A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Detalhamento das atribuições dos enfermeiros do trabalho: Educar para a saúde é desenvolver uma consciência humana crítica, possibilitando tomada de decisões.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Detalhamento das atribuições dos enfermeiros do trabalho: Educar para a saúde é desenvolver uma consciência humana crítica, possibilitando tomada de decisões."— Transcrição da apresentação:

1 Detalhamento das atribuições dos enfermeiros do trabalho: Educar para a saúde é desenvolver uma consciência humana crítica, possibilitando tomada de decisões sábias e assim, solucionando problemas de saúde pessoais, familiares e comunitários.Educar para a saúde é desenvolver uma consciência humana crítica, possibilitando tomada de decisões sábias e assim, solucionando problemas de saúde pessoais, familiares e comunitários. Mosqueira & Stobaus.

2 A Função Assistencial do enfermeiro do trabalho: È o conjunto de cuidados e medidas que visam atender ás necessidades de promoção, proteção e recuperação da saúde do trabalhador.Esta deverá ser aplicada pelo processo de enfermagem em todos os seus âmbitos:Histórico de enfermagem, o diagnóstico, a prescrição de enfermagem, evolução e prognóstico. È o conjunto de cuidados e medidas que visam atender ás necessidades de promoção, proteção e recuperação da saúde do trabalhador.Esta deverá ser aplicada pelo processo de enfermagem em todos os seus âmbitos:Histórico de enfermagem, o diagnóstico, a prescrição de enfermagem, evolução e prognóstico.

3 Ações principais de enfermagem: Coordenar, executar e avaliar as atividades de enfermagem nas ações de saúde, nas urgências e em diversos procedimentos diversos. Coordenar, executar e avaliar as atividades de enfermagem nas ações de saúde, nas urgências e em diversos procedimentos diversos. Prescrever, na ausência do médico, os medicamentos estabelecidos nos programas de saúde do ministério e em rotinas aprovadas pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.(SESMT) Prescrever, na ausência do médico, os medicamentos estabelecidos nos programas de saúde do ministério e em rotinas aprovadas pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.(SESMT)

4 Prevenção: Elaborar e executar planos assistenciais relativos ás ações de saúde na prevenção primária, secundária e terciária. Elaborar e executar planos assistenciais relativos ás ações de saúde na prevenção primária, secundária e terciária. Utilizar processo de enfermagem para identificar, analisar e avaliar os programas de saúde dos trabalhadores. Utilizar processo de enfermagem para identificar, analisar e avaliar os programas de saúde dos trabalhadores.

5 Participação ativa: Junto com a SESMT, na identificação, controle e avaliação dos fatores nocivos das doenças ocupacionais e na prevenção de acidentes. Junto com a SESMT, na identificação, controle e avaliação dos fatores nocivos das doenças ocupacionais e na prevenção de acidentes. Identificar os trabalhadores de alto risco dando-lhes atenção prioritária. Identificar os trabalhadores de alto risco dando-lhes atenção prioritária. Aplicar e discutir o processo de vigilância epidemiológica. Aplicar e discutir o processo de vigilância epidemiológica. Organizar o serviço de imunização da empresa. Organizar o serviço de imunização da empresa.

6 Supervisão: Visitar regularmente os locais de trabalho, verificando as condições de trabalho, segurança e higiene ocupacionais, fatores ergonômicos, ente outros. Visitar regularmente os locais de trabalho, verificando as condições de trabalho, segurança e higiene ocupacionais, fatores ergonômicos, ente outros. Supervisionar a execução dos cuidados simples de enfermagem, delegados aos auxiliares de enfermagem e prestar os cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica. Supervisionar a execução dos cuidados simples de enfermagem, delegados aos auxiliares de enfermagem e prestar os cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica. Selecionar e padronizar procedimentos técnicos a serem utilizados pela equipe de enfermagem. Selecionar e padronizar procedimentos técnicos a serem utilizados pela equipe de enfermagem.

7 Programas de saúde: Elaborar e executar programas de saúde preventivos para doenças mentais, doenças crônicas ou degenerativas, gestantes e etc... Elaborar e executar programas de saúde preventivos para doenças mentais, doenças crônicas ou degenerativas, gestantes e etc... Transmitir as informações de forma coletiva, clara e objetiva para que o programa de saúde instituído pela empresa seja eficaz e proveitoso para os empregados. Transmitir as informações de forma coletiva, clara e objetiva para que o programa de saúde instituído pela empresa seja eficaz e proveitoso para os empregados.

8 Como elaborar um bom programa de educação em saúde: No período de elaboração deve-se definir os objetivos, escolher o conteúdo programático a partir dos objetivos, escolher as estratégias de ensino, ou seja, o recurso audiovisual e a metodologia a serem usados;definir o período e horário da execução do programa.Sem esquecer dos recursos humanos, materiais, financeiros e da planta física. No período de elaboração deve-se definir os objetivos, escolher o conteúdo programático a partir dos objetivos, escolher as estratégias de ensino, ou seja, o recurso audiovisual e a metodologia a serem usados;definir o período e horário da execução do programa.Sem esquecer dos recursos humanos, materiais, financeiros e da planta física.

9 Programas importantes que devem ser considerados: Trabalhadores com necessidades básicas, portadores de danos crônicos, o ensino do auto cuidado.Programas para obesos, diabéticos, hipertensos, epiléticos, alcoolistas, tabagistas, portadores de lombalgia crônica, prevenção de DST, planejamento familiar, riscos no ambiente de trabalho,uso de EPI, imunizações, conservação auditiva, readaptação profissional, manipulação de alimentos, ergonomia, proteção respiratória. Trabalhadores com necessidades básicas, portadores de danos crônicos, o ensino do auto cuidado.Programas para obesos, diabéticos, hipertensos, epiléticos, alcoolistas, tabagistas, portadores de lombalgia crônica, prevenção de DST, planejamento familiar, riscos no ambiente de trabalho,uso de EPI, imunizações, conservação auditiva, readaptação profissional, manipulação de alimentos, ergonomia, proteção respiratória.

10 Função administrativa: São tarefas relativas a prever, organizar, dirigir e controlar as atividades da área.Realizar reuniões periódicas, avaliando o desempenho da equipe de enfermagem e estimular a elevação do padrão técnico científico. São tarefas relativas a prever, organizar, dirigir e controlar as atividades da área.Realizar reuniões periódicas, avaliando o desempenho da equipe de enfermagem e estimular a elevação do padrão técnico científico. Realizar auditoria e consultoria com emissão de parecer sobre assuntos de enfermagem do trabalho. Realizar auditoria e consultoria com emissão de parecer sobre assuntos de enfermagem do trabalho.

11 Ações importantes a desenvolver: Conhecer e utilizar os recursos da comunidade. Conhecer e utilizar os recursos da comunidade. Organizar e manter um sistema de referência para educação continuada do pessoal da enfermagem e educação em saúde. Organizar e manter um sistema de referência para educação continuada do pessoal da enfermagem e educação em saúde. Treinar os trabalhadores em primeiros socorros. Treinar os trabalhadores em primeiros socorros. Participar de atividades educativas em toxicologia industrial para os trabalhadores. Participar de atividades educativas em toxicologia industrial para os trabalhadores.

12 Conhecimento do distrito sanitário da região: Manter bom entrosamento entre o distrito sanitário da região e o ambulatório da empresa. Manter bom entrosamento entre o distrito sanitário da região e o ambulatório da empresa. Encaminhar os funcionários para a assistência médica distrital em caso de necessidade, ou mesmo à família. Encaminhar os funcionários para a assistência médica distrital em caso de necessidade, ou mesmo à família. Programa de assistência médica à criança, à gestante, aos clientes com doenças infecto parasitárias, e ainda programa de engenharia sanitária. Programa de assistência médica à criança, à gestante, aos clientes com doenças infecto parasitárias, e ainda programa de engenharia sanitária.

13 Serviços Sociais: SESI: O Serviço Social da Empresa, oferece para as empresas alguns serviços relacionados com a área de saúde por preços acessíveis.Abreugrafias, exames auxiliares de saúde para parasitológicos, sífilis e doença de Chagas. SESI: O Serviço Social da Empresa, oferece para as empresas alguns serviços relacionados com a área de saúde por preços acessíveis.Abreugrafias, exames auxiliares de saúde para parasitológicos, sífilis e doença de Chagas.

14 Universidades: Elas oferecem atendimento médico, odontológico e psicológicos gratuitos. Elas oferecem atendimento médico, odontológico e psicológicos gratuitos. FARMÁCIAS PÚBLICAS: FARMÁCIAS PÚBLICAS: Linhas padronizadas de medicamentos mais importantes e necessários para a população, farmácia, básica, com os medicamentos genéricos. Linhas padronizadas de medicamentos mais importantes e necessários para a população, farmácia, básica, com os medicamentos genéricos.

15 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes: A CIPA foi criada pelo decreto –lei n7.036 de 10 de novembro de 1944.E como meio de proteção ao trabalhador servem não só para despertar a cooperação dos trabalhadores na prevenção de acidentes, mas também para apresentar sugestões quanto à orientação e fiscalização de medidas de proteção ao trabalhador, realizar palestras instrutivas, propor a instituição de concurso e prêmios e tomar outras providências. A CIPA foi criada pelo decreto –lei n7.036 de 10 de novembro de 1944.E como meio de proteção ao trabalhador servem não só para despertar a cooperação dos trabalhadores na prevenção de acidentes, mas também para apresentar sugestões quanto à orientação e fiscalização de medidas de proteção ao trabalhador, realizar palestras instrutivas, propor a instituição de concurso e prêmios e tomar outras providências.

16 A Função de Integração: O enfermeiro deve atuar como elemento de ligação entre os empregados e profissionais do SESMT, outros setores da empresa, familiares dos empregados e na comunidade.Deve ainda estabelecer um bom relacionamento com os profissionais de ´saúde pública, promover intercâmbio com instituições de classes como a ABEN, COREN, COFEN, ANENT, FUNDACENTRO, OIT,OMS. O enfermeiro deve atuar como elemento de ligação entre os empregados e profissionais do SESMT, outros setores da empresa, familiares dos empregados e na comunidade.Deve ainda estabelecer um bom relacionamento com os profissionais de ´saúde pública, promover intercâmbio com instituições de classes como a ABEN, COREN, COFEN, ANENT, FUNDACENTRO, OIT,OMS.

17 Função de pesquisa: O enfermeiro deve manter investigação permanente no campo da prática profissional usando sempre metodologia adequada para assegurar a veracidade das conclusões, correção das medidas e resultados satisfatórios.Desenvolver fatos e fenômenos relacionados com a saúde do trabalhador, participar de estudos obre riscos de doenças ocupacionais e segurança com o objetivo de minimizar índices de morbimortalidade.Desenvolver através de seus estudos, métodos e técnicas apropriadas à solução de problemas de saúde ocupacional. O enfermeiro deve manter investigação permanente no campo da prática profissional usando sempre metodologia adequada para assegurar a veracidade das conclusões, correção das medidas e resultados satisfatórios.Desenvolver fatos e fenômenos relacionados com a saúde do trabalhador, participar de estudos obre riscos de doenças ocupacionais e segurança com o objetivo de minimizar índices de morbimortalidade.Desenvolver através de seus estudos, métodos e técnicas apropriadas à solução de problemas de saúde ocupacional.

18 Histórico de enfermagem para a empresa: É um instrumento de levantamento sistemático de dados sobre o cliente, família e comunidade, possibilita a identificação dos trabalhadores de risco, suas necessidades, problemas, preocupações e reações humanas, direcionando assim, as ações de enfermagem.Pode ser dividido em três partes:identificação, anamnese e exame físico.Se registram também exames laboratoriais e complementares. É um instrumento de levantamento sistemático de dados sobre o cliente, família e comunidade, possibilita a identificação dos trabalhadores de risco, suas necessidades, problemas, preocupações e reações humanas, direcionando assim, as ações de enfermagem.Pode ser dividido em três partes:identificação, anamnese e exame físico.Se registram também exames laboratoriais e complementares.

19 Diagnóstico: O diagnóstico de enfermagem pode ser definido como uma declaração de um estado de saúde indesejável.O enfermeiro colhe os dados e analisa, fazendo um julgamento clínico sobre a saúde do cliente.A avaliação deve ser individualizada e de acordo com o ambiente de trabalho e não de maneira absoluta. O diagnóstico de enfermagem pode ser definido como uma declaração de um estado de saúde indesejável.O enfermeiro colhe os dados e analisa, fazendo um julgamento clínico sobre a saúde do cliente.A avaliação deve ser individualizada e de acordo com o ambiente de trabalho e não de maneira absoluta.

20 Prescrição: É uma ordem que o enfermeiro designa para sua equipe, expressa de maneira clara e formalmente, com o objetivo de direcionar a assistência.Os problemas de saúde reais e potenciais são a base para se definir as necessidades das intervenções.Ela orienta a equipe a saber o que fazer, como e quando realizar.Seu conteúdo se expressa assim:controles, sinais e sintomas, tratamentos, orientações, encaminhamentos, higiene, alimentação,etc. É uma ordem que o enfermeiro designa para sua equipe, expressa de maneira clara e formalmente, com o objetivo de direcionar a assistência.Os problemas de saúde reais e potenciais são a base para se definir as necessidades das intervenções.Ela orienta a equipe a saber o que fazer, como e quando realizar.Seu conteúdo se expressa assim:controles, sinais e sintomas, tratamentos, orientações, encaminhamentos, higiene, alimentação,etc.

21 Evolução: É a avaliação global da prescrição dos cuidados por meio de uma observação contínua e progressiva do cliente à assistência de enfermagem prestada.Deve ser feita diariamente pelo enfermeiro e refeita em parte ou totalmente pela vigência das alterações.Deve ser precedida de data e hora e finalizada por assinatura e número do COREN.ela informa os resultados das condutas prescritas e direciona o planejamento da assistência. É a avaliação global da prescrição dos cuidados por meio de uma observação contínua e progressiva do cliente à assistência de enfermagem prestada.Deve ser feita diariamente pelo enfermeiro e refeita em parte ou totalmente pela vigência das alterações.Deve ser precedida de data e hora e finalizada por assinatura e número do COREN.ela informa os resultados das condutas prescritas e direciona o planejamento da assistência.

22 Prognóstico: É um parecer emitido pelo enfermeiro, após avaliação da evolução do cliente, decorrente da implantação do processo de enfermagem.Ele avalia o estado do cliente e suas chances de recuperação e ressocialização ao trabalho.Ou ainda, readaptação. É um parecer emitido pelo enfermeiro, após avaliação da evolução do cliente, decorrente da implantação do processo de enfermagem.Ele avalia o estado do cliente e suas chances de recuperação e ressocialização ao trabalho.Ou ainda, readaptação.


Carregar ppt "Detalhamento das atribuições dos enfermeiros do trabalho: Educar para a saúde é desenvolver uma consciência humana crítica, possibilitando tomada de decisões."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google