A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Estadual de Defesa Agropecuária Do Maranhão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Estadual de Defesa Agropecuária Do Maranhão."— Transcrição da apresentação:

1 Agência Estadual de Defesa Agropecuária Do Maranhão

2 ALINE BRITO DA SILVA Fiscal Estadual Agropecuária AGED-MA/LACEN-MA

3 EXERCER A DEFESA SANITÁRIA ANIMAL E VEGETAL, ASSEGURANDO A OFERTA DE PRODUTOS DE QUALIDADE E CONTRIBUINDO PARA A PRESERVAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA E DO MEIO AMBIENTE E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO. Missão

4 O leite representa a base alimentar de todas as gerações e camadas sociais pela sua riqueza nutricional O leite representa a base alimentar de todas as gerações e camadas sociais pela sua riqueza nutricional Introdução Requer uma condição higiênico-sanitária satisfatória Requer uma condição higiênico-sanitária satisfatória

5 O leite de boa qualidade deve apresentar as seguintes características: Ser livre de microorganismos patogênicos Ser livre de sedimentos e matérias estranhas Possuir sabor levemente adocicado e livre de sabores e odores estranhos Estar de acordo com a legislação vigente e os padrões legais para o mínimo de gordura, sólidos totais e sólidos desengordurados Introdução

6 Qualidade Leite de qualidade é aquele produzido por vacas sadias e bem alimentadas, que conserva as qualidades nutritivas ao longo de todas as etapas de sua obtenção e não apresenta riscos para a saúde humana quando consumido. a saúde humana quando consumido. Melhorar a qualidade do leite é uma obrigação de quem produz, pois o consumidor tem o direito de adquirir produtos de confiança, tanto do ponto de vista sanitário quanto nutricional. Melhorar a qualidade do leite é uma obrigação de quem produz, pois o consumidor tem o direito de adquirir produtos de confiança, tanto do ponto de vista sanitário quanto nutricional.

7 Introdução O Serviço de Inspeção Estadual (S.I.E/MA) objetiva assegurar a saúde da população garantindo a inocuidade dos alimentos O Serviço de Inspeção Estadual (S.I.E/MA) objetiva assegurar a saúde da população garantindo a inocuidade dos alimentos Assume um papel importante na qualidade dos produtos de origem animal através de fiscalizações higiênico-sanitárias e tecnológicas nos estabelecimentos registrados Assume um papel importante na qualidade dos produtos de origem animal através de fiscalizações higiênico-sanitárias e tecnológicas nos estabelecimentos registrados Estabelece normas para o funcionamento Estabelece normas para o funcionamento

8 Análises Para a garantia da qualidade, se faz necessário as analises microbiológicas e físico-químicas Para a garantia da qualidade, se faz necessário as analises microbiológicas e físico-químicas Importância: Importância: Fraudes econômicas Fraudes econômicas Estado de conservação Estado de conservação Base para pagamento Base para pagamento Controle de qualidade Controle de qualidade

9 Analises Físico-químicas Ph Ph Acidez Acidez Densidade a 15°C Densidade a 15°C Gordura Gordura Extrato seco total (EST) Extrato seco total (EST) Estrato seco desengordurado (ESD) Estrato seco desengordurado (ESD) Peroxidase Peroxidase Determinação da umidade Determinação da umidade

10 10 LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE PRODUTOS E AMBIENTE

11 11

12 Análises Microbiológicas Contagem de Coliformes a 35°C Contagem de Coliformes a 35°C Contagem de Coliformes a 45°C Contagem de Coliformes a 45°C Contagem Padrão em Placas Contagem Padrão em Placas

13 Controle na Indústria

14 Fiscalização Inspetores regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) Inspetores regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA)

15 Coleta laticínios registrados 13 laticínios registrados 16 amostras de leite pasteurizado 16 amostras de leite pasteurizado 25 iogurtes 25 iogurtes 13 queijos (mussarela, coalho, minas frescal e ricota) 13 queijos (mussarela, coalho, minas frescal e ricota) 3 doces de leite (em pedaços e pastoso) 3 doces de leite (em pedaços e pastoso) 3 bebidas lácteas 3 bebidas lácteas

16 Resultados 60 amostras de produtos lácteos analisadas, 17 (28,33%) estavam fora do padrão exigido na legislação vigente. Os doces de leite e bebidas lácteas foram todas satisfatórias nos ensaios microbiológicos.

17 Análises microbiológicas 16 amostras de leite analisadas, 3 amostras (18,75%) apresentaram contagem de coliformes a 35°C/mL acima do limite máximo 16 amostras de leite analisadas, 3 amostras (18,75%) apresentaram contagem de coliformes a 35°C/mL acima do limite máximo 3 (18,75%) para contagem de coliformes a 45°C/mL 3 (18,75%) para contagem de coliformes a 45°C/mL 2 (12,5%) para contagem padrão em placas. 2 (12,5%) para contagem padrão em placas. Dos 25 iogurtes analisados, 2 amostras (8%) apresentaram contagem de coliformes a 45°C/mL acima do limite permitido pela legislação vigente. Dos 25 iogurtes analisados, 2 amostras (8%) apresentaram contagem de coliformes a 45°C/mL acima do limite permitido pela legislação vigente. Nas amostras de queijos, 2 (15,38%) foram insatisfatórias para contagem de coliforme a 45°C/mL. Nas amostras de queijos, 2 (15,38%) foram insatisfatórias para contagem de coliforme a 45°C/mL.

18 Análises físico-químicas 16 amostras de leite analisadas, 3 (18,75%) apresentaram resultado insatisfatório na determinação de gordura. 16 amostras de leite analisadas, 3 (18,75%) apresentaram resultado insatisfatório na determinação de gordura. Nos iogurtes, 5 (20%) amostras apresentaram resultados insatisfatório na determinação de matéria gorda. Nos iogurtes, 5 (20%) amostras apresentaram resultados insatisfatório na determinação de matéria gorda. Nos queijos, 1(7,69%) amostra apresentou umidade insatisfatória e 1(7,69%) amostra insatisfatória para determinação de matéria gorda em extrato seco. Nos queijos, 1(7,69%) amostra apresentou umidade insatisfatória e 1(7,69%) amostra insatisfatória para determinação de matéria gorda em extrato seco. No doce de leite, 2(66,6%) amostras apresentaram umidade insatisfatória No doce de leite, 2(66,6%) amostras apresentaram umidade insatisfatória

19 Conclusão Os resultados sugerem que as condições higiênicas existentes na maioria dos estabelecimentos registrados são adequadas Os resultados sugerem que as condições higiênicas existentes na maioria dos estabelecimentos registrados são adequadas Proporção relativamente alta de produtos com qualidade microbiológica e físico-química satisfatória Proporção relativamente alta de produtos com qualidade microbiológica e físico-química satisfatória Produtos aptos para o consumo. Produtos aptos para o consumo.

20 Muito Obrigada!


Carregar ppt "Agência Estadual de Defesa Agropecuária Do Maranhão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google