A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Pontuação Ensino Propulsor Aula 5: Outros sinais de pontuação Ministrantes: Daniela Gertsch e Juliana Silva Coordenadora: Profª Me. Maria Helena.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Pontuação Ensino Propulsor Aula 5: Outros sinais de pontuação Ministrantes: Daniela Gertsch e Juliana Silva Coordenadora: Profª Me. Maria Helena."— Transcrição da apresentação:

1 Oficina de Pontuação Ensino Propulsor Aula 5: Outros sinais de pontuação Ministrantes: Daniela Gertsch e Juliana Silva Coordenadora: Profª Me. Maria Helena Albé

2 Outros sinais de pontuação... Ponto e vírgula, dois-pontos, reticências, travessão, parênteses, aspas e barra oblíqua.

3 Ponto e vírgula ; Para assinalar uma pausa maior do que a da vírgula, praticamente uma pausa intermediária entre o ponto e a vírgula. a) separar orações coordenadas que tenham um certo sentido, ou aquelas que já apresentam separação por vírgula: Criança, foi uma garota sapeca ; moça, era inteligente e alegre ; agora, mulher madura, tornou-se uma doidivanas.

4 Ponto e vírgula ; b) separar vários itens de uma enumeração. Art O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola ; II - liberdade de aprender, de ensinar, de pesquisar e de divulgar o pensamento, a arte e o saber.

5 Ponto e vírgula ; separar orações coordenadas adversativas e conclusivas, com a conjunção deslocada (contudo, entretanto, porém, portanto todavia, pois, por conseguinte etc.). A mercadoria chegou ontem; será, no entanto, descarregada segunda-feira.

6 Dois-pontos : Os dois-pontos são empregados em: a) uma enumeração:... Rubião recordou a sua entrada no escritório do Camacho, o modo por que falou : e daí tornou atrás, ao próprio ato. Estirado no gabinete, evocou a cena : o menino, o carro, os cavalos, o grito, o salto que deu, levado de um ímpeto irresistível... (Machado de Assis)

7 Dois-pontos : b) uma citação: Visto que ela nada declarasse, o marido indagou : - Afinal, o que houve? c) um esclarecimento: Joana conseguira enfim realizar seu desejo maior : seduzir Pedro. Não porque o amasse, mas para magoar Lucila.

8 NOTA A invocação, em correspondência (social ou comercial), pode ser seguida de dois-pontos ou de vírgula: Querida amiga : Prezados senhores,

9 Reticências... São empregadas para: a) assinalar interrupção do pensamento: - Bem; eu retiro-me, que sou prudente. Levo a consciência de que fiz o meu dever. Mas o mundo saberá... (Julio Diniz)

10 Reticências... b) indicar partes que são suprimidas de um texto: O primeiro e crucial problema de linguística geral que Saussure focalizou dizia respeito à natureza da linguagem. Encarava-a como um sistema de signos... Considerava a linguística, portanto, com um aspecto de uma ciência mais geral, a ciência dos signos... (Mattoso Câmara Jr.)

11 Reticências... c) marcar aumento de emoção: As palavras únicas de Teresa, em resposta àquela carta, significativa da turvação do infeliz, foram estas: "Morrerei, Simão, morrerei. Perdoa tu ao meu destino... Perdi- te... Bem sabes que sorte eu queria dar-te... e morro, porque não posso, nem poderei jamais resgatar-te. (Camilo Castelo Branco)

12 Cuidado! Nem sempre três pontos são reticências. O pontilhado, que é usado para suprimir parte de uma frase ou de um texto em citação direta, não faz parte dessa categoria. Enquanto as reticências se prendem às palavras, os pontilhados mantêm um espaço depois deles.

13 Travessão – Emprega-se o travessão para: a) indicar a mudança de interlocutor no diálogo: - Que gente é aquela, seu Alberto? - São japoneses. b) substituir: * os parênteses: O real – disse o presidente – é uma moeda forte.

14 Travessão – * as vírgulas: Na última reunião – que aconteceu no mês passado – estabeleceu-se que os gerentes fariam relatório semestral. * os dois-pontos: Os funcionários têm nova determinação – antes de sair do trabalho, devem passar por uma vistoria.

15 Travessão – c) ligar palavras ou grupos de palavras que formam um "conjunto" no enunciado: A ponte Rio - Niterói está sendo reformada. O triângulo Paris - Milão - Nova York está sendo ameaçado, no mundo da moda, pela ascensão dos estilistas do Japão.

16 Parênteses () Para separar palavras ou frases explanatórias intercaladas: Fez-lhe tanto bem aquela notícia da promoção (há muito tempo a aguardava), que resolveu fazer uma festa. para referências: ( CEGALLA, 2008, p. 63 )

17 Parênteses () para indicar data: Segundo Cegalla (2008)... Para substituir, às vezes, a vírgula ou o travessão: Ora (direis) ouvir estrelas... (Olavo Bilac)

18 Aspas duplas antes e depois de uma citação textual: O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso. (Mário Quintana) em palavras ou expressões estrangeiras, termos da gíria, nomes de obras de arte ou publicações em geral, ou grifam-se com negrito, itálico, sublinhado etc. : O réveillon foi muito animado. A notícia foi dada pelo Jornal do Brasil.

19 Aspas simples Quando a palavra ou expressão ocorrer dentro de um texto já escrito entre aspas: O gerente ameaçou: o funcionário que disser não tive tempo! não será promovido.

20 Barra Oblíqua / Para separar o fim de números de telefones diferentes: /34/35/36 para marcar uma relação de oposição: A relação custo/benefício da compra deste software não vale a pena.

21 Barra Oblíqua / Em períodos que abarcam uma parte do ano e outra parte do segundo, como nos anos escolares: O ano acadêmico de 2009/2010. Obs.: quando se trata de dois anos completos ou de um período de vários anos, usa-se travessão: O programa para já foi aprovado (de 1.º de janeiro de 2011 a 31 de dezembro de 2012).

22 Barra Oblíqua / para indicar uma repartição, um departamento, uma seção, um setor dentro de um todo maior. A ordem dos elementos é do menor para o maior: Receberemos, na próxima semana, um representante do DAU/SEC para orientações. (Departamento de Assuntos Universitários/Secretaria de Educação)

23 Referências CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. – 48ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, PEZZINI, Anete Amorim; VIER, David; VEPPO, Maria Helena Albé. Incursões pela Língua Portuguesa: noções de gramática, redação e correspondência. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2006.

24 Obrigado pela participação! Equipe Propulsor - Português


Carregar ppt "Oficina de Pontuação Ensino Propulsor Aula 5: Outros sinais de pontuação Ministrantes: Daniela Gertsch e Juliana Silva Coordenadora: Profª Me. Maria Helena."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google