A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objetivo Geral Capacitar os alunos para trabalhar na administração de instituições voltadas à área da saúde, tornando-os profissionais em nível técnico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objetivo Geral Capacitar os alunos para trabalhar na administração de instituições voltadas à área da saúde, tornando-os profissionais em nível técnico."— Transcrição da apresentação:

1 Objetivo Geral Capacitar os alunos para trabalhar na administração de instituições voltadas à área da saúde, tornando-os profissionais em nível técnico com habilidades que permitam atuar em hospitais, clínicas, postos de saúde, ambulatórios e outras organizações, de forma qualitativa e quantitativa na teoria e na prática profissional, preparando-os para o exercício do trabalho com ênfase nos valores pessoais e sociais. CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO: GESTAO EM SAÚDE Parecer 530/2002 CEED

2 § Analisar de forma crítica a realidade social e identificar os diversos fatores que interferem na qualidade da gestão dos serviços de saúde; § Proporcionar conhecimentos específicos da área da administração com ênfase em gestão da saúde, maximizando a eficiência da aplicação das técnicas dos vários segmentos que compõe a atividade a serviço das organizações da saúde; § Habilitar os alunos para executar tarefas administrativas baseadas em ferramentas disponíveis na Ciência da Administração, voltados a suprir as demandas dos serviços de saúde sob a orientação e supervisão de um responsável técnico habilitado. § Desenvolver no aluno habilidades e atitudes que permitam a ampliação da capacidade pessoal e de equipe para enfrentar trabalhos novos e rotineiros na função de auxiliar administrativo, compreendendo as principais variáveis que influenciam o comportamento humano e que podem afetar o desempenho; § Propiciar ao aluno situações que desenvolvam atitudes éticas, que os levem a identificar a complexidade e a responsabilidade de suas funções no exercício profissional em instituições de saúde; § Oportunizar o auto-conhecimento e a vivência profissional, através de atividades práticas e do trabalho de conclusão. Objetivos Específicos

3 Perfil profissional de conclusão dos egressos do curso Para atender às exigências educacionais demandadas pelo mundo do trabalho o curso oferecerá aos alunos fundamentação e referencial para o exercício da atividade de auxiliar administrativo de nível técnico habilitado para a área da saúde. Os profissionais de nível Técnico em Administração: Gestão em Saúde deverão receber uma formação ampla, constituída por competências gerais e específicas que lhes permitam acompanhar as demandas e transformações da área. O Técnico em Administração: Gestão em Saúde deverá apresentar: 1.bom relacionamento interpessoal; 2. senso crítico e autocrítica; 3. iniciativa; 4. flexibilidade; 5. senso de observação acurada; 6. capacidade de compreender a proposta de gestão; 7.raciocínio lógico.

4 Competências Gerais do Profissional de Nível Técnico em Administração Gestão em Saúde Identificar e interpretar as diretrizes do planejamento estratégico, do planejamento tático e do plano diretor aplicáveis à gestão organizacional; Identificar as estruturas orçamentárias e societárias das organizações e relacioná-las com os processos de gestão específicos; Interpretar resultados de estudos de mercado, econômicos ou tecnológicos, utilizando-os no processo de gestão; Utilizar os instrumentos de planejamento, bem como executar, controlar e avaliar os procedimentos dos ciclos: -de pessoal; -de recursos materiais; -tributário; -financeiro; -contábil; -do patrimônio; -dos seguros; -da produção; -dos sistemas de informações;

5 Competências Específicas do Profissional de Nível Técnico em Administração Gestão em Saúde · Além das competências gerais o técnico deverá demonstrar a apropriação de competências específicas como desdobramento das atividades previstas para o exercício profissional como: · organizar as tarefas recebidas do administrador visando a melhora dos processos de trabalho; · conhecer a legislação e técnicas administrativas; · proceder e manter atitudes éticas e postura profissional; · operar máquinas e equipamentos que possibilitem cumprir rotinas administrativas para abastecer os sistemas de: estatística, controle financeiro, administração de material, recursos humanos, orçamento; · executar, controlar e avaliar os indicadores de desempenho; · realizar tarefas como: faturamento, cobrança, conciliação de contas médico-hospitalares, inventários de materiais de consumo, contabilidade de medicamentos, registro de pacientes, alta de pacientes, auxiliar o controle de escalas de trabalho, registro e atualização de dados sociais epidemiológicos, transcrição de laudos e protocolos médicos; · registrar documentos e informações referentes à recepção, estacionamento, patrimônio, segurança, higienização, transporte, lavanderia, rouparia, serviço de esterilização, farmácia, serviços de auxiliar de diagnóstico invasivos e não invasivos, bloco cirúrgico, ambulatório, UTIs, serviço de infecção hospitalar, serviço social, serviço de psicologia, serviços de transporte, manutenção, conservação de laboratórios e outros sob a orientação de um administrador; · colocar em prática as diretrizes do planejamento estratégico, tático, operacional e do plano diretor aplicável à gestão organizacional na área da saúde; · conhecer a aplicação de dados referente a estudo de mercado, econômicos e de novas tecnologias; · auxiliar os gestores na área da saúde a encontrar alternativas para a solução de problemas administrativos.

6 Os Componentes Curriculares : MÓDULO I Componentes Lingüísticos Aplicados a Formação do Técnico em Administração: Gestão em Saúde Componentes Matemáticos de Apoio ao Técnico em Administração: Gestão em Saúde Fundamentos de Administração na Saúde Organização do Sistema de Saúde Marketing em Instituições de Saúde Direito Aplicado à Hospitais Administração de Recursos Humanos em Instituições de Saúde

7 Os Componentes Curriculares : MÓDULO II · Inglês Instrumental de Apoio ao Trabalho em Técnicas Administrativas: Gestão em Saúde Serviço de Enfermagem Logística Aplicada à Área da Saúde Organização e Administração do Serviço de Nutrição Hospitalar Serviço Social e de Psicologia em Instituições de Saúde Serviço de Controladoria Corpo Clínico/Técnico e Administração Estatística Aplicada

8 Os Componentes Curriculares : MÓDULO III · Espanhol Instrumental de Apoio ao Trabalho em Técnicas Administrativas: Gestão em Saúde Administração de Equipes de Apoio Organização e Métodos Serviço de Arquivo Médico e Estatística Sistema de Informática Aplicada Planejamento Estratégico Monografia

9 AVALIAÇÃO A avaliação do aluno se dá em consonância com os conhecimentos, as competências e habilidades constantes na Organização Curricular do Curso, abrangendo também os aspectos qualitativos, necesários ao desempenho profissional. A avaliação é realizada por componente curricular, dentro de seu respectivo módulo. A avaliação final é obtida através de parecer descritivo do corpo docente sobre a aptidão ou não dos conhecimentos, das competências e habilidades previstas no perfil de saída do profissional ao final do curso, após a conclusão de todos os componentes curriculares constantes nos módulos. Os resulatdos da avaliação final são expresos através de parecer descrito sendo emitida a menção A (apto) NA (não apto). É considerado apto o aluo que alcança os conhecimentos, as habilidades e competências estabelecidas no Plano Global,após estudo de recuperação. Os estudos de recuperação são paralelos ao processo. As modalidades de recuperação, dependendo das necessidades dos alunos podem ser: -estudos orientados; - atendimento individualizado;


Carregar ppt "Objetivo Geral Capacitar os alunos para trabalhar na administração de instituições voltadas à área da saúde, tornando-os profissionais em nível técnico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google