A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Roteiro de formatação e estruturação do material didático PROLICENMUS Helena de Souza Nunes Dorcas Weber.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Roteiro de formatação e estruturação do material didático PROLICENMUS Helena de Souza Nunes Dorcas Weber."— Transcrição da apresentação:

1 Roteiro de formatação e estruturação do material didático PROLICENMUS Helena de Souza Nunes Dorcas Weber

2 Apresentação Estruturação das Unidades de Estudo Produção das Unidades de Estudo Programas e Softwares Layouts das Unidades de Estudo Formatação das Unidades de Estudo Formatação dos Materiais de Apoio Layouts das Pendências Layouts de Projetos de Extensão Demais Layouts (Estágio, PIP e Atividades Complementares) Sumário

3 Este documento se constitui em um roteiro para a elaboração das Unidades de Estudo do curso de Licenciatura em Música na modalidade à distância da UFRGS e Universidades parceiras. As normalizações aqui contidas foram desenvolvidas a partir do projeto pedagógico original, de autoria de Helena de Souza Nunes (2005). Nelas estão descritas informações sobre a estruturação das Unidades de Estudo e as orientações sobre a formatação das mesmas sobre templates desenvolvidos por Dorcas Weber (2007). A aprovação final deste documento foi discutida coletivamente pela equipe de Tutores na Universidade e Professores que integram o PROLICENMUS, aos quais cabe, em autorias colaborativas, construírem o material didático e de apoio correspondentes a cada uma das interdisciplinas da matriz curricular. O modelo foi fixado por aprovação da COMGRAD (2008). Tais normalizações devem ser utilizadas como padrão para todas as interdisciplinas dp PROLICEMUS, cabendo a professores e tutores sua adequação a elas. Os direitos de utilização deste layout estão cedidos para o MEC, sendo permitida sua utilização no âmbito da Universidade Aberta do Brasil, desde que citada a fonte. Em caso de dúvida ou necessidade de apoio para aproveitamentos, entrar em contato com MSN: Skype: dorcasufu Apresentação

4 Estruturação das unidades de estudo Em cada semestre letivo, o professor responsável por cada interdisciplina elabora e/ou revisa as unidades de estudos, produzidas com apoio dos tutores da Universidade. Esta construção é feita a partir do Plano de Ensino, sendo produzidos inicialmente um texto introdutório, os objetivos gerais e um sumário da mesma, que irão compor o seu menu geral, postados no cabeçalho do ambiente virtual. Para a construção dos conteúdos das unidades, propriamente ditos, o professor deve levar em consideração o tempo de estudo equivalente a quatro horas. A estruturação das unidades de estudo se compõem de cinco partes básicas: Apresentação Conteúdos Atividades Material de Apoio ReferênciasApresentaçãoConteúdosAtividadesMaterial de ApoioReferências Este formato de UE se baseia no entendimento de que a aquisição de conhecimentos acontece em um modelo de espiral. Partindo de um volume mínimo de informações absolutamente indispensáveis ao perfil do egresso, se avança por mais dois estágios em complexidade crescente, até atingir uma capacidade autônoma de busca e elaboração de suas próprias soluções de aprendizagem, crítica e criação. Este modleo para sistematização em três níveis de aproximação de um mesmo conteúdo de estudos se evidencia como adequado à EAD, onde cada pessoa tem seu próprio tempo para assumir seu foco e interesse sobre um determinado conhecimento.

5 Estruturação das unidades de estudo Apresentação A Apresentação é composta pelas informações gerais de cada unidade de estudo: Súmula – integra os assuntos que serão abordados. De preferência, cada tópico citado equivale aos títulos contidos nos conteúdos. Objetivos – apontam os principais objetivos da unidade de estudos em questão. Sugere- se no máximo três, lembrando que devem iniciar por verbo no infinitivo, preferencialmente ocupando no máximo duas linhas, cada. Avaliação – compreendem informações a respeito da forma de avaliação utilizada no curso. A avaliação descrita aqui equivale à N1, conforme descrita no Projeto Pedagógico de Curso, e por isso, é comum a todas as interdisciplinas. Com vistas à unidade na arquitetura pedagógica proposta e à identidade visual deste tópico, são adotadas normas de formatação, como pode ser visto no link Normas para a Apresentação.Normas para a Apresentação

6 Estruturação das unidades de estudo Conteúdo O texto correspondente ao Conteúdo deve ser estruturado em partes equivalentes, tendo de cinco a dez páginas (telas), antecedidas por um menu, onde constarão os títulos de cada uma destas telas. Cada uma destas páginas ou telas, por sua vez, deve ter em média quinze linhas, organizadas em três parágrafos. Obviamente, nem sempre isso será possível, mas o aconselhável é procurar manter uma padronização visual. Tais parágrafos devem conter quantidades de informação equivalentes e estarem concatenadas de tal forma que se mostrem autônomas, enquanto unidades de informação. Tais textos correspondem ao mínimo que deve ser obrigatoriamente conhecido pelo aluno, mas podem conter links para informações complementares. Com vistas à unidade na arquitetura pedagógica proposta e à identidade visual deste tópico, são adotadas normas de formatação, como pode ser visto no link Normas para o Conteúdo.Normas para o Conteúdo

7 Estruturação das unidades de estudo Atividades É aconselhável que se disponibilize no máximo três Atividades em cada Unidade de Estudos, sendo cada uma delas de natureza distinta das demais. Uma dessas atividades deve ser Questionário, devidamente construído no Moodle, para controle da avaliação N1. Outra fortemente recomendável é Fórum de discussão, podendo a terceira variar, como no formato Envio de arquivo único, por exemplo. Sugere-se uma visita ao Moodle para conhecer os tipos de atividade que podem ser criados na plataforma. Mesmo que as Atividades sejam de fato realizadas pelos alunos na plataforma, a descrição das mesmas deve fazer parte da constituição das próprias Unidade de Estudos. É necessário estimar o tempo de trabalho do aluno, de tal forma que ele consiga realizar a leitura integral dos textos, apreciar os arquivos áudio e/ou vídeo postados, bem como realizar as tarefas solicitadas, durante o próprio tempo da aula, que deverá ser de quatro horas, no máximo. Com vistas à unidade na arquitetura pedagógica proposta e à identidade visual deste tópico, são adotadas normas de formatação, como pode ser visto no link Normas para as Atividades.Normas para as Atividades

8 Estruturação das unidades de estudo Material de Apoio O Material de Apoio se compõem de indicações comentadas de obras e arquivos que complementam, exemplificam e ampliam a própria Unidade de Estudos. Eles servem também para manter um aluno mais adiantado e/ou mais rápido devidamente ocupado pelo tempo total da aula. Nestas telas podem ser incluídos sugestões de sites, livros, revistas, filmes, vídeos, músicas, artigos, etc. Enquanto as telas de Conteúdo atendem o objetivo de garantir a quantidade mínima de conhecimentos necessários a um aluno de curso superior, as telas do Material de Apoio atendem o objetivo de aprofundar tais Conteúdos, qualificando e ampliando os estudos, como se numa segunda volta da espiral de mesmos conhecimentos. Cada uma das sugestões deve ser colocada em uma página, contendo a sua referência completa, de acordo com as normas da ABNT, e um breve resumo e/ou crítica acerca do que trata tal material indicado. Com vistas à unidade na arquitetura pedagógica proposta e à identidade visual deste tópico, são adotadas normas de formatação, como pode ser visto no link Normas para os Materiais de Apoio. Normas para os Materiais de Apoio

9 Estruturação das unidades de estudo Referências Por fim, uma terceira e mais complexa volta da espiral referida anteriormente. Aqui são contempladas as referências utilizadas pelo próprio professor na construção da unidade de estudos. De uma certa forma, podem ser também entendidos como materiais de apoio; porém são indicações mais densas e sofisticadas. As referências também devem ser disponibilizadas de acordo com normas da ABNT; entretanto, não precisam estar acompanhadas de textos introdutórios, críticas, nem resenhas. Supõem-se que o aluno que chegar a elas como seu material de estudo terá um nível realmente diferenciado em relação a seus colegas. Tais referências certamente serão de grande utilidade no momento que cada aluno escolher seus temas para iniciação científica, estágios, atividades complementares e, principalmente, trabalho de conclusão de curso. Com vistas à unidade na arquitetura pedagógica proposta e à identidade visual deste tópico, são adotadas normas de formatação, como pode ser visto no link Normas para as Referências.Normas para as Referências

10 Programas e Softwares Para a formatação das unidades de estudo foram selecionados alguns programas, a serem utilizados como padrão, a fim de facilitar quaisquer reedições que foram necessárias. Assim, deverão ser utilizados os seguintes: Formatação das unidades - Power Point Textos adicionais (materiais de apoio) - Word, PPT ou PDF Áudios - MP3 Vídeos - AVI ou MPEG Imagens - JPG ou PNG Em caso de publicação, os materiais serão convertidos para Flash e CorelDraw, pela equipe do CAEF. A disponibilização do material na plataforma de estudo (Moodle) será feita pela equipe de informática do CAEF da UFRGS, no formato PDF.

11 Tamanhos de página Power Point = formato apresentação (25,4 cm X 19,05 cm) Flash = 800 x 600 pixels CorelDraw = 15 x 20 cm - paisagem Layouts

12 Veja exemplo ampliado no link.link Logo do material Nome da interdisciplina Fonte: Arial Rounded MT Bold Tamanho: 40 Cor: preto Cor de fundo: Branco Layouts - capa

13 Exemplos ampliados no link.link Layouts - páginas iniciais padrão (menu geral) Logo com nome da interdisciplina no canto superior esquerdo; Fonte: Arial Rounded MT Bold Tamanho:18 Cor: preto Abaixo da logo inserir título do conteúdo da página; Fonte: Arial Tamanho: 18 Os textos a serem inseridos em cada um dos pré- textos utilizarão; Fonte: Arial Tamanho: 10 Cor de fundo: Branco

14 Layouts Nas próximas páginas serão apresentadas as informações necessárias para a formatação dos layouts do PROLICENMUS. Nelas há apenas um exemplo de uma unidades, sendo que todas as outras seguem as mesmas orientações básicas, mudando apenas o número da UE e a cor do layout, conforme cada semana. Em interdisciplinas que ocorrem em mais de um semestre, a ordem das cores se mantém mudando apenas o número da UE, cuja contagem tem continuidade, ou seja, a cada novo semestre de uma interdisciplina com dois semestres, a contagem do número de UE não recomeça. Considerando que cada semana tem sua própria cor, é preciso seguir sempre o modelo específico de cada semana, podendo ser os textos digitados diretamente sobre os textos do template previamente fornecido.

15 Veja exemplo ampliado no link.link Layouts – capa de unidade (ppt) Fonte: Arial Rounded MT Bold Tamanhos de fonte: Título da interdisciplina: 40 Número da Unidade: 300 Título da unidade: 20 Cor de fundo: corresponde a cor da unidade (ver cores ao final deste material) Links: Menu geral da unidade

16 Veja exemplo ampliado no linklink Layouts – menu de unidade (Flash) Fonte: Arial Rounded MT Bold Tamanhos de fonte: Título da interdisciplina: 20 Número da Unidade: 125 / 20 Título da unidade: 10 / 9 Partes da unidades (links) Fonte: Arial Rounded MT Bold Tamanho: 10 Cor de fundo: corresponde a cor da unidade (ver cores ao final deste material)

17 Layouts – apresentação de unidade Layout compõem-se de: Faixa superior colorida (cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Na parte central, são colocados os textos referentes à apresentação. Pauta, no canto inferior esquerdo. Esta pauta altera-se a cada semestre aparecendo na sua forma completa apenas no último semestre. Veja exemplo ampliado no linklink

18 Layouts – conteúdo de unidade - menu Veja exemplo ampliado no linklink O conteúdo possui dois layouts, um deles compreende o menu da unidade e o outro o conteúdo em si. O layout Menu compõem-se de: Faixa superior colorida (cor alterada em cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Na parte central, são colocados os títulos (links) de cada um dos tópicos abordados na unidades. Pauta, no canto inferior esquerdo. Esta pauta altera-se a cada semestre aparecendo na sua forma completa apenas no último semestre.

19 Layouts – conteúdo de unidade - texto Veja exemplo ampliado no linklink O layout texto compõem-se de: Faixa superior horizontal colorida estreita (cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Setas de anterior, menu e próxima para avançar e retornar páginas. Na parte central, são colocados os textos referentes àos conteúdos.

20 Layouts – atividades de unidade - menu Veja exemplo ampliado no linklink As atividades possuem dois layouts, um deles compreende o menu da unidade e o outro o conteúdo em si. O layout Menu compõem-se de: Faixa superior colorida (cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Na parte central, são colocados os títulos das atividades (links). Pauta, no canto inferior esquerdo. Esta pauta altera-se a cada semestre aparecendo na sua forma completa apenas no último semestre.

21 Layouts – atividades de unidade - texto Veja exemplo ampliado no linklink O layout texto compõem-se de: Faixa superior horizontal colorida estreita(cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Setas de anterior, menu e próxima para avançar e retornar páginas. Na parte central, são colocados os textos referentes aos enunciados das atividades. Para cada atividade uma nova página deve ser formatada.

22 Layouts – Material de apoio de unidade - menu Veja exemplo ampliado no linklink O material de apoio possui dois layouts, um deles compreende o menu da unidade e o outro o conteúdo em si. O layout Menu compõem-se de: Faixa superior colorida (cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Na parte central, são colocados os títulos dos materiais disponibilizados (links). Pauta, no canto inferior esquerdo. Esta pauta altera-se a cada semestre aparecendo na sua forma completa apenas no último semestre.

23 Layouts – material de apoio de unidade - texto Veja exemplo ampliado no linklink O layout texto compõem-se de: Faixa superior horizontal colorida estreita(cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Setas de anterior, menu e próxima para avançar e retornar páginas. Na parte central, são colocados os textos referentes aos materiais disponibilizados. Para cada material uma nova página deve ser formatada.

24 Layouts – referências de unidade - menu Veja exemplo ampliado no linklink O layout de referências compõem-se de: Faixa superior colorida (cor alterada a cada unidade) contendo o número e nome da unidade. Faixa estreita vertical (na cor da unidade) ao lado direito da página, mantendo uma faixa em branco ao lado direito. Logo do material com o nome da interdisciplina na parte inferior da faixa branca. Dados bibliográficos, centralizados na parte inferior central. Número de página, ao lado esquerdo da faixa vertical colorida. Na parte central, são colocadas as referências bibliográficas utilizadas para a produção da unidade em questão. Pauta, no canto inferior esquerdo. Esta pauta altera-se a cada semestre aparecendo na sua forma completa apenas no último semestre.

25 Formatação das unidades – Formatação gráfica Nas telas aqui linkadas, estão explicitadas com detalhes as necessidades da formatação gráfica de cada UE.aqui linkadas

26 Formatação de material de apoio Os materiais de apoio a serem linkados na unidade, devem conter os dados bibliográficos do mesmo. Se forem produzidos materiais especificamente para uma unidade, deve ser inserida uma nota de rodapé informando a unidade à qual se refere este material. Além disso o uso das logomarcas abaixo é imprescindível em materiais especificamente produzidos para o PROLICENMUS. Poderão ser utilizados como material de apoio, imagens, áudios, vídeos sempre que sua procedência seja conhecida e de preferência devidamente autorizada.

27 Layouts - pendência Para as pendências foi desenvolvido um layout semelhante ao das unidades de estudo, porém em cor preta e com tópicos distintos. Veja aqui.aqui Em anexo segue arquivo com modelos de layout. As orientações de formatação seguem as mesmas utilizadas nas unidades de estudo.

28 Layouts - extensão Para os cursos de extensão o layout utilizado é muito semelhante ao das unidades de estudo. Sendo apenas inserida uma logo indicativa de extensão ao lado direito, conforme exemplo nas páginas a seguir. As orientações de formatação seguem as mesmas utilizadas nas unidades de estudo. Veja exemplo ampliado no linklink

29 Layouts – estágio / PIP / Atividades complementares Para as atividades de estágio, PIP – projeto individual progressivo e as atividades complementares foi desenvolvido um layout específico. Sendo que entre as interdisciplinas o que se altera é a cor. A seguir exemplo de layout. Veja exemplo ampliado no linklink

30 Layouts – atividades inclusivas Para as atividades desenvolvidas na interdisciplina de educação inclusiva, foram desenvolvidos layouts específicos, levando em conta a inclusão. Veja exemplo ampliado no linklink

31 R 204 G 255 B 102 Cores utilizadas nas unidades na paleta RGB R 102 G 153 B 153 R 102 G 153 B 102 R 153 G 255 B R 255 G 153 B 51 R 255 G 204 B R 255 G 255 B 102 R 204 G 153 B 204 R 204 G 153 B 255 R 153 G 102 B 255 R 51 G 102 B 153 R G 204 B 255 R 204 G 51 B R 255 G 102 B 102 R 255 G 204 B 204


Carregar ppt "Roteiro de formatação e estruturação do material didático PROLICENMUS Helena de Souza Nunes Dorcas Weber."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google