A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Exemplo 1 Bacia do Rio Doce ANÁLISE MORFOMETRICAS DA BACIA DO RIO DOCE COM USO DO SIG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Exemplo 1 Bacia do Rio Doce ANÁLISE MORFOMETRICAS DA BACIA DO RIO DOCE COM USO DO SIG."— Transcrição da apresentação:

1 Exemplo 1 Bacia do Rio Doce ANÁLISE MORFOMETRICAS DA BACIA DO RIO DOCE COM USO DO SIG

2 Informações morfometricas da Bacia do Rio Doce: Localização:86% pertence a Minas Gerais 14% Pertence a Espírito Santo Área = km² Perímetro = 2.848,6 km Comprimento total dos cursos dágua = ,5 km

3 Delimitação da Bacia e Sua Rede de Drenagem

4 Hipsometria estrutura de grade triangularTIN Triangular Irregular Network, localização (x, y) e o atributo z correspondente a elevaçãoO mapa de hipsometria foi gerado utilizando-se a estrutura de grade triangular, mais conhecida como TIN Triangular Irregular Network, que é uma estrutura do tipo vetorial com topologia do tipo nó-arco possibilitando representar uma superfície por meio de um conjunto de faces triangulares interligadas. Para cada um dos três vértices da face do triângulo são armazenadas as coordenadas de localização (x, y) e o atributo z correspondente a elevação principais serrasO mapa hipsométrico permite uma melhor avaliação do comportamento do relevo, observar os limites e a ocorrência das principais serras encontradas no interior da bacia.

5

6 Mapa de Declividade A declividade pode ser conceituada como a inclinação do terreno em relação a um plano horizontal e esta pode ser expressa em percentual ou em graus.

7

8 Tabela 1: Padrões do relevo da Bacia do Rio Doce

9 EXEMPLO 2 Sub-bacia Poço de Pedras do Rio Taperoá

10 Exemplo das Isoietas D (306.7;0) (391.2;D)

11

12 OBRIGADO PELA ATENÇÃO


Carregar ppt "Exemplo 1 Bacia do Rio Doce ANÁLISE MORFOMETRICAS DA BACIA DO RIO DOCE COM USO DO SIG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google