A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cidade Contemporânea e Projetos Urbanos Denise Barcellos Pinheiro Machado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cidade Contemporânea e Projetos Urbanos Denise Barcellos Pinheiro Machado."— Transcrição da apresentação:

1 Cidade Contemporânea e Projetos Urbanos Denise Barcellos Pinheiro Machado

2 A complexidade Crescente e os Desafios da Cidade Contemporânea Sociedade em crise Exclusão social e econômica Alta tecnologia Rápidas transformações no tempo Drásticas mutações no espaço Transformações nas necessidades urbanas e nos laços sociais Impactos do desenvolvimento de novas ciências e tecnologias.

3 Conseqüências das Novas Cidades Contemporâneas Mudanças de natureza e de escala das questões Individuais e coletivas Mutações na concepção, realização e gestão das cidades Aumento das diferenças entre: Cidade e campo, público e privado, interior e exterior Sociedade cada vez mais individualista e desigual

4 Ascher: O Novo Urbanismo Urbanismo Moderno (Conceito Antigo): Propunha programas de longa duração para as cidades, através de Planos Diretores. Tentativa de dominar o futuro Reduzir as incertezas Neo Urbanismo: Práticas atuais, pautadas na Gestão Estratégica Urbana Procedimento mais reflexivos Sociedade mais complexa e futuro incerto Projetos Urbanos como instrumentos privilegiados

5 O Projeto Urbano Atual Tem o papel de analista e instrumento de negociação, no âmbito da Gestão Estratégica Urbana É é multifacetado e abrange e negocia com todos os segmentos da sociedade O grande diferencial é a forma como é planejado e como é executado Projeto Urbano = Composição Urbana = Projetos Interligados e em grande escala Começa a se desenvolver com maior independência financeira das cidades em relação ao Estado

6 Brasil, 1990: Intervenções Urbanas como Projetos Urbanos. Surgem novas intervenções urbanas que utilizam indistintamente o termo Projetos Urbanos em gestões e ações sobre as cidades Exemplos: Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Recife, etc. Transformações na configuração e na imagem dessas cidades. Ações estratégicas e pontuais em áreas problemáticas e específicas.

7 Rio de Janeiro Grande Metrópole reconhecem mudanças recentes nas novas ações e gestões sobre seu espaço Pelo antigo Plano Diretor: ações isoladas Pelo novo Discurso: Prática de Intervenções com ações diversas, abrangendo escalas e propósitos, através de projetos, programas e ações interligadas Exemplos de Planos Estratégicos (Referência Barcelona): Rio – Cidade (Requalificação de espaços públicos) Favela – Bairro (Urbanização de favelas)

8 Metodologia Rio - Cidade Fortalecer as áreas públicas e as vocações de suas diversas áreas, integrando-as Concursos públicos para escolha de projetos de requalificação de espaços público Divisão de equipes para soluções distintas para cada bairro Falta de participação da comunidade (Negativo) População: Mudança qualitativa, melhor sentido de urbanismo (Positivo) Arquitetos: Possibilidade de atuação nas cidades (Positivo) Pontos Negativos e Positivos

9 Metodologia Favela - Bairro Objetivo: Promover transformações físicas e sociais nas favelas Concursos públicos para escolha de projetos Urbanização das favelas e integração com bairros vizinhos Integração e valorização com a inserção na estrutura urbana através de: Sistema de saneamento, circulação, livre acesso de pessoas, serviços públicos, saúde, segurança, sinalização urbana, legislação, planos, programas, mapas e cadastros Atualmente Contratos são realizados através de licitações públicas

10 Reforçar o centro de negócio original, em contraponto com a nova centralidade emergente na Barra da Tijuca. Tornar a cidade atrativa e competitiva na economia nacional e mundial atra- vés de um centro financeiro forte Reconquista do Centro Histórico e de Negócios

11 Teleporto: Tentativa de revitalizar e criar um centro de negócios sofisticados. A prefeitura realizou as obras de infra-estrutura, para receber os edifícios inteligentes, porém os investimentos privados não aconteceram Projetos – Parcerias Público e Privadas Projeto SÁS: Vizinho ao Teleporto, intenção de integrá-los respeitando uma área residencial existente (melhorando-a) e fortalecendo os investi- mento imobiliários para negócios e serviços ao longo da avenida principal que faria a ligação com o Teleporto. Não obteve sucesso devido a falta de uma gestão autônoma

12 TELEPORTO Para o empreendedor o TELEPORTO é um edifício inteligente com valores agregados exclusivos. Valores que tornam o empreendimento diferenciado, mais rentável, com maior liquidez (seja na venda ou locação) e com baixo grau de risco. Para o governo estadual e municipal, o TELEPORTO significa desenvolvimento, mais empregos, crescimento sustentado e integração exclusiva com a indústria da informação. Veja ao lado a representação gráfica da configuração descrita, toda sobre fibra ótica, em topologia estrela reunida na central TELEPORTO. Cada usuário terá sua interface ETHERNET e poderá conectá-la a um micro individual ou conectá-la à sua própria rede local.

13 Praça XV: Importante local histórico de fundação da cidade, sede do poder no período Colonial e Imperial. Valorização do ponto histórico,continuidade entre a Praça e o Cais (re-integração com o mar), interrompida desde os anos 60, através da construção de uma área que privilegia os pedestres e valoriza os espaços públicos. Projetos – Parcerias Público e Privadas

14 Projeto de Frente do Mar: da Praça XV à Igreja da Candelária: Objetivo: ligar o centro histórico a frente marítima, valorizando todo o conjunto. Abrangendo desde o Aeroporto Santos Dumont até a igreja da Candelária. O projeto previa três níveis: - Eliminação dos obstáculos visuais Projetos – Parcerias Público e Privadas -Reorganização da circulação de automóveis e estacionamentos - Incentivo a habitação e lazer, variando as funções Por dificuldades de negociação entre Poder Público e Sociedade Civil o projeto não foi realizado, com apenas algumas melhorias realizadas

15 Área Portuária: Área praticamente desativada desde os anos A Prefeitura tenta romper com o processo de inércia e degradação da área, mas encontra resistência dos proprietários fundiários. Projetos – Parcerias Público e Privadas Rio – Mar: Programa lançado no anos 90 que foi bem sucedido, visa a recuperação dos parques, das praias e dos espaços públicos da orla marítima. Prevê melhorias na orla, visando sua maior utilização.

16 Os projetos urbanos Privilegiam ações específicas sobre o espaço, tendo especial influência na forma urbana Apresentam desafios quanto a sua implementação e gestão Parcerias entre os agentes públicos e privados e a flexibilidade na gestão são requisitos primordiais. Considerações Finais

17 BIBLIOGRAFIA FOTOS: portuaria-do-rj.html

18 Adriana Franco nº. 01 Eder Moraes nº. 09 Fábio Felippe nº. 12 José Angel nº. 25 Paulo Miguel nº. 27 Fernando Leça nº. 39 Grupo de Trabalho


Carregar ppt "Cidade Contemporânea e Projetos Urbanos Denise Barcellos Pinheiro Machado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google