A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Portos No mundo existem 3 tipos de portos: - Porto Marítimo - Porto Fluvial - Porto de Lacustre Os portos mais comuns são os portos marítimos que basicamente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Portos No mundo existem 3 tipos de portos: - Porto Marítimo - Porto Fluvial - Porto de Lacustre Os portos mais comuns são os portos marítimos que basicamente."— Transcrição da apresentação:

1 Portos No mundo existem 3 tipos de portos: - Porto Marítimo - Porto Fluvial - Porto de Lacustre Os portos mais comuns são os portos marítimos que basicamente estão localizados em regiões costeiras dos países, seguidos pelos portos fluviais e em menor número estão os portos de lacustre.

2 Os portos tem um papel extremante importante para desenvolvimento do comércio internacional. Considerando que o transporte de 95% da carga mundial de exportação e importação é feita por navios, sem os portos o desenvolvimento das relações comerciais de qualquer país importador e /ou exportador seria obstruída pelos custos e dificuldades com a utilização de outros meios de transportes. Porto de Roterdã

3 Atualmente o melhor porto do mundo é o porto de Singapura em seguido pelo porto de Roterdã na Holanda. Estes portos são exemplos de desenvolvimento logístico portuário, investimentos de infraestrutura e agilidade nos processos de documentação. Embora o Brasil esteja em uma posição muito abaixo com relação a estes portos, os portos brasileiros vem apresentando um futuro bem promissor no tocante aos processos internos e investimentos em infraestrutura. Porém o maior atraso brasileiro esta na parte referente a legislação que chega a provocar um atraso de até 7 dias para a liberação de um navio. Mesmo com todo o investimento do setor privado nos terminais portuários, a parte relativa a legislação portuária faz com que o Brasil esteja posicionado como um dos últimos países do mundo na lista dos que apresentam competitividade portuária na atualidade.

4 Portos Marítimos Os portos marítimos estão na maioria dos casos situados em regiões costeiras, embora o porto do Rio de janeiro esteja em uma baia ele é considerado um porto marítimo, pois a distância entre o oceano e o porto é ínfima.

5 Porto Fluvial Porto fluvial é o porto que está situado em uma região de rios ou estuários. O maior problema de um porto fluvial é a sazonalidade dos períodos de cheia e seca, estes períodos podem representar a necessidade de obras constantes ou a utilização de transportes auxiliares para transportar as cargas. Um dos maiores exemplos de porto fluvial é o porto de Manaus onde só se pode acessá-lo pelo rio Amazonas. Porto de Manaus

6 Porto de Lacustre Os portos lacustres são os portos mais incomuns, pois como estão situados em lagos ou lagoas, estes portos exigem um cuidado constante nas operacoes devido as cheias.

7 Tipos de navegação Atualmente existem vários tipos de navegação, porém na logística portuária as mais usadas são: - Navegação de Longo Curso A navegação de longo curso é feita normalmente entre países pelos oceanos. - Navegação de Cabotagem Normalmente a navegação de cabotagem é feita na costa de um mesmo país, no caso do Brasil devido ao MERCOSUL já se considera a navegação entre Brasil e Argentina uma navegação de cabotagem. -Navegação Fluvial A navegação fluvial é feita em rios, lagoas, lagos ou estuários, normalmente é uma das navegações mais complexas que existem, devido aos períodos de cheia, seca e a correnteza constante dos rios que sempre deslocam pedras e outros destroços, dificultando a navegação.

8 Canal de navegação Para a atracação de um navio é necessário alguns cuidados e o monitoramento da região portuária tem que ser constantemente realizado, um dos pontos a ser verificado é o canal de navegação. O canal de navegação é uma região demarcada por onde o navio vai navegar no sentido da sua atracação ou desatracação. O canal de navegação permite a passagem do navio sem que o mesmo possa correr riscos em razão da baixa profundidade no local. Normalmente se usam bóias sinalizadoras para orientação quanto a localização do canal.

9 Calado Marítimo O calado marítimo é a distância entre o fundo do mar e a superfície. Com o calado podemos determinar que tipo de navio pode ser atracado. O calado poder ser: - Natural Quando a profundidade é naturalmente dependente do comportamento das marés -Artificial Quando o fundo do mar é desassoreado. Porém o problema do calado artificial são os estudos de impacto ambiental que devem ser realizados antecipadamente e o constante trabalho de desassoreamento para manter a profundidade desejada.

10 O transporte marítimo é um dos modais que oferece o menor custo por tonelada transportado. O principal ponto a ser considerado que torna possível esta condicão, ocorre em razão das grandes dimensões dos navios tornando-o capacitado à transportar pesos e volumes de grandes proporcões.

11 Alguns custos AFRMM De acordo com o Decreto Lei nº 2.404/87, o AFRMM ou seja o Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante é uma contribuição para o apoio ao desenvolvimento da marinha mercante e da indústria de construção e reparação naval brasileira. Ele é devido na entrada do porto de descarga sendo calculado sobre o valor do frete marítimo internacional. A tributação varia de 10% a 40 %, com um prazo de 10 dias para o recolhimento, após a entrada da embarcação no porto de descarga. O AFRMM onera as importações e não incidi sobre todas as mercadorias importadas. O Decreto lei que o instituiu especifica quais as cargas que estão isentas da cobrança. Eis algumas: » Bagagens de viagem; » Livros, Jornais e periódicos, bem como o papel destinado a sua impressão; » Bens doados a entidades filantrópicas ou que ingressem no País especificamente para participar de eventos culturais ou artísticos; » Bens destinados à pesquisa cientifica e tecnológica, entre outras, de mercadorias; » Mercadorias importadas em substituição a outras idênticas, em igual quantidade e valor, que tenham sido devolvidas ao exterior após a importação, por terem se revelado defeituosas ou imprestáveis para os fins a que se destinavam e outras.

12 INCOTERMS Incoterms ou International Commercial Terms são termos de vendas internacionais, publicados pela Câmara Internacional de Comércio. São utilizados para dividir os custos e a responsabilidade no transporte entre a figura do comprador e do vendedor. São similares a Convenção das Nações Unidas sobre Contratos Internacionais e Convenção das Nações Unidas para a venda internacional de mercadorias. A primeira versão foi introduzida em 1936 e a última atualização em São no total 13 termos divididos em 4 grupos que se distinguem por aumentar gradativamente a responsabilidade de uma das partes em detrimento da outra.

13 Praticagem O prático é a pessoa responsável pela condução do navio pelo canal de navegação. O prático conhece toda a região de navegação do porto onde atua. Os custos com prático pode variar devido as dimensões do navio. Os custos com praticagem podem variar de R$ 5 mil a R$ 250 mil por atracação de navio. Segundo alguns profissionais estes custos elevados por atracação causam um impacto negativo no setor portuário, pois além de todos os custo normais e legais que um navio tem para poder atracar. Deve arcar também com os custos do prático tornando cada vez mais oneroso o setor de navegação. A atuação do prático é facultativa, porém se forem considerados os riscos de abalroamento com os sedimentos e/ou outros navios o serviço acaba por tornar- se indispensável. Segundo informações o prático pode somar ganhos da ordem de até R$ mensais.


Carregar ppt "Portos No mundo existem 3 tipos de portos: - Porto Marítimo - Porto Fluvial - Porto de Lacustre Os portos mais comuns são os portos marítimos que basicamente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google