A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecido Nervoso. Funções do SN: Detectar, transmitir, analisar e utilizar as informações geradas pelos estímulos sensoriais; Organizar e coordenar, direta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecido Nervoso. Funções do SN: Detectar, transmitir, analisar e utilizar as informações geradas pelos estímulos sensoriais; Organizar e coordenar, direta."— Transcrição da apresentação:

1 Tecido Nervoso

2 Funções do SN: Detectar, transmitir, analisar e utilizar as informações geradas pelos estímulos sensoriais; Organizar e coordenar, direta ou indiretamente, o funcionamento de quase todas as funções do organismo.

3 Encéfalo Telencéfalo Diencéfalo Encéfalo Cerebelo Tronco Cefálico Tálamo Hipotálamo Bulbo Mesencéfalo Ponte

4 Medula Espinal

5 Divisão Anatômica do SN SNC: –Encéfalo –Medula Espinal SNP: –Nervos: - Cranianos - Espinhais –Gânglios

6 SN Somático e Autônomo

7 Divisão Funcional do SNP Componente sensitivo Componente motor: –Sistema Somático –Sistema Autônomo

8 Principais componentes do TN: Neurônios Neróglia ou Células da Glia

9 Neurônios: Componentes: Dendritos Corpo Celular ou Pericário Axônio

10 Neurônios Multipolares Neurônios Bipolares Neurônios Pseudo- Unipolares Neurônios: Classificação Morfológica:

11 Neurônios Motores Neurônios Sensoriais Neurônios de Associação ou Interneurônios Neurônios: Classificação Funcional:

12 Corpo Celular RER cisternas Corpúsculo de Nissl (cisternas + ribossomos) AG Mitocôndrias Neurofibrilas (MO); Microtúbulos, Neurofilamentos e microfilamentos (ME) Inclusões grânulos de Melanina Lipofucsina ferro gotículas de lipídios grânulos de secreção

13 Dendritos Não apresenta AG Gêmulas ou espinhas 200 terminações de axônios dendritos de 01 célula de Purkinje

14 Axônio Cone de Implantação Segmento Inicial Telodendro

15 Movimento de moléculas e organelas através dos axônios Fluxo Anterógrado (quinesina) organelas, vesículas, macromoléculas (actina, miosina, e clatrina) e enzimas necessárias a síntese dos neurotransmissores Fluxo Retrógrado (dineína) blocos para construção de proteínas, blocos de neurofilamentos, subunidades de microtúbulos, enzimas solúveis e materiais captados por endocitose (p. ex., vírus e toxinas)

16 Sinapse Terminal pré-sináptico fenda sináptica terminal pós-sináptico

17 Sinapse (Neurotransmissores e Neuromoduladores) Pequenas moléculas transmissoras: - acetilcolina - aminoácidos: glutamato, aspartato, glicina e GABA - aminas biogênicas: serotonina, dopamina, noradrenalina e adrenalina -Neuropeptídios: - Peptídios opióides: encefalinas e endorfinas -Peptídios gastrointestinais: substância P, neurotensina e peptídio intestinal vasoativo (VIP) - Hormônios hipotalâmicos liberados: hormônio liberador de tirotrofina e somatostatina - Hormônios liberados e armazenados pela neuro-hipófise: ADH e oxitocina -Gases: - NO e CO

18 Tipos de Sinapse Axodendrítica Axossomática Axoaxônica Dendrodendrítica Células Efetoras

19 Células da Neuróglia Oligodendrócitos Células de Schwann Astrócitos Micróglia Células Ependimárias

20 Sistema Nervoso Periférico: Nervos Gânglios Terminações Nervosas

21 Fibras Nervosas: Amielínicas Mielínicas

22 Nervos: Epineuro Perineuro Endoneuro

23 Nervos: Sensitivos Motores Mistos

24 Gânglios: Gânglios Sensoriais –Gânglios Cranianos –Gânglios Espinhais Gânglios do SNA

25 Sistema Nervoso Central: Substância Cinzenta Substância Branca

26 Substância Cinzenta: Dendritos Corpos de neurônios Porção inicial não mielinizada dos axônios Células da glia

27 Substância Branca: Não possui corpos de neurônios Axônios mielinizados Oligodendrócitos Outras células da glia

28 Córtex Cerebral: Camada Molecular Camada Granulosa Externa Camada Piramidal Externa Camada Granulosa Interna Camada Piramidal Interna Camada Multiforme

29 Córtex Cerebelar: Camada Molecular Camada de Células de Purkinje Camada Granulosa

30 Medula Espinhal: Canal Medular ou Central Cornos Anteriores Cornos Posteriores Sulco Anterior Sulco Posterior

31 Meninges: Dura-máter Aracnóide Pia-máter Espaço Peridural ou Epidural Espaço Subdural Espaço Subaracnóideo (LCR)

32 Plexos Coróides: São dobras da pia-mater Função secretar o LCR

33 Funções do LCR: Proteção do SNC contra traumatismo (coxim); Via de eliminação de produtos do metabolismo do SNC; Defesa contra agentes infecciosos;

34 Uso do LCR para diagnóstico: Infecções Hemorragias Doenças Degenerativas Doenças Neoplásicas

35 Regeneração: Cromatólise Pericário Deslocamento Núcleo Colunas (células de Schwann)

36 Patologias Relacionadas: Meningite Doença de Parkinson Doença de Alzheimer


Carregar ppt "Tecido Nervoso. Funções do SN: Detectar, transmitir, analisar e utilizar as informações geradas pelos estímulos sensoriais; Organizar e coordenar, direta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google