A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

X PROLATINO Tema 03: Teoria da Contabilidade e Efeitos Conceituais Quantificando o Qualificado: Apresentação de Estudos Brasileiros já Realizados Envolvendo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "X PROLATINO Tema 03: Teoria da Contabilidade e Efeitos Conceituais Quantificando o Qualificado: Apresentação de Estudos Brasileiros já Realizados Envolvendo."— Transcrição da apresentação:

1 X PROLATINO Tema 03: Teoria da Contabilidade e Efeitos Conceituais Quantificando o Qualificado: Apresentação de Estudos Brasileiros já Realizados Envolvendo o Índice de Disclosure Autor: Rodrigo Fernandes Malaquias – FACIC – UFU

2 Estrutura da Apresentação Contextualização; Objetivos do trabalho; Aspectos Metodológicos; Principais Resultados; Considerações Finais.

3 Contextualização Objetivo da contabilidade. As informações prestadas pelas empresas em seus relatórios contábeis têm o potencial de apresentar impactos em variáveis como o custo de capital. Estudos neste sentido já vêm sendo realizados desde a década de 1960 (SHADEWITZ e BLEVINS, 1997; HENDRIKSEN e VAN BREDA, 1999; COSTA, LOPES e COSTA, 2006).

4 Contextualização Como se dá a árdua tarefa de medir o nível de informações presentes nos relatórios contábeis? S – Score total para a empresa; di – um item evidenciado; T – total de questões aplicáveis; qi – um item que deveria ser evid.

5 Questão de Pesquisa No contexto brasileiro, de que maneira as pesquisas acadêmicas têm quantificado o nível de informações fornecidas pelas empresas em seus relatórios contábeis, e como estes índices vêm sendo utilizados?

6 Objetivo Geral Apresentar como as pesquisas acadêmicas presentes em congressos, periódicos, dissertações de mestrado e teses de doutorado têm procedido na mensuração do nível de informações fornecido pelas empresas.

7 Objetivos Específicos i) analisar as fontes que serviram de base para a elaboração do instrumento de coleta de dados; ii) analisar o número de questões presentes nos instrumentos utilizados; e iii) descrever as principais conclusões que os autores de cada trabalho obtiveram com a utilização do índice de evidenciação.

8 Aspectos Metodológicos Estudo descritivo, com abordagem predominante qualitativa. Período de análise: 2003 a Trabalhos: dissertações e teses (UNB, USP e UFSC); Anais de congressos e periódicos. Total de trabalhos: 26.

9 Resultados (em quadro) Costa Júnior (2003): Período de análise: 2000; Índice: 07 questões (Instrução 235/95 da CVM); Objetivo Geral: Levantar o quadro da política de evidenciação de instrumentos financeiros por parte das companhias abertas no Brasil; As companhias abertas brasileiras não prestam informações mínimas requeridas pela Instrução 235/95, da CVM.

10 Resultados (em quadro) Malacrida (2004): Período de análise: 2002; Índice: 179 questões (6.404 e CVM); Objetivo Geral: Analisar se o nível de disclosure de informações contábeis influencia a volatilidade do retorno de suas ações negociadas na BOVESPA; Verificou-se que um maior nível médio de evidenciação resulta em uma menor volatilidade média dos retornos das ações das empresas analisadas.

11 Resultados (em quadro) Alencar (2007): Período de análise: 1998, 2000, 2002, 2004 e 2005; Índice: 47 questões (baseado em pesquisas anteriores); Objetivo Geral: Investigar a relação entre disclosure e custo de capital próprio no Brasil; Os resultados mostram que o nível geral de disclosure aumentou nos períodos analisados. Para todas as empresas estudadas, verificou-se uma relação negativa e estatisticamente significante entre custo de capital e disclosure.

12 Resultados Número de questões: entre 01 e 179. Intervalos de tempo analisados: entre 01 e 07 períodos. Principais objetivos detectados nos trabalhos: i) analisar o nível de disclosure em relação ao cumprimento de alguma norma específica; (COSTA JÚNIOR, 2003; XAVIER, 2003; BARROSO et. al., 2004; DARÓS e BORBA, 2005; MOREIRA et. al., 2006)

13 Resultados ii) relação entre nível de disclosure e governança corporativa; (LANZANA, 2004; GALLON, 2006) iii) associação entre disclosure com a volatilidade nos retornos das ações; (MALACRIDA, 2004; QUINTEIRO e MEDEIROS, 2005) iv) relação entre disclosure e o custo de capital; (ALENCAR e LOPES, 2005; NAKAMURA et. al., 2006; ALENCAR, 2007)

14 Resultados Fonte para elaboração do Instrumento de Coleta: 10 trabalhos: Literatura Prévia e/ou Práticas Adotadas pelas Empresas; 16 trabalhos: Normas específicas de órgãos reguladores, exceto FASB e IASB; 03 trabalhos: Normas do FASB, IASB ou ambos; 01 trabalho: resultado obtido por outra pesquisa.

15 Considerações Finais Oportunidades de pesquisa são percebidas ao se observar a quantidade de instrumentos baseados nos requerimentos do FASB ou IASB. Dada a discussão e pesquisas existentes sobre a convergência de normas contábeis em linha com os pronunciamentos emitidos pelo IASB, nota-se que a investigação de práticas de disclosure segundo os requerimentos do citado órgão internacional poderiam complementar a literatura existente sobre o assunto. CPC 40 – Audiência Pública 22/2009.

16 Considerações Finais Espera-se que este trabalho contribua com futuros estudos acadêmicos tanto pela apresentação de como o índice de evidenciação pode ser utilizado para a quantificação de informações disponibilizadas pelas empresas quanto na indicação de pesquisas já realizadas e seus respectivos resultados. Pesquisa sendo desenvolvida atualmente.

17 Obrigado!


Carregar ppt "X PROLATINO Tema 03: Teoria da Contabilidade e Efeitos Conceituais Quantificando o Qualificado: Apresentação de Estudos Brasileiros já Realizados Envolvendo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google