A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina: Construindo um Projeto Pedagógico 42ª Reunião Anual da ABENO Salvador, 25 a 28 de julho de 2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina: Construindo um Projeto Pedagógico 42ª Reunião Anual da ABENO Salvador, 25 a 28 de julho de 2007."— Transcrição da apresentação:

1 Oficina: Construindo um Projeto Pedagógico 42ª Reunião Anual da ABENO Salvador, 25 a 28 de julho de 2007

2 Coordenação: Coordenação: Prof. Léo Kriger Prof. Léo Kriger Profa. Elaine Bauer Veeck Profa. Elaine Bauer Veeck Relatores: Relatores: Prof. Cresus Vinicius Depes de Gouveia Prof. Cresus Vinicius Depes de Gouveia Profa. Efigênia Ferreira e Ferreira Profa. Efigênia Ferreira e Ferreira Profa. Nilce Tomita Profa. Nilce Tomita

3 Tutores: Profa. Ana Cristina Barreto Bezerra Profa. Ana Cristina Barreto Bezerra Prof. Antonio César Perri de Carvalho Prof. Antonio César Perri de Carvalho Prof. Cresus Vinicius Depes de Gouveia Prof. Cresus Vinicius Depes de Gouveia Prof. Ângelo Roncalli de Oliveira Prof. Ângelo Roncalli de Oliveira Prof. Eduardo Gomes Seabra Prof. Eduardo Gomes Seabra Profa. Efigênia Ferreira e Ferreira Profa. Efigênia Ferreira e Ferreira Profa. Hilda Maria Montes de Souza Profa. Hilda Maria Montes de Souza Profa. Isabela Almeida Pordeus Profa. Isabela Almeida Pordeus Prof. Jose Thadeu Pinheiro Prof. Jose Thadeu Pinheiro Prof. Lino João da Costa Prof. Lino João da Costa Profa. Maria Celeste Morita Profa. Maria Celeste Morita Profa. Maria da Gloria Chiarello Matos Profa. Maria da Gloria Chiarello Matos Profa. Maria Ercília Araújo Profa. Maria Ercília Araújo Profa. Nilce Tomita Profa. Nilce Tomita Prof. Orlando Ayrton de Toledo Prof. Orlando Ayrton de Toledo Prof. Sigmar de Mello Rode Prof. Sigmar de Mello Rode

4 DESENVOLVIMENTO DA OFICINA Abertura dos trabalhos Prof. Alfredo Júlio Fernandes Neto Prof. Alfredo Júlio Fernandes Neto Humanização, cidadania e ética no projeto do curso de Odontologia Profa. Mariângela Mattos Profa. Mariângela Mattos Competências e habilidades na formação do cirurgião- dentista Prof. Samuel Jorge Moysés Prof. Samuel Jorge Moysés Estratégias para implementação do projeto pedagógico: vencendo os nós críticos Prof. Rui Vicente Oppermann Prof. Rui Vicente Oppermann DCN – elementos e dados para uma reflexão crítica Prof. Celso Zilbovicius Prof. Celso Zilbovicius

5 Questões norteadoras: Grupos Ímpares Como o moderno conceito de competência e habilidade deve ser utilizado pelas IES na elaboração e implementação dos projetos pedagógicos? Como o moderno conceito de competência e habilidade deve ser utilizado pelas IES na elaboração e implementação dos projetos pedagógicos? Grupos Pares Como implementar a humanização, a cidadania e a ética na estrutura curricular do curso? Como implementar a humanização, a cidadania e a ética na estrutura curricular do curso?

6 Questões norteadoras: Grupos Ímpares Como avançar para sair do estagio de inovação incipiente ou parcial em que se encontra a maioria dos cursos do país? Como avançar para sair do estagio de inovação incipiente ou parcial em que se encontra a maioria dos cursos do país? Grupos Pares Como solucionar o nó crítico que o grupo considera mais relevante? Como solucionar o nó crítico que o grupo considera mais relevante?

7 diagnóstico nós críticos motivação e relacionamento envolvimento e participação capacitação organização PP avaliação multiprofissional P G participação popular diversificação de cenários diagnóstico nós críticos

8 Categoria DIAGNÓSTICO: - identificação de nós críticos, como por exemplo, a presença de uma inversão de valores sociais e familiares. - identificação de nós críticos, como por exemplo, a presença de uma inversão de valores sociais e familiares. - as ações devem partir de um diagnóstico situacional para identificação das deficiências, com a participação de todos os segmentos envolvidos. - as ações devem partir de um diagnóstico situacional para identificação das deficiências, com a participação de todos os segmentos envolvidos.

9 Categoria NÓ CRÍTICO: a) corpo docente. b) critérios de avaliação da produtividade docente com ênfase na publicação. c) ausência de integração vertical horizontal e vertical das disciplinas.

10 Categoria MOTIVAÇAO/RELACIONAMENTO : - utilização de tecnologias leves com ênfase no desenvolvimento das relações interpessoais, na escuta qualificada, acolhimento e prática integrada; - utilização de tecnologias leves com ênfase no desenvolvimento das relações interpessoais, na escuta qualificada, acolhimento e prática integrada; - enfrentar a resistência corporativa utilizando dados científicos provenientes da produção de conhecimentos do próprio local. - enfrentar a resistência corporativa utilizando dados científicos provenientes da produção de conhecimentos do próprio local. - fortalecer os grupos comprometidos com a mudança. - fortalecer os grupos comprometidos com a mudança. - necessidade de sensibilização e humanização dos professores, alunos e funcionários que precisam conhecer as dificuldades e realidades da saúde no Brasil. - necessidade de sensibilização e humanização dos professores, alunos e funcionários que precisam conhecer as dificuldades e realidades da saúde no Brasil.

11 Categoria ENVOLVIMENTO/PARTICIPAÇÃO: - trabalhar em equipe na elaboração do projeto político-pedagógico (PPP): a gestão acadêmica precisa criar espaços e tempos para que o coletivo dos professores possa efetivamente existir. Sem isso não há como se desenvolver o sentimento de pertencimento de grupo e, portanto não há a internalização e a busca de objetivos comuns. Sem isso não há construção e implementação coletiva do projeto pedagógico, mas um modelo de gestão acadêmica em que alguns planejam e outros executam. - trabalhar em equipe na elaboração do projeto político-pedagógico (PPP): a gestão acadêmica precisa criar espaços e tempos para que o coletivo dos professores possa efetivamente existir. Sem isso não há como se desenvolver o sentimento de pertencimento de grupo e, portanto não há a internalização e a busca de objetivos comuns. Sem isso não há construção e implementação coletiva do projeto pedagógico, mas um modelo de gestão acadêmica em que alguns planejam e outros executam.

12 Categoria CAPACITAÇÃO: - criação de um grupo de estudos permanente com representantes dos três segmentos (docentes, discentes e técnicos administrativos) comprometido para operacionalizar a construção, implementação e avaliação do projeto político pedagógico. - criação de um grupo de estudos permanente com representantes dos três segmentos (docentes, discentes e técnicos administrativos) comprometido para operacionalizar a construção, implementação e avaliação do projeto político pedagógico. - apropriação dos novos conceitos de homem e sociedade. - apropriação dos novos conceitos de homem e sociedade. - desenvolver as competências gerais, como a liderança e atualização cultural. - desenvolver as competências gerais, como a liderança e atualização cultural. - estímulo à participação em eventos da área de educação. - estímulo à participação em eventos da área de educação.

13 Categoria ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-PEDAGÓGICA: - processo de contratação de docente valorizando o perfil adequado às habilidades e competências do PPP. - processo de contratação de docente valorizando o perfil adequado às habilidades e competências do PPP. - elaborar um plano de valorização dos profissionais envolvidos, incluindo melhoria salarial e adequação da carga de trabalho. - elaborar um plano de valorização dos profissionais envolvidos, incluindo melhoria salarial e adequação da carga de trabalho. - comprometimento dos gestores das IES com apoio às ações que viabilizem a formação profissional esperada. - comprometimento dos gestores das IES com apoio às ações que viabilizem a formação profissional esperada. - condições físicas adequadas para a recepção e assistência aos usuários. - condições físicas adequadas para a recepção e assistência aos usuários. - acrescentar na anamnese o conhecimento de aspectos sociais do paciente. - acrescentar na anamnese o conhecimento de aspectos sociais do paciente.

14 Categoria DIVERSIFICAÇÃO DE CENÁRIOS DE APRENDIZAGEM: - realização de projetos de extensão e pesquisa que contemplem as necessidades dos serviços e dos usuários do SUS objetivando a mudança do perfil epidemiológico de saúde bucal e melhoria na qualidade de assistência a população. - realização de projetos de extensão e pesquisa que contemplem as necessidades dos serviços e dos usuários do SUS objetivando a mudança do perfil epidemiológico de saúde bucal e melhoria na qualidade de assistência a população. - reconstrução de cenários de aprendizagem com forte influencia dos perfis socioeconômico, cultural e epidemiológico. - reconstrução de cenários de aprendizagem com forte influencia dos perfis socioeconômico, cultural e epidemiológico. - campanhas de saúde em parceria com prefeituras – SUS – e o envolvimento dos docentes, com compromisso de cidadania. - campanhas de saúde em parceria com prefeituras – SUS – e o envolvimento dos docentes, com compromisso de cidadania. - atividades extra-muros integradas ao SUS com a inclusão das outras áreas/disciplinas além da saúde coletiva. - atividades extra-muros integradas ao SUS com a inclusão das outras áreas/disciplinas além da saúde coletiva.

15 Categoria AVALIAÇÃO: - avaliação de desempenho docente, valorizando com a mesma intensidade o ensino, a pesquisa e a extensão. - avaliação de desempenho docente, valorizando com a mesma intensidade o ensino, a pesquisa e a extensão. - incluir avaliação de itens como responsabilidade e participação. - incluir avaliação de itens como responsabilidade e participação. - implantar tutorias para acompanhamento do processo de aprendizagem. - implantar tutorias para acompanhamento do processo de aprendizagem. - construir instrumentos de avaliação para aplicação contínua. - construir instrumentos de avaliação para aplicação contínua. - implementação de avaliação institucional que inclua a auto-avaliação docente e avaliação do docente pelos discentes. - implementação de avaliação institucional que inclua a auto-avaliação docente e avaliação do docente pelos discentes. - valorização do ensino de graduação. - valorização do ensino de graduação.

16 Categoria MULTIPROFISSIONALIDADE: - realização de projetos que levem o estudante ao contato da realidade social da comunidade local iniciando pelas necessidades gerais da população. - realização de projetos que levem o estudante ao contato da realidade social da comunidade local iniciando pelas necessidades gerais da população. - integração multi-áreas, com a presença dos alunos dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Direito, Economia, isto é, entre os cursos que a IES oferece. - integração multi-áreas, com a presença dos alunos dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Direito, Economia, isto é, entre os cursos que a IES oferece. - implementar o PPP, articulado com os diversos cursos da área de saúde, com fundamento na integralidade e nas políticas de saúde e educação. - implementar o PPP, articulado com os diversos cursos da área de saúde, com fundamento na integralidade e nas políticas de saúde e educação.

17 Categoria PARTICIPAÇÃO POPULAR: - participação do usuário na implementação de mudanças. - participação do usuário na implementação de mudanças. - avaliação permanente dos serviços pelos usuários. - avaliação permanente dos serviços pelos usuários. - avaliação permanente dos docentes pelos estudantes. - avaliação permanente dos docentes pelos estudantes.

18 Categoria PÓS-GRADUAÇÃO: - investir nos cursos de pós-graduação, objetivando a formação de docentes capazes de atuar no novo modelo, promovendo sua articulação com os cursos de graduação. - investir nos cursos de pós-graduação, objetivando a formação de docentes capazes de atuar no novo modelo, promovendo sua articulação com os cursos de graduação. - incluir as DCN como conteúdo na estrutura curricular dos cursos de pós-graduação. - incluir as DCN como conteúdo na estrutura curricular dos cursos de pós-graduação. - espaços na pós-graduação para formação do docente humanizado, formando mestres com competências e habilidades pedagógicas, sociais e culturais. - espaços na pós-graduação para formação do docente humanizado, formando mestres com competências e habilidades pedagógicas, sociais e culturais. - apoio a projetos de pesquisa e extensão na área de ensino, valorizando a produção de conhecimento sobre o tema ensino. - apoio a projetos de pesquisa e extensão na área de ensino, valorizando a produção de conhecimento sobre o tema ensino.

19 GRUPO 5:Coordenador: Nelson Loretto - Relator: Marcos Japiassu GRUPO 2:Coordenador: Mariângela Mattos - Relator: Cassiano Rosing GRUPO 7:Coordenador: Camilo Anauate - Relator: Patrícia Suguri GRUPO 6:Coordenador: Helio Sampaio - Relator: Maria Izabel Castro GRUPO 9:Coordenador: Jesus Andreo - Relator: Antonio Carrilho Neto GRUPO 8:Coordenador: Maria Jose Gomes - Relator: Maria Izabel de Abreu GRUPO 11:Coordenador: Sergio D Avila - Relator: Claudia Freitas GRUPO 10:Coordenador: André Passarelli Neto - Relator: Elaine de Assis GRUPO 13:Coordenador: Joel Almeida - Relator: Rosana Barros GRUPO 12:Coordenador: Adriano Lima - Relator: Mauro Prado GRUPO 15:Coordenador: Mario Uriarte Neto - Relator: Fabiana S Neifel GRUPO 16:Coordenador: Maria Ercilia de Araújo - Relator: Cilene Junqueira GRUPO 19:Coordenador: Jayme Bordini Jr. - Relator: Bárbara Pieka GRUPO 18:Coordenador: Arsênio Peres - Relator: Silvia Sales Peres GRUPO 21:Coordenador: Antonio Luiz Costa - Relator: Joaquim da Silva GRUPO 20:Coordenador: Jose Roberto Rodrigues - Relator: Eloa Gazola GRUPO 23:Coordenador: Altair Soares de Moura - Relator: Patrícia Mattos GRUPO 22:Coordenador: Felício Albuquerque - Relator: Elisa Tanaka GRUPO 25:Coordenador: Denis Marcelo Deckhorn - Relator: Alcides Moreira GRUPO 26:Coordenador: Tomaz Wassal - Relator: Viviane Oliveira GRUPO 27:Coordenador: Maria Cinésia Torres - Relator: Ceres M Fontes

20 participação contribuição produto


Carregar ppt "Oficina: Construindo um Projeto Pedagógico 42ª Reunião Anual da ABENO Salvador, 25 a 28 de julho de 2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google