A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores."— Transcrição da apresentação:

1 Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores

2 O que é a MAGISTRA? MAGISTRA é a Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais, criada pela Lei delegada nº 180, de 20 de janeiro de Foi inaugurada no dia 2 de fevereiro de 2012.

3 ESCOLA DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS EDUCADORES CAMPUS MAGISTRA - A ESCOLA DA ESCOLA -

4 Museu da Escola de Minas Gerais Possibilita aos educadores e ao público visitante uma retrospectiva história da educação em Minas Gerais. Retrata o trabalho docente, a relação professor-aluno e as fontes materiais e orais que revelam aspectos da pedagogia, a partir do final do século XIX até os dias atuais. Foi incorporado à Escola de Formação por meio da Resolução SEE nº 1847, de 03 de maio de 2011, denominado a partir de 02 de fevereiro de 2012 de MUSEU DA ESCOLA ANA MARIA CASASANTA PEIXOTO

5 Museu da Escola Ana Maria Casasanta Peixoto

6 Museu Pedagógico e Laboratório Leopoldo Cathoud É um importante espaço pedagógico criado oficialmente em Seu acervo era constituído de mais de peças que abrangiam equipamentos de física, química, astronomia, amostras mineralógicas, zoológicas, botânicas e paleontológicas. Recentemente, foi incorporado à Magistra e uma equipe da Escola de Formação está responsável pela sua recuperação e elaboração de um projeto especial de formação em metodologias de Ensino de Ciências.

7 Biblioteca Bartolomeu Campos Queirós A Biblioteca do Professor foi criada em 1994, numa ampla proposta de formação continuada para os professores da rede pública do estado de Minas Gerais. Possui um acervo aproximado de 50 mil títulos, incluindo obras de referência para a educação brasileira, entre elas, obras raras, literatura, memória didática e memória técnica da Secretaria de Educação de MG e memória técnica do Centro Regional de Pesquisas Educacionais – INEP/MEC. Dispõe também de mapotecas, uma videoteca com mais de 4 mil vídeos contemplando todos os campos do conhecimento e banco de textos, teses, dissertações e monografias. Foi incorporada a Escola de Formação por meio da Resolução SEE nº 1847, de 03 de maio de 2011.

8 A Biblioteca na Escola de Formação

9 Potencializar processos de formação, por meio da criação, pesquisa, divulgação, avaliação, reflexão e experimentação de boas práticas de gestão e interação pedagógica, objetivando melhorar o desempenho educacional das escolas, dos educadores de modo geral e, consequentemente, dos estudantes mineiros. Missão A MAGISTRA NÃO PRETENDE SUBSTITUIR AS INSTITUIÇÕES FORMADORAS REGULARES, COMO AS UNIVERSIDADES, CENTROS UNIVERSITÁRIOS OU FACULDADES ISOLADAS.

10 INTEGRAÇÃOARTICULAÇÃOCONVERGÊNCIADIÁLOGOEXPERIMENTAÇÃOINOVAÇÃO Perspectiva colaborativa por meio da troca de conhecimentos e compromissos mútuos – formação de comunidades de aprendizagem da prática Qual o sentido da escola?

11 Contribuir para a melhoria da educação no Estado de Minas Gerais vislumbrando as necessidades e perspectivas dos novos tempos; Promover ações que levem ao desenvolvimento profissional e cultural dos educadores, gestores e trabalhadores da educação; Contribuir para a formação dos professores para ensinarem mais e melhor num mundo transformado por meio da tecnologia, interatividade e redes virtuais de informação Finalidades

12 Professores da educação básica das Redes Públicas de Ensino de Minas Gerais – estadual e municipal - de todas as áreas do conhecimento e níveis de ensino; Diretores das escolas, supervisores pedagógicos, orientadores educacionais, inspetores, superintendentes, técnicos e analistas em educação e demais gestores do sistema; Bibliotecários, secretários de escola e demais servidores de apoio pedagógico e de serviços nas unidades do sistema. Estudantes dos cursos de Pedagogia e Licenciaturas das Instituições da Rede Mineira de Formação de Educadores. Público Alvo

13 PROMOVER AÇÕES EM ESCALA – 3702 escolas – 160 mil educadores da rede estadual. MOTIVAR O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO A PARTICIPAR DAS AÇÕES DE FORMAÇÃO CRIAR IDENTIDADE PROFISSIONAL E O SENTIMENTO DE PERTENCIMENTO A UMA COMUNIDADE DE APRENDIZAGEM Desafios da Escola

14 A Escola de Formação tem como foco o educador como sujeito – em sua dimensão pessoal, profissional, cultural, ética e estética. Consideram-se EDUCADORES os atores envolvidos no processo educativo escolar. MAGISTRA – a escola da escola – é o espaço do educador. Pretende-se construir uma enorme rede social em que o educador se sinta acolhido e protagonista. Considerações

15 Centro Universitário de Belo Horizonte – UNI-BH; Centro Universitário do Leste de Minas Gerais - UNILESTE; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro – IFTM; Minas Gerais Educação S/A - UNA; Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-MG; Universidade de Uberaba - UNIUBE; Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG; Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES; Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL; Universidade Federal de Itajubá - UFI; Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF; Universidade Federal de Lavras - UFLA; Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG; Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM; Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP; Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM; Universidade Federal de Uberlândia - UFU; Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE; Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações - UNINCOR. Rede Mineira de Formação de Educadores, constituída para dar suporte às ações de formação da MAGISTRA

16 REPRESENTAÇÃO DO MODELO DE FORMAÇÃO DA MAGISTRA

17 1.O conhecimento; 2.Identidade profissional; 3.A Didática; 4.O trabalho em equipe; 5.O compromisso social. Eixos centrais de formação

18 1. Comunicar, dialogar e escutar. 2. Registrar experiências conforme normas acadêmicas. 3.Aprender com os pares e com a experiência. 4.Saber lidar com a autonomia 5.Ter o desejo pelo conhecimento e pelo fazer cada vez mais e melhor. Habilidades fundamentais

19

20 Centro de Referência Virtual do Professor O Centro de Referência Virtual do Professor (CRV) é um portal educacional com recursos destinados a apoiar o professor, na organização, planejamento, execução e avaliação das atividades de ensino, assim como no seu desenvolvimento profissional. Na MAGISTRA: Promover ações que fomentem a implementação do Currículo Básico Comum - CBC, por meio da disponibilização de Orientações Pedagógicas, Roteiros de Atividades, Fórum de Discussão, Sistema de Troca de Recursos Educacionais e outros recursos didáticos, visando a viabilização e a consolidação da Escola de Formação, como instância formativa.

21 MOODLE - CONCEITOS E INTERFACES A CALCULADORA COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA GEOMETRIA POR MEIO DE ATIVIDADES INTERACIONAIS A INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA COMO ESTRATÉGIA PARA O ENSINODE ÁLGEBRA MATEMÁTICA NA SALA DE AULA: TEORIAS E PRÁTICAS NA MATEMÁTICA - SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - 6º AO 9º ANO) CONCEITOS E IDEIAS-CHAVE DOS CBC DE CIÊNCIAS DO 6º A 9º ANO AS CRISES ECONÔMICAS GLOBAIS: ABORDAGENS POSSÍVEIS EM SALA DE AULA AFRO INDÍGENA NA EDUCAÇÃO BÁSICA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS-FUNDAMENTAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS PESQUISA COMO ENSINO Programa Oferta Livre de Cursos CURSOS OFERECIDOS NA PLATAFORMA

22 LEITURA E AVALIAÇÃO LITERATURA INFANTIL EM 3 TEMPOS: DESCOBRIR LIVROS, LER E/OU CONTAR HISTÓRIAS NAS SALAS DE AULA AS CRISES ECONÔMICAS GLOBAIS: ABORDAGENS POSSÍVEIS EM SALA DE AULA BULLYING: REPENSANDO O CONFLITO PARA UMA CULTURA DA PAZ NAS ESCOLAS PSICOLOGIA NA ESCOLA: UM OLHAR PRÁTICO PARA O COTIDIANO ESCOLA RADIO EDUCATIVO GESTÃO INTEGRADA DA ESCOLA AS REDES SOCIAIS COMO RECURSO PEDAGÓGICO DIDÁTICA E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO LETRAMENTO DIGITAL PARA A DOCÊNCIA TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA SALA DE AULA APRESENTAÇÃO DO SOFTWARE PREZI Programa Oferta Livre de Cursos CURSOS OFERECIDOS NA PLATAFORMA

23 RODAS DE CONVERSA GRAVADAS PELA REDE MINAS TRANSMITIDAS PELO CANAL SAÚDE POSTADOS PELO YOU TUBE DA MAGISTRA -Formação Docente -Avaliação em larga escala -Escola, Família e Comunidade: Diálogos Possíveis? -Qual a importância do Projeto Político Pedagógico na construção das interações no cotidiano escolar? -Direito à educação na diversidade -A organização do ensino e as práticas pedagógicas na sala de aula -Ensino Médio e juventude: os desafios das novas proposta -Alfabetização na Educação Básica -A cidade como espaço educativo: os espaços não formais do conhecimento

24 RODAS DE CONVERSA SEMINÁRIOS PRESENCIAIS REINVENTANDO O ENSINO MÉDIO PREVENÇÃO DE UMA CULTURA DE PAZ NAS ESCOLAS A BIBLIOTECA E OS ESPAÇOS ESCOLARES DO CONHECIMENTO CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL PARA EDUCADORES MUSEUS EM UM MUNDO DE TRANSFORMAÇÕES: NOVOS DESAFIOS, NOVAS INSPIRAÇÕES ESCOLA, FAMÍLIA E COMUNIDADE: DIÁLOGOS POSSÍVEIS? 1º SEMINÁRIO MINEIRO DE ARTICULAÇÃO E FORTALECIMENTO DOS CONSELHOS ESCOLARES II SEMINÁRIO PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DE UMA CULTURA DE PAZ NAS ESCOLAS: (VIOLÊNCIA ESCOLAR, ATO INDISCIPLINAR E INFRACIONAL)

25 I CONGRESSO DE PRÁTICAS EDUCACIONAIS – GESTÃO EDUCACIONAL E PROJETOS ESPECIAIS - outubro 2012 – ENCONTRO DE INSPETORES ESCOLARES – A DIMENSÃO PEDAGÓGICA COMO EIXO ESTRUTURADOR – novembro 2012 ENCONTRO DAS EQUIPES DO PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - dezembro 2012 ENCONTRO COM OS PROFESSORES EM USO DE BIBLIOTECA – fevereiro 2013 ENCONTRO COM OS ESPECIALISTAS DA REGIÃO METROPOLITANA DE BH – março SEMINÁRIO DE PREVENÇÃO E ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DE UMA CULTURA DE PAZ NAS ESCOLAS – abril 2013 PROGRAMAS ANUAIS ESPECIAIS

26 Formação de Educadores para a Prevenção e Enfrentamento da Violência e Promoção de uma Cultura de Paz nas Escolas Tema complexo que aflige toda a sociedade. Oportunidade de reflexão coletiva sobre os sentimentos de perplexidade, insegurança e dúvidas que afligem os educadores no seu cotidiano. Conhecimento de experiências vividas em diferentes contextos pelos educadores favorecendo a criação de alternativas de enfrentamento, novos formatos e novas perspectivas de um mesmo fenômeno. Encontrar respostas para questões do seguinte tipo: O que pode ser considerado violência no espaço escolar? Quais as formas de manifestação desse fenômeno social no interior da escola? Como enfrentá-las sem criar novos problemas? Quando estas manifestações devem ser consideradas problemas fora da alçada de atuação da escola?

27 MINI CURSOS PRESENCIAIS OFERECIDOS NOS ENCONTROS E CONGRESSOS -Vivência Musical no cotidiano escolar -Contação de Histórias no contexto escolar -O uso do portfólio como instrumento de avaliação formativa -Os processos de Avaliação e a construção da Relação Pedagógica -Blog: plataforma de incentivo a autoria em rede -MOODLE: conceitos e interface -Apresentações em Power Point como Recurso Didático - Limites e Possibilidades do Prezi na Educação -O uso de jogos digitais como recurso pedagógico -Cuidando da voz -Práticas investigativas no Ensino de Ciências -Gestão Escolar -Gêneros textuais escritos na escola -A geometria em atividades interacionais -"PACA TATU CUTIA NÃO: Para entender o sistema de numeração. -A pesquisa de opinião como recurso pedagógico -Avaliação formativa e as possibilidades de alguns instrumentos -Utilização de técnicas de dinâmica de grupo no processo ensino- aprendizagem E OUTROS CRIADOS ESPECIALMENTE PARA CADA ENCONTRO

28 Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores

29 I M P O R T A N T E FAÇAM SUA INSCRIÇÕES NO SITE DA MAGISTRA! Acessem: Para que este movimento rumo a uma educação cidadã e de qualidade se concretize é fundamental que os professores visitem nossa página, e façam parte dessa Escola.

30 Magistra Secretaria de Estado de Educação Avenida Amazonas, Gameleira - Belo Horizonte - MG (31)


Carregar ppt "Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google