A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE. Secretário de Estado da Educação Flávio Arns Superintendente da Educação Meroujy Giacomassi Cavet Diretora.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE. Secretário de Estado da Educação Flávio Arns Superintendente da Educação Meroujy Giacomassi Cavet Diretora."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE

2 Secretário de Estado da Educação Flávio Arns Superintendente da Educação Meroujy Giacomassi Cavet Diretora de Políticas e Programas Educacionais Fernanda Scaciota Simões da Silva Coordenador Estadual do PDE Cassiano Roberto Nascimento Ogliari

3 COORDENAÇÃO ESTADUAL DO PDE Coordenador Cassiano Roberto Nascimento Ogliari Secretária Lucimara Monteiro Equipe Administrativa Claudete Maria Filippin Kreiner Jane Aparecida Gavlovski Luciana G. Ilkiu Luciana Nishioka Roseli do Rocio Gomes Ribeiro Equipe Pedagógica Ângela A. de Souza Barbosa Ângela Maria Piovesan Batista Luciane Cortiano Liotti Márcia Luzia Rossi Ravizoli Maria Regina Bach Equipe Tecnológica Eliziane Zella R. Coração Gilian Cristina Barros José da Cunha Paula Rodakiewski Ricardo Hasper

4 I Seminário Integrador Turma PDE 2012

5 PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NA ESCOLA Características do projeto a ser elaborado no âmbito do PDE: 1. sempre parte de uma problemática da realidade vivida e percebida pelo professor na escola de Educação Básica 2. a experiência é o ponto inicial do movimento da pesquisa

6 3. tem o compromisso de retornar para intervir na realidade com tentativas de solucionar o problema levantado 4. essas tentativas são respaldadas pela fundamentação teórica e novas alternativas para estratégias de ação

7 . O objetivo – e o diferencial – da pesquisa realizada no PDE É o exercício efetivo da práxis,práxis onde a pesquisa se configura em elemento elucidador da realidade pela tentativa de percepção da totalidade, mesmo que provisoriamente, e também elemento articulador de novas práticas eleitas sob as perspectivas desveladas nesse esforço teórico.

8 O Projeto de Intervenção Pedagógica na Escola é um projeto de pesquisa, mas é também e essencialmente, de intervenção na realidade proporcionada por essa pesquisa.

9 Contempla as ações de cada um dos quatro períodos, ou seja, aprofundamento teórico (subsídios para a discussão da problemática), elaboração de produção didático-pedagógica (subsídios para a ação sobre a problemática), implementação (ação sobre a problemática) e artigo final (análise de todo o processo e resultados).

10 Dados de identificação Professor PDE: Área PDE: NRE: Escola de implementação: Público objeto da intervenção: Quem? Quantos? Qual é o papel do meu público dentro do espaço escolar? Se professores, quais artifícios vou usar para convencê-los a participar da implementação?

11 Elementos que estruturam o PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NA ESCOLA Tema do Projeto Título - Justificativa do tema de estudo Problema/Problematização Objetivos Gerais e Específicos Fundamentação Teórica / Revisão Bibliográfica Estratégias de ação Cronograma do Projeto Referências É o primeiro a ser escrito? Posso mudar? O título tem algum papel no convencimento dos leitores? A que vieram os objetivos? Tem alguma relação com Avaliação? As estratégias devem ser aliadas aos objetivos? E com a avaliação?

12 Tema do Projeto O Ensino de Biologia - Aspectos Teóricos e Práticos. Olá, Representante PDE no NRE! Sugiro que vocês coloquem todas as partes de um projeto e exemplifique cada uma. Como conversamos, pode ser ressaltar os acertos, ou seja, objetivos coerentes com justificativas e avaliação, ou divergentes para que não cometam os erros já cometidos por outros. Abraço, Angela

13 Justificativa do tema de estudo Segundo as Diretrizes da Educação Básica (DCEs) - Paraná, a aprendizagem da Matemática consiste em criar estratégias que possibilitem ao aluno atribuir sentido e construir significado às ideias matemáticas e ainda apresenta considerações sobre as tendências que compõem o campo da Educação Matemática e entre essas tendências a Modelagem Matemática....

14 Nos dias atuais, as práticas tradicionais aplicadas nas escolas, como aulas expositivas em que o conteúdo é transmitido pelo professor e os alunos praticam resolvendo uma série de exercícios … Daí a importância de oferecer um espaço nas aulas para que os alunos possam desenvolver sua capacidade de reflexão...Como a aprendizagem da matemática pode contribuir para que o aluno possa ter uma visão mais critica de situações do seu dia a dia? Como explorar e implementar a modelagem matemática em nossa prática docente? Problema/Problematização

15 Fundamentação Teórica / Revisão Bibliográfica A respeito das tendências D' Ambrosio (1989, p.16) sugere no seu livro Como Ensinar Matemática Hoje? Que: "optamos pelas propostas que colocam o aluno como o centro do processo educacional, enfatizando o aluno como um ser ativo no processo de construção de seu conhecimento. Propostas essas onde o professor passa a ter um papel do orientador e monitor das atividades propostas aos alunos e por eles realizadas."

16 Estratégias de ação A proposta do projeto de intervenção será implementada no colégio Estadual Paulo - Leituras bibliográficas, pesquisas, participação em cursos Articulação entre a Mod. Mat. e a Ed. Matemática. - Produção de material didático-pedagógico para a implementação do projeto na escola, a saber, uma unidade didática. - Discussões do trabalho realizado no ambiente online GTR. - Implementação da Unid. Didática com uma turma de sexta série. Ressalto aqui, que as estratégias não estão coerentes com os objetivos do projeto de implementação na escola. O projeto do qual retirei as estratégias tem objetivos voltados para a ação junto ao público alvo, porém as estratégias não.

17 Cronograma do Projeto Cronograma de ação Descrição das atividades Sugestão feira do conhecimento x Definição temax Elaboração de regulamentos e.. xx Elaboração projeto xxx O cronograma é do projeto PDE, ou da implementação na escola que ocorre no 3º período? É fundamental definir se este é para a implementação na escola ou do projeto PDE para os 2 anos de formação

18 Referências 10. REFERÊNCIAS BARBOSA,J.C., CALDEIRA,A.D., ARAUJO,J.L. Modelagem Matemática na Educação Matemática Brasileira: Pesquisas e práticas educacionais. (Biblioteca do Educador Matemático, v.3) Recife: SBEM, BEAN,D. O que é Modelagem Matemática? Educação Matemática em Revista, n.9, ano 8 p.49-57, BIEMBENGUT, M.S.; HEIN,N. Modelagem Matemática no Ensino ed. Revista, D'AMBROSIO,B. Como Ensinar Matemática Hoje? Temas e Debates. Sociedade Brasileira de Educação Matemática. Ano II, nº 2, 1989,p PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes Curriculares da Educação Básica - Matemática Curitiba: SEED, 2008.

19 Sites de pesquisa científica sugestões Google Acadêmico SCIELO Brasil Periódicos da CAPES/MEC Domínio público – MEC ANPED – Associação Nacional de Pesquisa em Educação

20 Figura - O poema de Anchieta Fonte: Calixto, CALIXTO, Benedito. O poema de Anchieta óleo sobre tela. Disponível em: Acesso em: 28 jan


Carregar ppt "Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE. Secretário de Estado da Educação Flávio Arns Superintendente da Educação Meroujy Giacomassi Cavet Diretora."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google