A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo maior pólo de riqueza nacional; sede brasileira dos mais importantes complexos industriais, comerciais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo maior pólo de riqueza nacional; sede brasileira dos mais importantes complexos industriais, comerciais."— Transcrição da apresentação:

1 Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo maior pólo de riqueza nacional; sede brasileira dos mais importantes complexos industriais, comerciais e principalmente financeiros, que controlam as atividades econômicas no País; detém a centralização do comando do grande capital privado; abriga uma série de serviços sofisticados - dependência da circulação de informações: planejamento, publicidade, marketing, seguro, finanças e consultorias, entre outros

2 Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo Produto Interno Bruto (PIB) - O valor da produção de bens e serviços de um país durante o ano - está em torno de US$ 102,8 bilhões de dólares corresponde a pouco mais de 50% do total estadual e a 18,5% da riqueza nacional o PIB por habitante da RMSP é estimado em 6,4 mil dólares, (quase o dobro da média nacional) a renda per capita atinge US$

3 Renda per capita, por ano, em diferentes paises, em dólares (renda média por pessoa durante o ano, em cada país) PaísRenda per capita (US$) Estados Unidos Canadá França Reino Unido Japão Austrália Coréia do Sul PaísRenda per capita (US$) África do Sul Argentina Chile México Brasil8.020 China5.530 Índia3.100 Fonte: FMI e Banco Mundial/mar/06

4 Financiamento e Gasto A Região Metropolitana de São Paulo A Região Metropolitana de São Paulo: década de 70 - predominantemente industrial - região participava com 34% da ocupação e 42% do produto industriais do país década de 80 – foi a base e cenário da crise econômica nacional- com perda de ocupação industrial – participava com 29% da ocupação e 33% do produto industriais

5 Financiamento e Gasto Década de 90 fortes mudanças tecnológicas e organizacionais, com grande impacto na ocupação - emprego industrial reduzido em 40%, caindo de 1,6 milhões em 1990 para 1 milhão em 2005, ou seja, –de 27% para 17% do emprego industrial do país e –de 36% para 26% da renda do trabalho na indústria nacional : –perdeu: 533 mil empregos no setor industrial, –ganhou: 1387 mil nos setores de comércio, serviços, principalmente na área de informática, e outros (RAIS)

6 Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo Índice de Desenvolvimento Humano 2000 Maior índice 0,919 Menor índice: 0,738 ?

7 Base: Economia da Saúde Procura responder perguntas tais como: Nível macroeconômico Quanto um país deve gastar com saúde? Como devem ser financiados os gastos com saúde? É possível manter um certo número de serviços disponíveis sempre que necessários e em toda localidades? Financiamento e Gasto

8 Nível microeconômico Qual o custo de manutenção de uma unidade básica de saúde? Quanto devo investir para a construção de um hospital e com que especialidades? Qual o custo x benefício da adoção de uma nova tecnologia em uma determinado serviço de saúde?Gestão Informação - Conhecimento

9 PPA LDO Rel. Gestão PPI Instituições Envolvidas Executivo Sanciona o Orçamento Executa o Orçamento Câmara Municipal Debate e ajusta o LDO e a LOA Aprova o Orçamento Encaminha ao Executivo Secretaria da Fazenda Consolida e ajusta o Orçamento Elabora o LDO Elabora a LOA Secretaria de Saúde Elabora a Agenda de saúde Elabora o Plano Municipal de Saúde Discute com o Conselho de Saúde Elabora o Orçamento Unidades de Saúde Produção realizada Programação próximo exercício Programas

10 Financiamento e Gasto OBJETIVO estimular e desenvolver análises, estudos e pesquisas e conjugar esforços para facilitar o entendimento da distribuição do financiamento e do gasto em saúde na Região Metropolitana de São Paulo.

11 Financiamento e Gasto Principais Fontes de Informação SIOPS – Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde Caderno de Informação de Saúde Portal Nacional de Informação em Economia da Saúde Página de Economia da Saúde do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Centro Paulista de Economia da Saúde Bibliotecas Virtuais em Saúde e Economia

12 Financiamento e Gasto Proposta para 2008 Composição do grupo temático Financiamento e Gasto Apresentação de dados e informações da RMSP sobre financiamento e gasto no Portal

13 Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) 1São Caetano do Sul585,95 2Barueri512,46 3Cajamar392,98 4Diadema337,78 5São Lourenço da Serra313,52 6Santana do Parnaíba313,32 7São Bernardo do Campo303,31 8Pirapora do Bom Jesus288,46 9São Paulo273,93 10Juquitiba251,77 11Mauá250,36 12Santo André243,51 13Santa Isabel243,00 14Taboão da Serra242,58 15Guararema237,05 16Vargem Grande Paulista232,91 17Guarulhos222,61 18Cotia211,11 19Ribeirão Pires210,42 20Mairiporã203,67 21Salesópolis203,25 22Poá202,58 Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) 23Biritiba-Mirim187,90 24Itapecerica da Serra184,33 25Jandira183,52 26Embú-Guaçu169,65 27Arujá160,26 28Embú153,44 29Caieiras151,32 30Itapevi151,32 31Suzano148,90 32Franco da Rocha141,02 33Rio Grande da Serra138,49 34Francisco Morato135,96 35Mogi das Cruzes120,08 36Carapicuíba108,64 37Itaquaquecetuba97,51 38Ferraz de Vasconcelos82,33 39Osasco0,00

14 Região de Saúde: Rota dos Bandeirantes Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) Barueri512,46 Santana do Parnaíba313,32 Pirapora do Bom Jesus288,46 Juquitiba251,77 Cotia211,11 Jandira183,52 Itapevi151,32 Carapicuíba108,64 Osasco0,00 Fonte: SIOPS

15 Região de Saúde dos Mananciais Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) São Lourenço da Serra313,52 Juquitiba251,77 Taboão da Serra242,58 Vargem Grande Paulista232,91 Cotia211,11 Itapecerica da Serra184,33 Embú-Guaçu169,65 Embú153,44 Fonte: SIOPS

16 Região de Saúde de Franco da Rocha Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) Cajamar392,98 Mairiporã203,67 Caieiras151,32 Franco da Rocha141,02 Francisco Morato135,96 Fonte: SIOPS

17 Região de Saúde do Alto Tietê Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) Santa Isabel243,00 Guararema237,05 Salesópolis203,25 Poá202,58 Biritiba-Mirim187,90 Arujá160,26 Suzano148,90 Mogi das Cruzes120,08 Itaquaquecetuba97,51 Ferraz de Vasconcelos82,33 Fonte: SIOPS

18 Região de Saúde do Grande ABC Orçamento e Gastos RMSP Município Despesa total com saúde por habitante (R$) São Caetano do Sul585,95 Diadema337,78 São Bernardo do Campo303,31 Mauá250,36 Santo André243,51 Ribeirão Pires210,42 Rio Grande da Serra138,49 Fonte : SIOPS

19 Muito Obrigado e Boas Festas Dagoberto Eloy Lagoa Economista Auditor da Secretaria Municipal da Saúde São Paulo


Carregar ppt "Financiamento e Gasto Região Metropolitana de São Paulo maior pólo de riqueza nacional; sede brasileira dos mais importantes complexos industriais, comerciais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google