A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Um Visão do Processo de Elicitação de Requisitos Carina Frota Alves Lucy Valença Guedes Lucy Valença Guedes Rosa Candida Pinto Rosa Candida Pinto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Um Visão do Processo de Elicitação de Requisitos Carina Frota Alves Lucy Valença Guedes Lucy Valença Guedes Rosa Candida Pinto Rosa Candida Pinto."— Transcrição da apresentação:

1 Um Visão do Processo de Elicitação de Requisitos Carina Frota Alves Lucy Valença Guedes Lucy Valença Guedes Rosa Candida Pinto Rosa Candida Pinto

2 Elicitação de Requisitos

3 QFD (Quality Function Deployment) Métodos de Elicitação de Requisitos JAD (Joint Application Development) Inquiry Cycle

4 Origens do QFD (Quality Fucntion Deplyment) Logística de produção Publicação livro em japonês Tradução livro para inglês Introduzido na América do Norte Introduzido no desenvolvimento de software

5 Princípio do QFD As necessidades do cliente e a tradução delas num conjunto de requisitos de projetos e manufaturados.

6 Motivação do QFD Envolvimento de todos os papéis (time) Manutenção de informação (documentação) Valorização da voz do cliente

7 Características do QFD Ferramenta para planejamento visual ajuda a garantir a qualidade Focaliza as necessidades do cliente produto de alta qualidade Qualidade definida pelo cliente software com sentido para o cliente Sistemático, segue uma técnica Quantitativo, fornece valores

8 Fases do QFD

9 Casa de qualidade

10 Satisfação do cliente X Nível de desempenho Satisfação do cliente: avaliação subjetiva do produto Desempenho do produto: avaliação objetiva

11 Aplicação de QFD a software Avaliar impactos das características do produto nos valores do cliente e ser considerado como trade-off das características do produto no projeto Determinar uma estratégia ou direção de desenvolvimento Analisar o produto da concorrência

12 Origens de JAD (Joint Application Development) Desenvolvido pela IBM (experimentos) Formalizado pela IBM Canadá (entrevistas) 1981 a Evolução chegando a abranger o planejamento e a análise 1988 a Introdução de técnicas de I-CASE e prototipagem

13 Princípio do JAD Reuniões estruturadas que buscam decisões por consenso. Envolve usuários e profissionais de sistemas de informação.

14 Motivação do JAD Solução para os problemas de comunicação entre as pessoas envolvidas no desenvolvimento de sistemas Incremento da produtividade e da qualidade dos sistemas desenvolvidos Maximização e eficiência das reuniões

15 Características do JAD Técnicas de dinâmica de grupo Suportado por ferramenta CASE Time de participantes de diferentes perfis Focaliza na qualidade e produtividade Facilitador das sessões

16 Fases do método JAD 1. Definição do projeto 2. Pesquisa 3. Preparação 5. O Documento final 4. A Sessão

17 Origens do Inquiry Cycle Georgia Institute od Technology An active Hypertext Model for system Requirements Collin Potts e Kenji Takahashi Scream Project: Inquiry Cycle Collin Potts e Spencer Rugabe Georgia Institute od Technology Surfacing Root Requirements Interactions from Inquiry Cycle Requirements Documents Willian N. Robinson e Suzanne Paw

18 Princípio do Inquiry Cycle O modelo de conversação

19 Motivação do Inquiry Cycle Suportar determinação e análise de requisitos de forma estruturada

20 Características do Inquiry Cycle Hipertexto ativo Baseado em questões Mantêm versões Integra usuários e desenvolvedores

21 Modelo de Conversação Procedimento de Conversa RespostaQuestão ? ? ! ? Motivo Informações compartilhadas (versão anterior) Informações compartilhadas (versão atual) Efeitos Mudança

22 Modelo Inquiry Cycle Documentação de Requisitos Negociação Evolução de Requisitos Mudança Decisão Questã o ? Respost a ! Motivo Discussão de Requisitos

23


Carregar ppt "Um Visão do Processo de Elicitação de Requisitos Carina Frota Alves Lucy Valença Guedes Lucy Valença Guedes Rosa Candida Pinto Rosa Candida Pinto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google