A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AS AVALIAÇÕES DE SISTEMA. Diferem das provas tradicionais / clássicas. Metodologia adotada na construção e aplicação dos testes do SAEB e Prova Brasil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AS AVALIAÇÕES DE SISTEMA. Diferem das provas tradicionais / clássicas. Metodologia adotada na construção e aplicação dos testes do SAEB e Prova Brasil."— Transcrição da apresentação:

1 AS AVALIAÇÕES DE SISTEMA

2 Diferem das provas tradicionais / clássicas. Metodologia adotada na construção e aplicação dos testes do SAEB e Prova Brasil adequada para avaliar redes ou sistemas de ensino, e não alunos individualmente. O que são?

3 Resultados produzidos a partir da aferição das habilidades e competências propostas nos currículos para serem desenvolvidas pelos alunos em determinada etapa da educação formal.

4 Um aluno não responde a todas as habilidades previstas nos currículos, em uma única prova. Um conjunto de alunos responde a várias provas. (21 cadernos)

5 Os resultados não refletem a porcentagem de acertos de um aluno respondendo a uma prova, mas a de um conjunto de alunos, respondendo às habilidades do currículo proposto, distribuídas em várias provas diferentes.

6 Como são elaboradas? A partir de Matrizes de Referência - documento em que estão descritas as habilidades a serem avaliadas e as orientações para a elaboração das questões. Essas matrizes reúnem o conteúdo a ser avaliado em cada disciplina e série.

7 Como são elaboradas as Matrizes de Referência? PCN Referenciais curriculares estaduais e municipais Consulta a professores Exame de livros didáticos Análise final de professores especialistas

8 Importante! As matrizes de referência representam um recorte das matrizes curriculares feito com base no que pode ser aferido por meio dos instrumentos utilizados no Saeb e na Prova Brasil.

9 As matrizes de referência estão subdivididas em tópicos ou temas e estes, em descritores.

10 Cada descritor é uma associação entre conteúdos curriculares e operações mentais desenvolvidas pelos alunos, que traduzem certas competências e habilidades.

11 Os descritores especificam o que cada habilidade implica e são utilizados como base para a construção dos itens de testes das diferentes disciplinas.

12 Cada descritor dá origem a diferentes itens e, a partir das respostas dadas a eles, verifica-se quais habilidades os alunos efetivamente desenvolveram.

13 Provinha Brasil A Provinha Brasil é uma avaliação diagnóstica do nível de alfabetização das crianças matriculadas no segundo ano de escolarização das escolas públicas brasileiras. Essa avaliação acontece em duas etapas, uma no início e a outra ao término do ano letivo. Aplicada desde 2008 pelas próprias escolas e não compõem o Ideb.

14 Provinha Brasil Prova de Matemática Previsão: uma aplicação em 2011 e duas em Na rede estadual de ensino do Paraná, apenas os alunos de uma escola de Curitiba farão a Provinha Brasil em 2011: E. E. Ângelo Trevisan

15 Matriz de Referência da Provinha Brasil 1º eixo – Números e operações 2º eixo – Geometria 3º eixo – Grandezas e medidas 4º eixo – Tratamento da informação

16 Prova Brasil e SAEB SAEB (aplicada desde 1990) – avalia por amostragem estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3º anos do Ensino Médio. Aplicada nas redes pública e particular.

17 Prova Brasil e SAEB Prova Brasil - Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc). Criada em 2005, avalia a quase totalidade dos estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental – aplicada na rede pública Todos os alunos do Saeb e da Prova Brasil farão uma única avaliação

18 Prova Brasil e SAEB - Resultados Subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), ao lado das taxas de aprovação nessas esferas.

19 Prova Brasil e SAEB As provas serão aplicadas no período de 7 a 18 de novembro de 2011, em todos os Estados e no Distrito Federal.

20 Matriz de Referência 5º e 9º ano E. F. e 3º ano E. M. Tema I – Espaço e forma Tema II – Grandezas e medidas Tema III - Números e operações /Álgebra e funções Tema IV - Tratamento da informação

21 O que cai na prova de Matemática? Por meio da resolução de problemas, os alunos são testados em capacidades como: observação, estabelecimento de relações, comunicação (diferentes linguagens), argumentação e validação de processos, além de estimular formas de raciocínio como intuição, indução, dedução e estimativa.

22 Alguns exemplos de itens...

23 Prova Brasil – 5° ano

24 O piso de uma sala está sendo coberto por cerâmica quadrada. Já foram colocadas 7 cerâmicas, como mostra a figura: Quantas cerâmicas faltam para cobrir o piso? (A) 7 (B) 8 (C) 9 (D) 15

25 Tema II - Grandezas e medidas D12 – Resolver problema envolvendo o cálculo ou estimativa de áreas de figuras planas, desenhadas em malhas quadriculadas.

26 O piso de uma sala está sendo coberto por cerâmica quadrada. Já foram colocadas 7 cerâmicas, como mostra a figura: Quantas cerâmicas faltam para cobrir o piso? (A) 7 - o estudante considera as peças de cerâmica já colocadas. (B) 8 (C) 9 – ? (D) 15 – o estudante considera as peças de cerâmica necessárias para preencher todo o piso.

27 Prova Brasil – 9° ano

28 Cristina desenhou quatro polígonos regulares, conforme pode ser visto na figura a seguir, e anotou dentro deles o valor da soma de seus ângulos internos. Qual é a medida de cada ângulo interno do hexágono regular desenhado por Cristina? (A) 60° (B) 108° (C) 120° (D) 135

29 Tema I - Espaço e forma D8 – Resolver problema utilizando a propriedade dos polígonos (soma de seus ângulos internos, número de diagonais, cálculo da medida de cada ângulo interno nos polígonos regulares).

30 Cristina desenhou quatro polígonos regulares, conforme pode ser visto na figura a seguir, e anotou dentro deles o valor da soma de seus ângulos internos. Qual é a medida de cada ângulo interno do hexágono regular desenhado por Cristina? (A) 60° - o estudante associa hexágono ao número 6 e assinala esta alternativa (B) 108° - o estudante calcula a medida dos ângulos internos do pentágono (C) 120° (D) 135° - o estudante calcula a medida dos ângulos internos do octógono

31 SAEB – 3° ano do Ensino Médio

32 Duas pessoas, partindo de um mesmo local, caminham em direções ortogonais. Uma caminhou 12 metros para o sul, a outra, 5 metros para o leste. Qual a distância que separa essas duas pessoas? (A) 7 m (B) 13 m (C) 17 m (D) 60 m (E) 119 m

33 Tema I - Espaço e forma D2 – Reconhecer aplicações das relações métricas do triângulo retângulo em um problema que envolva figuras planas ou espaciais.

34 Duas pessoas, partindo de um mesmo local, caminham em direções ortogonais. Uma caminhou 12 metros para o sul, a outra, 5 metros para o leste. Qual a distância que separa essas duas pessoas? (A) 7 m – o estudante faz (B) 13 m (C) 17 m – o estudante faz (D) 60 m – o estudante faz 12 x 5 (E) 119 m - ? (talvez 169 fosse melhor)

35 Enem Tem como finalidade precípua a avaliação do desempenho escolar e acadêmico ao fim do Ensino Médio.

36 As informações obtidas a partir dos resultados do Enem serão utilizadas para: compor a avaliação de medição da qualidade do Ensino Médio no país; a implementação de políticas públicas;

37 a criação de referência nacional para o aperfeiçoamento dos currículos do Ensino Médio; o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre a educação brasileira, entre outros;

38 o estabelecimento de critérios de acesso do participante a programas governamentais; a constituição de parâmetros para a autoavaliação do participante, com vistas à continuidade de sua formação e à sua inserção no mercado de trabalho.

39 Facultar-se-á a utilização dos resultados individuais do Enem para: a certificação, pelas Instituições Certificadoras listadas no Anexo I do Edital do Enem, no nível de conclusão do Ensino Médio;

40 a utilização como mecanismo de acesso à Educação Superior ou em processos de seleção nos diferentes setores do mundo do trabalho.

41 A constituição da prova do ENEM O Exame será constituído de 4 (quatro) provas objetivas, contendo cada uma 45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, e uma redação.

42 A Matemática no ENEM

43 Enem 2011 Inscrições encerraram em 10/06/2011. Aplicação das provas prevista para 22 e 23 de outubro de 2011, com início às 13h00, horário oficial de Brasília-DF, em todas as Unidades da Federação.

44 Matriz de Referência - EIXOS COGNITIVOS I.Dominar linguagens (DL) II.Compreender fenômenos (CF) III.Enfrentar situações-problema (SP) IV.Construir argumentação (CA) V.Elaborar propostas (EP)

45 Matriz de Referência Matemática e suas tecnologias Competências: Área 1 - Construir significados para os números naturais, inteiros, racionais e reais. Área 2 - Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da realidade, e agir sobre ela.

46 Área 3 - Construir noções de grandezas e medidas para a compreensão da realidade e a solução de problemas do cotidiano. Área 4 - Construir noções de variação de grandezas para a compreensão da realidade e a solução de problemas do cotidiano.

47 Área 5 - Modelar e resolver problemas que envolvem variáveis socioeconômicas ou técnico-científicas, usando representações algébricas. Área 6 - Interpretar informações de natureza científica e social obtidas da leitura de gráficos e tabelas, realizando previsão de tendência, extrapolação, interpolação e interpretação.

48 Área 7 - Compreender o caráter aleatório e não determinístico dos fenômenos naturais e sociais, e utilizar instrumentos adequados para medidas, determinação de amostras e cálculos de probabilidade para interpretar informações de variáveis apresentadas em uma distribuição estatística.

49 Objetos de conhecimento associados às Matrizes de Referência Conhecimentos numéricos Conhecimentos geométricos Conhecimentos de estatística e probabilidade Conhecimentos algébricos Conhecimentos algébricos/geométricos

50 Prova Brasil e SAEB – as provas não são divulgadas. Enem – as provas e gabaritos são disponibilizados no site do Inep.

51 Exemplo de item do Enem

52 A siderúrgica "Metal Nobre" produz diversos objetos maciços utilizando o ferro. Um tipo especial de peça feita nessa companhia tem o formato de um paralelepípedo retangular, de acordo com as dimensões indicadas na figura que segue: O produto das três dimensões indicadas na peça resultaria na medida da grandeza (A) massa. (B) volume. (C) superfície. (D) capacidade. (E) comprimento.

53 Competência de área 4 - Construir noções de variação de grandezas para a compreensão da realidade e a solução de problemas do cotidiano. H15 - Identificar a relação de dependência entre grandezas.

54 A siderúrgica "Metal Nobre" produz diversos objetos maciços utilizando o ferro. Um tipo especial de peça feita nessa companhia tem o formato de um paralelepípedo retangular, de acordo com as dimensões indicadas na figura que segue: O produto das três dimensões indicadas na peça resultaria na medida da grandeza (A) massa. Erro básico, não diferencia grandezas. (B) volume. (C) superfície. Erro básico, não diferencia grandezas. (D) capacidade. Estudante não observa tratar-se de um objeto maciço. (E) comprimento. Erro básico, não diferencia grandezas.


Carregar ppt "AS AVALIAÇÕES DE SISTEMA. Diferem das provas tradicionais / clássicas. Metodologia adotada na construção e aplicação dos testes do SAEB e Prova Brasil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google