A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COLÉGIO AGRÍCOLA DE VERANÓPOLIS TOPOGRAFIA Aula 1 Prof. Eng. Agr. Bernardo Tedesco 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COLÉGIO AGRÍCOLA DE VERANÓPOLIS TOPOGRAFIA Aula 1 Prof. Eng. Agr. Bernardo Tedesco 1."— Transcrição da apresentação:

1 COLÉGIO AGRÍCOLA DE VERANÓPOLIS TOPOGRAFIA Aula 1 Prof. Eng. Agr. Bernardo Tedesco 1

2 INTRODUÇÃO 2 Efetuar levantamentos para representação superfície do terreno em escala adequada; Levantamento Topográfico Coleta de dados à campo Medidas lineares, angulares Áreas, volumes, coordenadas

3 3 INTRODUÇÃO ETAPAS DO TRABALHO DE TOPOGRAFIA Planejamento (estudo do local, tipos de equipamentos, métodos); Trabalho de campo; Processamento (coordenadas, volumes); Mapeamento ou representação; IMPORTÂNCIA Obras de engenharia; Estradas; Pontes; Barragens Terraplanagem; Irrigação Projetos ambientais

4 4 DIVISÕES DA TOPOGRAFIA TOPOMETRIA Planimetria; Altimetria; Planimetria; TAQUEOMETRIA TOPOLOGIA FOTOGRAMETRIA AGRIMENSURA

5 5 TOPOMETRIA Técnicas e procedimentos para obtenção de medidas (ângulos e distâncias) para determinar posições relativas na superfície terrestre. PLANIMETRIA Posição planimétrica dos pontos (coordenadas X e Y); ALTIMETRIA Determinação da cota ou altitude (coordenada Z); Curvas de nível; PLANIALTIMETRIA Planimétrico + Altimétrico

6 6 TAQUEOMETRIA Medidas calculadas por trigonometria; Triângulo retângulo; TOPOLOGIA Interpretação da superfície externa; Descrição das formas do relevo.

7 7 FOTOGRAMETRIA Obtenção de medidas: observação e interpretação fotografias; Tamanho de áreas, características físicas do terreno; Reconhecimento de áreas em grandes projetos. AGRIMENSURA Levantamento ligados a medições agrárias padrões.

8 8 SISTEMA DE COORDENADAS Coordenadas Cartesianas: Sistema de eixos com duas retas perpendiculares, com início na origem (ponto 0); (abscissa, ordenada) = (X,Y) A=(10,10); B=(15,25); C=(20,-15);

9 9 LATITUDE E LONGITUDE Localização de pontos como referência modelo esférico; LATITUDE Desde paralelo de origem (Equador) até ponto considerado; Hemisfério norte (+), hemisfério sul (-). LONGITUDE Desde o meridiano de origem (Greenwich) até o ponto considerado; Leste de Greenwich (0º a 180º); oeste de Greenwich (0º a 180º)

10 10 ERROS DE OBSERVAÇÃO Condições Ambientais: Variações vento, temperatura; Instrumentais: Imperfeição no ajuste dos equipamentos; Falta de calibração Pessoais: Falta de atenção; Cansaço; Executar mais de uma leitura.

11 11 ERROS DE OBSERVAÇÃO Erros grosseiros: Engano na medição, leitura errada, identificação alvo; Desatenção do observador, falha do equipamento; Erros de anotação, contagem de lances. Erros sistemáticos: Efeito da temperatura; Medição com medidor eletrônico de distâncias. Erros acidentais: Erros permanecem com a correção dos outros; Tendem a neutralizar quanto maiores forem amostras; Inclinação da baliza; Erro na hora da mira.

12 12 PRECISÃO E ACURÁCIA Precisão: Ligado a repetição das medidas; Acurácia: Ligada ao grau de aderência das observações em relação ao seu valor verdadeiro.

13 13 REVISÃO MATEMÁTICA Unidades de medida; Revisão de trigonometria; Relações do triângulo retângulo; Exercícios.

14 14 UNIDADES DE MEDIDA Medida de Comprimento: Metro: Unidade básica do Sistema Internacional;

15 15 Conversão de Unidades de Comprimento kmhmdammdmcmmm Utilização da vírgula no lado direito; Um número por casa;

16 16 Conversão de Unidades de Área Utilização da vírgula no lado direito; Dois número por casa; km 2 hm 2 dam 2 m2m2 dm 2 cm 2 mm 2

17 17 UNIDADES DE MEDIDA Medida de Angular: Radiano: Unidade Sexagesimal (graus): Unidade decimal (grado);

18 18 UNIDADES DE MEDIDA CÁLCULOS COM ÂNGULOS Ângulos (GMS) Frações decimais a) 32º2859 = 32, º 1=60 então (28x )/3600= 0, b) 17º3418,3 = c) 125º5957 =

19 19 Frações decimais Ângulos (GMS) a) 32, º = 32º2859 0, x 60 = 28, , x 60 = 59 b) 48, º = c) 35, º = UNIDADES DE MEDIDA

20 20 Soma e subtração de ângulos a) 30º º52 = 51º12 b) 28º º39 = c) 42º30 – 20º40 = d) 25º º5127 = e) 34º º5804 = f) 124º3740 – 84º4850 = UNIDADES DE MEDIDA

21 21 TRIGONOMETRIA PLANA RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS TRIÂNGULO RETÂNGULO Soma ângulos internos igual 180º;

22 22 TRIGONOMETRIA PLANA Exercícios:

23 23 TRIGONOMETRIA PLANA Exercícios: Calcule o valor de x: x x x 41 40° 32 x 35° a) d)c) b)

24 24

25 25 TRIGONOMETRIA PLANA TRIÂNGULO QUALQUER Lei dos Senos Lei dos Cossenos a 2 = b 2 + c 2 – 2.b.c.cos A

26 26 a = ? b = 40 c = ? 40˚ 110˚ b = 36 c = 27 a = ? Calcule: A: a: c: Calcule: a: A A B B C C 110˚

27 27 ESCALAS Relação entre o valor da distância medida no desenho e sua correspondente no terreno Representação em papel da superfície terrestre; Distância desenho: 5cm; distância terreno 0,5 km; Qual a escala:?

28 28 ESCALAS Principais escalas: 1:100; 1:250; 1:500; 1:1.000; 1:2.000; Tamanho: Escala grande: Denominador pequeno (1:100, 1:200); Pequenas áreas; Mais detalhes Escala pequena: Denominador grande (1:10.000; 1: ); Áreas grandes; Menos detalhes;

29 29 ESCALAS Exercícios: 1)Qual das escalas é maior: 1:1.000,00 ou 1:1.000? 2)Qual das escalas é menor: 1:10 ou 1:1.000? 3)Determinar o comprimento de um rio onde a escala no desenho é de 1: e o rio foi representado por uma linhas de 17,5cm? 4)Qual a escala de uma carta sabendo que as distâncias homólogas da carta e do terreno são de 225mm e 4,5km.

30 30 5) Qual o comprimento de uma estrada de 2500m representada na escala de 1:10.000? 6) Calcular o comprimento no desenho de uma rua de 30m nas escalas abaixo: 1:100 = 1:200 = 1:500 = 1:1000= 7) As dimensões de um terreno foram medidas em uma carta e os valores obtidos foram de 250mm de comprimento por 175mm de largura. Sabendo que a escala é de 1:2000, qual a área do terreno em m²? 8) Se a avaliação de uma área resultou em 2575cm² para uma escala de 1:500, quantos m² corresponderá a área do terreno?


Carregar ppt "COLÉGIO AGRÍCOLA DE VERANÓPOLIS TOPOGRAFIA Aula 1 Prof. Eng. Agr. Bernardo Tedesco 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google