A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Observatório do CDCC - USP/SC. Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Observatório do CDCC - USP/SC. Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural."— Transcrição da apresentação:

1 Observatório do CDCC - USP/SC

2 Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural - CDCC Universidade de São Paulo - USP Endereço: Av. Trabalhador São-Carlense, n.400 São Carlos-SP Tel: 0-xx (Observatório) Tel: 0-xx (CDCC) Localização: Latitude: 22° 00' 39,5"S Longitude: 47° 53' 47,5"W Imagem: O Inicio do Observatório

3 Sessão Astronomia

4 As Sessões Astronomia são palestras proferidas pela equipe do Setor de Astronomia todos os sábados às 21h00. Iniciadas em 1992, foram criadas com o objetivo de falar sobre Astronomia ao nosso público em uma linguagem simples e acessível a todas as faixas etárias. Estas palestras se tornaram uma opção de diversão e informação para a comunidade local e também para visitantes de nossa cidade. Os temas abordados são os mais variados possíveis. O material multimídia contido aqui consiste numa opção audiovisual complementar que o professor do Sistema de Ensino pode utilizar como auxílio às suas aulas. O conteúdo das Sessões Astronomia pode ser acessado no seguinte endereço: Crédito do logo: Sessão Astronomia, CDCC-USP/SC, criado por Andre Fonseca da Silva Observação: Padrão e resolução da apresentação: 800 x 600 pixel com imagens a 96 dpi ou 38 pixel por centímetro com dimensão de 8,35 polegadas x 6,26 polegadas ou 21,2 cm x 15,9 cm respectivamente. Editado normamente em Office 97, podendo haver incompatibilidade de execução no Office XP e vice-versa.

5 Sistema Terra - Lua Wilton S. Dias

6 Características gerais dimensões distâncias e massas Estrutura interna da Terra da Lua Características superficiais da Terra da Lua Atmosferas

7 A Terra não é perfeitamente esférica

8 Características da Terra Raio = 6378 km Eratóstenes, séc. IV a.C. Distância até o Sol = km Aristarco de Samos (Sec. III a.C.) Massa Densidade Medidas modernas: radar

9 Raio da Terra Raio da Terra ( Eratóstenes, séc. IV a.C. ) Raios de Sol 7,2 L Alexandria Siena R 360____ 2 R 7,2____ L Terra 7.2 Raio ~ 6378 km

10 Características da Terra Raio ~ 6378 km

11 Distância até o Sol Características da Terra Aristarco de Samos (Sec. III a.C.) Sol, Terra e Lua não estão em escala!

12 Massa Características da Terra 5, kg 5x Newton Lei da Gravitação Universal

13 Densidade 5520 Kg m -3 Rochas na superfície = 3000 Kg m-3 Interior da Terra deve ser muito mais denso!!! Características da Terra Quando a água vira vapor passa a haver menos massa num volume fixo: densidade diminui! Quando a água vira gelo, acontece o posto e a densidade aumenta!

14 Densidade 5520 Kg / m 3 Rochas na superfície = 3000 Kg / m 3 Interior da Terra deve ser muito mais denso!!! Características da Terra

15 Estrutura interna da Terra

16 Crosta Terrestre

17

18 Como o interior da Terra é estudado? Sismologia = estudo da propagação de ondas - Terremotos Tremores geram ondas longitudinais de compressão (P) Transversais de cisalhamento (S)

19 Os 2 tipos de ondas são refratados pela mudança de densidade do meio e refletidas pela descontinuidade da densidade do meio Ondas S são absorvidas no núcleo (pelo liquido) Ondas P são refratadas na interface núcleo - manto

20 Raio = 1738 km = determinado por observação direta Distância até a Terra = km Hiparcos (séc. II ac) Massa Densidade Características da Lua

21

22

23 Distância até a Terra Características da Lua Método: durante um eclipse foi possível observar os ângulos Que permitem resolver o triângulo verde. Resultado: distância ~ km Hiparcos séc II a.c.

24 Massa Características da Lua M L = 7, kg = 7,3x M L = M T

25 Densidade 3370 Kg m -3 Interior da Lua não é muito mais denso que superfície!!!!! Características da Lua Missão Apollo trouxe rochas da Lua com densidade 3000 Kg m -3 Rochas = 3000 Kg m -3

26 Interior da Lua

27 Superfícies A superfície a Terra evoluiu rápido como resultado do interior quente e da fina e erosiva atmosfera A superfície a Lua foi preservado: interior frio e ausência de atmosfera

28 Superfície da Terra e idade Interface entre crosta de baixa densidade e atmosfera CROSTA: Listosfera sólida ( ~3300 kgm -3 ) Blocos continentais de granito Hidrosfera ~70% da área da superfície Profundidade média de 3,5 km Flutua sobre o manto Placas tectônicas se desloca cerca de 1-2 cm/ano (detectado por interferometria)

29

30 Superfície da Lua Temperatura = +120 Temperatura = - 170

31 Atmosfera da Terra Atmosfera é nosso escudo contra radiações que prejudicariam a vida: raios X e UV Atmosfera prejudica os astrônomos e por isso os observatórios estão em lugares altos ou no espaço!

32

33 Atmosfera

34 COMPOSIÇÂO: 77% nitrogênio, 21% oxigênio, com traços de argônio, dióxido de carbono e água. A pequena quantidade de dióxido de carbono na atmosfera é importante para a manutenção da temperatura da superfície da Terra através do efeito estufa.

35 O efeito estufa aumenta a temperatura média da superfície da Terra cerca de 35ºC para cima sem efeito estufa = -21ºC Com efeito estufa = +14ºC sem isto os oceanos congelariam e a vida como conhecemos seria impossível.

36 NÃO EXISTE!!!! Atmosfera da Lua Conseqüências: muitas crateras Temperatura na parte clara é de 150 graus E na parte escura de – 150 graus Não houve vapores vulcânicos para gerar atmosfera Partículas escapam fácil da superfície da Lua

37 Campo Magnético Lua não tem campo magnético Na Terra tem campo magnético!!!!! Eixo tem diferença de 12 o com eixo polar terrestre Descoberto pelos satélites artificiais lançados na década de 50 Origem = gerado no núcleo metálico da Terra. A rotação desse núcleo carregado induz correntes elétricas que produzem B

38 Auroras É resultado da emissão da radiação após partículas magnetosféricas (emitidas pelo Sol) colidirem com moléculas da atmosfera

39 História da Lua Formou-se há cerca de 4,6 bolhões de anos A crosta começou a se solidificar há 4,4 bilhões de anos Nos último 3 bilhões de anos a crosta esteve inativa PLANALTOS =partes mais antigas MARES = partes mais recentes

40 História da Terra Evolução da Terra: 1- formou-se há 4,6 bilhões de anos (aglomeração e blocos de matéria proveniente do disco proto-planetário) 2- há 4,5 bilhões de anos formação de núcleo denso 3- a atividade vulcânica propiciou atmosfera 4- queda de meteoritos causou fraturas na crosta

41 História da Terra 5- há 3,7 bilhões de anos ocorreu o surgimento dos primeiros continentes (havia muita chuva e vento = erosão na superfície) 6- desde 600 milhões de anos processo diminuiu e a Terra tornou-se semelhante ao que é hoje

42

43 Se voltarmos no tempo: a Terra girava mais rápido e Lua estava mais próxima ! Estudos paleontológicos de corais fossilizados (que viveram a 1 bilhão de anos atrás) mostram que 1 ano = 400 dias O que está acontecendo? A rotação da Terra diminui = 0,02 segundos por século Lua está se afastando 1 cm por ano


Carregar ppt "Observatório do CDCC - USP/SC. Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google