A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FRATURAS DIAFISÁRIAS DOS OSSOS DA PERNA Transposição Muscular Transposição Muscular.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FRATURAS DIAFISÁRIAS DOS OSSOS DA PERNA Transposição Muscular Transposição Muscular."— Transcrição da apresentação:

1

2 FRATURAS DIAFISÁRIAS DOS OSSOS DA PERNA Transposição Muscular Transposição Muscular

3 FRATURAS DO TRONOZELO As fraturas do tornozelo são estudadas com lesão maleolares e do pilão e a relação com os ligamentos do tornozelo envolvidos que estabilizam a articulação As fraturas do tornozelo são estudadas com lesão maleolares e do pilão e a relação com os ligamentos do tornozelo envolvidos que estabilizam a articulação Deve-se observar o sistema maléolos navicular. Deve-se observar o sistema maléolos navicular.

4 FRATURAS DO TRONOZELO Fratura exemplo Fratura exemplo

5 FRATURAS DO TRONOZELO Diagnóstico : Clínica, exame físico, e o diagnóstico é feito por imagem radiológicas Diagnóstico : Clínica, exame físico, e o diagnóstico é feito por imagem radiológicas

6 FRATURAS DO TRONOZELO Tipos de Fraturas Tipos de Fraturas

7 FRATURAS DO TRONOZELO Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos: Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos:

8 FRATURAS DO TRONOZELO Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos: Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos:

9 FRATURAS DO TRONOZELO Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos: Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos:

10 FRATURAS DO TRONOZELO Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos: Tipos de Fraturas e fixações: Placas e parafusos:

11 FRATURAS DO PILÃO TIBIAL Tratamento Ilisarov:

12 Fraturas do Pé Fraturas do pé ocorrem no retro pé (calcaneo) ante pé ( escafoide, cunhas) e pé metatarsos e falanges Fraturas do pé ocorrem no retro pé (calcaneo) ante pé ( escafoide, cunhas) e pé metatarsos e falanges

13 Fraturas do Pé Fraturas do Navicular: Sempre cirurgicas quando atingem a articulação e desviadas. Fraturas do Navicular: Sempre cirurgicas quando atingem a articulação e desviadas. Trauma direto o mecanismo da fratura, e a clinica é de não deambular, edema, equimose e dor, além da impotência funcional. Trauma direto o mecanismo da fratura, e a clinica é de não deambular, edema, equimose e dor, além da impotência funcional. Demais ossos do ante pé tem a mesma semelhança e indicação, porém o mecanismo de fratura se associa uma rotação. Demais ossos do ante pé tem a mesma semelhança e indicação, porém o mecanismo de fratura se associa uma rotação.

14 Fraturas do Pé Fraturas dos metatarsianos e falanges: Fraturas dos metatarsianos e falanges: Metatarsos: Normalmente conservadores seu tratamento quando não ocorrem a queda do eixo plantar transverso( queda do ângulo da cabeça dos metatarsos ) ou desvios rotacionais grosseiros. Metatarsos: Normalmente conservadores seu tratamento quando não ocorrem a queda do eixo plantar transverso( queda do ângulo da cabeça dos metatarsos ) ou desvios rotacionais grosseiros. Mecanismo é um trauma direto, podendo ser por torção. Mecanismo é um trauma direto, podendo ser por torção. Clínica: Edema, dor, I. Funcional, (não deambula) Clínica: Edema, dor, I. Funcional, (não deambula) Tratamento: Conservador, cirurgico (osteossínteses:Placas e fios) Tratamento: Conservador, cirurgico (osteossínteses:Placas e fios)

15 Fraturas do Pé Fraturas dos metatarsianos e falanges: Fraturas dos metatarsianos e falanges: Fratura específica de metatarso mais comuns: Fratura por arrancamento após torção do pé, da base do Quinto Metatarsiano, pela ação da contratura do músculo fibular longo. Fratura específica de metatarso mais comuns: Fratura por arrancamento após torção do pé, da base do Quinto Metatarsiano, pela ação da contratura do músculo fibular longo. Tratamento: conservador, ou cirurgico dependendo da diastase dos fragmentos Tratamento: conservador, ou cirurgico dependendo da diastase dos fragmentos

16 Fraturas do Pé Fraturas dos metatarsianos e falanges: Fraturas dos metatarsianos e falanges: Das Falanges: Quando não articulares tratamento conservador, e cirúrgico quando articulares, Das Falanges: Quando não articulares tratamento conservador, e cirúrgico quando articulares, Mecanismo: Trauma direto Mecanismo: Trauma direto Clínica: Dor, edema, equimose e I.Funcional Clínica: Dor, edema, equimose e I.Funcional Tratamento: Splints de esparadrapos, ou cirúrgicos: fios e parafusos Tratamento: Splints de esparadrapos, ou cirúrgicos: fios e parafusos


Carregar ppt "FRATURAS DIAFISÁRIAS DOS OSSOS DA PERNA Transposição Muscular Transposição Muscular."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google