A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMPOSE: Component Oriented Service Engineering Apresentação dos Feras! Talles Brito Viana Mestrando em Informática – PPGI/UFPB Universidade Federal da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMPOSE: Component Oriented Service Engineering Apresentação dos Feras! Talles Brito Viana Mestrando em Informática – PPGI/UFPB Universidade Federal da."— Transcrição da apresentação:

1 COMPOSE: Component Oriented Service Engineering Apresentação dos Feras! Talles Brito Viana Mestrando em Informática – PPGI/UFPB Universidade Federal da Paraíba - UFPB 9 de Outubro de 2008

2 O que são componentes? Composição permite que coisas pré-fabricadas sejam reusadas ao re-arranjar tais coisas para que sejam criadas novas unidades de composição (componentes!)[ Szyperski ]. Idealmente, componentes são unidades executáveis, independentes de produção, aquisição e distribuição.

3 Analogias comuns!... Componentes de software foram inicialmente pensados de forma análoga aos componentes de hardware em geral (Circuitos Integrados – CI). Já se falou/pensou na idéia deSoftware CI - Software Bus Logo, seria possível seguir tal analogia, e assim fazer software componentizado.

4 Vantagens do uso de componentes! Produzir software do zero é custoso. O uso repetido é a idéia central do reuso ! Após diversas reutilizações, o custo de se fazer um componente (para reuso) torna-se menor do que construir soluções do zero. Software sob medida pode ser demorado de ser produzido em um mundo de mudanças rápidas – outro já fez o que você devia ter feito ! Diferentes componentes de diferentes qualidades (em termos de desempenho, eficiência e outros fatores) podem ter diferentes preços – competitividade!

5 Mas, existem problemas !!!!!!!! ????: Um monte coisas no mundo são orientadas à componentes (principalmente nas outras engenharias), exceto software! [ em 2002, mas hoje creio que ainda não... ] Componentização é uma bem estabelecida disciplina em outras engenharias, mas até [ 2002 ano do Szyperski, mesmo assim, já estamos em 2008 ] ainda não é bem-sucedida no mundo do software. Descrições devem ser cuidadosamente generalizadas para promover reuso em um suficiente número de diferentes contextos. Interoperabilidade: como ser independente de distribuição? Padrões são difíceis de alcançar, pois empresas são competidoras.

6 Mas, existem problemas !!!!!!!! ????: Necessitamos de uma re-organização dos processos. Como reusar componentes de forma sistemática? Onde armazenar componentes? Como encontrar componentes armazenados de forma fácil? Abordagens de componentes têm mais usuários quando é oferecida uma suficiente, grande e variada quantidade de componentes – isto é necessário! Linguagens/métodos/processos orientados à componentes devem permitir que os engenheiros de software resolvam os problemas que encontrarem no seu dia-a-dia.

7 Como resolver tais problemas ? A resposta é: PESQUISA! O COMPOSE é um grupo de pesquisa e desenvolvimento criado em Março de 2005 pelo Professor Doutor Glêdson Elias. O grupo trabalha na área de Engenharia de Software. O grupo é um dos pioneiros no estado da Paraíba a trabalhar com tecnologia de componentes, investigando os benefícios do reuso de software, tais como diminuição de custo de desenvolvimento e aumento na qualidade do software.

8 Nossos Tópicos de Interesse Desenvolvimento Baseado em Componentes Reuso de Software Busca e recuperação de componentes Sistemas de Repositórios de Componentes Processos de Desenvolvimento Arquiteturas Orientadas a Serviços Desenvolvimento Distribuído de Software Middleware Middleware para Dispositivos Móveis Linhas de Produtos...

9 Alguns trabalhos e o que estamos fazendo... OLIVEIRA, João Paulo F.; BRITO, Talles;JÚNIOR, Sebastião Rabelo;ELIAS, G. Um Serviço de Repositório Compartilhado e Distribuído para Suporte ao Desenvolvimento Baseado em Componentes.SBES Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software. João Pessoa - PB, OLIVEIRA, João Paulo F.; BRITO, Talles;OLIVEIRA, Adriana E.; JÚNIOR, Sebastião Rabelo;ELIAS, G. X-CORE: Um Serviço de Repositório Compartilhado e Distribuído de Componentes de Software. Salão de Ferramentas - SBES Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software. João Pessoa - PB, Trabalho Premiado no SBES !... Pesquisando atualmente : Recuperação de componentes: Talles Brito, Thiago Ribeiro e Hugo Nóbrega Middleware para dispositivos móveis + Linhas de produto: Thais Burity e Yuri Morais Desenvolvimento distribuído de software (DDS): Yuri Negócio

10 Mas que ferramentas/tecnologias utilizamos? O que aprender no COMPOSE? No dia-a-dia, aprendemos a usar diversas tecnologias (inclusive de componentes!!, claro) e ferramentas... (algumas consideradas da moda, outras nem tanto..)

11 Mas não é exatamente isso... Os alunos do COMPOSE não são somente programadores/engenheiros, temos que: Pesquisar (Ler muito!). Criar (Pensar muito!). Implementar suas idéias (Programar muito!) Escrever (Fácil? Isso dá um trabalho!). Divulgar (Apresentar, falar em público!). Mestrado (PPGI-UFPB!) (Defender a tese!). Tecnologia é só pra usar... o objetivo é formar alunos pesquisadores !

12 Pré-requisitos: Como entrar no COMPOSE? Pré-requisitos: Saber programar! (tem que saber!) Ser criativo. Ser proativo. Gostar de estudar. Boa capacidade para resolver problemas. Como entrar no COMPOSE? Dúvidas, converse conosco (bata na porta). Mande um currículo (quando aparecer alguma oportunidade avisamos)!

13 Obrigado pela atenção!


Carregar ppt "COMPOSE: Component Oriented Service Engineering Apresentação dos Feras! Talles Brito Viana Mestrando em Informática – PPGI/UFPB Universidade Federal da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google