A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENCONTROSARESP JULHO 2009. LEITURA Essas Meninas Carlos Drummond de Andrade As alegres meninas que passam na rua, com suas pastas escolares, às vezes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENCONTROSARESP JULHO 2009. LEITURA Essas Meninas Carlos Drummond de Andrade As alegres meninas que passam na rua, com suas pastas escolares, às vezes."— Transcrição da apresentação:

1 ENCONTROSARESP JULHO 2009

2 LEITURA Essas Meninas Carlos Drummond de Andrade As alegres meninas que passam na rua, com suas pastas escolares, às vezes com seus namorados. As alegres meninas que estão sempre rindo, comentando o besouro que entrou na classe e pousou no vestido da professora; essas meninas, essas coisas sem importância.

3 CONTINUAÇÃO O uniforme as despersonaliza, mas o riso de cada uma as diferencia. Riem alto, riem musical, riem desafinado, riem sem motivo; riem. Hoje de manhã estavam sérias, era como nunca mais voltassem a rir e falar coisas sem importância. Faltava uma delas. O jornal dera a notícia do crime. O corpo da menina encontrado naquelas condições, em lugar ermo. A selvageria de um tempo em que não deixa mais rir.

4 CONTINUAÇÃO As alegres meninas, agora sérias, tornaram-se adultas de uma hora para outra; essas mulheres. (Drummond de Andrade, Carlos. Contos Plausíveis. Rio de Janeiro: Record, 1998, p. 72 )

5 Objetivos do Encontro Analisar os resultados do SARESP 2008 Analisar as matrizes de referência do SARESP, comparando-as com as expectativas de aprendizagem Organizar situações de replanejamento de modo a garantir que os resultados tenham reflexos nos Planos de Ensino

6 OLHANDO PARA OS DADOS Analise os seguintes itens da sua escola a) Qual o percentual de alunos da 4ª série de 2008 participaram da Prova? b) Em que classes houve maior abstenção? c) Qual a compreensão que a equipe escolar tem do SARESP? d) Como será encaminhada esta discussão nas escolas?

7 Médias de proficiência em LP ESTADO 180,0 CEI 185,1 DE Escola

8 PENSANDO NOS DADOS Como estão os dados de sua escola em relação a Diretoria? Quais são as justificativas em relação aos dados considerando as seguintes dimensões: Contextuais – o ambiente Comunicacional – comunicação entre as pessoas de sua escola Didática – relações didáticas

9 Para incluir na reflexão Há um diagnóstico dos saberes dos alunos em relação aos conhecimentos a serem desenvolvidos em LP ? Os professores têm clareza sobre as expectativas de aprendizagem a serem desenvolvidas ao longo das 4 séries do EF ? As práticas de leitura, escrita, análise e reflexão sobre a língua e oralidade estão sendo adequadas ao nível de aprendizagem dos alunos? Há avaliações periódicas e pautas de observação sobre o desenvolvimento contínuo dos alunos ?

10 Níveis de Desempenho Níveis4ª série Abaixo do básico BásicoEntre 150 e 200 AdequadoEntre 200 e 250 AvançadoAcima de 250

11 COMO FORAM NOSSOS ALUNOS

12 41% DOS ALUNOS ESTÃO NO NÍVEL BÁSICO 26,7 % DOS ALUNOS ESTÃO NO NÍVEL ABAIXO DO BÁSICO 25,8 DOS ALUNOS ESTÃO NO NÍVEL ADEQUADO 6,5 DOS ALUNOS ESTÃO NO NÍVEL AVANÇADO

13 E SUA ESCOLA? Qual percentual de alunos com nível básico? Qual percentual de alunos com nível abaixo do básico? Como estabelecer metas de superação destes níveis? Como ajudar as escolas a avaliar mais continuamente seus alunos ?

14 POR QUE OS ALUNOS LOCALIZADOS EM NÍVEIS INFERIORES NÃO ALCANÇARAM AS APRENDIZAGENS ESPERADAS? QUE PROPOSTA S PODEM SER FEITAS DENTRO DA ESCOLA PARA QUE ESSES ALUNOS AVANÇEM? O QUE É PRECISO MODIFICAR, INCLUIR OU CONSOLIDAR PAA GARANTIR A APRENDIZAGEM DE TODOS ?

15 QUAIS OS GÊNEROS AVALIADOS NA 4ª SÉRIE? Situações de leitura de gêneros não- literários: história em quadrinhos, regulamentos, receitas, procedimentos, instruções para jogos, cardápios, indicações escritas em embalagens, verbetes de dicionário ou enciclopédia, textos informativos de interesse curricular, curiosidades(você sabia?), notícias, cartazes informativos, folhetos de informação, cartas pessoais, bilhetes

16 Situações de leitura de gêneros literários: Contos tradicionais, fábulas, mitos, lendas, crônicas narrativas, novelas, letras de música, poemas.

17 Para ser analisado nos Planos de ensino da escola Há diferenças entre a Proposta Curricular das escolas e as Propostas Curriculares Oficiais? QUAIS AS DIFERENÇAS E AS INTERSECÇÕES? A escola tem planejamento de ensino dos gêneros avaliados na 4ª série? Em que anos do Ciclo? Como estão organizadas as propostas didáticas de suas escolas?

18 As orientações das situações de formação têm possibilitado um avanço nas práticas escolares? Como têm sido avaliadas as rotinas dos professores? E as atividades propostas? O material do Programa Ler e Escrever têm sido utilizado? Quais são os níveis de compreensão das propostas didáticas apresentadas?

19 Análise do desempenho dos alunos em LP por nível Páginas 66 a 75 do Boletim

20 Exemplos de itens avaliados por níveis Páginas 78 a 88

21 Como fazer a relação entre a proposta curricular e a avaliação do SARESP?


Carregar ppt "ENCONTROSARESP JULHO 2009. LEITURA Essas Meninas Carlos Drummond de Andrade As alegres meninas que passam na rua, com suas pastas escolares, às vezes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google