A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tomás de Aquino Escritos Políticos. Determinar onde e sob que formas há um pensamento político em Tomás de Aquino. Não há um tratado sistemático de Filosofia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tomás de Aquino Escritos Políticos. Determinar onde e sob que formas há um pensamento político em Tomás de Aquino. Não há um tratado sistemático de Filosofia."— Transcrição da apresentação:

1 Tomás de Aquino Escritos Políticos

2 Determinar onde e sob que formas há um pensamento político em Tomás de Aquino. Não há um tratado sistemático de Filosofia Política. Escritos políticos – três obras.

3 1. Suma de Teologia Primeira parte da segunda parte, questões 90 a 97. Tratam sobre a lei. Abordam temas de política de forma concisa, mas precisa quanto aos princípios. 2. Exposição da Política de Aristóteles Pode ser complementada mediante o recurso à Exposição sobre a Ética.

4 3. De Regno Não considera todas as formas ou regimes de governo, mas apenas a monarquia ou reino. Além disso, não foi concluída e é incompleta.

5 De Regno Obra inacabada que versa sobre o tema da monarquia. Sua importância é devida ao fato da entrada da Política de Aristóteles no meio intelectual do Ocidente latino. Nela o pensamento político de Tomás segue as teorias políticas de Aristóteles.

6 De Regno [ 1] O problema da autoridade: O governo de uma cidade ou reino, tem a finalidade de conservar a paz e agir de acordo com o bem comum

7 De Regno [2] Regimes de governo: Retoma a divisão clássica dos regimes de governo. Mesmo que a monarquia, dentre as várias formas de governo, seja o melhor regime, Tomás manifesta a sua preferência pelo regime misto, para evitar o abuso de poder.

8 De Regno [3] Problema da tirania: Acerca desse problema, a argumentação de Tomás ocupa a maior parte do escrito. Seu intento é comparar as desvantagens da tirania com os benefícios da realeza.

9 Capítulo I – 1 Argumento da obra [1] Origem do reino [2] O que compete ao ofício do Rei Bases: [a] Escritura; [b] Filosofia; [c] Exemplos.

10 Capítulo II – 2 A vida em sociedade é necessária; A vida em sociedade deve ser governada por alguém

11 Capítulo II - 2 O que é um Rei? Coisas são ordenadas para um fim. É preciso haver um dirigente para atingir o fim. Navio – dirigente Homem – ações – fim (intelecto) Razão = dirige para o fim

12 Capítulo II - 2 Base Aristotélica: Homem = social e político. Vive em comunidade (multidão). Necessidade natural – vida comunitária

13 Capítulo II - 3 Animais: [a] aptidões naturais [b] expressam paixões Homens: [a] precisam de ajuda mútua [b] utilizam a linguagem [c] expressam conceitos

14 Capítulo II - 4 Homem – naturalmente vive em sociedade Próprio – individual = divide Comum = une Multidão – Comum – Direção Superior – inferior = direção Bem Comum: Multidão – Regente

15 Capítulo II - 5 Coisas ordenadas – um fim Reto / Justo = dirige-se ao fim conveniente Fins diferentes: [a] multidão de livres [b] escravos

16 Capítulo II - 5 Se a multidão dos livres é ordenada pelo governante ao bem comum da multidão; Então, o governo é reto e justo.

17 Capítulo II - 5 Se a multidão dos livres é ordenada pelo governante ao bem privado; Então, o governo injusto e perverso.

18 Capítulo II - 6 Formas de Governo: Tirania: Governo de um só que busca seus interesses; Oligarquia: Governo de poucos que oprimem os pobres Democracia: Governo de muitos pobres que oprimem os ricos.

19 Capítulo II - 6 Regimes Injustos – Regimes Justos Tirania – Monarquia Oligarquia – Aristocracia Democracia – Politia

20 Capítulo II - 7 Família – Aldeia – Cidade Cidade = comunidade perfeita Rei: Aquele único que governa para o bem comum a multidão de uma cidade.

21 Capítulo III - 8 Melhor governo é de um único O que mais convém a cidade: [a] ser governada por um; [b] ser governada por muitos Base: finalidade do governo

22 Capítulo III - 8 Governante: Unidade as paz Não delibera pelo fim, mas pelo meio. Útil: o que melhor conduz para o fim Unidade do um Governo de um único

23 Capítulo III - 9 Unidade das coisa naturais Unidade do governo

24 Capítulo IV - 10 Oposição: Tirania Monarquia

25 Capítulo IV - 10 Formas de governo opostas: Graus Politia – Democracia Aristocracia – Oligarquia Reino – Tirania Melhor Pior

26 Capítulo IV - 11 Graus de afastamento do bem comum Governo injusto – bem particular Tirano – governo mais injusto

27 Capítulo IV – 12 – 13 Tirano: Movido pela paixão Não preza ou estima as virtudes entre os súditos Domina pelo estimulo negativo Discórdia interna gera poder Súditos: servis / temerosos

28 Síntese [1] Propósito [2] Necessidade de um rei [3] Unidade de governo - paz [4] Tirania


Carregar ppt "Tomás de Aquino Escritos Políticos. Determinar onde e sob que formas há um pensamento político em Tomás de Aquino. Não há um tratado sistemático de Filosofia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google