A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hino número 301 do Hinário Crer e Observar 1. Em Jesus confiar, Sua lei observar, Oh, que gozo, que bênção, que paz! Satisfeitos, guardar tudo quanto ordenar,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hino número 301 do Hinário Crer e Observar 1. Em Jesus confiar, Sua lei observar, Oh, que gozo, que bênção, que paz! Satisfeitos, guardar tudo quanto ordenar,"— Transcrição da apresentação:

1 Hino número 301 do Hinário Crer e Observar 1. Em Jesus confiar, Sua lei observar, Oh, que gozo, que bênção, que paz! Satisfeitos, guardar tudo quanto ordenar, Alegria perene nos traz! CORO: Crer e observar, Tudo quanto ordenar; O fiel obedece, Ao que Cristo mandar. 2. O inimigo falaz e a calúnia mordaz, Cristo pode desprestigiar; Nem tristeza, nem dor, nem a intriga maior, Poderão ao fiel abalar. 3. Que alegria sem-par, que prazer singular, Tem o crente zeloso e leal! A Jesus contemplar, com Jesus sempre andar, Que consolo constante e real! 4. Resolutos, Senhor, e com fé, zelo e ardor, Os Teus passos queremos seguir; Teus preceitos guardar, o Teu nome exaltar, Sempre a Tua vontade cumprir.

2 Hino número 302 do Hinário Minha Oração 1. Mais força me inspira, mais ódio ao mal, Mais calma nas lutas, mais alto ideal; Mais fé no meu Mestre, mais dedicação, Mais gozo em servi-Lo, mais consagração. 2. Mais justo me faze, mais sábio, Senhor; Mais firme na Causa, com zelo e fervor; Mais reto na vida, mais triste ao pecar; Um filho submisso, mais pronto em amar. 3. Mais puro me faze, mais santo em Jesus; Mais de Sua graça, mais perto da cruz; Mais rica esperança, mais fé e poder, Pra sempre servir-Te e Te obedecer.

3 Hino número 303 do Hinário Se Cristo For Comigo 1. Por vales de aflições, se preciso for passar, Ou mesmo se feliz, sempre em paz puder andar, Bem sei, seguro estou, se ao sol ou sombra vou; Na luz ou nas trevas, irei com Jesus. CORO: A todo! lugar eu irei, com Jesus; Seguindo Sua lei, do Céu eu terei a santa luz, É meu privilégio levar a Sua cruz; Irei, pois, a todo lugar, com Jesus. 2. Se as novas do evangelho for meu dever levar Ao pecador perdido, nas trevas a vagar; Se é que me toca a mim pregar a Cristo assim, Se Ele me guia, irei com Jesus. 3. Se a minha sorte for mesmo em casa a cruz levar, Quando outros a proclamam em terras de além-mar, Se fico, pois, ou vou, contente sempre estou, Pois sempre contigo, eu tenho a Jesus.

4 Hino número 304 do Hinário Vêem os Outros Cristo em Ti? 1. Estamos nós tão perto do Salvador, No jazer, no estudo ou quando em labor, Que em nós se aviste, brilhando em luz, A imagem de Jesus? CORO: Vêem os outros Cristo em mim? Vêem os outros Cristo em ti? É sincero o teu amor por Jesus, o Salvador? Vêem os outros Cristo em ti? 2. Temos nós amor puro e divinal Pelos pecadores no lodaçal? Damos-lhes a mão, custe o que custar, Para assim os resgatar? 3. Como livro aberto nos hão de ler, Contemplando, assim, nosso proceder, Hão de ser levados a Cristo amar, Ou a Ele abandonar?

5 Hino número 305 do Hinário O Teu Querer 1. Imploro a Ti o Teu poder Senhor Jesus, meu Salvador! Que eu cumpra aqui, em meu viver, O Teu querer, e com fervor. CORO: Que eu cumpra só o Teu querer, Disposto, assim, a obedecer; Que eu siga aonde me guiar O Teu querer, o Teu mandar. 2. Ao sobrevir tribulação, Se aflito estou, opresso em dor, Refúgio vou buscar, então, No Teu querer, ó Salvador. 3. E lá no Céu, quando eu chegar, E meu Jesus então eu vir, Exclamarei sem hesitar. "O Teu querer eu vou cumprir."

6 Hino número 306 do Hinário Diz, Senhor 1. Ouve o Senhor a Ti chamando: "Queres hoje, tu, servir a Mim? Queres trabalhar pelos perdidos?" Ouve o Senhor falar assim. CORO: Diz, Senhor! Diz, Senhor, O que devo eu aqui fazer! Diz, Senhor! Diz, Senhor! Eis-me aqui, eu irei responder. 2. Os perdidos deste mundo clamam. Ouve o suplicar do sofredor! Cristo hoje está te convidando, Para ser obreiro de valor. 3. O Senhor te chama com ternura; Ouve Sua voz a suplicar. Vem a Ele unir-te no serviço, Sim, buscando almas pra salvar.

7 Hino número 307 do Hinário Cristo nos Conclama 1. Cristo nos conclama para trabalhar, Úteis para a causa, sempre até voltar. Nesta guerra santa temos um quinhão: Aos que estão perdidos proclamar perdão. CORO: Sempre orando, vigiar, Com fervor, até do Céu Jesus voltar. Com trabalho e oração Vai, enfim, raiar a nossa redenção. 2. Contra o vil pecado, contra Satanás, Sempre declarando guerra, e nunca paz. Vamos aos perdidos logo proclamar, Que inda tempo existe, Cristo os quer salvar. 3. Breve o tempo passa, logo vem o fim; Ouvem-se ao longe, toques de clarim; Eis que o Mestre volta, volta para dar, Aos que O aceitarem, gozo e paz no lar.

8 Hino número 308 do Hinário Brilha no Meio do Teu Viver 1. Não somente pra fazer um feito singular É mister agir com muito ardor, Mas também as coisas simples para executar, Deves fazê -Ias com fervor. CORO: Brilha no meio do teu viver, Brilha no meio do teu viver, Pois talvez algum aflito possas socorrer; Brilha no meio do teu viver 2. Oh, talvez alguma vida possas alegrar Com palavras doces, em amor; Ou então algumas almas tristes alcançar Com a mensagem do Senhor. 3. Ao redor, oh, quantas almas vivem a sofrer, Em angústia, em densa escuridão, À espera de alguém que venha lhes valer, E que lhes queira dar a mão.

9 Hino número 309 do Hinário Vamos à Colheita 1. Ceifeiros somos nós, fiéis, Ceifando para o Rei dos reis Os frutos prontos pra colher, Que em derredor se estão a ver. Assim, ao nosso Salvador, Rendemos preito de louvor, Ao nosso Mestre, lá no Céu, Que sobre a cruz por nós morreu. CORO: Vamos já obedecer; vamos à colheita! Para quando anoitecer, ver a obra feita. Pouco tempo ainda há, breve o prazo acabara, Breve, breve, breve acabara. 2. Nós trabalhamos por Jesus, Que para os campos nos conduz; E se os obreiros poucos são, Ociosos não fiquemos, não! Ainda há campos pra ceifar, Que muitos frutos devem dar. Não ouves Cristo perguntar: Quem quer por Mim ir trabalhar? 3. As horas vão passando já, O dia em breve findará, Conosco toma o teu lugar, E por Jesus vem trabalhar! Por que ocioso ainda estás, Se a noite logo enfrentarás? Tu queres fruto ao Céu levar, Ou folhas só apresentar?

10 Hino número 310 do Hinário O Mestre Chama 1. Já os campos da seara, Têm o trigo a madurar! O Senhor procura obreiros, Eis que O ouço a me chamar! CORO: Eis que O ouço a me chamar, Eis que O ouço a me chamar! O Senhor procura obreiros, Eis que O ouço a me chamar! 2. Cristo, amigo dos perdidos, Esta ovelha quis buscar. Hoje, aos outros quer que eu busque, Eis que O ouço a me chamar! 3. Eu me entrego ao Seu serviço,Sigo aonde me mandar. São mui poucos os obreiros, Eis que O ouço a me chamar!

11 Hino número 311 do Hinário Dai-nos Luz 1. Uma voz ressoa, num geral clamor: Dai-nos luz, dai-nos luz! Os milhões em trevas, cheios de pavor, Pedem luz, pedem luz! CORO: Dai-nos luz, a mui gloriosa luz, De perdão, de paz e amor! Dai-nos luz, a tão preciosa luz, De Jesus, o Salvador! 2. Ansiamos vida, paz, consolação: Dai-nos luz, dai-nos luz! Se é por Cristo só que Deus nos dá perdão, Dai-nos luz, dai-nos luz! 3. Sim, por toda parte deve reluzir, Essa luz de Jesus, Que ilumina a estrada que temos de seguir. Dai-nos luz, dai-nos luz! 4. Eia, pois, ó crentes, todo o mundo enchei,Dessa luz de Jesus! Aos milhões sem Cristo sem tardar erguei, Essa luz de Jesus!

12 Hino número 312 do Hinário Havemos de Colher 1. Semeemos todos a semente santa, Desde a madrugada até o anoitecer; Calmos, aguardando o tempo da colheita, Quando alegremente havemos de colher. CORO: Havemos de colher! Havemos de colher! Oh! quão jubilosos, havemos de colher! Havemos de colher! Havemos de colher! Messes abundantes havemos de trazer! 2. Mesmo quando seres maus e perniciosos, Querem a semente boa destruir, Vamos semeando, sempre satisfeitos, Pois colheita santa havemos de fruir. 3. Eia, pois, obreiros, semeai, ousados, A semente viva da verdade e luz; Proclamando Cristo, Seu poder e glória, Salvação perfeita que alcançou na cruz!

13 Hino número 313 do Hinário A Grande Comissão 1. Eis os milhões que em trevas e pecado,, Jazem perdidos, sem o Salvador! Oh, quem irá as novas proclamando, Que Deus, em Cristo, salva o pecador? CORO: "Todo o poder o Pai Me deu, Na Terra como lá no Céu! Ide, pois, e anunciei o evangelho, E eis-Me convosco sempre!" 2. Portas abertas eis por todo o mundo! Crentes em Cristo, a graça proclamai! E na peleja unindo as vossas forças, Da escravidão os povos libertai. 3. "Ó, vinde a Mim", divina voz proclama. Vinde, clamai em nome de Jesus! Pra nos salvar da perdição eterna, Seu sangue derramou por nós na cruz. 4. Ó Deus, apressa o dia tão glorioso, Em que os remidos todos se unirão Num coro excelso, santo e jubiloso, E para sempre glória a Ti darão!

14 Hino número 314 do Hinário Guarda, Faz Troar ao Longe 1. Guarda, faz troar ao longe, O clarim da redenção! Quem ouvir e arrepender-se, Há de obter o galardão. CORO: Faz vibrar por toda parte, Sim, por toda terra e mar, A trombeta do evangelho, Para o pecador salvar. 2. Toca, pois, por sobre os montes, Faz vibrar até o sertão; Chama, assim, os pecadores, Para herdar a salvação. 3. Faz soar a alegre nova: "Vinde ao real festim!" Sim, a vós, que estais aflitos, Cristo diz: "Ó, vinde a Mim!"

15 Hino número 315 do Hinário Hoje Ajuda a Alguém 1. Lança os olhares em tomo de ti, Sim, ajuda hoje a alguém! Sê um auxílio ao teu próximo ali, Sim, ajuda hoje a alguém! CORO: Sim, ajuda hoje a alguém, Demonstra-lhe amor também; Remove o temor e promove o amor, Oh, sim ajuda hoje a alguém. 2. Muitos aguardam Palavras de amor, Sim, ajuda hoje a alguém! Inda que seja pequeno o favor, Sim, ajuda hoje a alguém! 3. Muitos têm cargas pesadas demais, Sim, ajuda hoje a alguém! Quantos sucumbem em seus tristes ais! Sim, ajuda hoje a alguém! 4. Muitos da vida cansados estão, Sim, ajuda hoje a alguém! Muitos procuram obter salvação, Sim, ajuda hoje a alguém!

16 Hino número 316 do Hinário Não me Falaram de Cristo 1. Não te importa se algum dos amigos morrer Sem saber do convite de Cristo? Deixas que no juízo ele venha a dizer. "Não, jamais me falaram de Cristo?" CORO: "Não me falaram de Cristo! Não me falaram de Cristo! Tantos vi que salvou, mas ninguém se importou De falar-me da graça de Cristo!" 2. Não te importa que as almas, preciosas a Deus, Oh! não sejam levadas a Cristo? Pois dirão quando o Mestre vier lá dos Céus: "Não, jamais nos f alaram de Cristo!' 3. Não te cales, irmão, pede a Deus direção, Para dar testemunho de Cristo; Pra ninguém no juízo exclamar com razão: "Não, jamais me falaram de Cristo!"

17 Hino número 317 do Hinário Sobre o Altar 1. Se anelas a paz, ter mais fé e poder, E louvor a Jesus queres dar; Poderás descansar, Sua benção obter, Se tua vida estiver sobre o altar. CORO: Ó, entrega-te, pois, ao serviço de Deus, Consagra-Lhe teu coração. Ele te bendirá, far-te-á descansar, E tua vida será uma canção. 2. Se caminhas com Deus, pelo brilho da cruz, Hás de ter o poder pra vencer; Viverás, pois, feliz, andarás sempre em luz, Ofertando ao Senhor teu viver. 3. Recompensa terás em servir ao Senhor, E em falares do amor de Jesus; Alegria hás de ter, e celeste fervor, E um lugar em Seu reino de luz.

18 Hino número 318 do Hinário Servi Alegremente 1. Ao Mestre alegremente, irmãos, deveis servir; A Cristo, o Rei bendito, com fé deveis seguir. Os Céus e a Terra toda proclamam Seu poder; Milhões alegremente observam Seu querer. CORO: Ao Mestre alegremente, Irmãos, deveis servir; A Cristo, o Rei bendito, Com fé deveis seguir. 2. Ao Mestre alegremente, hosanas entoai; Ao Deus do mundo inteiro, prostrados adorai. Qual rocha inabalável o Seu domínio é; Eterno, incontestável, o Autor da nossa fé. 3. Ao Mestre alegremente, na vossa vida honrai. A vinda dEle ao mundo, depressa proclamai. Com glória e majestade, com Seu poder sem-par, Um reino sempiterno Jesus irá fundar.

19 Hino número 319 do Hinário Mãos ao Trabalho 1. Mãos ao trabalho, jovens, vai já passando o alvor; Vamos enquanto temos nossa vida em flor! Vamos enquanto é dia, com força trabalhar; Eia, que ao vir a noite, não há mais lidar! 2. Mãos ao trabalho, adultos, vamos enquanto há luz; Eia, que já é tempo de servir Jesus! Ide o vigor da vida, todos ao bem votar; Eia, que ao vir a noite, não há mais lidar! 3. Mãos ao trabalho, idosos, breve nos chega o fim; Firmes enquanto a morte não tocar clarim! Vamos, irmãos, à obra, por Cristo trabalhar; Eia, que ao vir a noite, vamos descansar.

20 Hino número 320 do Hinário A Todo Semelhante Meu 1. A todo semelhante meu Contarei que Deus é amor. O mundo desconhece o bem E Jesus, o Redentor. CORO: Falarei de Deus, E do Seu amor. Para o mundo mostrarei Jesus, Com maior fervor. 2. Da eterna graça sem igual Aos perdidos falarei, Guiando-os deste mundo mau Para os pés do amado Rei. 3. Mais vasto que o imenso mar É de Deus o grande amor; Por isso proclamá-lo-ei Para todo pecador.

21 Hino número 321 do Hinário Ao Mundo Vou Contar 1. Ao mundo vou contar que sou cristão; Do amor de Cristo eu vou falar. Ao mundo vou contar que sou cristão, Pois tenho a Cristo no coração. Proclamarei o amor de Cristo, Que me salvou do mundo mau; E eu bem sei que crendo nEle, Terás a paz também que eu encontrei. Ao mundo vou contar que sou cristão; Do amor de Cristo eu vou falar; Que meu viver a Ele eu entreguei, E em Seu caminho, sempre andarei. 2. Ao mundo vou falar que Cristo vem; Sim, vem mui breve, buscar os Seus. Vivamos, pois, em prontidão aqui, E assim iremos morar nos Céus. Quando o Senhor voltar em glória, Com anjos mil, oh, que esplendor! Vai levar os escolhidos, À pátria eternal, que é só de amor! Ao mundo vou contar que sou cristão; Do amor de Cristo eu vou falar. Ao mundo vou contar que sou cristão, Pois tenho a Cristo no coração.

22 Hino número 322 do Hinário No Serviço do Meu Rei 1. Trabalhando por Jesus eu sou feliz, Sou feliz e venturoso. A Seus pés eu minha alma satisfiz, Em Jesus eu sou feliz! CORO: Ao serviço do meu Rei Meus talentos eu darei; Tenho paz e alegria No serviço do meu Rei. 2. Em Jesus sublime paz eu encontrei, Sou feliz e venturoso. E agora em gratidão sempre estarei, No serviço do meu Rei. 3. Esse grande amor eu hei de proclamar, Sou feliz e venturoso; Minha vida a Cristo eu quero consagrar, E com Ele sempre andar.

23 Hino número 323 do Hinário Eis de Cristo a Voz Que Chama 1. Eis de Cristo a voz que chama: "Quem irá a trabalhar?" Os trigais estão maduros, Vamos todos já ceifar. Quanto tempo o Mestre clama! Recompensas nos quer dar. Quem resposta dá ao Mestre: "Eis-me aqui, vou ajudar"? 2. Não podendo em outras terras, A mensagem proclamar, Podes entre os teus vizinhos, O evangelho anunciar. Se não podes, como um anjo, Bem falar e assim pregar, Podes deste amor tão terno, De Jesus testemunhar. 3. Não podendo ser um guarda, Sobre os muros de Sião, Apontando o bom caminho, Que conduz à salvação, Orações fazer tu podes, Podes vir e ofertas dar; Podes ter fidelidade, Com fervor a lei guardar. 4. Sim, enquanto muitos morrem, E o clamor se pode ouvir, Não te eximas, murmurando: "Hoje não, não posso ir." Mãos à obra, não dormites, Mas trabalha com fervor. A Jesus responde agora:"Eis-me aqui, irei, Senhor!"

24 Hino número 324 do Hinário Mãos 1. Estas mãos que Deus me deu, Foram feitas pra servir O vizinho ao lado meu, Que não sabe mais sorrir! Através de minhas mãos, Eu pretendo lhe mostrar O sorriso de Jesus. CORO: Mãos consagradas para a causa em prol do amor; Mãos dedicadas ao serviço do Senhor; Mãos preocupadas em se unir às de Jesus; Mãos que não temem o encontro com a luz. 2. Há no céu, no mar, na flor, Um detalhe de amor; Há também no entardecer, A poesia do nascer! Na beleza natural, Eu contemplo o digital Dessa mão que me criou. 3. Minha mão co'a de Jesus, Vai se unir no ideal De mostrar que a Sua cruz, É um fato bem real. Através dessa união, Eu pretendo a integrarão Com Jesus e com você.

25 Hino número 325 do Hinário As Novas do Evangelho 1. As novas do evangelho, Ressoando estão aqui; Boas novas tão alegres! Elas são pra mim e ti. Assim Deus nos amou, Sim, a cada pecador, Que nos deu Seu Filho amado, Pra sofrer a nossa dor. CORO: "Santa paz e perdão!" São as novas lá dos Céus! "Santa paz e perdão!" Demos glória ao nosso Deus! 2. As novas do evangelho, Anunciam vida e paz, Pois Jesus aos pecadores, Salvação perene traz. É tempo de aceitar, O glorioso Salvador, Poderoso e mui bondoso, Que perdoa o pecador. 3. As novas do evangelho, Levam todos a saber Que perdão e vida eterna, Todos podem receber. É só crer em Jesus, E confiar em Seu amor, Pois na cruz verteu Seu sangue, Para ser o Salvador.

26 Hino número 326 do Hinário Vaso de Bênção 1. Quero ser um vaso de bênção, Sim, um vaso escolhido por Deus, Para as novas levar aos perdidos, Boas novas que vêm lá dos Céus. CORO: Faze-me vaso de bênção, Senhor, Vaso que leve a mensagem de amor! Eis-me submisso pra Teu serviço; Tudo consagro-Te agora, Senhor! 2. Quero ser um vaso de bênção, Para todos os dias fazer, Aos culpados que vivem nas trevas, O perdão de Jesus conhecer. 3. Quero ser um vaso de bênção, Sim, um vaso de bênção sem-par, Avisando que crentes em Cristo, Jubilosos, no Céu hão de entrar. 4. Para ser um vaso de bênção, É mister uma vida real, Uma vida de fé e pureza, Revestida do amor divinal.

27 Hino número 327 do Hinário Mensagem ao Mundo 1. Vamos dar a mensagem ao mundo, Proclamar a história da cruz; História de amor e graça, História de paz e luz, História de paz e luz. CORO: Pois Jesus, nosso Rei, em breve, Voltará Rei dos reis, Senhor; Virá Seu reino de luz fundar, Um reino de paz e amor. 2. Uma voz de advertência ao mundo Deve ser o nosso cantar; Um hino de fé que fale Das bênçãos do amor sem-par, Das bênçãos do amor sem-par. 3. Um dever é levar Cristo ao mundo Como alguém que pode salvar; Que pode afastar pecados E a glória de Deus mostrar, E a glória de Deus mostrar.

28 Hino número 328 do Hinário Ide! 1. Disse Jesus: Ide por todo o mundo, E pregai o eterno dom: A salvação que, com amor profundo, Dá o Deus grandioso e bom; Tendo na cruz a afirmação do amor, Proclamai o dom do Redentor. Ó, conquistai almas perdidas, buscai, O pecador enfermo, quase moribundo! CORO: Vamos, irmãos, levar essa luz ao mundo inteiro! Vamos, irmãos, contar que esse dom é verdadeiro! Vamos, irmãos, pregar mui confiantes no Cordeiro Que na cruz proveu a nossa redenção! 2. Todos unidos neste grande intento, Proclamemos salvação! Sem recuar, sempre mostrando alento, Sim, cumpramos a missão Que o Salvador, Cristo Jesus, nos deu! Ele está também no posto Seu. Diz-nos o Rei: "Sempre convosco estarei." Vamos, irmãos, por Cristo neste pensamento! 3. Firmes, levemos a mensagem santa, Do evangelho de Jesus! Esta mensagem divinal que encanta, E que o pecador conduz; Plena de bênçãos do glorioso Deus, Que redime os escolhidos Seus, Cheia de amor, traz-nos do Céu o fragor Da compaixão de Deus, da graça sacrossanta!

29 Hino número 329 do Hinário Trabalho Cristão 1.Vamos nós trabalhar, somos servos de Deus, Com o Mestre seguir no caminho dos Céus; Com o Seu bom conselho o vigor renovar, E fazer, diligentes, o que Ele ordenar. CORO: No labor, com fervor, A servir a Jesus, Com desvelo e fé e com oração, Até voltar o Redentor! 2. Vamos nós trabalhar, os famintos fartar; Para a fonte do bem os sedentos levar. Só a cruz do Senhor nossa glória será, Pois Jesus salvação pela graça nos dá. 3. Vamos nós trabalhar para Cristo, o Senhor; Contra o reino das trevas será vencedor. E então para sempre exaltado será, Quem real salvação pela graça nos dá. 4. Vamos nós trabalhar ajudados por Deus, Que coroa real nos dará lá nos Céus. Na mansão dos fiéis o descanso será, Pois Jesus salvação pela graça nos dá.

30 Hino número 330 do Hinário Trabalhar e Orar 1. Eu quero trabalhar por meu Senhor, Confiante em Seu poder, em Seu amor; Vou orar e trabalhar, e ocupado sempre estar Na seara do Senhor. CORO: Trabalhar e orar Fielmente na seara do Senhor, Meu anelo é orar e ocupado sempre estar, Na seara do Senhor 2. Eu quero cada dia trabalhar, Escravos do pecado libertar, E levá-los a Jesus, nosso Guia, nossa luz, Na seara do Senhor. 3. Eu quero ser obreiro de valor, Confiante no poder do Salvador, E quem queira trabalhar, achará também lugar Na seara do Senhor.

31 Hino número 331 do Hinário As Searas Maduras 1. Contemplai as searas maduras, Vede os grãos tremulando no ar; Eis a voz do Senhor com ternura, Os fiéis para a ceifa chamar. CORO: Oh! quem, pois, dirá para o Mestre: "Eis-me aqui, eu vou, Senhor!" Oh! quem a ceifar se consagra Com prazer, força e fé, com amor? 2. Do semear já o tempo é passado, E chegou a estação outonal; Eis de Deus o anelante chamado: "Partilhai da colheita final!" 3. Com prazer, afinal, o ceifeiro, Juntamente com o semeador, Receber vai o prêmio do obreiro, Lá no Céu, no eternal lar de amor.

32 Hino número 332 do Hinário Compensa Servir a Jesus 1. Servir a Jesus, que prazer sem igual! NEle há salvação e vida eternal. É só confiar e seguir Sua luz; Compensa servir a Jesus. CORO: Compensa servir a Jesus mais e mais, Compensa, pois bênçãos produz. Seja a senda da glória difícil demais, É prazer, sim, servir a Jesus. 2. Ainda que as sombras nos venham cercar, E espinhos do mal nos possam magoar, O bom Redentor já sofreu sobre a cruz; Compensa servir a Jesus. 3. Compensa servir a Jesus com amor, Embora a sofrer, em lutas e dor; O Mestre com graça nos guarda e conduz; Compensa servir a Jesus.

33 Hino número 333 do Hinário Há um Dever 1. Há um dever que Deus nos confiou: Ir e anunciar Jesus ao pecador, Ir proclamar que já o resgatou, Sim, expandir a fé no Salvador. 2. Não demoreis, o fim se aproximou; Já brilha o céu no alvor da redenção. Ao infeliz que o mal escravizou, Ó, ide já livrar da perdição. 3. Deus vos chamou a fim de trabalhar; Sim é Jesus o nosso Capitão; Graça e perdão deveis anunciar. Quem for fiel, terá o galardão.

34 Hino número 334 do Hinário Sou Peregrino e Forasteiro 1. Sou peregrino e forasteiro, Uma noite aqui demoro e nada mais. Não me detenhas, pois que vou indo, Pra onde há fontes sempre fluindo. CORO: Sou peregrino e forasteiro, Uma noite aqui demoro e nada mais. 2. Oh! quanta glória lá brilha sempre! Lá está meu anelante coração. Aqui no mundo escuro e triste, Eu ando errante, e a dor existe. 3. Lá na cidade pra onde eu sigo, Meu Senhor, sim, meu Senhor é sua luz. Lá não há pranto, não há tristeza, Em tudo há graça, real beleza. 4. Ó terra triste, eu vou deixar-te, Mas um dia voltarás à perfeição. Por Cristo foste criada linda, E restaurada serás ainda

35 Hino número 335 do Hinário Oh! Quão Doces as Novas 1. Oh! quão doces as novas ao triste viajor, Em exílio, distante do lar! Muito em breve virá Jesus Cristo, seu Senhor, E com Ele no reino há de entrar. CORO: Sim, logo vem o bendito Salvador, Vem Seu povo levar para o lar. Peregrinos, breve, hão de ao Céu subir E ao bom Rei, com louvor adorar. 2. Ressurgindo os que dormem, da tumba sairão, Para ver o Senhor regressar. Oh! que encontro feliz os remidos fruirão, Quando Cristo do Céu retomar! 3. Eis que o Éden perdido, de novo surgirá, Ante o toque da mão de Jesus; E do norte e do sul Cristo então recolherá, Os remidos na pátria de luz. 4. Aleluia! Amém! Aleluia ao Rei Jesus! Logo mais estaremos no lar. Muito em breve, do Céu, com poder, em glória e luz, Nós veremos Jesus regressar.

36 Hino número 336 do Hinário Almejo o Lar 1. Almejo o lar, paterno lar amado; De meu Jesus ao peito estar; Bem longe andar do mundo e do pecado, No perenal e doce lar. Com sonhos mil eu comecei na lida, Um só, de todos, resta, em minha vida; Meu peito arde em forte desejar: Almejo o lar, almejo o lar! CORO: Desejo ao lar, desejo ao lar, Desejo ao lar, ao lindo e eterno lar, Saudoso estou e canto em triste exílio: Eu quero ao lar, ao doce lar! 2. Almejo o lar; eu vi, em doce sonho, País melhor, a pátria além; Mansões, jardins, e tudo tão risonho, Refulge à luz, à paz e ao bem! No mundo, aqui, as flores se murcharam, As aves já seu ninho abandonaram, E a alma geme em triste suspirar: Almejo o lar, almejo o lar! 3. Almejo o lar; o barco busca o porto; As águas do regato, o mar. O filho vem da mãe ao seio, absorto; Eu quero ir também ao lar. Em meu viver, em riso ou desventura, Também cantei, e o eco só perdura, Qual triste voz, dolente, a soluçar. Almejo o lar, almejo o lar!

37 Hino número 337 do Hinário Sou Forasteiro Aqui 1. Sou forasteiro aqui, em terra estranha estou, Do reino lá do Céu embaixador eu sou. Meu Rei e Salvador vos manda em Seu amor As boas novas de perdão. CORO: Eis a mensagem que nos deu, Aquele que por nós morreu. Reconciliai-vos já, é ordem que Ele dá, Reconciliai-vos já, com Deus! 2. É ordem do meu Rei que todo pecador, Arrependido já, se volte ao Salvador, E salvação terá, pois Cristo prometeu Dar o perdão, por Seu amor. 3. No meu eterno lar não haverá temor, Nem lutas e aflições, nem mais tristeza ou dor; E os redimidos já, ali receberão As boas-vindas do Senhor.

38 Hino número 338 do Hinário Brilho Celeste 1. Peregrinando pelas montanhas, Dentro dos vales, sempre na luz, Cristo promete nunca deixar-me! "Eis-Me convosco", disse Jesus. CORO: Brilho celeste! Brilho celeste! Enche minha alma, glória de Deus! Aleluia! Sigo cantando, Dando louvores, indo pra os Céus! 2. Se vejo sombras por toda parte, Ao Salvador não hão de ocultar! Pois Cristo é luz que nunca se apaga, Bem ao Seu lado sempre hei de andar. 3. Luzes benditas vão-me guiando Em meu caminho para Sião. Mais e mais perto o Mestre seguindo, Tenho alegria na salvação!

39 Hino número 339 do Hinário Inda é Longe Canaã? 1. O caminho é longo e mau, nossos pés feridos estão; Inda é longe Canaã? Inda é longe Canaã? No deserto anelamos mais e mais Sua proteção Estará inda longe Canaã? CORO: 'Stamos fracos, tão cansados!... Já viajamos por valados, por deserto abrasador! 'Stamos fracos, tão cansados! Estará inda longe Canaã? 2. Nós seguimos, por desertos, o caminho do cristão; Inda é longe Canaã? Inda é longe Canaã? Quantas vezes tem faltado nosso leito, nosso pão. Estará inda longe Canaã? 3. Quanto anseiam nossas almas por um lar de paz e amor! Inda é longe Canaã? Inda é longe Canaã? Onde não há mais pesares, não mais lutas, não mais dor. Estará inda longe Canaã?

40 Hino número 340 do Hinário Saudade 1. Da linda pátria estou mui longe, triste eu estou; Eu tenho de Jesus saudade; quando será que vou?! Passarinhos, belas flores, fazem-me almejar As maravilhas e esplendores do meu celeste lar! 2. Cristo me deu fiel promessa, vem me buscar; Meu coração está com pressa, eu quero já voar. Meus pecados eram muitos, e culpado sou, Mas o Seu sangue põe-me limpo, e para a pátria vou. 3. Qual filho, do seu lar, saudoso, eu quero ir; Qual passarinho para o ninho, eu quero ao Céu subir. É fiel, a vinda é certa; quando, não o sei, Mas Ele me achará alerta; com Ele ao Céu irei!

41 Hino número 341 do Hinário Vinde Fiéis 1. Vinde fiéis, as lutas e o labor, Enfrentai com fervor. Sem timidez, avante, pois, marchai, Só em Deus confiai. Melhor será assim lutar; Cuidados vãos irão passar. Avante pois até vencer, Sem temor! Com prazer! 2. Tendes temor? Pesada é vossa cruz? Contemplai a Jesus! Como esperar a glória conquistar, Sem sair a lutar? Coragem pois tomai então, E ireis sentir de Deus a mão; E em breve assim Jesus dirá: Bem está! Bem está! 3. Logo entrareis no eterno lar de amor, Com Jesus, Salvador. Recebereis eterna vida e paz, Que Jesus sempre traz. Ali então louvor dareis, Em doce voz ao Rei dos reis; E em meio à paz direis também: Glória ao Rei! Glória ao Rei! 4. Mas se afinal a morte nos chamar, Que feliz há de ser Quando Jesus a vida restaurar, Aos fiéis, com poder. Oh, que prazer quando Jesus, Vier dos Céus pra nos buscar! Dirá então ao povo Seu: Vinde ao lar! Vinde ao lar!

42 Hino número 342 do Hinário Grande Comandante 1. Grande Comandante Cristo nos será, Nesta guerra santa à frente marchará; Nunca Suas hostes abandonará; Há de até o fim lutar. CORO: Sempre avante, manda o General. Sempre avante! guerra contra o mal! Firmes, fortes, nunca vacilar! Com Jesus havemos de ganhar! 2. Seu pendão glorioso vamos defender, Hostes inimigas sempre combater; Nosso General por certo irá vencer. Seguiremos a Jesus. 3. Na feroz batalha temos proteção, E afinal, em coro, junto à multidão, Entoaremos todos a real canção, Quando nós chegarmos lá

43 Hino número 343 do Hinário Vamos Batalhar 1. Vamos batalhar, juntos pelejar, Todos a lutar, vamos já. Eis que nosso Rei com as hostes vem Tão glorioso! Quem O vencerá? CORO: Vamos, crentes, vamos já avante, Firmes sempre, com o Rei da paz. Cristo é nosso forte Comandante, Ele é nosso General capaz. 2. Vamos avançar, sem temor alçar, Sim, fazer brilhar nossa luz. Trevas vão fugir, glórias hão de vir, Venham todos aclamar Jesus! 3. Deus, glorioso Pai, sempre à frente vai, Firmes, pois, Lutar com ardor. Quando o fim chegar, findo o batalhar, Vem-nos coroar, por Teu amor!

44 Hino número 344 do Hinário Ó Cristãos, Avante! 1. Ó cristãos, avante! Sem temor marchar! Pela cruz de Cristo, com ardor lutar. Cristo, o nosso Mestre, guia o batalhão; No calor da guerra ergue Seu pendão. CORO: Ó cristãos, avante! Marchar, marchar, marchar! Pela cruz de Cristo, Com ardor lutar! 2. Ó cristãos, avante, contra Satanás! A Jesus seguindo, príncipe da paz. Nunca o inimigo prevalecerá! Com as hostes santas Cristo vencerá! 3. Reinos pereceram, tronos e nações, Mas a Igreja vence, mesmo em aflições. Vamos, pois, avante, com fervor marchar, Rumo para a glória, nosso eterno lar.

45 Hino número 345 do Hinário Lutai por Cristo 1. Lutai, lutai por Cristo! Soldados sois da cruz. Alçai Seu estandarte, fazei brilhar a luz, A fim de que outros vejam o amor que nos conduz À mais feliz vitória, com Deus e com Jesus! CORO: Lutai por Cristo, Soldados sois da cruz! Alçai Seu estandarte, Bem alto deixei brilhar a luz! 2. Estai bem preparados ao toque do clarim; Segui de perto a Cristo, até da luta o fim! As armas empunhando, cobertos de valor; Dispostos, bem ousados, marchai, pois, sem temor! 3. Ó, confiai em Cristo, na Sua proteção, Pois vem o fim da guerra, já vem a redenção! Então, fiéis soldados, em luz resplendereis; No lar do Rei da glória, em paz descansareis.

46 Hino número 346 do Hinário Cristãos, Despertai! 1. Cristãos, despertar e segui ao Senhor; Com fé avançai e lutai com ardor! Segui corajosos sem desfalecer, Até que o Senhor vos conceda vencer. CORO: Sempre lutar! Sim, combater! Te que o Senhor, Vos conceda vencer. 2. O escudo da fé prontamente empunhai; Calçados os pés, nas fileiras entrai.A causa do Mestre deveis defender, Até que o Senhor vos conceda vencer. 3. E seja o que for que tenhais de enfrentar, Atrás não volteis, para não fracassar. Na luta renhida deveis combater, Até que o Senhor vos conceda vencer. 4. Confiai em Jesus, vosso bom General, Que já triunfou sobre as hostes do mal. Só Ele a Seus filhos na luz guiará, E enfim o Senhor a vitória dará.

47 Hino número 347 do Hinário O Pendão Real 1. Um pendão real vos entregou o Rei, A vós, soldados Seus. Corajosos, pois, de tudo o defendei, Marchando para os Céus. CORO: Com valor, sem temor, Por Cristo prontos a sofrer; Bem alto erguei o Seu pendão, Firmes sempre até morrer! 2. Eis que estão formados já os batalhões, Do grande usurpador. Declarai-vos hoje bravos campeões; Avante, sem temor! 3. Quem tiver receio no seu coração, E fraco se mostrar, Não receberá o eterno galardão, Que Cristo tem pra dar. 4. Ó, sejamos todos a Jesus leais, E a Seu real pendão. Os que na batalha sempre são fiéis, Com Ele reinarão.

48 Hino número 348 do Hinário Quantos Fiéis Descansam do Labor 1. Quantos fiéis descansam do labor! Por sua fé, por seu exemplo e amor, A Ti, Jesus, nós damos o louvor. Aleluia! Aleluia! 2. Tu foste a Rocha forte, sem igual, E na batalha, grande General; Nas densas trevas, brilho divinal. Aleluia! Aleluia! 3. Que nós, Senhor, lutemos com valor, Iguais aos santos, nobres, com vigor, Até galgarmos o eternal fulgor. Aleluia! Aleluia! 4. Um mais glorioso dia irá surgir, E os santos todos hão de ao Céu subir. Ao Rei da glória irão, fiéis, servir. Aleluia! Aleluia!

49 Hino número 349 do Hinário Consolação 1. Que consolação tem meu coração, Descansando no poder de Deus! Sigo com prazer neste meu viver, Descansando no poder de Deus. CORO: Descansando, Nos eternos braços do meu Deus, Vou seguro, Descansando no poder de Deus. 2. Sempre avante vou, bem contente estou, Descansando no poder de Deus. Sinto a grande paz que me satisfaz, Descansando no poder de Deus. 3. Lutas hei de ter, mas hei de vencer, Descansando no poder de Deus. Não terei temor, onde quer que for, Descansando no poder de Deus.

50 Hino número 350 do Hinário Eu Pertenço ao Meu Rei 1 – Eu pertenço ao meu Rei, filho sou do Senhor, Nas eternas mansões morarei. Já das glórias ouvi, lá da pátria de amor; Com Seus filhos as desfrutarei. Coro: Eu pertenço ao meu Rei, filho sou do Senhor Ele nunca me esquece, eu o sei. Dar-me-á salvação por Seu grande favor, E na glória perene estarei. 2 - Eu pertenço ao meu Rei, é por mim Seu amor; Sua paz e descanso terei. Seu conforto me vem mitigar qualquer dor; Com amor guardará Sua grei. 4 – Eu pertenço ao meu Rei, a promessa é Real; Salvará os que amarem Sua lei. Junto ao trono de Deus, na cidade eternal, Com os salvos um dia estarei.


Carregar ppt "Hino número 301 do Hinário Crer e Observar 1. Em Jesus confiar, Sua lei observar, Oh, que gozo, que bênção, que paz! Satisfeitos, guardar tudo quanto ordenar,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google