A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 SSC114 Arquitetura de Computadores Histórico da AMD Aula 9 03/09/10 (Turmas 1 e 2) Profa. Sarita.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 SSC114 Arquitetura de Computadores Histórico da AMD Aula 9 03/09/10 (Turmas 1 e 2) Profa. Sarita."— Transcrição da apresentação:

1 1 SSC114 Arquitetura de Computadores Histórico da AMD Aula 9 03/09/10 (Turmas 1 e 2) Profa. Sarita

2 2 Evolução º maio 1969 – Fundação da Advanced Micro Devices Introdução de circuito clone do 8080 (Eng. Reversa) Produção de chips para outras arquiteturas Tentativa nos mercados de dispositivos de áudio e de vídeo e memórias flash Foco nos processadores x86 e mem. flash Concorrência direta com Intel

3 3 Evolução 1975 Acordo Intel – AMD. Licença para AMD produzir processadores 8086 e 8088 IBM queria usar o processador Intel 8088 em sua nova plataforma PC, mas a política da IBM na época requeria que sempre houvesse ao menos 2 fabricantes para os chips que ela usasse. Lançamento AMD 8080

4 4 AMD 8080 (1975)

5 5 AMD 286 (1982)

6 6 Evolução 1985 No início de 1985, a AMD lançou uma versão do 286 com algumas melhorias, o processador 386. Assim como o 386 da intel, este novo processador possuía suporte de 32Bits 16Mhz a 40Mhz. A exemplo da Intel, a AMD fez duas versões deste produto. Uma com o novo suporte de 32 bits (DX) e outra apenas com o antigo 16 bits (SX).

7 7 AMD 386 (1985)

8 8 Evolução 1986 Intel cancela o acordo e recusou-se a revelar detalhes técnicos de sua arquitetura i386 Com a popularização dos clones do IBM-PC, a Intel conseguiu fazer o que queria com o mercado, e não mais o que a IBM queria. A AMD recorreu à justiça mas continua usando tecnologia Intel

9 9 Evolução 1986 Intel entra na justiça contra AMD por violação de patente AMD começa a desenvolver sua própria tecnologia

10 10 Evolução 1991 AMD ganha na justiça e a Intel revela detalhes técnicos sobre o i386 AMD lança o Am386 logo em seguida (eng. reversa) Am386 era mais barato e equipou máquinas Compaq

11 11 Evolução 1993 Lançamento do Am486 Popularização da AMD AMD vinha nas velocidades de 22Mhz a 50Mhz e com processador matemático integrado. O 486 da Intel perdia para o 486 da AMD - barramento interno AMD = 40Mhz barramento interno Intel = 33Mhz AMD versão com bus de 80Mhz

12 12 AMD 486

13 13 AMD 586 Pentium da Intel é um sucesso Em resposta a AMD lança o novo processador 5x86 que era um 486 com clock de 133Mhz, com a placa mãe funcionando a 33Mhz, usando multiplicador de 4x. Ou seja: Não passava de um 486 um pouquinho mais rápido e nada parecido com o desempenho de um Pentium 133MHz.

14 14 AMD 586

15 15 Evolução 1994 Intel ganha na justiça AMD não poderia mais usar a tecnologia dos processadores Intel 286, 386 e 486 Sem efeito: a AMD já tinha desenvolvido sua própria tecnologia para fazer a mesma coisa que a tecnologia da Intel fazia.

16 16 K5 (Am5x86) K é alusão a kriptonita. Eficaz contra o super Pentium Primeiro processador completamente diferente dos processadores da Intel Arquitetura híbrida CISC/RISC Execução fora de ordem Previsão de desvio Execução especulativa Renomeamento de registradores Arquitetura superescalar com 6 unidade de execução Cache L1 de 24KB: 8 KB para dados e 16 KB para instruções

17 17 K5 (Am5x86) Não se conseguia produzir uma versão acima dos 116Mhz, enquanto seu concorrente chegava fácil aos 150Mhz A AMD conseguiu lançar uma versão de 133Mhz. A Intel lançou também uma nova versão do seu processador, o Pentium 200Mhz A kriptonita não funcionou!!

18 18 K5 (Am5x86)

19 19 K6 AMD compra a NexGen em 1996 Empresa fundada por ex-funcionários da Intel Criação do processador K6 Arquitetura hibrída CISC/RISC Execução fora de ordem Previsão de desvio Execução especulativa Renomeamento de registradores 48 registradores físicos Arquitetura superescalar com 7 unidades de execuções Cache L1 64KB: 32KB para dados e 32KB para instruções Tecnologia MMX

20 20 K6-2 Barramento externo de 100MHz (primeiro a romper o limite de 66MHz) Unidade MMX superescalar em dupla canalização: execução de 2 instruções MMX com um pulso 3DNow!: 21 instruções MMX O programa tinha que ser compilado para K6-2 ou escritos para DirectX 6.0 ou superior Processamento gráfico mais rápido

21 21 K6-3 Disputa com Pentium III K6-II com cache L2 de 256Kb embutida Problemas: Caro Aquecimento devido cache Cache L3 na placa-mãe (inovação)

22 22 K6

23 23 K6

24 24 Athlon XP (K7) Athlon seria uma abreviação para decathlon Engenheiros da DEC com participação fundamental no desenvolvimento do Athlon XP (eXtra Performance) Cache L1 de 128KB: 64KB para dados e 64KB para instruções Cache L2 integrada no processador Arquitetura superescalar: 9 unidades de execução trabalhando em paralelo Enhanced 3DNow! Unidade de ponto flutuante melhorada (até então ponto fraco) Barramento externo DDR (Double Data Rate) Processador acessa até 8TB

25 25 Athlon XP (K7) 2001 Intel lança o Pentium IV Vantagens: Clock maior Desvantages: Desempenho ruim Relação Clock Desempenho da Intel cai por terra. AMD aproveitou-se muito bem disso. :) No erro da Intel: AMD melhora a arquitetura do K7 Cache L2 on chip Compatibilidade com as instruções multimídia SSE da Intel Aumento de performance

26 26 Duron Duron é voltado para computadores baratos Arquitetura idêntica a do Athlon só que com somente 64 KB de cache L2, competindo com o Celeron da Intel AMD era boa de projeto mas ruim de marketing. Mesmo assim os progressos assustaram a Intel

27 27 Athlon XP (K7) Enquanto a Intel... Aumentava o clock do P4 A AMD trabalhava na surdina... Corrigindo os seus erros, em geral para evitar super aquecimento Lança a arquitetura Barton com 512 Kb de cache L2 Ganha ainda mais o mercado

28 28 Athlon XP (K7)

29 29 Sempron Lançado para substituir os processadores Athlon e Duron Características: Um Athlon XP "remarcado Núcleo com menos transistores Esquenta menos Sempron Socket 462/A (Herança: XP e Duron) Sempron Socket 754 (AMD 64) Em 2006 a AMD lançou: Sempron com socket AM2 Suporte as memórias DDR2

30 30 Athlon 64 (K8) Evolução da arquitetura K7 Inclusão de: Instruções 64 bits Do controlador de memória RAM on-chip Vantagens: Grande ganho de desempenho de processamento no acesso à memória em relação a processadores Intel, Desempenho de processadores AMD anteriores dependia da qualidade e desempenho de controladoras de memória do chipset de terceiros empregado na placa mãe Fim do padrão x86 da Intel Próprio padrão de mercado Ex: Athlon 64, Athlon 64 X2, Athlon 64 FX, Opteron, Turion 64 e alguns modelos de Sempron

31 31 Athlon 64 (K8) Intel AMD 64

32 32 Athlon 64 (K8) Briga entre: AMD Opteron (K8 para servidores) e IA-64 (Itanium) da Intel Intel perde mais uma vez Opteron compete com o Intel Xeon AMD lança no final de 2005 os processodores Turion (para computação móvel) Turion (64 bits) Competir com a tecnologia Centrino da Intel

33 33 Athlon 64 X2 Primeiro processador dual-core da AMD, com dois processadores Athlon 64 no mesmo chip 2 caches de 64KB (dados e instruções) Cache L2 de 256 KB KB, 512 KB KB ou 1 MB + 1 MB Tecnologia 90 nm ou 65 nm

34 34 Phenom (K10) Primeiro processador quad-core (X4) da AMD para usuários domésticos Versões de 3 núcleos (X3) e com parte da cache desabilitada (chips com defeitos localizados) de modo a maximizar a produção Deu origem também a linha Athlon X2 7xxx, com dois núcleos desativados

35 35 Arquitetura K10

36 36 Phenom II e Phenom II X2 / X4 Phenom II Alteração da tecnologia de 65 nm para 45 nm e permitiu que a cache L3 aumentasse para 6 MB Também nas versões com 4 núcleos (X4), 3 (X3) núcleos e 2 (X2) núcleos ativos Phenom II X2 / X4 Substituição do modelo do Athlon 64 X2

37 37 Comparação Intel x AMD


Carregar ppt "1 SSC114 Arquitetura de Computadores Histórico da AMD Aula 9 03/09/10 (Turmas 1 e 2) Profa. Sarita."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google