A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fatores Ambientais e a Composição Isotópica das Plantas Capítulo 6.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fatores Ambientais e a Composição Isotópica das Plantas Capítulo 6."— Transcrição da apresentação:

1 Fatores Ambientais e a Composição Isotópica das Plantas Capítulo 6

2 5.1 Intensidade de luz a) Baixa intensidade de luz: estômatos abertos, p i tende a ser igual a p a, portanto a relação p i /p a, tende hipoteticamente para 1. a) Alta intensidade de luz: estômatos fechados, p i tende a ser igual a p a, portanto a relação p i /p a, tende hipoteticamente para 0.

3 Figura 5.1. Variação dos valores de δ 13 C de espécies coletadas na floresta de Ding Hu Shan na China em função da quantidade de luz, expressa pelo fluxo de fótons. Adaptado de Ehleringer et al. (1986).

4 5.2. Variação na fonte de CO 2 Figura 5.2. Variação rio abaixo dos valores de δ 13 C de: (A) folhas de espécies arbóreas e (B) folhas de gramíneas flutuantes coletadas ao longo do rios Solimões e Amazonas. Adaptado por Martinelli et al. (1991).

5 5.3. Variação da fonte de luz e fonte de CO 2 simultaneamente Figura 5.3. Variação dos valores de δ 13 C de folhas de espécies arbóreas em função da altura da copa em diferentes localidades da Amazônia. ZF2 – próximo à ciade de Manaus; Flona-1 e Flona-2 – Floresta Nacional do Tapajés, próximo à cidade de Santarém e Rebio – próximo à cidade de Ji-Paraná.

6 Tabela 5.1. Equações de reta entre a altura do dossel e os valores de d 13 C dos mesmos locais descritos na Figura 5.3. H denota a altura da copa, r 2 o coeficiente de correlação da equação e N o número de amostras utilizados nas respectivas equações. Se tivermos os valores de 13 C do CO 2 da atmosfera podemos calcular os valores de p i /p a (Tab.2).

7 Tabela 2. Concentração média do CO 2 atmosférico, valores de d 13 C do CO 2 e das folhas ao longo do dossel. é a diferença entre o d 13 C do CO 2 atmosférico e da folha e os valores p i /p a foram calculados através das equações anteriores.

8 5.4. Disponibilidade de água A resposta das plantas ao baixo teor de água no solo ocorre pelo fechamento dos estômatos, evitando maiores perdas de água. Ocorre também um decréscimo na fotossíntese. Caso esse decréscimo ocorra em um nível maior que a entrada de CO 2 na câmara estomatal, haverá um conseqüente decréscimo no valor de p i. Por sua vez, a relação p i /p a decrescerá, aumentando os valores de 13 C da planta. O mesmo raciocínio pode ser aplicado quando a umidade relativa do ar é muito baixa. Evitando perder água, as plantas tendem a fechar seus estômatos, diminuindo a relação p i /p a e conseqüentemente aumentando seus valores de δ 13 C.

9 Figura 5.4. Distribuição dos valores de δ 13 C de espécies arbóreas coletas em uma área de Cerrado próxima a Brasília e na Floresta Nacional do Tapajós, próxima à cidade de Santarém. Fontes: Ometto et al. (no prelo) e Mercedes Bustamante, Universidade de Brasília, dados não publicados.


Carregar ppt "Fatores Ambientais e a Composição Isotópica das Plantas Capítulo 6."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google