A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Deficiente Auditivo e Surdo. Qual a diferença?. Deficiente Auditivo É adquirida quando ocorre após o nascimento. É adquirida quando ocorre após o nascimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Deficiente Auditivo e Surdo. Qual a diferença?. Deficiente Auditivo É adquirida quando ocorre após o nascimento. É adquirida quando ocorre após o nascimento."— Transcrição da apresentação:

1 Deficiente Auditivo e Surdo. Qual a diferença?

2 Deficiente Auditivo É adquirida quando ocorre após o nascimento. É adquirida quando ocorre após o nascimento. Surdo É congênita quando ocorre antes do nascimento. É congênita quando ocorre antes do nascimento.

3 Causas Def. Auditivo Surdo Doenças: meningite, sarampo, caxumba, pneumonia; Doenças: meningite, sarampo, caxumba, pneumonia; Remédios ototóxicos Remédios ototóxicos ( Streptomicina, gara- micina, neomicina e penicilina); ( Streptomicina, gara- micina, neomicina e penicilina); Otites médias e agudas; Otites médias e agudas; Exposição excessiva à ruídos de alta intensidade. Exposição excessiva à ruídos de alta intensidade. Hereditariedade; Hereditariedade; Doenças durante a gravidez: rubéola, sífilis, toxoplasmose; Doenças durante a gravidez: rubéola, sífilis, toxoplasmose; Medicamentos que a mãe toma durante a gravidez; Medicamentos que a mãe toma durante a gravidez; Incompatibilidade do fator Rh entre a mãe e o bebê; Incompatibilidade do fator Rh entre a mãe e o bebê; Parto prematuro Parto prematuro

4 Tipos de Surdez Leve Leve Moderada Moderada Severa Severa Profunda Profunda

5 Identidades Surdas Política Política Carregam consigo a língua de sinais. Aceitam- se como surdos, sabem que são surdos e assumem um comportamento de pessoas surdas. Entram facilmente na política com identidade surda, onde impera a diferença: necessidade de intérpretes, de educação diferenciada, de língua de sinais, etc... Carregam consigo a língua de sinais. Aceitam- se como surdos, sabem que são surdos e assumem um comportamento de pessoas surdas. Entram facilmente na política com identidade surda, onde impera a diferença: necessidade de intérpretes, de educação diferenciada, de língua de sinais, etc... A escrita obedece à estrutura da língua de sinais, pode igualar-se a língua escrita, com reservas. A escrita obedece à estrutura da língua de sinais, pode igualar-se a língua escrita, com reservas.

6 Identidades Surdas Híbridas Híbridas Dependendo da idade em que a surdez chegou, conhecem a estrutura do português falado e o envio ou a captação da mensagem vez ou outra é na forma da língua oral. Assimilam um pouco mais que os outros surdos, tem dificuldade de entendê-la;

7 Identidades Surdas Flutuantes Flutuantes Seguem a representação da identidade ouvinte 2. Não participam da comunidade surda, associações e lutas políticas. 3.Desconhecem ou rejeitam a presença do intérprete de língua de sinais 4.Orgulham-se de saber falar "corretamente"

8 Identidades Surdas Embaçadas Embaçadas 1.Os surdos não conseguem captar a representação da identidade ouvinte. Nem consegue compreender a fala 2.O surdo não tem condições de usar língua de sinais, não lhe foi ensinada nem teve contato com a mesma. 3.São pessoas vistas como incapacitadas

9 O processo auditivo

10 Simbologia e Equipamentos adaptados SURDOPLACA P/ CARRO RELÓGIO VIBRATÓRIO TELEFONE CAMPAINHA

11 SURDO - MUDO APAGUE ESTA IDÉIA O CORRETO É SURDO.

12 LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS Reconhecida oficialmente pelo Presidente da República Fernando Henrique Cardoso em 24/04/2002 – Lei nº como a língua oficial dos Surdos. Reconhecida oficialmente pelo Presidente da República Fernando Henrique Cardoso em 24/04/2002 – Lei nº como a língua oficial dos Surdos. É uma língua gestual-visual. É uma língua gestual-visual. LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) tem sua origem na Língua de Sinais Francesa. As Línguas de Sinais não são universais. Cada país possui a sua própria língua de sinais, que sofre as influências da cultura nacional. LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) tem sua origem na Língua de Sinais Francesa. As Línguas de Sinais não são universais. Cada país possui a sua própria língua de sinais, que sofre as influências da cultura nacional.

13 Processo Cognitivo OUVINTEHÍBRIDO ensurdecido SURDO

14 Parâmetros da LIBRAS Configuração de mãos Configuração de mãos Ponto de articulação Ponto de articulação Movimentos Movimentos Expressão corporal e facial Expressão corporal e facial

15 Cultura Surda População: 5% da pop. Brasileira População: 5% da pop. Brasileira Mais ou menos 80% dos Surdos no mundo não desenvolveram escolaridade completa. Mais ou menos 80% dos Surdos no mundo não desenvolveram escolaridade completa. A grande maioria dos Surdos Brasileiros tem dificuldade de leitura e escrita, por causa da Língua Portuguesa que não é considerada sua língua materna. A grande maioria dos Surdos Brasileiros tem dificuldade de leitura e escrita, por causa da Língua Portuguesa que não é considerada sua língua materna. A grande diversão deles são os altos bates papos no shopping. A grande diversão deles são os altos bates papos no shopping. Sensibilizar a sociedade que o aparelho auditivo não serve para o Surdo ouvir palavras somente sons graves. Sensibilizar a sociedade que o aparelho auditivo não serve para o Surdo ouvir palavras somente sons graves.

16 Sites - Surdez

17 TODO O SER HUMANO TEM O DIREITO DE SE COMUNICAR. O DIREITO DE SE COMUNICAR. Prof. Marcio Hollosi


Carregar ppt "Deficiente Auditivo e Surdo. Qual a diferença?. Deficiente Auditivo É adquirida quando ocorre após o nascimento. É adquirida quando ocorre após o nascimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google