A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reflexões (J.S. Nobre) > Cultive a sua alegria interior. > Ela é fruto da paz de sua consciência e prova de que você esta bem consigo mesmo. > Se ela existe.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reflexões (J.S. Nobre) > Cultive a sua alegria interior. > Ela é fruto da paz de sua consciência e prova de que você esta bem consigo mesmo. > Se ela existe."— Transcrição da apresentação:

1 Reflexões (J.S. Nobre) > Cultive a sua alegria interior. > Ela é fruto da paz de sua consciência e prova de que você esta bem consigo mesmo. > Se ela existe em você, necessariamente fluirá para seu exterior e se irradiará em seu ambiente de convivência ou em seu trabalho, tornando-o mais agradável e transformando a sua presença em uma coisa desejada. > Mostre a todos que a sua consciência está em paz e que você irradia essa paz em forma de felicidade. > Você fará muito bem com isso.

2 Eletrônica de Potência u Circuitos e Retificadores com Diodos; u Capítulo 3, págs. 68 à 112 do livro texto; u Professor: Fernando Soares dos Reis;

3 Sumário Capítulo 3 u3.8 Retificadores Monofásicos de Onda Completa com tap central u3.9 Retificadores Monofásicos de Onda Completa com Carga RLE u3.10 Retificadores Polifásicos em Estrela u3.11 Retificadores Trifásicos em Ponte u3.12 Retificadores Trifásicos em Ponte com Carga RLE u3.13 Projeto de Circuitos Retificadores u3.14 Tensão de Saída com Filtro LC u3.15 Efeitos das Indutâncias da Fonte e da Carga uRESUMO; uPROBLEMAS;

4 3.8 Retificadores Monofásicos de Onda Completa com tap central

5 Exemplo 3.9 u Se o retificador da figura abaixo tiver uma carga puramente resistiva de valor R, determinar (a) a eficiência, (b) o fator de forma, (c) o fator de ondulação, (d) o fator de utilização do transformador, (e) a tensão de pico inverso (PIV) do diodo D 1 e (f) o CF da corrente de entrada. u Solução: (a)

6 Exemplo 3.9 u Se o retificador da figura abaixo tiver uma carga puramente resistiva de valor R, determinar (a) a eficiência, (b) o fator de forma, (c) o fator de ondulação, (d) o fator de utilização do transformador, (e) a tensão de pico inverso (PIV) do diodo D 1 e (f) o CF da corrente de entrada. u Solução: (b) Corrente que passa pelo secundário pelo secundário

7 Exemplo 3.9 u Se o retificador da figura abaixo tiver uma carga puramente resistiva de valor R, determinar (a) a eficiência, (b) o fator de forma, (c) o fator de ondulação, (d) o fator de utilização do transformador, (e) a tensão de pico inverso (PIV) do diodo D 1 e (f) o CF da corrente de entrada. u Solução: (d) Corrente que passa pelo secundário pelo secundário

8 3.9 Retificadores Monofásicos de Onda Completa com Carga RLE

9 Caso 1: Corrente Continua

10 3.9 Retificadores Monofásicos de Onda Completa com Carga RLE Caso 2: Corrente Descontinua

11 Exemplo ,5 2,5 6,5 mH 10 V 120 V Mãos a obra, em grupos! Uma pista a solução aproximada é muito simples!

12 Exemplo 3.12 u * Como se define uma fonte de tensão do tipo SENO? u *V_NAME 1 0 DC AC SIN VOFF VAMPL FREQ TD DF PHASE u V_S 1 0 DC 0 AC 0 SIN Hz u R u L MH u VX 6 4 DC 10V u VY 1 2 DC 0V u D1 2 3 DMOD ; Diodo com modelo DMOD u D2 4 0 DMOD u D3 0 3 DMOD u D4 4 2 DMOD u.MODEL DMOD D(IS=2.22E-15 BV=1800V) ; Parametros do modelo do Diodo u * IS CORRENTE DE FUGA BV Tensão de Avalanche u.tran 0.5ms 64ms 32ms 0.5ms ; Analise transiente u * print step final time no-print delay step ceiling u.PROBE ; Prepara os dados para Osciloscópio u.END

13 Caso 1: Corrente Continua

14 Caso 2: Corrente Descontinua

15 3.10 Retificadores Polifásicos em Estrela u Retificador em estrela, é um retificador de meia onda; u São utilizados em alta potência (> 15 kW); u Reduzem o ripple na saída, pois a freqüência dos harmônicos aumenta e é q vezes a freqüência da fonte; u No secundário do transformador circula uma componente CC; u O primário é conectado em triângulo para minimizar a distorção da corrente na entrada;

16 3.10 Retificadores Polifásicos em Estrela

17 Exemplo 3.13 e 3.14 u Dividir em grupos e proceder;

18 3.11 Retificadores Trifásicos em Ponte i1i1i1i1 iaiaiaia ibibibib icicicic

19

20 Exemplo 3.15 e 3.16 u Vamos treinar, para vencer!

21 3.12 Retificadores Trifásicos em Ponte com Carga RLE i1i1i1i1 iaiaiaia ibibibib icicicic

22

23 3.13 Projeto de Circuitos Retificadores u Determinação dos valores nominais dos diodos; u I média, I RMS, I m, PIV; u Filtros CC, tipos L, C e LC;

24 3.13 Projeto de Circuitos Retificadores u Filtros CA, normalmente LC;

25 Exemplo 3.17, 3.18, 3.19, 3.20 e 3.22 u Treinando mais e mais marcaremos um golaço, na disciplina, no Provão e principal- mente na vida.

26 3.14 Tensão de Saída com Filtro LC u Supor C e muito grande; u Utilizando a tabela 3.1 é possível a solução;

27 3.14 Tensão de Saída com Filtro LC

28

29 Exemplo 3.23 u Resolver o item (a) utilizando a tabela 3.1 interpolar se necessário. b bnbnbnbn b n+1 a a n+1 anananandadb

30 3.15 Efeitos das Indutâncias da Fonte e da Carga

31

32 RESUMO u Os diodos quando utilizados em circuitos retificadores, geram tensões de saída fixa; u As leis básicas de CKTs são essenciais para uma boa compreensão dos fenômenos estudados; u A qualidade de nosso circuito pode ser aferida em função de uma série de parâmetros conhecidos como fatores de mérito;

33 Estudo Dirigido u Exemplo 3.24 e 3.25 u Trabalhe os problemas


Carregar ppt "Reflexões (J.S. Nobre) > Cultive a sua alegria interior. > Ela é fruto da paz de sua consciência e prova de que você esta bem consigo mesmo. > Se ela existe."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google