vista de Pequim Professor Murilo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google