A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Organização da Rede Materno Infantil Região Metropolitana de São Paulo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Organização da Rede Materno Infantil Região Metropolitana de São Paulo"— Transcrição da apresentação:

1 Organização da Rede Materno Infantil Região Metropolitana de São Paulo
Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

2

3 DEPARTAMENTO REGIONAL DE SAÚDE
Número de óbitos e Razão de Mortalidade Materna, segundo Departamento Regional de Saúde, ESP, 2008 e 2009 DEPARTAMENTO REGIONAL DE SAÚDE 2008 2009 ÓBITOS RAZÃO MM BARRETOS 5 94,3 3 56,5 BAIXADA SANTISTA 19 75,5 21 86,6 RIBEIRÃO PRETO 9 50,8 8 44,8 GRANDE SÃO PAULO 148 47,7 190 61,4 REGISTRO 2 47,2 71,3 SOROCABA 15 46,7 16 51,0 SÃO J. B. VISTA 4 41,5 21,0 PIRACICABA 7 37,4 10 53,8 MARILIA 37,2 66,2 ARARAQUARA 34,2 83,8 BAURU 32,3 11 52,2 TAUBATÉ 24,7 28,0 FRANCA 21,4 22,0 CAMPINAS 20,1 36 65,1 SÃO J. RIO PRETO 11,5 51,5 PRES. PRUDENTE 1 11,2 88,7 ARAÇATUBA 11,1 90,6 TOTAL ESTADO 250 355 59,3

4 Fonte: F.SEADE. SP Demográfico. Ano 11, No. 2, fev. 2011.

5 Parâmetros para estimar necessidade de leitos para a Rede Materno Infantil no Estado de São Paulo
PARÂMETROS DEFINIÇÃO SESP DEFINIÇÃO MS Nascidos vivos SUS - dependentes (75% dos Nascidos Vivos)+10% Número esperado de gestantes 75% dos nascidos vivos + 10% Leitos obstétricos (75% dos Nascidos Vivos/120)+10% 0,28 leitos/1.000 habitantes susdependentes Leitos para Gestação de Alto Risco Ídem MS 15% dos leitos obstétricos necessários Leitos de UTI adulto 6% dos leitos obstétricos necessários Leitos de UTI Neonatal 2 leitos para nascidos (Total SINASC) 2 leitos para 1.000 nascidos vivos Leitos de UCI Neonatal 3 leitos para nascidos 3 leitos para 1.000

6 Número esperado de gestantes SUS, partos realizados no SUS segundo RRAS de residência, Taxas de cobertura, evasão e invasão de partos SUS, RRAS 1 a 7 RRAS Reg Saude Res Total NV NV "SUS" Partos SUS (res) Cobertura SUS Parto (%) Evasão Partos SUS RRAS (%) Invasão Partos SUS RRAS (%) RRAS01 36.123 29.801 17.137 47,4 2,1 3,1 Grande ABC RRAS02 43.520 35.904 26.428 60,7 4,8 4,0 Alto do Tiete 23.099 19.057 14.305 61,9 6,7 Guarulhos 20.421 16.847 12.123 59,4 2,7 RRAS03 8.461 6.980 5.479 64,8 7,7 3,6 Franco da Rocha RRAS04 17.753 14.646 12.383 69,8 5,2 4,7 Mananciais RRAS05 30.189 24.906 18.661 61,8 1,7 Rota Bandeirantes RRAS06 58,9 2,8 São Paulo

7 Estimativa de leitos necessários, Rede Cegonha, RRAS 1 a 6
RRAS Reg Saude Res NV (gest.) No. total SUS Leitos Necessários Obstét. A. Risco UTI Ad. UTI Neo UCI Neo RRAS01 36.123 29.801 248 15 37 72 108 Grande ABC RRAS02 43.520 35.904 299 18 45 87 131 Alto do Tiete 23.099 19.057 159 10 24 46 69 Guarulhos 20.421 16.847 140 8 21 41 61 RRAS03 8.461 6.980 58 3 9 17 25 Franco da Rocha RRAS04 17.753 14.646 122 7 36 53 Mananciais RRAS05 30.189 24.906 208 12 31 60 91 Rota Bandeirantes RRAS06 1194 179 347 521 Sao Paulo

8 Número de Leitos de UTI Neonatal necessários, existentes e “ novos”, Rede Cegonha, RRAS 1 a 6
CGR Necessários Existentes " Novos" RRAS01 72 zero Grande ABC RRAS02 87 61 26 Alto do Tiete 46 Guarulhos 41 35 RRAS03 17 16 1 Franco da Rocha RRAS04 36 22 14 Mananciais RRAS05 60 32 28 Rota Bandeirantes RRAS06 347 344 3 São Paulo


Carregar ppt "Organização da Rede Materno Infantil Região Metropolitana de São Paulo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google