A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ENINC 2009 - Maringá/PR PSQ - Programa Setorial de Qualidade Regularização e Normalização de artefatos de Concreto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ENINC 2009 - Maringá/PR PSQ - Programa Setorial de Qualidade Regularização e Normalização de artefatos de Concreto."— Transcrição da apresentação:

1 1 ENINC Maringá/PR PSQ - Programa Setorial de Qualidade Regularização e Normalização de artefatos de Concreto

2 2

3 3 O que é a ABCP? Sede ABCP - São Paulo/SP Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade pública, mantida pela indústria de cimento. Objetiva auxiliar a fabricação de cimento e desenvolver o mercado de produtos e sistemas construtivos à base de cimento, com ênfase na: qualidade, harmonia ambiental, união da cadeia produtiva forte ação institucional.

4 4 Presença Nacional ESCRITÓRIOS REGIONAL CIDADE REPRESENTAÇÕES REGIONAIS ABCP N/NE Recife Ceará Bahia ABCP MGBelo Horizonte ABCP RJRio de Janeiro Espírito Santo ABCP SPSão Paulo ABCP SULCuritiba Santa Catarina Rio Grande do Sul ABCP CO Brasília Mato Grosso do Sul Presença 12 capitais brasileiras NORTE / NORDESTE CENTRO-OESTE SUL SP MG RJ ER

5 5 Serviços Prestados Serviços laboratoriais Pesquisa de novos produtos e sistemas Estudos para normalização Controles ambientais (emissões) Consultoria e assistência técnica Informação (Site, SAC, Biblioteca etc.) Capacitação (Cursos, Treinamento, Estágios etc.) Apoio ao desenvolvimento de mercado

6 6 Premissas 1ª1ª Visão Bifocal 2ª2ª Integração da Cadeia ARQUITETOS/ENGENHEIROS PROJETISTAS CONSTRUTORAS INDÚSTRIA DE MATERIAIS FABRICANTES DE EQUIPAMENTOS UNIVERSIDADES PARCERIAS ESTRATÉGICAS GOVERNO FORMADORES DE OPINIÃO AGENTES FINANCEIROS Mercado 3ª3ª Qualidade Produtos 4ª4ª Capacitação

7 7 Artefatos de Concreto PSQ - Programa Setorial de Qualidade Regularização e Normalização de artefatos de Concreto

8 8 Código de Defesa do Consumidor Capítulo II - Da Política Nacional de Consumo Art. 4 - Atendimento aos princípios: VI - coibição e repressão eficientes de todos os abusos praticados no mercado de consumo, inclusive a concorrência desleal e utilização indevida de inventos e criações industriais das marcas e nomes comerciais e signos distintivos, que possam causar prejuízos aos consumidores

9 9 Meta Mobilizadora do PBQP-H: "Elevar para 90%, o percentual médio de conformidade com as normas técnicas dos produtos que compõem a cesta básica de materiais de construção." Implementar a conformidade dos produtos com as Normas Brasileiras Contribuir para a melhoria da qualidade dos sistemas construtivos à base de cimento. PBQP - H

10 10 Selo da Qualidade É o símbolo que atesta a conformidade de um produto com a Norma Brasileira e que sua fabricação está sob um controle contínuo do fabricante

11 11 Artefatos de Concreto

12 12 Contribuir para a imagem positiva do sistema construtivo Estimular a utilização do produto de qualidade Agregar valor aos produtos com qualidade PSQ Blocos - Selo de Qualidade ABCP INPI nº

13 13 Selo de Qualidade ABCP Gestão À ABCP, como gestora, cabe organizar e supervisionar o processo de concessão de Selo de Qualidade para blocos de concreto, de alvenaria e pavimentação CONSELHO GESTOR ABCP FABRICANTES BLOCOBRASIL SINDUSCONS / CONSTRUTORAS

14 14 Selo de Qualidade ABCP Regulamento

15 15 Solicitação Auditoria Ensaios Concessão AjustesColetas Requisitos mínimos Aprovação dos ensaios SIM NÃO SIM Selo de Qualidade ABCP Fluxo

16 16 Selo de Qualidade ABCP Solicitação A solicitação parte do FABRICANTE, é relativa ao produto fabricado (não à fábrica) e abrange produtos provenientes apenas de uma única unidade fabril. Declaração de execução de auto-avaliação Aptidão a realizar auditoria inicial

17 17 Selo de Qualidade ABCP Auditoria Avaliação dos Sistemas de produção e controle Itens com Pontuação Mínima Itens Eliminatórios

18 18 Selo de Qualidade ABCP Auditoria Dados Produção Área Fábrica / Tempo de atuação / Nº. Funcionários / Produção / Mix de Produtos / etc Registros e Certificados Contrato Social / Alvará de Funcionamento / Registro Funcionários / Registro CREA / Registro EPIs / Licença Ambiental / Mapeamento áreas de risco Matéria-Prima Ensaios de Qualificação / Agregados / Aditivos / Procedimentos de Recebimento / etc Eliminatório: Não realização de ensaios de granulometria dos agregados Dosagem Registro dos traços / Proporcionamento dos materiais / Aditivos / etc Eliminatórios: Dosagem de água por ação manual (sem controle); Não realização de correções de umidade; Dosagem de aditivo por ação manual (sem controle)

19 19 Selo de Qualidade ABCP Auditoria Mistura Tipo e condições de misturador / tempo de mistura / etc Eliminatório: Utilização de misturador com eixo inclinado (betoneira) Vibro-prensa Tipo de equipamento / operação / controle / etc Eliminatórios: Equipamento manual; operação semi-automatizada (com operador) Moldagem Tipo de pallet / limpeza superficial (acabamento / etc Eliminatório: Limpeza superficial de acabamento dos blocos manual (sem escova) Sistema de Cura Tipo de cura realizada / condições de câmara / etc Eliminatório: Não execução de cura

20 20 Selo de Qualidade ABCP Auditoria Transporte Interno Da moldagem à cura / da cura ao estoque / etc Eliminatórios: Transporte manual do local de moldagem ao local da cura; Transporte manual ou com carrinho do local de cura à área de estoque Armazenamento Paletização / Organização e limpeza da área de estoque / etc Eliminatório: Não execução de paletização Rastreabilidade Identificação de classe / Data de fabricação / etc Eliminatório: Paletes na área de estoque sem rastreabilidade Ensaios Controle de produção / equipamentos para ensaio / frequência / etc Eliminatório: Não realização de controle de produção (ensaios) a cada lote produzido Equipamentos de produção Manutenção / Calibração / etc Eliminatórios: Não realização de manutenção e/ou calibração dos equipamentos de produção

21 21 Solicitação Auditoria Ensaios Concessão AjustesColetas Requisitos mínimos Aprovação dos ensaios SIM NÃO SIM Selo de Qualidade ABCP Fluxo

22 22 Selo de Qualidade ABCP Coletas e Ensaios

23 23 Selo de Qualidade ABCP Coletas e Ensaios NBR 6136 Bloco vazado de concreto simples para alvenaria estrutural NBR 7184 Determinação de resistência à compressão NBR Retração por secagem NBR Determinação da absorção de água, do teor de umidade e da área líquida BLOCOS ALVENARIA NBR 9781 Peças de concreto para pavimentação NBR 9780 Determinação de resistência à compressão PAVIMENTO INTERTRAVADO

24 24 Selo de Qualidade ABCP Concessão 1 ano Inicial AcompanhamentoManutenção Coleta Quinzenal 2 meses Coleta Mensal Coleta Trimestral Auditoria OK

25 25 Selo de Qualidade ABCP Divulgação

26 26 Selo de Qualidade ABCP Fábricas Certificadas CENTRO-OESTE SUL SP MG RJ/ES 7,3% 5,5% 34,5% 41,8% NORTE/NORDESTE 3,6% RegiãoFábricas SP19 RJ / ES3 MG4 CO4 N / NE2 PR10 SC8 RS5 TOTAL55 ABCP SUL 23

27 27 Selo de Qualidade ABCP Interiorização - SUL

28 28 Selo de Qualidade ABCP Projeto PP * Orientação Fabril * Cursos de capacitação de MO em Pavimento Intertravado * Cursos de capacitação de MO em Alvenaria de blocos de concreto * Assistência técnica em obras * Palestras técnicas * Auditoria e coletas (separação de lote) de amostras * Consultoria (Reunião com PM, por exemplo) * Treinamento técnicos internos (própria fábrica) participantes

29 29 Selo de Qualidade ABCP Material de Apoio

30 30 mais de Alex Maschio ABCP SUL Obrigado!


Carregar ppt "1 ENINC 2009 - Maringá/PR PSQ - Programa Setorial de Qualidade Regularização e Normalização de artefatos de Concreto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google