A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Esfoliação Dental 1) INÍCIO - estágios iniciais da erupção dos sucessores permanentes; TÉRMINO DA FORMAÇÃO RADICULAR DECÍDUA - 1,5 anos após irromper (todos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Esfoliação Dental 1) INÍCIO - estágios iniciais da erupção dos sucessores permanentes; TÉRMINO DA FORMAÇÃO RADICULAR DECÍDUA - 1,5 anos após irromper (todos."— Transcrição da apresentação:

1 Esfoliação Dental 1) INÍCIO - estágios iniciais da erupção dos sucessores permanentes; TÉRMINO DA FORMAÇÃO RADICULAR DECÍDUA - 1,5 anos após irromper (todos os dentes decíduos estão com suas raízes completas por volta dos 3-4 anos de idade); - a reabsorção da raiz dos decíduos inicia-se 3 anos antes da esfoliação.

2 Esfoliação Dental 2) TOPOGRAFIA DA RIZÓLISE -Incisivos e caninos: inicio por lingual/palatal; por lingual/palatal; -molares decíduos: inicio na região interradicular, na região interradicular, por apical. por apical.

3 Esfoliação Dental 2) CARACTERÍSTICA CÍCLICA - períodos ativos e inativos (repouso, reparativo); - ativo: períodos menos duradouros; - inativo: ocorre reparação de cemento e LPD.

4 Esfoliação Dental 3) HISTOLOGIA - odontoclastos (3-8 núcleos); - Remoção do tecido pulpar: pelos macrófagos e fibroblastos. - Tecido de reparo (só formado por cementoblastos): semelhante ao cemento celular, podendo causar anquilose dental.

5 Esfoliação Dental 3) Taxa de formação dental de permanente Etapas anuais do permanente Etapas da formação coronal do permanente Início da erupção Irrupção

6 Esfoliação Dental 3) HISTOLOGIA - potencial da reparação pulpar: raiz decídua completa 1,5 anos após irrupção; - relação entre decíduo e permanente: para cada terço formado de raiz do permanente reabsorve-se um terço da raiz do decíduo. - relação entre decíduo e permanente: para cada terço formado de raiz do permanente reabsorve-se um terço da raiz do decíduo. 1 ano

7 Esfoliação Dental 3) Relação decíduo x permanente

8 Esfoliação Dental 4) MECANISMO DA ESFOLIAÇÃO - pressão como fator principal (presença do sucessor); - pressão como fator principal (presença do sucessor); - Alteração no rítmo: forças oclusais, necrose pulpar e inflamação da polpa. - Alteração no rítmo: forças oclusais, necrose pulpar e inflamação da polpa. - Ausência de sangramento: epitélio recobre o tecido mole abaixo do dente em esfoliação. - Ausência de sangramento: epitélio recobre o tecido mole abaixo do dente em esfoliação.

9 Esfoliação Dental 4) MECANISMO DA ESFOLIAÇÃO - Apoptose: morte celular programada na ausência do sucessor; - REMANESCENTES DAS RAÍZES DOS DECÍDUOS: reabsorção ou inclusão.

10 Esfoliação Dental 5) INFRA-OCLUSÃO - F alha em manter a posição relativa com os dentes adjacentes; - F alha em manter a posição relativa com os dentes adjacentes; - acomete mais molares decíduos; - acomete mais molares decíduos; - causas: genéticas e alterações degenerativas do periodonto; - causas: genéticas e alterações degenerativas do periodonto; - Associada com a anquilose (união entre dentina/ cemento e osso alveolar); - Associada com a anquilose (união entre dentina/ cemento e osso alveolar); - Polpa: calcificações e fibrose. - Polpa: calcificações e fibrose. - Tratamento: proservação e avaliação, restauração da face oclusal, luxação dental e extração.


Carregar ppt "Esfoliação Dental 1) INÍCIO - estágios iniciais da erupção dos sucessores permanentes; TÉRMINO DA FORMAÇÃO RADICULAR DECÍDUA - 1,5 anos após irromper (todos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google