A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOSAGEM DE CONCRETO MÉTODO ACI/ABCP BIBLIOGRAFIA Método de dosagem de concreto de elevado desempenho – Vitervo OReilly Díaz – Editora PINI Fabrico e Propriedades.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOSAGEM DE CONCRETO MÉTODO ACI/ABCP BIBLIOGRAFIA Método de dosagem de concreto de elevado desempenho – Vitervo OReilly Díaz – Editora PINI Fabrico e Propriedades."— Transcrição da apresentação:

1 DOSAGEM DE CONCRETO MÉTODO ACI/ABCP BIBLIOGRAFIA Método de dosagem de concreto de elevado desempenho – Vitervo OReilly Díaz – Editora PINI Fabrico e Propriedades do Betão – Vol. II – A. de Souza Coutinho Edições LNEC/Portugal Concreto de Alto Desempenho – Editora PINI Dosagem experimental do concreto – Ronaldo Tartuce - Edições PINI

2 diâmetro máximo agregado graúdo; módulo de finura dos agregados; massa específica dos agregados; espaçamento das armaduras; tipo de exposição do concreto (durabilidade) resistência à compressão pretendida; trabalhabilidade desejada; consumo de cimento; tipo de cimento (curva de Abrahms; relação a/c. Dosagem é função de:

3 fcj = fck + 1,65 Sd - onde S d = desvio padrão - é possível definir com exatidão o valor do S d através da expressão S d = K n x S n que é baseada em controle de qualidade realizado na própria obra Tensão característica de dosagem (fcj) Rigoroso4,0 MPa Razoável5,5 MPa Regular7,0 MPa n Kn1,351,301,251,201,10

4 Dimensão característica máxima (Dmáx) Inferior a: - 1/4 da menor distância entre faces formas - 1/3 da espessura da laje - 5/6 da distância entre duas barras horizontais - 1/2 da distância entre barras verticais - 1/4 do diâmetro da tubulação de bombeamento

5 Trabalhabilidade do concreto Adotar abatimento tronco de cone (SLUMP) Fator água cimento (a/c) Bolomey propõe: f c28 = R c28 ( a/c – 0,5) 1,5 Fundação5 ± 1 cm Estrutural6 ± 1 cm Bombeável9 ± 1 cm Concreto aparente8 ± 1 cm Viga muito delgada11 ± 1 cm

6

7

8 Fator água cimento (a/c) ABCP propõe:

9 Consumo de água do concreto (C a )

10 C = C a a/c (varia entre 200 a 500 kg/m 3) Consumo de agregado graúdo (C b ) C b = V c x M c ( expresso em kg/m 3 ) Consumo de cimento (C)

11

12 COMPACTAÇÃO e I.S.C. energia equivalente ao Proctor Intermediário - valores de I.S.C médios de 60% - sem expansão - quando feita dosagem de solo-escória, valores subiram para 120%. DOSAGEM MARSHALL: dosagem para mistura betuminosa a quente com avaliação de resistência ao desgaste por abrasão, adesividade ao ligante, teor de vazios da mistura, relação vazios/betume, estabilidade e fluência; - resultados encontrados equivalentes os CBUQ confeccionados com agregados naturais. Resultados dos ensaios

13 A escória de alto forno resfriada ao ar, sob ponto de vista tecnológico e de suas propriedades físicas e químicas, pode ser considerada uma fonte de agregados para utilização em camadas de pavimentos, desde melhoramentos do sub-leito até mesmo na fabricação de misturas betuminosas. Se devidamente beneficiada, pode suprir todos os tipos agregados: graúdos e/ou miúdos. Conclusões


Carregar ppt "DOSAGEM DE CONCRETO MÉTODO ACI/ABCP BIBLIOGRAFIA Método de dosagem de concreto de elevado desempenho – Vitervo OReilly Díaz – Editora PINI Fabrico e Propriedades."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google