A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Meio Ambiente Água nosso tesouro azul Qual é a primeira coisa que você faz ao acorda? Muitos começam dando graças a DEUS por mais um dia. Todos, com.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Meio Ambiente Água nosso tesouro azul Qual é a primeira coisa que você faz ao acorda? Muitos começam dando graças a DEUS por mais um dia. Todos, com."— Transcrição da apresentação:

1

2 Meio Ambiente

3 Água nosso tesouro azul

4 Qual é a primeira coisa que você faz ao acorda? Muitos começam dando graças a DEUS por mais um dia. Todos, com certeza, vão ao banheiro e recebem o bom dia da água. A água diz bom dia quando sai da torneira da pia mas ninguém escuta. Será que daqui para frente, ao lavar o rosto ou tomar banho, você vai ouvir e agradecer a bênção da água? Talvez você já olhe a água com um novo respeito, agora que sabe que ela é a mesma do tempo dos dinossauros – e que só existe 1% de água apropriada para uso humano no planeta. Mas.... Você já se perguntou quanto trabalho é preciso para produzir a magia de fazer com quem a água chegue limpinha aí na sua casa, sem cheiro, sem cor, sem gosto ruim?

5 O que aconteceria, caso a água viesse s falta por tempo indeterminado? Tente imaginar. Você acorda, abre a torneira e... Nada. Nenhuma gota em sua casa, na de seus vizinhos e em sua cidade. Nas prateleiras dos supermercado, o aviso: Água – estamos em falta. Não sabemos quando vamos receber! Quantos dias você e sua família suportaria essa situação? Como a sua vida do dia-a-dia seria alterada? Não é à toa que a água vem sendo chamada de ouro azul. Mas só quando ela falta, reconhecemos que é o nosso bem mais precioso. O que aconteceria...

6 Que futuro você quer criar? Estamos em Devido à poluição das fontes e rios, a quantidade de água disponível para beber, lavar e cozinhar diminuiu muito. Água é agora artigo de luxo, com preço que poucas pessoas podem pagar. As doenças e mortes causadas pela água contaminada aumentaram a um nível insuportável. Os hábitos das pessoas mudaram da água para o vinho, ou melhor, da água para a seca...Nada de banhos. É preciso raspa a cabeça para ficar menos sujo. Alimentos, só sintéticos. Garotas de 20 aparentam 50 anos, pois a pele, sem água, resseca e enruga mais cedo. Respirar é difícil: a falta de árvores diminuiu o oxigênio. Este cenário é de assustar, não é? Calma! Esse pesadelo pode ser evitado. A decisão é nossa. Podemos pertencer à geração que acabou por destruir o planeta. Ou à geração que mudou os maus hábitos de desperdício e descaso – e salvou a Terra. O futuro pode ser de rios limpos, matas verdes e ar puro. Você decide!

7 Ciclo da água

8 A irrigação começou a ser utilizada em antes de Cristo, no Iraque (antiga Mesopotâmia) e no Egito. Os bandeirantes usavam escavadas em um único tronco de peroba, que media 17 metros de comprimento por quase dois de largura. Essa canos podiam transportar até 60 toneladas de carga. Foram os chineses que há mais de 2000 anos, inventaram o vaso sanitário. A primeira represa de água foi construída no Egito em antes de Cristos. A primeira estação de tratamento de água foi construída na Inglaterra, em A ducha foi inventada em 1872, por um médico de uma prisão na França. Sua intenção era melhor a higiene dos presos. Tamanduateí, em tupi que dizer rio de muitas voltas. O curso original do rio Tamanduateí explica esse nome. Onde hoje se encontram a avenida São João e o vale do Anhangabaú, o rio Tamanduateí fazia uma curva de sete voltas. Você sabia?

9 Crescer, respeitando a natureza Muitas vezes a água, o solo, as florestas e até os animais são utilizados de acordo com interesses que não têm a ver com a melhoria da qualidade de vida de todos. O ambiente que nos dá a vida é tratado sem cuidado isso acontece, por exemplo, florestas são derrubadas para dar lucro imediato às madeireiras, indústrias jogam seus restos nos rios e os matam porque a instalação de um sistema de pré-tratamento de esgotos aumentaria os custos da produção. O lucro não pode estar acima da saúde e da vida das pessoas. Hoje, sabemos que o desenvolvimento econômico de um país, região ou município ( com a produção de mais alimentos, água encanada e eletricidade, máquinas quem facilitam a nossa vida) pode acontecer sem ameaça o meio ambiente e a nossa própria sobrevivência. Para tanto, os recursos naturais devem ser usados com cuidado, sem abusar. Assim, a natureza tem tempo de ser renovar. Quando a natureza é desrespeitada, muitas ações do homem quem num primeiro momento o beneficiam, acabam prejudicando o próprio homem. VOCÊ ESTÁ SUJANDO A ÁGUA DO MUNDO!!! (Assim, a água limpa vai acabar!)

10 Razões para poupar a nossa água

11 O efeito bumerangue Bumerangue é uma antiga arma australiana que virou brinquedo. Quando atirado no ar, o bumerangue volta para as mãos de quem o jogou. Todo o mal que fazemos à natureza, com a intenção de nos beneficiar, volta para a gente. Por isso falamos em efeito bumerangue. Quer ver só? Usamos os fertilizantes querendo aumentar a produção de alimentos, mas o excesso polui a água dos rios de onde vem a água que bebemos. Usamos venenos para tentar salvar quase um terço da produção agrícola da Terra que é devorada pelos insetos, mas exageramos na doce e os inseticidas contaminam os rios. Quando comemos os peixes, somos nós os contaminados. O segredo é conseguir que o desenvolvimento econômico e o meio ambiente façam as pazes. E isto tem um nome: preservação.

12 Os aquedutos usados para transporte de água no ínicio do século XX seguem o mesmo modelo dos construídos em Roma, antes de Cristo. Doenças como cólera, febre tifóide, disenteria, hepatite e poliomielite são transmitidas pela água contaminada por despejo humanos ou animais. Para produzir um barril de boa cerveja, é necessário a utilização de 1800 litros de água.....O que é pouco quando comparado aos litros de água, gasto na produção de uma tonelada de aço e aos litros de água gastos para se produzir mil quilos de papel.. Se toda a água do planeta fosse dividida entre seus habitantes, cada um teria 8 piscinas olímpica cheias, mas se dividíssemos somente a água potável cada um receberia apenas 5 litros! A cidade de São Paulo acumula mais de 12 mil toneladas de lixo por dia, o suficiente para encher a carroceria de caminhões. Se o Estádio do Morumbi fosse usado como depósito do lixo produzido em São Paulo, ele ficaria cheio de lixo em um semana. Você sabia?

13 A luta pela despoluição dos mananciais Com o crescimento rápido das cidades, até os lugares mais distantes foram ocupados pelas pessoas. Em muitos casos, surgiram loteamentos clandestinos e favelas em áreas como as dos mananciais: grades reservas de água que podem ser usados pelo ser humano para abastecimento, irrigação, pesca, recreação etc. A saúde dos mananciais depende da vegetação quem os cerca. Olha aí o efeito bumerangue: com a ocupação desordenada de regiões de mananciais ( como a represa Billings, a Guarapiranga e a Cantareira, por exemplo), as árvores são derrubadas e o lixo e o esgoto das casas contaminam a água que seria, mais tarde, usada para abastecer a cidade. Com a ajuda da população, a Sabesp está desenvolvendo um série de projetos para recuperar e proteger os mananciais. Na Billings estão sendo tomadas medidas para acabar com a destruição do ambiente. No programa Guarapiranga, o sistema de coleta de lixo foi ampliado e foram afastados os esgotos que poluíam a água. Na Cantareira, estão sendo plantadas novas árvores e os animais estão regressando ao seu habitat.

14 O rio que as crianças do futuro nos emprestaram Entre a máquina do tempo e saia em um domingo na Grande São Paulo, daqui a cem anos. Os moradores da cidade acordam para mais um dia cheio de verde e tranqüilidade. Nas ruas o transporte coletivo corre silencioso e sem causar poluição. Há praças com árvores e pequenos bosques por toda parte, do centro à periferia mais distante. As árvores e a grama q ue crescem às margens do Tietê parecem contentes em receber as pessoas e nadar. No passado, quem via o rio transformado em esgoto não acreditava que um dia ele pudesse reviver. Mas, nos anos 90, os paulistas decidiram: eles queriam devolver às crianças do futuro o rio saudável da época de seus avós. Tudo começou com um documento no qual se cobrava das autoridades a despoluição do Tietê. Todos se uniram, e em alguma décadas, com trabalho, disciplina e vigilância, se conseguiu recuperar o estrago de mais de 60 anos de poluição. Os peixes e a vida voltaram ao Tietê.

15 Você sabia que.... Nesse pinga-pinga... Gotejando, uma torneira chega a um desperdício de 46 litros por dia. Isto é, litros por mês. Ou seja, mais de um metro cúbico por mês - O que significa uma conta mais alta? Um filete de mais ou menos 2 milímetros totaliza litros num mês? E um filete de 4 milímetros, litros por mês de desperdício? Um buraco de 2 milímetros no encanamento pode causar um desperdício de litros por dia, isto é, mais de três caixas d'água?

16 Os tipos de água A água do mar não é igual à do torneira. Isso acontece porque a água contém, misturados, sais minerais, gases, terra, micróbios, restos de animais, vegetais mortos, etc. Devido essa capacidade de dissolver várias substâncias, a água é chamada de solvente universal. Na natureza, encontramos diversos tipos de água, dependendo dos elementos que ela contém. Algumas são ideais para o consumo, enquanto outras são prejudiciais à saúde. Encontramos fontes de água quente e a temperatura ambiente. Existem até certos tipos de água recomendados para tratamento de doenças. Água potável - É o tipo ideal para o consumo(beber, cozinhar). É fresca e sem impurezas. Água poluída - É a água suja ou contaminada, isto é, contém impurezas, micróbios, etc. Água doce - É a água dos rios lagos e das fontes. Água salgada - É a água que contém muitos sais dissolvidos, como a água do mar. Água Destilada- É constituída unicamente hidrogênio e oxigênio. Não existem impurezas e nenhum tipo de sal dissolvido nela. Águas minerais- As águas minerais são assim denominadas porque contêm uma grande quantidade de sais minerais dissolvidos nela. Por isso têm cheiro e sabor diferente da água que chega às nossas casas. Existem diversos tipos de águas minerais.

17 Hábitos mudados, vantagens para todos Se uma pessoa escova os dentes em cinco minutos com a torneira não muito aberta, gasta 12 litros de água (casa)/80 litros (apartamento). No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira, enquanto escova os dentes, e ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 11,5 litros de água (casa)/79 litros (apartamento). Isso pode ser multiplicado pelo número de pessoas na casa e, depois, por 30 dias, para se ter uma idéia da economia.

18 Ao fazer a barba em 5 minutos, com a torneira meio aberta, pode-se chegar a gastar até 12 litros de água (casa)/80 litros (apartamento). Muita água seria economizada colocando um tampão na pia e fazendo do lavatório um tanquinho. Assim o gasto de água para fazer a barba cai para 2 litros.

19 Banho de ducha por 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros (casa)/243 litros (apartamento). Se fechar o registro enquanto se ensaboa, diminuindo o tempo do banho para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros (casa)/81 litros (apartamento). No caso de banho com chuveiro elétrico, também em 15 minutos, com o registro meio aberto, são gastos 45 litros (casa)/144 litros (apartamento). Com os mesmos cuidados que com a ducha, o consumo cai para 15 litros (casa)/48 litros (apartamento).

20 Lavando-se a louça com a torneira da pia meio aberta durante 15 minutos, gastam- se 117 litros de água (casa)/243 litros (apartamento). Medidas práticas para gastar somente 20 litros: 1. Limpe os restos dos pratos e panelas com uma escova e jogue no lixo. 2. Coloque água na cuba até a metade para ensaboar. Enquanto isso, feche a torneira. 3. Coloque água novamente para enxaguar. Lavadora de louças com capacidade para 44 utensílios e 40 talheres (para 6 pessoas), gasta 40 litros (casa e apartamento). Por isso, o ideal é ser utilizada somente quando estiver cheia e não com poucos utensílios.

21 Lavar roupa numa lavadora com capacidade para 5 quilos, gasta 135 litros (casa e apartamento). Melhor seria ter o mesmo procedimento que com a lavadora de louças: só usar a máquina quando estiver com sua capacidade total. Já um tanque com a torneira meio aberta por 15 minutos pode chegar a gastar 279 litros (casa e apartamento). Por isso, o melhor é deixar acumular roupa, colocar a água no tanque para ensaboar, deixando a torneira fechada. Depois, colocar a água para enxaguar. E que tal utilizar a água usada do tanque para lavar o quintal?

22 Vazamento em Torneiras Para se ter uma idéia, no final do mês, sabe quanto você joga fora com aquele pinga-pinga que você nem percebe?

23 Cuidar da sua caixa d'água garante a qualidade da água que você recebe Programe o dia da lavagem da sua caixa d'água. Posicione bem a escada para não correr o risco de escorregar. Inicie com o fechamento do registro da entrada da casa ou amarre a bóia.

24 Utilize a água da caixa com o próprio consumo, antes do dia da limpeza, ou guarde em algum vasilhame para uso durante o período que estiver limpando. Deixe um palmo de água na caixa d'água. Tampe a saída da água para que essa água que ficou no fundo seja utilizada na lavagem e para que a sujeira não desça pelo cano. Lave as paredes e o fundo da caixa com pano úmido, evitando o uso de escova de aço e vassoura. Nunca use sabão, detergente ou outro produto (no caso de caixas d'água de fibra ou cimento, utilize escova de fibra vegetal ou de fio de plástico macio, não utilizando pano úmido).

25 Retire a água da lavagem e a sujeira com uma pá de plástico, balde e panos, deixando-a bem limpa. Utilize panos limpos para secar o fundo, evite passá-los nas paredes. Ainda com a saída da caixa fechada deixe entrar um palmo de altura de água adicione 2 litros de água sanitária e deixe por 2 horas. Com uma brocha, balde ou caneca plástica, molhar as paredes internas com a solução desinfetante. A cada 30 minutos, verifique se as paredes internas da caixa secaram, caso isso ocorra, fazer nova aplicação dessa mistura até completar as 2 horas. Não usar de forma alguma esta água durante 2 horas

26 Passadas as 2 horas, ainda com a bóia da caixa amarrada ou registro fechado, esvazie a caixa abrindo a sua saída. Abra todas as torneiras e acione as descargas (estamos, assim, desinfetando os canos da residência). Essa água poderá ser utilizada para a lavagem de quintais, banheiros e outros pisos. Tampe adequadamente a caixa para que não entre pequenos - animais, insetos ou sujeiras, assim evitará contaminação e transmissão de doenças. Lavar a tampa antes de sua utilização. Anote numa etiqueta auto-adesiva a data da limpeza e cole na caixa.

27 Você sabia que... Há anos, a população mundial correspondia a 3% da população atual, enquanto a disponibilidade de água permanece a mesma? A partir de 1950 o consumo de água, em todo o mundo, triplicou? O consumo médio de água, por habitante, foi ampliado em cerca de 50%? Para cada litros de água utilizada pelo homem resultam litros de água poluída (ONU, 1993)? No Brasil, mais de 90% dos esgotos domésticos e cerca de 70% dos efluentes industriais não tratados são lançados nos corpos d'água? O ser humano pode passar até 28 dias sem comer Mas apenas 3 dias sem água

28 Distribuição da água no corpo humano Curiosa Coincidência Cérebro 75% Pulmões86% Fígado86% Músculos75% Coração75% Rins83% Sangue81%

29 A SITUAÇÃO DA ÁGUA NO BRASIL O Brasil detém 11,6% da água doce superficial do mundo. Os 70 % da água disponíveis para uso estão localizados na Região Amazônica. Os 30% restantes distribuem-se desigualmente pelo País, para atender a 93% da população.

30 A situação da água no mundo º Regiões onde há deficiência de água África: Saara ( km2) - Kalahari ( km2) Ásia: Arábia ( km2) - Gobi ( km2) Chile: Atacama ( km2) Obs: Onze países da áfrica e nove do Oriente Médio já não têm água. A situação também é crítica no México, Hungria, Índia, China, Tailândia e Estados Unidos.

31 Turma da Água

32 Eu sou a Gotilde, a gotinha de água limpa, tratada. Pronta para beber. Adoro frutas, verduras, legumes, mãos limpas, de filtro d'água, banho. Bastante higiene. Mas detesto desperdício de água. Vovó Gota diz que no tempo dela eu não precisaria ser tratada, pois quase todas as gotinhas eram limpas.

33 Oi, eu sou o Pingote, a gotinha suja, vítima da poluição. Eu não gosto de ser sujo, mas, moro ao lado de um rio onde as pessoas vivem atirando lixo. Adoro a Gotilde, mas ela disse que para conseguir namorar com ela, terei que passar por um rigoroso tratamento de água, afinal o amor é puro. Se as pessoas parassem de atirar lixo em mim, eu ficaria limpo naturalmente.

34 Olá amiguinhos, eu sou a Vovó Gota. Sou do tempo que era tudo muito natural, bebíamos da água da fonte, nadávamos no rio Tietê, sem medo de pegar doenças. Hoje anda tudo muito poluído, as pessoas não respeitam a natureza. Mas, isso pode mudar e voltarmos a ter rios limpos, e uma vida como tínhamos antigamente.

35 Eu sou o Tio Clorídio, olá eu vivo quebrando o galho da nossa água, evitando que ela tenha bactérias que façam mal a nossa saúde. Mas não posso trabalhar em excesso senão também faço mal a saúde.

36 Helôu. Eu sou Jack Environment, sou filho de americanos, meus amigos na escola me chamam de Jaque Meio Ambiente. Meu ídolo é o Dexter do Cartoon, porque também sou um cientista como ele. Sei tudo sobre a água. vocês sabiam que o corpo humano é composto de 70% de água. Tenho muito medo de pegar Dengue, Cólera, Esquistossomose, essas doenças que vim com a água poluída. Confesso que sou um pouco hipocondríaco. Mas nunca se sabe.

37 Oi!!! Nós somos os PEsT, e não somos maus. Nós vivemos para embalar, proteger água mineral, refrigerantes, sucos e outros líquidos. Nós só causamos problemas depois que tomam o nosso líquido e nos jogam na natureza, aí nós viramos fera, entupimos tudo, causamos enchentes, viramos vilões. Mas se nos recolhem e nos reciclam, nós nos transformamos em outros objetos, continuamos a sermos bonzinhos como éramos antes.

38 Falta de Água limpa Falta de água limpa atinge mais de um bilhão de pessoas. É isso mesmo: um bilhão de pessoas. É o que diz o alerta feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) durante o Dia Mundial da Água. A organização alerta que esse número pode dobrar até 2025, quando dois terços da população mundial pode estar sofrendo com problemas ligados à escassez de água limpa. Atualmente, 2,6 bilhões de pessoas - metade da população dos países em desenvolvimento - vivem em locais sem condições básicas de saneamento. Os problemas relacionados à falta de acesso à água adequada matam mais de 1,6 milhões de pessoas todos os anos. Segundo a OMS, 90% das mortes ocorrem entre crianças menores de cinco anos, principalmente em países mais pobres. E mais, segundo a diretora-geral da OMS, Margareth Chan, Para cada criança que morre, inúmeras outras sofrem de problemas de saúde, produtividade reduzida e perda de oportunidades de educação. Ou seja, tratar de meio ambiente, de cuidar da água da planeta, evitando sua escassez e contaminação por poluentes deixa de ser um daqueles anseios de ambientalistas fervorosos para ser algo que afeta a cada um nós, cidadãos desse país, chamado Terra.

39 Você saiba? Uma descarga sanitária gasta aproximadamente 12 litro de água; aproximadamente 230 por dia ; Uma lavagem de roupa á máquina consome Aproximadamente 130 litro de água; Durante 15 minutos com a mangueira aberta pode se gastar até 280 litro de água; Que são gastos para lavar um carro por meia hora 260 litro de água; Lavar a calçada com mangueira, por 15 minutos se gasta 280 litros de água; Escovar os dentes por 5 minutos com a torneira aberta gasta-se 12 litros de água;

40 Poluição da Água "Em 1998, morrem 36 em cada grupo de 1000 crianças brasileiras, em muitos casos devido a diarréias e outras doenças disseminadas pelo líquido contaminado. Não desperdiço ar água e trata-lá antes do consumo é uma questão vital."

41 POLUIÇÃO DA ÁGUA. A contaminação da água pode se dar através da falta de saneamento básico, lixo, agrotóxicos e outros materiais. Com isso pode ocorrer doenças e mortes. Esse tipo de dano ambiental provoca graves doenças nas pessoas e animais, manifestando-se com mais gravidade em pessoas com baixa resistência, como crianças e idosos, assim como a agonia de animais e do próprio rio, lago ou mar com o recebimento de resíduos orgânicos que por sua vez se multiplicam. A proliferação desses microorganismos acaba por diminuir a quantidade de oxigênio na água levando a morte de peixes, plantas aquáticas, animais das margens e a morte de rios e lagos. Muitas vezes com a contaminação dos peixes, as pessoas que consomem esses peixes acabam causando graves doenças nas pessoas e até mesmo a morte.Algumas doenças transmitidas diretamente pela água poluída: cólera, tifo, hepatite, paratifóide, poliomielite entre outros. São transmitidas indiretamente: esquistossomose, fluorose, malária, febre amarela, dengue, tracoma, leptospirose, perturbações gastrintestinais, infecções nos olhos, ouvidos, garganta e nariz. Sabe-se que uma pessoa é formada por 70% de água e precisa repor 2,5 litros de água diariamente (deve beber 1,5 litros e ingerir 1 litro por meio de alimentos hidratados).

42 Ao redor das grandes cidades pode-se notar os efeitos da poluição sobre o equilíbrio biológico dos rios e lagos. Alguns rios jamais conseguem livrar-se dos detritos por que eles são lançados as suas águas numa quantidade e velocidade superior a sua capacidade de decompôs-los e torna-los inofensivos. Os tipos de fontes poluidoras da água são bem conhecido por todos, são eles: agrotóxicos (adubos e fertilizantes), inseticidas usado nas lavouras, esgoto doméstico (falta de saneamento básico), poluentes não-degradáveis, os industriais que lançam nos rios vários resíduos de indústrias de produtos alimentícios, metalurgias, processamento de carvão, papel e celulose, vidro, couro, fábrica testeis, usinas de açúcar, álcool, água aquecida no processo de refrigeração de refinarias, siderúrgicas, navios petroleiros, etc. Assim como o de drenagem de minas que diluem na água elementos perigosos como metais pesados (mercúrio, chumbo, alumínio, zinco, etc). Essas contaminações podem causar graves danos ao solo e por vez ao lençol subterrâneo.

43 Onde jogar o óleo das frituras em casa ? Mesmo que não façamos muitas frituras, quando o fazemos, jogamos o óleo na pia ou por outro ralo, certo? Este é um dos maiores erros que podemos cometer. Por que fazemos isto, perguntam vocês. Porque infelizmente ninguém nos diz como fazer, ou não nos informamos. Sendo assim, o melhor que tem a fazer é colocar os óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico (por exemplo, as garrafas pet de refrigerantes), fecha-las e coloca-las no lixo normal (ou seja, o orgânico). Todo lixo orgânico que colocamos nos sacos vai para um local onde são abertos e tirados. Assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local adequado, em vez de irem juntamente com os esgotos para uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), e ser necessário depender milhares de reais a mais para o seu tratamento. UM LITRO DE ÓLEO, CONTAMINA CERCA DE 1 MILHÃO DE LITROS DE ÁGUA o equivalente ao consumo de uma pessoa no período de 14 anos. De nada adianta criticar os responsáveis pela poluição da Baía da Guanabara (RJ), rio Paraíba (PB), Bacia do Tietê (SP) etc.... Se não fizermos a nossa parte será muito difícil. Só o homem degrada o meio ambiente. Só o homem pode recupera-lo.

44 Curiosidades sobre o Aquecimento Global º 2 a 4,5 °C. De acordo com estimativas feitas pelo painel intergovernamental de mudança climática, esse é o aumento que deve sofrer a temperatura média global até o final deste século. (A previsão foi revista em Setembro de Anteriormente, a gama prevista era de 1,4 a 5,8 °C.) º quilômetros quadrados. Todo ano, áreas desse tamanho transformam-se em deserto devido à falta de chuvas. º 40% das árvores da Amazônia podem desaparecer antes do final do século, caso a temperatura suba de 2 a 3 graus. º metros. Foi o comprimento que o glacial Gangotri (que tem agora 25 km), nos Himalaias, perdeu em 150 anos. E o ritmo está acelerando. º 750 bilhões de toneladas. É o total de CO2 na atmosfera hoje. º Cientistas calculam que, quando chegarmos a esse ano, milhões de pessoas que vivem em deltas de rios serão removidas, caso seja mantido o ritmo atual de aquecimento. º a calote polar irá desaparecer por completo dentro de 100 anos, de acordo com estudos publicados pela Nacional Sachetimes de New York em Julho de 2005, isso irá provocar o fim das correntes marítimas no oceano atlântico, o que fará que o clima fique mais frio, é a grande contradição o aumento de temperatura esfria. º o clima ficará mais frio apenas no hemisfério norte, quanto ao resto do mundo a temperatura média subirá e os padrões de secas e chuvas serão alterados em todo o planeta. º o aquecimento da terra e também outros danos ao ambiente está a fazer com que a seleção natural vá a um ritmo 50 vezes mais rápido do que o registrado à 100 anos. º de 9 a 58% das espécies em terra e no mar vão ser extintas nas próximas décadas, segundo diferentes hipóteses

45 Padrão de cores AZUL: papel/papelão; VERMELHO: plástico; VERDE: vidro; AMARELO: metal; LARANJA: resíduos perigosos; PRETO: madeira; BRANCO: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde; ROXO: resíduos radioativos; MARROM: resíduos orgânicos; CINZA: resíduo geral não reciclável ou misturado, ou contaminado não passível de separação.

46 O que é o lixo? A palavra lixo, derivada do termo latim lix, significa "cinza". No dicionário, ela é definida como: - sujeira, imundice, coisa ou coisas inúteis, velhas, sem valor. Lixo, na linguagem técnica, é sinônimo de resíduos sólidos e é representado por materiais descartados pelas atividades humanas. Desde os tempos mais remotos até meados do século XVIII, quando surgiram as primeiras indústrias na Europa, o lixo era produzido em pequena quantidade e constituído essencialmente de sobras de alimentos. A partir da Revolução Industrial, as fábricas começaram a produzir objetos de consumo em larga escala e a introduzir novas embalagens no mercado, aumentando consideravelmente o volume e a diversidade de resíduos gerados nas áreas urbanas. O homem passou a viver então a era dos descartáveis em que a maior parte dos produtos desde guardanapos de papel e latas de refrigerante, até computadores são inutilizados e jogados fora com enorme rapidez. Ao mesmo tempo, o crescimento acelerado das metrópoles fez com que as áreas disponíveis para colocar o lixo se tornassem escassas. A sujeira acumulada no ambiente aumentou a poluição do solo, das águas e piorou as condições de saúde das populações em todo o mundo, especialmente nas regiões menos desenvolvidas. Até hoje, no Brasil, a maior parte dos resíduos recolhidos nos centros urbanos é simplesmente jogada sem qualquer cuidado em depósitos existentes nas periferias das cidades.

47 A questão é: o que fazer com tanto lixo? Felizmente, o homem tem a seu favor várias soluções para dispor de forma correta, sem acarretar prejuízos ao ambiente e à saúde pública. O ideal, no entanto, seria que todos nós evitássemos o acúmulo de detritos, diminuindo o desperdício de materiais e o consumo excessivo de embalagens. Nos últimos anos, nota-se uma tendência mundial em reaproveitar cada vez mais os produtos jogados no lixo para fabricação de novos objetos, através dos processos de reciclagem, o que representa economia de matéria prima e de energia fornecidas pela natureza. Assim, o conceito de lixo tende a ser modificado, podendo ser entendido como "coisas que podem ser úteis e aproveitáveis pelo homem". Do livro "Lixo - De onde vem? Para onde vai?" de Francisco Luiz Rodrigues e Vilma Maria Gravinatto - Ed. Moderna

48 Conheça as classificações do lixo Lixo urbano. Formado por resíduos sólidos em áreas urbana, inclua-se aos resíduos domésticos, os efluentes industriais domiciliares (pequenas industria de fundo de quintal) e resíduos comerciais.

49 Lixo domiciliar. Formado pelos resíduos sólidos de atividades residenciais, contém muita quantidade de matéria orgânica, plástico, lata, vidro.

50 Lixo comercial. Formado pelos resíduos sólidos das áreas comerciais Composto por matéria orgânica, papéis, plástico de vários grupos.

51 Lixo público. Formado por resíduos sólidos produto de limpeza pública (areia, papéis, folhagem, poda de árvores).

52 Lixo especial. Formado por resíduos geralmente industriais, merece tratamento, manipulação e transporte especial, são eles, pilhas, baterias, embalagens de agrotóxicos, embalagens de combustíveis, de remédios ou venenos.

53 Lixo de serviço de saúde. Os serviços hospitalares, ambulatórias, farmácias, são geradores dos mais variados tipos de resíduos sépticos, resultados de curativos, aplicação de medicamentos que em contato com o meio ambiente ou misturado ao lixo doméstico poderão ser patógenos ou vetores de doenças, devem ser destinados a incineração.

54 Lixo espacial. Restos provenientes dos objetos lançados pelo homem no espaço, que circulam ao redor da Terra com a velocidade de cerca de 28 mil quilômetros por hora. São estágios completos de foguetes, satélites desativados, tanques de combustível e fragmentos de aparelhos que explodiram normalmente por acidente ou foram destruídos pela ação das armas anti-satélites.

55 Lixo radioativo. Resíduo tóxico e venenoso formado por substâncias radioativas resultantes do funcionamento de reatores nucleares. Como não há um lugar seguro para armazenar esse lixo radioativo, a alternativa recomendada pelos cientistas foi coloca-lo em tambores ou recipientes de concreto impermeáveis e a prova de radiação, e enterrados em terrenos estáveis, no subsolo.

56 Lixo industrial. Nem todos os resíduos produzidos por industria, podem ser designados como lixo industrial. Algumas industrias, do meio urbano, produzem resíduos semelhantes ao doméstico, exemplo disto são as padarias; os demais poderão ser enquadrados em lixo especial e ter o mesmo destino.

57 Lixo atômico. Produto resultante da queima do combustível nuclear, composto de urânio enriquecido com isótopos atômico 235. A elevada radioatividade constitui um grave perigo à saúde da população, por isso deve ser enterrado em local próprio, inacessível.

58 Como organizar um programa de coleta seletiva em condomínios? Não existe metodologia única para organizar um programa de coleta seletiva em condomínios. De modo geral, os passos a serem seguidos são: mobilizar o maior número possível de moradores, demonstrando a importância da iniciativa e informando-lhes como participar; definir os tipos de materiais recicláveis que serão coletados (jornais, papéis, papelão, vidro, plástico, alumínio, etc), tendo sempre em vista a demanda de mercado existente nas proximidades, pois essa preocupação viabilizará um fluxo constante de saída (venda), evitando o acúmulo excessivo dos materiais coletados por falta de "escoamento"; definir a estrutura operacional do sistema, sempre considerando 3 fases, ou seja, coleta, estocagem e venda (ou doação).

59 Estudo encontra método econômico para reciclagem de PET A flotação é uma maneira eficiente e econômica de separar o plástico PET do plástico PVC. Após mais de dois anos de experimentos em laboratório, a engenheira Gisela Ablas Marques verificou a eficiência dessa técnica, utilizada desde o início do século em minérios. (Foto: Na flotação, PET e PVC devem estar picados em flocos de 4,7 a 3,3 milímetros). O PET, usado em garrafas de refrigerantes, embalagens e tecidos, possui alto valor no mercado de recicláveis, perdendo apenas para o alumínio. A dificuldade em separa-lo do PVC - aplicado em encanamentos e embalagens - é um dos principais empecilhos à sua reciclagem. Naturalmente hidrofóbicos (repelentes à água), os plásticos não afundam durante a flotação, mesmo alguns deles sendo mais densos que a água. A técnica consiste em modificar as propriedades de um dos tipos de plástico para que ele possa ser `molhado` pela água e afundar. Assim, o PET e o PVC misturados, já picados e lavados, são colocados em solução aquosa com o surfactante (tipo de reagente), que faz com que um deles possa ser molhado pela água e deprimido enquanto o outro flutua com a fixação de bolhas em sua superfície. Até então, a separação entre os dois materiais era difícil porque suas densidades são muito próximas. `Por intermédio da ação do surfactante foi possível mudar a superfície do PET fazendo com que ele apresentasse maior afinidade pela água que o PVC. Desse modo, conseguimos flotar o PET e deprimir o PVC`, explica Gisela Marques. Ela variou o surfactante e o espumante (substância para ajudar a `prender` o plástico flotado na superfície). Também trabalhou com diferentes níveis de acidez da solução e tamanhos dos flocos de plástico. Assim, a engenheira chegou a uma fórmula ideal: a solução deve ser básica, de pH 12. O surfactante escolhido foi o Lignosulfonato de Cálcio (LCa) e o espumante foi o Metil Isobutil Carbinol (MIBC). Os materiais devem ser moídos em flocos de plástico de 4,7 a 3,3 milímetros. O tempo de permanência na solução deve ser de uma hora. `Se deixar durante apenas 10 minutos não dá tempo do surfactante agir sobre a superfície do PET e ambos os plásticos são flotados. Se deixados por duas horas, os dois materiais serão deprimidos e estarão no fundo do recipiente`, conta.

60 Obstáculos - Um dos maiores problemas entre PET e PVC é a `contaminação cruzada`. `O PVC contamina a reciclagem do PET e vice-versa`, afirma Gisela. Segundo ela, uma garrafa de PVC em meio a 20 mil garrafas de PET é o suficiente para inutilizar todo o lote. Além disso, o PVC, em alta temperatura, libera ácido clorídrico, o que corrói o maquinário e provoca defeitos no produto final. A contaminação do PET também pode se dar por tampas, rótulos e adesivos. `Cada um deles é um tipo de plástico diferente, que não pode ser misturado ao PET.` Atualmente, a separação é manual, feita em uma esteira rolante. `O problema é que PVC e PET são parecidos e podem ser confundidos`, relata a engenheira. Segundo Gisela, apesar da contaminação prejudicar a reciclagem, o principal empecilho ao processo ainda é a coleta e a separação dos materiais. `A coleta seletiva de lixo custa cerca de oito vezes mais do que a coleta convencional. O investimento é alto e não existe um retorno a curto prazo, por isso a implementação é difícil`, lamenta. Apesar dos problemas, o Brasil é o segundo país do mundo em reciclagem de plástico PET. `O processo de reciclagem utiliza apenas 10% da energia necessária para a produção do mesmo produto a partir da resina virgem`, lembra Gisela. Ela acredita que, com a flotação, que pode ser implementada em empresas de grande porte, o mercado de reciclagem de plásticos pode se ampliar ainda mais. A dissertação de mestrado Separação de PVC e PET para reciclagem foi apresentado à Escola Politécnica (Poli) da USP, em abril desse ano, sob orientação do professor Jorge Alberto Soares Tenório. O estudo integra o Núcleo de Reciclagem de Resíduos, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Poli. Mais informações.

61 Como formar uma cooperativa de catadores? É necessário que se atendam 3 aspectos: infra-estrutura, mão-de-obra e documentação legal. Infra-estrutura: galpão para recebimento dos materiais recicláveis; equipamentos como balanças, prensas e carrinhos. Mão-de-obra: De modo geral, os cooperados não têm vínculo empregatício com a cooperativa. Os cooperados são, portanto, trabalhadores autônomos, que recebem de acordo com a quantidade de material coletada ou em razão da receita obtida pela cooperativa, rateada em partes iguais entre seus membros. Documentação legal: Com a ajuda de um advogado, os cooperados devem elaborar um estatuto que contenha todas as normas de administração que vão reger a cooperativa. A lei exige um número mínimo de 20 pessoas para se montar uma cooperativa. Também é necessária a inscrição da entidade junto à Prefeitura. Finalmente, as cooperativas também são tributadas, pagando ICMS e IPTU.

62 Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Integrantes: Anderson Dedorah Diego Diogo Reinaldo Sabrina Prof ª: Débora Classe: 2-2NC1


Carregar ppt "Meio Ambiente Água nosso tesouro azul Qual é a primeira coisa que você faz ao acorda? Muitos começam dando graças a DEUS por mais um dia. Todos, com."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google