A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Resumo do Estudo de Caso Apt 04 26/06/2007 Fase 3.2: Ilustração da Contribuição Rodrigo Paes

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Resumo do Estudo de Caso Apt 04 26/06/2007 Fase 3.2: Ilustração da Contribuição Rodrigo Paes"— Transcrição da apresentação:

1 Resumo do Estudo de Caso Apt 04 26/06/2007 Fase 3.2: Ilustração da Contribuição Rodrigo Paes

2 Objetivo: Ilustrar Governança com Fidedignidade

3 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Metodologia adotada Análise do Domínio Casos de Uso Arquitetura Análise e especificação dos aspectos de Governança Análise e especificação dos aspectos de fidedignidade

4 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Análise do Domínio Função principal –A principal função do controle de tráfego aéreo (CTA) é controlar e monitorar o tráfego aéreo de um aeroporto de origem até um aeroporto de destino Fontes de problemas –Software –Hardware –Comportamento (brigas, álcool) –Falha Humana –Condições do tempo

5 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Análise do Domínio Fases –( 1 ) Planejamento do Vôo –( 2 ) Acionamento dos Motores e Push-back –( 3 ) Início de Táxi –( 4 ) Decolagem –( 5 ) Saída da Terminal –( 6 ) Vôo em Cruzeiro –( 7 ) Início de Descida –( 8 ) Entrada na Terminal –( 9 ) Aproximação Final –( 10 ) Pouso e Táxi (1) Controle de Pista (2) Decolagem (4) Pouso (3) Vôo

6 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Análise do Domínio interseção aerovias radar controladores setor Alertas meteorológicos

7 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Casos de Uso CDU001_Manter_Separação_Lateral_Vertical_Longitudinal CDU002_Receber_Informações_Estações_Metereológicas CDU003_Informar_Condições_Tempo_Ao_Piloto CDU004_Receber_Informações_Posicionamento_Velocidade CDU005_Informar_Posicionamento_Velocidade CDU006_Receber_Plano_Vôo CDU007_Permitir_Aprovacao_Planos_Voo CDU008_Garantir_Segurança_Aterrissagem CDU009_Informar_Proativamente_Mudança_Controlador CDU010_Monitorar_Ações_Piloto CDU011_Informar_Pilotos_Ações CDU012_Prover_Comunicação_Não_Ambígua CDU013_Garantir_Segurança_Decolagem CDU014_Garantir_Segurança_Vôo CDU015_Exibir_Interface_Gráfica

8 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Arquitetura TODO: integrar com DepEx

9 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança Passo 1: identificar as cenas de interação Passo 2: identificar os protocolos de interação de cada cena Passo 2.1: identificar os agentes que participam da interação Passo 2.2: identificar constraints Passo 3: identificar as normas Passo 4: identificar os clocks Passo 5: identificar as actions Passo 5.1: devem ser identificadas somente actions relacionadas a governança, ou seja, as actions relacionadas a fidedignidade devem ser postergadas

10 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança - cenas groundControl{//nome da cena // Mensagens flightPlan{pilot, controller,propose(flightPlan($content))} reject{controller, pilot, reject-proposal} accept{controller, pilot, accept-proposal} intent{pilot, controller, request(go-position)} position{controller, pilot, inform(pos, $instructions)} // Estados especiais s1{initial} s3{failure} s6{success} // Transições t1{s1->s2, flightPlan} t2{s2->s3, reject} t3{s2->s4, accept} t4{s4->s5, intent} t5{s5->s6, position} }

11 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança - cenas take-off{//nome da cena // Mensagens request{pilot, controller, request(take-off)} refuse{controller, pilot, refuse } agree{controller, pilot, agree } // Estados especiais s1{initial} s3{failure} s4{success} // Transições t1{s1->s2, request} t2{s2->s3, refuse} t3{s2->s4, agree} }

12 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança - cenas flight{//nome da cena // Mensagens progressR{radar, controller, inform(strip, $flightProgressStrip)} progressA{pilot, controller, inform(strip, $flightProgressStrip)} switch{controller, pilot, inform(switch, $newController)} landing{pilot, controller, inform(landIntention)} // Estados especiais s1{initial} s3{success} // Transições t1{s1->s2, progressR} t2{s1->s2, progressA} t3{s2->s2, progressR} t4{s2->s2, progressA} t5{s2->s2, switch} t6{s2->s3, landing} }

13 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança - cenas landing{ ask-permission{pilot, controller, request(landingPermission)} wait{controller, pilot, inform(wait)} agree{controller, pilot, agree(permission)} s1{initial} s4{success} t1{s1->s2, ask-permission} t2{s2->s3, wait} t3{s3->s4, agree} t4{s2->s4, agree} }

14 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Governança TODO: especificação dos outros elementos –Actions, norms, constraints, clocks...

15 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Fidedignidade Abordagem –Identificação das ameaças –Mapeamento para os elementos do XMLaw –Utilização de detectores de falhas

16 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Fidedignidade Caso de Lei Caso de UsoAmeaça CDL001CDU001Aeronave se aproxima demais de outra aeronave CDL002CDU014Aeronave voa em uma altitude diferente da planejada CDL003CDU013Piloto não ativa o "flap" no momento da decolagem CDL004CDU012Ocorre falha no entendimento da comunicação entre o piloto e a torre de controle CDL005CDU013O piloto não ativa o sistema descongelador CDL006CDU014Piloto desativa inapropriadamente um instrumento CDL007CDU002Falha na comunicação com a estação meteorológica CDL008CDU004Falha na comunicação com os radares

17 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Fidedignidade Caso de Lei Caso de UsoAmeaça CDL009CDU007Controlador aprova plano de voo fora das especificações de segurança CDL010CDU008 Controlador concede permissão de voo que acarretará em uma distância mínima menor que o especificado CDL011CDU009Controlador perde o canal de comunicação CDL012CDU008 Para que uma aeronave possa operar sem restrições em uma determinada RWY, o ACN da acft deverá ser menor ou igual que o PCN da pista (ACN PCN CDL013CDU008 O piloto não executa a operação padrão de circuito de tráfego ao pousar. A altura padrão para as aeronaves realizarem o circuito de tráfego é: 1500ft (pés) para aeronaves a jato; 1000ft (pés) para aeronaves a hélice. Todas as curvas são feitas para a esquerda CDL014CDU014 Exceto em procedimentos de pouso e decolagem, as aeronaves não poderão voar sobre cidades, povoados, lugares habitados ou grupo de pessoas ao ar livre a uma altura inferior a 1000 pés (300M) acima do obstáculo mais alto existente num raio de 600M em torno da acft; A ameaça consiste no piloto descumprir estas restrições. CDL015CDU014 Exceto em procedimentos de pouso e decolagem, as aeronaves não poderão voar em lugares desabitados em altura inferior a 500 pés (150M) sobre o solo ou água. A ameaça consiste no piloto voar a uma altura inferior a 500 pés.

18 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio Fidedignidade – Detectores de Falhas Idéia –Um agente especializado em reconhecer falhas comuns Ex: time-outs –Evita poluir a lei com aspectos de baixo nível –Usar o agente na especificação das leis

19 Rodrigo Paes - © LES/PUC-Rio TODOs Finalizar aspectos de governança Integrar com DepEx Utilizar o Failure Detector Escrever

20 Obrigado! Rodrigo Paes


Carregar ppt "Resumo do Estudo de Caso Apt 04 26/06/2007 Fase 3.2: Ilustração da Contribuição Rodrigo Paes"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google