A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: O IMPERIALISMO NA ÍNDIA E NA CHINA OBJETIVOS ANALISAR O PROCESSO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: O IMPERIALISMO NA ÍNDIA E NA CHINA OBJETIVOS ANALISAR O PROCESSO."— Transcrição da apresentação:

1 EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: O IMPERIALISMO NA ÍNDIA E NA CHINA OBJETIVOS ANALISAR O PROCESSO DE DOMINAÇÃO DA ÍNDIA EXPLICAR OS MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA AO COLONIALISMO OCIDENTAL NA ÍNDIA EXPLICAR OS MECANISMOS DE ABERTURA DA CHINA AO MUNDO OCIDENTAL EXPLICAR OS MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA AO COLONIALISMO OCIDENTAL NA CHINA INTRODUÇÃO: A ÍNDIA DOS PORTUGUESES E A CHINA IMPERIAL

2 Desde a Guerra dos sete anos, os ingleses haviam tomado a Índia aos franceses e a exploravam sob o regime de protetorado A partir de 1848, a introdução de novas estruturas econômicas afetou profundamente os costumes, destruindo a tradicional indústria têxtil indiana, incapaz de concorrer com a produção inglesa de tecidos, e ocasionou a ruína da economia, voltada para a subsistência e para a manufatura Em 1858, os nativos que serviam nos exércitos coloniais, os cipaios, se revoltaram contra o domínio inglês; isso serviu de pretexto para os ingleses incorporarem a Índia ao seu Império, transformando-a em colônia britânica Apesar de tudo, foi durante a dominação inglesa que a Índia obteve sua unidade; a construção de uma ferrovia unificou economicamente o país e a língua inglesa deu unidade a um país com mais de 15 línguas e 845 dialetos Na Índia, o grande líder do movimento de independência foi Gandhi, chamado de Mahatma (grande alma); Gandhi seguia o princípio da não-violência e da desobediência civil, ou seja, a resistência pacífica aos dominadores (boicote aos produtos ingleses e recusa do pagamento de impostos Gandhi iniciou sua luta em 1919; após a Segunda Guerra Mundial, o movimento se intensificou; às vésperas da independência, 150 mil britânicos dirigiam uma multidão de 400 milhões de habitantes – 280 milhões de hindus e 115 milhões de muçulmanos Em 1947, a Inglaterra concedeu a independência ao país; entretanto, diante da rivalidade entre hindus e muçulmanos, repartiu o território em dois países soberanos: Índia e Paquistão CONCLUSÃO: Os dois países tem um conflito pela posse da região da Caxemira

3 Historicamente, os europeus só estabeleceram contato com a China na chegada dos portugueses a Macau, em 1557, mas já no século XVIII, os europeus estavam comprando muito chá, tecidos e seda, produtos muito cobiçados no Ocidente No início do século XIX apenas a cidade de Cantão tolerava a presença dos europeus Interessada em lucrar, a Companhia das Índias Orientais incentivou o consumo do ópio (droga produzida na Índia); mesmo proibido, este comércio aumentou no início do século XIX, graças a mercadores ingleses, que com a conivência do governo britânico, contrabandeavam a droga (chá para os ingleses e drogas para os chineses) Vitoriosos na Guerra do Ópio (1841–1842), os ingleses forçaram a assinatura do Tratado de Nanquim, se apoderando de Hong Kong e abrindo cinco portos do país Em seguida,uma revolta de fanáticos nacionalistas fez a monarquia chinesa recorrer às tropas ocidentais, cedendo em troca concessões e vantagens para os estrangeiros Com 400 milhões de habitantes já em meados do século XIX, o país era um fantástico mercado consumidor Derrotada pelo Japão em 1895 (Ilha de Formosa) e tendo perdido várias áreas para as potências ocidentais, em 1900 a China viu explodir mais uma vez uma revolta contra a presença dos estrangeiros, a Rebelião dos Boxers (nacionalistas radicais) Os atentados contra diplomatas e missionários europeus fizeram-nos se aliar e derrotar os rebeldes, obrigando a China a aceitar exércitos em seu território e a dar liberdade de comércio aos ingleses, alemães, franceses, japoneses e americanos (zonas de influência) Em 1911 ocorreu o fim da Monarquia, sendo proclamada a República chinesa Não se conseguiu, entretanto, um desenvolvimento autônomo chinês, devido à presença internacional imperialista no país, o que foi determinante para a Revolução comunista de Mao Tse tung, em 1949 CONCLUSÃO: Neste local é proibida a entrada de cachorros e chineses

4 ÍNDIA

5

6 IMPERIALISMO MUNDIAL

7 FOME NA ÍNDIA

8 CIPAIOS

9 GUERRA DOS CIPAIOS

10

11 MAHATMA GANDHI

12 GANDHI

13 O TAJ MAHAL

14 ÍNDIA X PAQUISTÃO

15 GUERRA DO ÓPIO

16 EXECUÇÃO DE UM BOXER

17 GUERRA DOS BOXERS

18

19 IMPERIALISMO NA CHINA

20 ZONAS DE INFLUÊNCIA


Carregar ppt "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: O IMPERIALISMO NA ÍNDIA E NA CHINA OBJETIVOS ANALISAR O PROCESSO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google